Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENSINANDO ELE A BATER UMA E MUITO MAIS

Vou contar aqui como minha vida sexual começou, hoje tenho 23 anos, e sempre estou enrolado com alguma namorada mulher.



Na época tinha uns 19 anos, lembro que fazia pouco tempo que aprendi o que era gozar, quando gozei 1ª vez nem sabia o que era aquele liquido branco e pegajoso, sá sabia que o friozinho na barriga era muito bom.



Morava com a minha mãe e meus irmãos, a noite juntávamos todos na rua, meninos e meninas para brincar, quase todos um 01 ou 02 anos mais novos que eu. Dentre eles tinha o Ricardo tinha uns 19 para 19 anos, branquinho, loirinho e magricela, (eu sou branco, cabelos pretos, gordinho).



Um dia uma vizinha de fundo com minha casa foi embora morar com a filha dela em outra cidade, e o pai do Ricardo comprou a casa e o terreno dela, era uma casa de madeira, velha e no terreno tinha bastante arvores. Com o tempo a turma passou a brincar na casa, fazíamos teatrinhos, escolinhas e tudo mais.



Certo dia estava sá eu e Ricardo e decidimos ir para lá para arrumar a casa pra um novo teatro nosso, ficamos um bom tempo lá arrumando a casa. Até sentarmos e começarmos a conversar, nossa conversa entrou em garotas e eu disse que ele gostava de uma menina da nossa turma, ele disse que não e pediu para eu parar de falar e eu continuei, daí ele veio para o meu lado e disse se eu não parasse ele ia pegar no meu “bilau” (nunca havíamos falado em sexo nem nada parecido), eu continuei e quando ele esticou a mão eu direção ao meu pau eu levei a mão dele mais ainda para meu pau, ele tirou a mão e falou que eu tava querendo que ele pegasse no meu pau. Ficamos meio sem graça e voltamos a sentar.



Passado um ou dois minutos perguntei se ele tinha coragem de ver o pau de outro e mostrar o dele, ele disse que sim e eu também então eu abaixei meu shorts ele viu depois foi ele quem fez, nos vestimos e ficamos lá sentado.



Já estávamos no clima e de pau duro, então perguntei se ele sabia bater punheta, ele disse que nem sabia o que era, então mostrei como era, mas não no pau e sim no dedo, ele disse que não tinha entendido e não abaixei meu shorts e fiz no meu pau, ele fixou o olho e viu. Meu pau tava muito duro, e resolvi continuar perguntando se ele tinha coragem de pegar no meu pau, ele disse que sim, mas antes de fazer perguntou se eu teria, eu topei então um pegou no pau do outro, meu pau era pequeno, peludo e gordinho, o dele pequeno, liso e fino. Assim ficamos a tarde toda, não passamos de esfregões e pegadas, até que ele me indagou o que acontecia se ele ficasse batendo punheta, daí eu expliquei que ele iria gozar, ele pediu que eu mostrasse, disse que sim, mas ele teria que fazer algo para mim, então pedi para ele baixar a roupa e deixar eu ver o cuzinho dele, ele fez primeiro, deixou aquela bundinha branca a mostra, abaixou e abriu bem as poupas da bunda, deixando mostra um buraquinho bem pequeno e rosado e em seguida, eu bati uma punha que gozei longe, ele ficou olhando que nem piscava.



Fizemos essas zueiras durante uns dois anos, sempre que podíamos fazíamos, e sempre do mesmo jeito um perguntava para o outro se tinha coragem se topasse tinha que fazer. Alguma vez assim mais “picante” foi quando estávamos brincando de esconde-esconde e ele me chamou para esconder junto dele na caçamba da camionete do pai dele, lá ele perguntou se eu teria coragem de chupar eu disse que não, ele disse que sim, daí ele na hora abaixou e chupou meu pau, e outra foi quando ele sentou no meu colo e eu vi metade do meu pau adentrar na bundinha dele.



Hoje não moro mais com minha mãe, ele ainda mora vizinho dela, de vez enquando vejo ele entrando ou saindo da casa dele, me imagino comendo aquele cuzinho e vendo ele gozar, já que nunca vi. Ele acho que nunca namorou e tem gente que diz que é mio viadinho.







Essa foi minhas primeira zueira no sexo, se alguém que tem até 23 anos curte tc sobre zueira assim me mande um email para que eu possa adicionar e tc, não sou gay nem curto, curto sá tc sobre lances assim homem x homem sem frescuras.



[email protected]



















VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contosde filhas levando gozadas na bocaloira casada malho e adoro negao contosnoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos de quando chantagiei o velho pauzudo pra ele trasar comigoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroaconto erotico meu marido bebeuConto minha esposa dando pro policialbaixa vidio caceta de travesti duronaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosescandalosa enrabada contosMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOmete até o talo tio contocontos virei cadelinha assumidiwww.xconto.com/encestominha mulher mulata contosconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludoporno estrupo do chefunho cnto eroticscroa de pernas abertas dando pro marofoenrabado no campingconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentecontos eroticor viadinho no cocheiraconto de mulher casada crente com filhocontos eroticos agressivoshttp://contos eroticos mulher pega carona e estrupadaconto erotico a senhoramulher tem fetiche tama pirocada de travesticomi a espetora contospiça enorme burracha anal contoo masagista fasendo masagem na mulher o pau dele encostou no rosto dela e ela chupouconto erotico comendo a massatorepeutaEla não queria dar cuzinho Conto eroticomiminha oze aminho pidinho rola bucetamae amigo contoChupei meu irmao bebado contoscontos eroticos violenciacontoseroticos- meninas novas e espertinhasNovinha putinha bebada contosContos eroticos mae ve genro urinandoNovinha putinha bebada contoscachorros rendidos gozando pornoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadocontos gay - um viadinho estuprado muita dor humilhadocontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhoConto erotico minha mulher e uma puta rampeiraConto erotico na cama com a tia coroa puta.comContos erotico comi minha irmã cadeirantecontos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludacontos eroticos de rabo inocenteConto erotico comendo gordinha durante colheita do caféfotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.contos de coroa com novinhoconto sentei no colo do lekecontoseroticos9aninhos contos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhanegras abrino o cu pra meter nele gostosocontos eroticos de empresarias no hotelcontos de estrupadaConto erótico arombada por um cavalo Contos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erotico a filha curiosacontos eroticos escritos lesbicos me dar melzinho.contos gay brincado de esfrega esfrega acabou em sexoContos esposa do meu irmãorelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalcontos de corno minha mulher me trocou por outrocontos gays nas dunasmeu corno joga bilhar com os machos contodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos eroticos incesto com afolescentesconto negro taradocontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposacontos eróticos da casa da irmã queridaconto erotico nenhum pelinhoconto vendo cunhada casada peladinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eróticos engravidei do desconhecidoperdendo o sele o selo do cucontos de homens cheirando cu e tocando punheta conto cavalo cu traititiatezudacontos fiz o cuzinho da mamãeconto erotico barzinho depois servicogravida encoxada contos eroticoscontos gay baby doll meninaContos eróticos jogo de seduçãoContos eroticos gay primeira vez traumaticaNamorada puta conto eróticocontos eroticos dei pro namorado da minha irmavídeo do Seu Madruga metendo a pica no c* da Dona FlorindaContos eroticos mulher cuzeira