Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NENEI, MEU PRIMO E MEU MACHO 03.

Click to this video!

NENEI, MEU PRIMO E MEU MACHO - 03.

Um dia antes do meu casamento, sabendo que Nenei já tinha chegado ao Rio, disse aos meus pais e ao meu noivo, que estava muito cansada e muito tensa, que não queria ser incomodada por ninguém, e que por isso iria dormir na casa de minha amiga Sheila (ela sempre sobe de tudo, como eu sei tudo dela, somos amigas, confidentes e conselheiras uma da outra desde a adolescência), que é uma assídua frequentadora de minha casa, e como todos conhecem bem a Sheila, não se incomodaram.

Então telefonei para o Nenei e pedi para que ele desse uma incerta e fosse lá em casa como se fosse uma visita, que quando fosse por volta das quatro da tarde, eu diria que iria sair para a casa de uma amiga e ele aproveitaria e me ofereceria carona, e assim foi feito.

Quando chegou por volta da quatro, eu disse a todos que estava saindo e pegaria um ônibus para a casa da Sheila, foi quando o Nenei disse que também estava indo porque estava cansado da viagem e aproveitou para me oferecer uma carona, que de pronto aceitei.

Como a Sheila mora sozinha em um apartamento de dois quartos e chega por volta das sete e pouco do trabalho, e eu tendo também as chave do apartamento, fomos direto para lá. Tomamos um banho e pulamos na cama, foi uma sacanagem sá, fudemos muito até a chegada de minha amiga.

Quando Sheila chegou perguntou se estávamos bem e se estávamos bem acomodados, que tinha comida na geladeira e se não quizes semos, poderíamos fazer um cachorro quente. Foi quando eu disse que já tinha comido cachorro quente, ela então perguntou onde estava o pão porque queria um também, foi quando eu disse que sá tinha comido a linguiça, mas a linguiça do Nenei, e com muito molho, nisso começamos a rir.

Sheila tomou um banho e em seguida saímos para comer alguma coisa na rua. Quando voltamos, como estava muito calor, assim que entramos no apartamento fui me despindo, sendo acompanhada pela Sheila, ficamos sá de calçinha, Nenei ficou sem graça, mas percebemos que sua pica ficou dura na hora. Perguntamos ao Nenei se ele não queria ficar também à vontade, ele tirou a camisa e disse que ficaria por isso sá, que se tirasse a calça veríamos sua rola totalmente dura. Começamos a rir, e como era sexta-feira e Sheila não trabalharia no dia seguinte, ficamos todos batendo um papo, mas Sheila não tirava os olhos do volume que estava sob a calça do meu macho. Passado algumas horas de papo, levantei-me, peguei a mão do meu macho e disse a Sheila que iria para o quarto levar um pouco de pica e depois dormir, porque no dia seguinte à noite seria meu casamento e eu não sabia quando iria sentir de novo a pica do Nenei entre minhas pernas... novamente começamos a rir.

Eu e Nenei metemos até não aguentar mais, fui comida de todas as formas e posições, o danado me fudia e ficava dizendo baixinho no meu ouvido que depois que eu voltasse da lua-de-mel, me encheria de novo com sua porra e que queria fazer um filho em mim, me deixando mais louca ainda de tesão.

Apás o casamento, já no salão de recepção durante a festa, o filho da puta do Nenei, sempre que podia, falava ao meu ouvido que apesar de eu estar casada, minha bucetinha e meu cúzinho sempre serão dele, e não é que ele tinha razão, porque enquanto eu e meu marido estávamos metendo, minha mente não se desligava do Nenei, queria que a pica que estava me fudendo fosse a dele.

Viajamos por uma semana, e quando voltei da lua-de-mel, fomos logo visitar meus pais e os do meu marido. Como meu marido Alfredo trabalha em uma plataforma de petráleo, já tinha que trabalhar e teria que ficar embarcado durante quinze dias. No dia seguinte ao seu embarque, telefonei para o Nenei que imediatamente foi ao meu encontro. Quando nos encontramos, foi uma putaria sá, fudemos como loucos, levei pica de todas as formas e posições que se pode imaginar e até não aguentar mais, parecia um filme pornô, ele sempre dizendo baixinho no ouvido que minha bucetinha e meu cúzinho são dele, e agora queria fazer um filho em mim, o que concordei, tanto que até hoje não tenho certeza se meu primeiro filho é do meu marido ou do meu macho, melhor dizendo, tenho certeza que foi o leite quente e gostoso do meu macho Nenei quem fez meu primeiro filho.

Sá digo a todos que não aguento ficar muito tempo sem sentir a pica do meu primo Nenei abrindo minhas entranhas, me preenchendo completamente e me enchendo com sua porra. Sou casado sim, mas é a pica do Nenei que me faz gozar deliciosamente. Afinal, é uma senhora pica, querendo ou não, preenche e faz qualquer buceta gozar muito. Desafio qualquer mulher que diga que tamanho não faz diferença... como faz!! (continua e finaliza na parte 04)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


foto de travestis arreganhadas de frentecontos porno meus amigos colocaram dois pau no meu cuzinhocontos meu marido adora me ver sendo chupada por outra mulhercontos eroticos fui obrigada a chupar paumulher se esfregandono travesseiro contoporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandocontos armei estrupo para minha esposameu chefe comeu meu cu a força contosContos eróticos minha mulher no acampamentoinquilino do meu esposo contos eroticocontos eroticos de enteadascontos erotico a casada virou minha femeazinhaconto menage masculinoconto gay estupradocontos de coroa com novinhocontis eroticos quero mamar no peitinho.contos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariadelirando com meus dedinhos contoscontos de afilhadacontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiacontos eroticos sendo comida por um cachorro e um homemcontos sou puta e insaciável por rolacontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolacontos eróticos insertos tiamua mulhes supano amiga abuseta pigano galacontos eroticos de padrinhos e afilhadas que engravidamconto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilhacontos erotico baba casada chantageada por meninocontos lesb bati meu grelo no delaContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscoconto gay o negao comeu meu cuadoro menino sacudo contosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaconto erotico toma leite pra crescer fortecontos comiminha primacontos trai meu marido com um cara que era um pe demesabunda queria sentir a rola entrando devagar contocontos insesto comi minha irma e mae duas gostosas com fotosconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogbudendo.cadela.no.ciu.vira.lataler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiacontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosconto pegei meu marido comendo cu do meu sobrinhoMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos eróticos vítimaeu punhetei um estranhovelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhacontos de sexo no bar aii meti vaiconto erotico massageando a tia nuacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos a forcazoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaContos de comadres lesbicashttps://tennis-zelenograd.ru/conto_19242_irma-bebeu-demais-de-teve-sono-pesado.htmlcontos eroticos comendo a helena empregadaquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madamecontos ela gozou no meu dedo no metrôContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhacontos eroticos homem casado dando para o primomenina você já passou o dedo no cu e cheirouzofilia devuaetaconyo erotico pai e filha ahh uhh mais meteconto erotico chantageada pelo deficientecontos erotico, dei pro dois amigos do meu filhoConto de puta estuprada pelos mendigosconto a tia da piruacontos meus amigos estupraram a minha maechantagiei a negra contovidos. anamara. cupanu. bucetaé bom chupar pau cheio de sebo contos eroticosvidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delaconto eroticos de garotoscontos sexo a papai vai doer não cabeconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetacontos eroticos exibindo minha esposa no banhomulher com contracionar pelada