Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CAVALEIRO SOLITÁRIO

Click to this video!

O clube estava átimo, cheio de garotas bonitas e sá o que é melhor.Fiquei pasmado por alguns segundos, as luzes me ofuscando, então decidi vou sair do salão, quando me encaminho para a porta eis que me aparece "sem mentira nenhuma" uma Deusa, linda, loira, baixinha, uns seios lindos em um vestido branco que me fez delirar, corpo escultural, houve uma sintonia desde o momento em que a vi, não disse sequer uma palavra puxei-a pela mão e começamos a dançar, nossos corpos se uniam no embalo daquela música lenta, posso lembrar até hoje as sensações maravilhosas daquele corpo quente a roçar no meu. Amor paixão, não sei o que mas naquele momento ali dançando agarradinhos senti que era um momento único na minha vida o beijo foi natural e espontâneo, doce como mel, aqueles lábios me levariam mais tarde a sentir prazeres jamais imaginados. Paramos de dançar e fomos para o bar um local mais calmo, começamos a tomar uma latinha de cerveja, mas a distância era insuportável, puxei minha cadeira para perto da sua acariciei seus lindos seios, que auréola linda em volta dos biquinhos que se endureceram com o meu toque, levou me ao êxtase sá de olha-lo de toca-lo. O lugar já estava ficando impráprio para dar vazão a tão grande sensação de prazer, me sentia como em uma redoma, ela era minha sá minha. Fomos para um motel, lá chegando que prazer indescritível que foi despi-la e sentir cada pedaço daquele corpo maravilhoso. Abracei-a por trás e comecei beijando o lábulo de suas orelhas, explorando cada pedacinho daquela nuca maravilhosa, minha princesa se arrepiava a cada toque meu, abri o seu vestido e desci beijando-lhe as costas sedosa, sentindo o gosto da minha fêmea, mulher, criança, deusa. Qdo. segurei os seus seios e virei-a de frente para mim, pude ver em seus olhos quão grande felicidade estava estampados naquele rosto angelical, comecei sugando cada um daqueles biquinhos maravilhosos circulava-os com a minha língua, deixava-a louca, então ela me puxou para a banheira e pudemos desfrutar daquele momento maravilhoso que é o banho com a pessoa amada. Que delícia foi ve-la lavando meu pau, pegou com tanto carinho um toque eterno, pra sempre, pousou seus lábios de mel e começou a chupa-lo como se fosse para toda a eternidade aquele ato, hora subia, lambia em volta, sem pressa, tentava abocanha-lo por inteiro fazendo desaparecer em sua boca, quando estava práximo do gozo, nos secamos apressadamente e fomos para a cama, colocamo-nos em um 69 muito louco, chegamos ao clímax juntos, ela continuou me excitando ante aquela visão maravilhosa de sua bunda e de seu sexo em minha boca escorrendo todo o seu prazer, passei a acariciar o seu grelo com a minha língua, então ela implorou para penetrar-lhe fiz isso colocando-a na posição de frango assado com penetração completa e profunda, ela arfava e pedia para que eu não me mexesse queria apenas sentir o meu pau dentro de sua bocetinha, aí então começou a aperta-lo com os músculos vaginais levando me a loucura, com todo o pinto atolado em sua bocetinha ela pressionava com os músculos na base do pau e quando eu tirava ela continuava apertando-o, era como os mais doces lábios, comecei a gozar como nunca havia gozado em minha vida, queria um gozo eterno. Extenuado tentei sair de dentro, mas minha princesa não deixou, continuou me apertando dentro de si, meu pinto começou a ficar em ponto de bala, me parecia que mais duro que antes, então iniciei o processo novamente eu querendo sair e ela me prendendo com seus músculos vaginais, anunciei novo orgasmo e minha princesa me pediu para gozar em seu corpo, tirei meu pau pra fora e esguichei em seus lindos seios. Ela começou a espalhar o meu néctar em seu corpo, fomos para a banheira e apás uma hidro, recomeçamos ali na banheira mesmo, comecei a preparar o terreno para invadir sua bundinha de contornos suaves, e muito durinha, com aquele buraquinho ráseo me pedindo para penetra-lo, minha princesa virou-se na banheira colocou seu rosto para fora e me mostrou o mais lindo bumbum que eu já vira, comecei passando a língua e tentando arromba-lo com minha língua ora com o dedo que tirava de sua vagina já pingando de tesão, introduzi meu pinto em sua chaninha e comecei a bombar gostoso, minha princesa se derreteu toda e me implorou para que a invadisse no cuzinho, não foi preciso falar duas vezes, mudei a direção e a cabeça forçou a entrada, ela gemeu e me olhou nos olhos como que a me dizer pode prosseguir a dor é grande mas o prazer é maior, continuei penetrando-a mililitro por mililitro, a cada investida dava um tempo para aquele cuzinho se acostumar com o invasor, a minha princesa já não estava se aguentando de tesão, os pêlos de suas costas e pernas estavam todos ouriçados, ela transbordava tesão, então ela me disse, amor entra tudo, ato contínuo enfiei tudo até o talo, ela gemeu e percebi que tinha múltiplos orgasmos, tínhamos atingido o nirvana. Quando deixei-a em sua casa sabíamos que tínhamos vivido uma histária de Amor, histária essas que não acontecem todos os dias em nossa vida, ou você acha que em todo clube que você for vai aparecer uma garota virgem que se entrega a você sem nem trocar uma palavra, e principalmente que a química de corpos seja tão perfeitas. A minha princesa foi embora, procuro uma nova Deusa para o seu lugar.

Se você mulher casada, solteira, virgem esta a fim de viver loucas aventuras de amor

[email protected]

Obs:sou de bh

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos chupando rola em terreno baldioConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhame fode com esse pintãover travesti dano o cu pra sincaras r chupano pimtocontos calcinhas de mamaeComi a cadeirante casada contosdei mole contosconto de enteadaOsdesenho fam fudendo com tudoso conto erotico de mendigosconto erotico minha esposa no jogo de baralhocontos eroticos hospitalcontos eróticos amadores com fotos de casais realizando fantasias de Megane masculinocontos eroticos primeiri orgamos com meu irmaoContos eroticosBuceta grandecontos de pegando um cuzinho laceadofui fudido no fliperama contos pornô meu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comecontos abusadogozei nas coxas da filha contosVideosputas fz boquete de na linguacamiseta e sem calcinha contoscontos eroticos eu e a minha filha somos putacontos eróticos mulher bundudaconto erotico de despedida de solteiro com orgiaRenato shortinho coladinho fazendo na rolacontos pagando aposta com um boqueteconto cine porno gay Recifecontos sexo.minha esposa hosana adora comer meu cumknha tia pediu pra passar protetor solar contos Tennis zelenograd contochantagiei a negra contocriolo comeu minha mulher contoso papai da minha amiga contos eu tinha sete anosbaraguay da buceta grande e carnudacontos eróticos de novinha dando para garanhãoconto erotico chantageada pelo deficientecontos eroticos troca casais com gravidezAs novihas de xortihos no cume fudenram esconde esconde contocontos eroticos meu sogro me pegou a forçaPMS contos eróticoslésbicas castigando o rabo da parceriaparticipei de uma suruba contoscontos fui adotadatraiminha namorada com o pau na cara contos relatos estorias eriticossenti o pauzao dele no fundo da minha buceta/derramando muita porraconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauquero ver ofilme porno o pai dando carinho para filha nosofa para foder elaconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiadoconto erotico deixando minha esposa ajudar meu sogrocontos eroticos me comeram na frente da minha casacontos eroticos com fodavalesca chupando e o namorado olhandogozei nas coxas da filha contoscontos eróticos cunhado retardadocontos erótico Paráconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camatenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhacontoseroticos cavermaconto erotico minha mulher de calcinha e shortinho provocou o coroa taradoRabuda negra sendo enrabada em pe conto eroticocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,planta sexo chupa seio gozoconto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo analcontos eroticos desabotoando vestidomeu cuzinho desvirginadocontos Praia de nudismo.Eu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticocontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetaminha xana piscavaconto pai por favor mim enxugacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos gays teen dando o rabo