Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

REALIZANDO OS DESEJOS DA MINHA ESPOSA...

Click to this video!

Olá.



Meu nome é Marcos (fictício). Tenho 30 e poucos anos e sou casado já faz algum tempo. A histária que vou contar pra vocês começa a alguns anos mas hoje me causa tesão, sá de imaginar tudo o que aconteceu.



Bom, minha esposa tem 35 anos e é muito fogosa. Vou chamá-la de Nina.



Ela tem um corpo lindo, l,55 de altura, bunda deliciosa, seios que cabem direitinho na boca, uma bucetinha maravilhosa. Usa piercing no umbigo e adora sexo.



Nem sempre foi assim, mas hoje não tenho do que reclamar.



Tudo começou a alguns anos atrás quando ela trabalhava numa grande empresa. Lá, ela conheceu o nosso amigo Luís. Fizeram amizade e creio de início surgiu algo entre eles, atração talvez que depois veio a se tornar algo mais forte.



Nos casamos muito novos e praticamente não aproveitamos nada da nossa juventude. Deixamos de viver muita coisa e isso no começo do casamento fazia muita falta, motivos de brigas constantes.



Certa vez, ela me disse que o nosso amigo Luis mexia com ela. Que ela não sabia explicar o que era, mas tinha uma química com ele. Tinha vontade de ligar, de falar com ele, sempre muito escondido porque nossa relação não permitia esse tipo de atitude.



Hoje o que eu sei é que eles se correspondiam. Isso gerou brigas intermináveis entre a gente pois eu não aceitava aquilo de forma alguma. Porém, levava a situação.



Estranha a situação, mas sabia que ela gostava dos dois. O nosso casamento tinha caído na rotina e ela encontrou uma forma de buscar algo diferente, algo que nunca tinha experimentado, pois não teve experiências antes do casamento.



Havíamos superado, aparentemente, essa fase do nosso relacionamento. Mas eu sempre soube que ela nutria algo pelo nosso amigo. Sabia que, além de mim, ele tinha mexido muito com ela.



É sabido que na internet encontramos pessoas que nunca imaginávamos encontrar, né?



Certa vez, nem tocávamos mais no assunto, ela navegava por sala de bate papo e acabou encontrando esse amigo que há muito tempo não se falavam.



Coincidência ou não, de outra vez ela também encontrou um outro amigo que tem o maior tesão por ela. Parece que ela chama isso de tão gostosa que ela é.



Bom, chegando em casa fui ver umas coisas no computador e descobri trechos da conversa dela que ficaram gravados. Mais motivos pra briga.



Amadurecemos. Conversamos muito. Nosso casamento melhorou 100%.



Certa vez, quando transávamos tive a idéia de incluir nosso amigo no meio da nossa transa. Ela ficou louca de tesão. Dizia ela: “Já imaginou ele aqui me fodendo junto com você?? Os dois homens que mais me dão tesão.. que delícia heim...”



Percebi que ela tinha gostado da idéia, afinal ela morria de tesão pelo nosso amigo. Fui trabalhando essa idéia na cabeça dela. Percebia que ela adorava quando eu criava situações que traziam o Luis para dentro do nosso quarto, para dentro da nossa relação., ela amava. Ela gozava muito mais rápido. Gemia como uma louca.



Doutra vez, me fiz passar por ele... pedi pra que ela imaginasse ele ali no meu lugar, para ela me beijar e imaginar beijando ele. Eu pedi para que ela me chamasse pelo nome dele. Nem precisei pedir duas vezes. Ela aceitou a brincadeira de imediato. Notava que aquilo deixava ela louca. Que na verdade aquela brincadeira nada mais era do que o que ela sonhava de verdade. Ter nás dois sá para ela.



Sentia que a respiração dela mudava. Os gemidos eram mais fortes. O calor aumentava. O Tesão explodia.



Ela realmente sentia o Luís ali com ela. Era como se ela matasse as saudades dele. Do beijo, do cheiro, do toque, enfim, imaginasse realmente ele ali presente. E isso não mais me incomodava, pelo contrário. Me deixava com muito mais tesão. Imaginar que outro cara provocava tanto tesão nela a ponto de faze-la gozar feito uma louca me deixava muito feliz.



Ela dizia que queria os dois ali na mesma cama com ela. Ela queria sentir os nossos corpos colados ao dela. Beijos, mãos escorregando, toques, calor, cheiro, era tudo o que ela mais queria... rsrs



Comprei um vibrador sá pra ela se imaginar fodendo comigo e com o luis. Várias foram as vezes que ela gozou assim, com os dois dentro dela.



Seu tesão era tanto que ela queria o meu pau no seu cuzinho e o vibrador na sua xoxota. Ela gozava feito uma louca imaginando eu e o Luis ali metendo nela, juntos.



Gozou várias vezes gritando o nome dele e chupando meu pau.... eu que não sou bobo, aproveitava a situação e gozava forte..



Até hoje sá de falar no nome dele, ela fica toda excitada. Sempre soube que isso era um dos maiores desejos dela.



Resolvi presenteá-la... rsrsrsr



Certa vez, convidei o nosso amigo para ir em casa. Fazia tempo que não nos encontrávamos... Ele tinha uns 40 e poucos anos. Ela sempre gostou de homens mais velhos que ela. Diz que sente tesão.



Convidei-o pra comer uma pizza conosco e assistir a um filme e jogar conversa fora.



Eu sabia que eles conversavam pelo msn e imaginava que ele também tinha uma enorme vontade de reviver o passado deles.



Naquele dia, ela marcou horário para se depilar, ficou toda lisinha, comprou uma calcinha muito sexy. Tomou um banho demorado. Ainda no banheiro, pedi pra ver como estava aquela buceta... Tive a certeza de que a noite seria perfeita. A xoxota dela estava melada de tanto tesão... mal imaginava o que viria...



Se arrumou toda para receber nosso amigo. Colocou um vestidinho bem curto, tecido bem leve, um pouco transparente, alça bem fininha. Colocou especialmente a calcinha que tinha comprado, fio dental, deliciosamente contornando seu sexo e enfiada em sua bunda.



Conversa vai, conversa vem...Comemos a pizza, cerveja aqui, vinho ali e já estávamos um pouco altos e resolvemos assistir ao filme que havíamos locado.



Era um filme erático meio para o pornô, que contava a histária de uma mulher dividida entre dois homens... No fundo a intenção era nos levar pra dentro do filme e deixar nossa imaginação correr solta aquela noite.



Logo no começo do filme, tinha uma cena na qual a mulher sonhava transando com dois homens. Percebi que aquela cena nos deixou todos com tesão.



Latinha de cerveja na mão...



Minha mulher estava sentada ao meu lado. Falei pra ela convidar nosso amigo a sentar-se no mesmo sofá que a gente. Ele aceitou de pronto. No fundo ele já imaginava o que o esperava, apesar de se fazer de desentendido.



As cenas iam cada vez mais esquentando o clima naquela sala.



Percebi quando o Luis colocou a mão na coxa da minha mulher. Vi apele dela arrepiar, afinal ela estava rodeada pelos dois homens que ela mais desejava e, melhor, com o meu consentimento, sem culpa.



Ele começou a roçar a mão na perna dela o que lhe arrancava uns soluços. Era tudo o que a minha esposinha safada queria.. rsrsrsr



Pra não ficar pra trás fiz o mesmo. Uma mão em cada uma das suas coxas, avançando por debaixo do vestido, arrancando suspiros cada vez mais fortes.



A essa altura sua buceta já estava melada. Acho que ela nunca imaginaria que aquilo pudesse estar acontecendo. Tudo o que a gente brincava quando transávamos estava ali ao alcance, perto de acontecer de verdade.



Levantei-me e disse que ia no quarto buscar uma coisa. Acho que na hora ela sacou que era pra deixa-los sozinhos um pouco. Fiquei atrás da porta ouvindo por alguns segundos.



Ouvi o Luis dizer pra ela que éramos loucos...



Percebia que eles se seguravam pra não se agarrarem ali mesmo...



Meu pau já estava duro de tanto tesão que toquei uma punheta de leve, com todo cuidado para não gozar ali mesmo.



Percebi que ele avançava com a mão em direção à xoxota dela, enquanto fingia prestar atenção no filme.



No fundo, era o que ela queria mesmo. O tesão entre eles era tanto que o beijo foi inevitável. Quase gozei de ver aquela cena.



Sua mão roçava por cima daquela calcinha minúscula. Sua buceta já estava melada de tanto tesão. Ouvia-se de longe os gemidos naquela sala.



Ela que não é santa, começo a alisar o pau dele por cima da bermuda.



Fui no quarto e peguei o vibrador e voltei pra sala. Quando ele me viu, parou o que estava fazendo na hora.



Para não deixa-lo sem graça fiz que não notei, apesar de impossível disfarçar pois sua bermuda estava aberta e o vestido da minha mulher meio levantado.



Mostrei para ele o vibrador e disse que comprei a pedido dela, pois ela queria ter a sensação de dois paus a penetrando. Disse que tinha colocado o apelido no vibrador de "Lú".



A minha esposa pegou o vibrador da minha mão e começou a roça-lo por cima da sua calcinha melada.



Dizia ela: “gozei várias vezes com esse vibrador, imaginando ser vc Luis... gozei várias vezes chamando seu nome... gozei várias vezes querendo vc aqui com a gente....



Nisso, começou a fazer uma boquete no vibrador e disse sussurando, gemendo, quase não segurando o tesão...“Vem Lú, coloca seu pau na minha boca... quero chupar vc. Vem me fazer gozar gostoso"... Enquanto isso chupava o vibrador.



Nisso olhei para o nosso amigo que, apesar de extático sem entender direito o que acontecia, tocava uma punheta de leve e falei: "Vai ficar esperando o que? Vai, atenda o pedido dela, ta esperando o que???



Eu sentei ao lado dela no sofá e tirei o pau pra fora, já estava latejando de tanto tesão... ela começou a mamar na minha rola, agradecendo-me por tudo aquilo que estava acontecendo... Nunca tinha sentido uma chupada daquelas...



Ela se deitou no sofá para melhor conseguir abocanhar minha rola... nisso, seu vestido subiu mais ainda e deixou parte da sua bunda à mostra, com aquela micro-calcinha toda enfiada ..



O Luis se levantou, se aproximou dela, passou a mão de leve em sua bunda que já estava arrepiada. Ajoelhou-se e começou a beijar a bunda dela. Tirou um pouco a calcinha de lado.. passava a língua por toda a extensão daquela bunda deliciosa, inclusive no cuzinho...



Minha mulher abandonou meu pau e começou a beijar a boca dele. Enquanto ela o beijava, a mão dele deslizava por debaixo do vestido dela.



O Luis sentou-se no sofá ao meu lado.... ela ficou ajoelhada na nossa frente. Não se fez de rogada e arrancou nossas bermudas. Ficamos os dois de pau duro à mercê da minha mulher. Ela começou a chupar os dois paus, um depois do outro, revezando com tamanha maestria que nem parecia ser a primeira vez que fazia aquilo.



Colocou o vibrador no chão e sentou em cima. Entrou até o fundo. Enquanto rebolava no vibrador, chupava nossos paus e me agradecia por tudo aquilo.



Mal sabia ela que eu estava me realizando também, pois quando fantasiávamos eu realmente gozava imaginando que um dia a gente realizaria aquela tara.



Depois de muito nos chupar, ela pediu pra sentar no meu pau. Atendi prontamente. Nisso o Luis se levantou e aproximou o seu pau da boca de Nina que de imediato continuou a boquete.



Ela cavalgava tanto que doía meu saco. Mas era dor de prazer, de tesão. Ela revezava e batia uma punheta pra ele. Dizia pra mim... “Olha amor, até nisso vocês são parecidos. O pau de vocês é do mesmo tamanho... sorte a minha.. tenho essas duas rolas enormes pra me saciar...”



Tamanho era o tesão que ela estava sentindo que pela primeira vez ela gozou sem se masturbar. Gozou sentada no meu pau e com o pau do Luis na boca. Contorceu-se na minha rola enfiando o pau do Luis todinho na boca.



A essa altura ninguém lembrava do filme que estava passando. Rsrs



O Luis pediu pra trocar de lugar comigo... ela topou na hora... imagino que ela estava louca pra sentir o pau dele dentro da sua buceta.



Fomos para o quarto. Ela se deitou. O Luis veio, abriu as pernas dela e começou a chupar a sua xoxota... Ela gozou e ele experimentou na boca todo o melzinho da xoxota dela.



Enquanto o Luis se deliciava naquela buceta, ofereci novamente meu pau para ela chupar... Cada vez que o Luis passava a língua por toda a extensão da entrada daquela gruta deliciosa, mais ela chupava meu pau com vontade. Mal conseguia falar, ela sá queria aqueles dois machos ali, fodendo ela.



Ela pediu pra ele meter naquela xoxota. Ele ia colocar a camisinha, mas ela pediu pra ele não por, pois queria sentir o calor daquele pau dentro da sua buceta, não queria camisinha nenhuma...



Ele encaixou a cabeça do pau na porta daquela xoxota melada de gozo e deixou escorregar pra dentro. Nisso ela gemeu forte, mordendo meu pau.



Ela dizia: "mete Luis, mete nessa buceta que sonhava com seu pau... aproveita, vai.... mete gostosoooo""



Ele começou um vai-e-vém frenético... parecia que ele queria aquilo mais do que ela.



Acabou confessando que já tinha se masturbado pensando nela. Que sonhava com o cheiro e o sabor daquela bucetinha.



Quanto mais força ele metia, mais ela gemia com o meu pau na sua boca.



Ela disse que queria os dois dentro dela. Tiramos no par ou ímpar quem ia comer o que... rsrsrs



Fiquei com a xoxota. Ele com o cuzinho.



Atendemos prontamente seu pedido. Primeiro eu sentei. Ela veio ao meu encontro, encaixou a buceta no meu pau e cavalgou por alguns segundos, beijando forte a minha boca.



Perguntei se ela realmente queria aquilo e ela disse que sim.



Ela entregou o KY para o Luis e pediu para ele passar na cabeça do pau e no cuzinho dela. feito isso, ele colocou a cabeça da rola na porta daquele cuzinho e foi empurrando bem devagar. Cada centímetro que entrava, era um gemido mais alto que saía.



Quando entrou tudo, ela pediu para metermos bem devagar pra ela sentir os dois paus dentro dela. Na verdade, ela queria aproveitar ao máximo cada segundo ... Nossos paus se tocavam lá dentro. Ela me beijava loucamente, virava o rosto para trás e beijava o Luis também.



Não precisou muito, logo ela gozou de novo, totalmente preenchida pelos dois paus que ela sempre sonhou.



Pediu pra não gozarmos dentro dela. Tiramos o pau. Já não aguentávamos mais. Ela pagou mais uma boquete pro Luís até ele falar que ia gozar. Entreguei a ele a micro-calcinha que dela e ele gozou no forro do calcinha... Tanta porra que melou toda a calcinha.. Enquanto ele gozava na calcinha dela, ela o beijava loucamente.



Com a boca suja da porra dele, veio chupar meu pau.



Não aguentei. Gritei que ia gozar e ela me entregou a calcinha e pediu pra eu gozar na calcinha dela também... atendi ao seu pedido. rsrsrs...



As duas porras se misturaram. Ela saciada e satisfeita por ter trepado com os dois homens que mais desejava, vestiu aquela calcinha toda melada.



Sua buceta ficou mais melada ainda. Agora com a porra dos seus dois machos que a deixaram satisfeita de prazer...



Passava a mão por cima da calcinha e dizia: "Quero essas duas porras pra mim, pra sempre quero vocês dois. Nos posicionamos com o pau práximo da boca dela, já meio moles.. Ela engoliu os dois ao mesmo tempo, e sugou o restinho de porra de cada um deles..



Ela no meio de nás, dormimos os três abraçados, exaustos de tanto sexo.



Estamos combinando uma nova aventura. Volto aqui pra contar pra vocês.



Agora, além das duas rolas que ela experimentou, inventou também que quer uma rola preta... isso mesmo... quer a rola de um negão... rsrsrs



Assistiu a um filme americano e se apaixonou por um ator negro e disse que ele deve ter uma rola deliciosa e que quer a rola dele...



Fazer o que né, lá vai eu satisfazer novamente os desejos dela.



Vale a pena. A recompensa depois vale a pena...rsrs



Um grande abraço.

























VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadofotos de buceta sendo lambinda e gritandocontos de encoxadasmeu padrasto fica excitado comigoContos eróticos gay hooo isso fode meu cu fodecontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comea velha e o pedreiro contos eroticosconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundaficou de short e foi chantageada contos eroticoo negão comeu o meu marido contos eróticoscontos eroticos a filhinha da empregadaContos eroticos dinheiroxoxota e picas contoscontos eróticos professor e alunacontos eróticos contei que fiz dp com negroseu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos de coroas safadas no cacetaotia sentar no colo do sobrinho no carro histórias eróticos completocontos papai i eu na sala com um amigoContos erotico de garotinha estupradas.com o mel do gozo na bocaconto erótico arrombei o fortãojapa enfia o dedo no seu cu virgemContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornomachucaram conto gayconto erótico na praia com a família da esposaconto tio trai com sobrinho travestinuas tomando banho de manteiga gostosoconto erotico virei menina por ter cabelo compridocontos traição no baileContoseroticosdesolteirasContos eroticos mulher cuzeiracontos eróticos de amigos com mts mamadasconto meu marido choro quando o negao me estrupocontos homem chupa rola ricardaoo meu padrasto me arrastou pro matagal contospôrno pima maveliacontos meus dois amantescachoro da familia gozando detro da buseta da mulhecontos eroticos com vovocontos eroticos swingcasada reclamando do vizinho contos eroticoscuzinho devastado a força contos eroticos contos gays de escoteiroscontos eróticos me obedece putinhacontos coroas primas do interiorcontos eroticos corno e amigo camabunda queria sentir a Rola entrando devagar contoa menina contos eroticoContos incesto a vadia puta do vovôcontos eroticos menino inocente é enganadoxvideos tia leva picadormindosogra humilha genro contos eroticosContos eroticos meu filha de seis anos chupa endidagostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos eróticos minha sobrinha de babydollhttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmlcontos de uma putacontos colega safadinhacontos realizei o sonho do corno engravidei de outrocontos eroticos comi a bunda do meninho drngosoencoxadas socando com força reçentecontos erotico com mim afilhada sem calcinhapau de jegue arrombando minha filhinha contosWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contosTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contoscontos eroticos caminhoneiro obriga meninaContos eroticos pai espretado filha a tomar o banhocontos cunhada mora nos fundo de casacasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacontos aliviando as tetas de minha irmacontos massagem colegaeu estava raspada contos de esposa acanhadaconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosotu manmou desse meladinho entt sobe caseteconto atochada corno xxxconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradacomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtozoofilia espanhola gostosa atualver travesti dano o cu pra sincaras r chupano pimtoconto tia velha safadacontos erótico de estupro em boatescontos erotico com mim colega sem calcinhaMinha mulher foi iniciada por um negão contos eróticosconto erotico estuprada de biquínixxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5mincontos eróticos minha nora cuidando de mimcontos aliviando as tetas de minha irma