Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INGRID ME COMEU

Click to this video!

Por motivos ábvios não revelarei meu nome, mas posso afirmar que sou militar e como tal tenho um bom porte físico, pele morena e uma bunda farta.Desde pequeno sempre tive interesse por um bom cu, tanto por penetrar quando por ser penetrado. Entretanto como me qualificava como hétero jamais me interessei por saciar este meu desejo com um rapaz; a idéia de ter um homem me penetrando não me parecia animadora.

Numa destas boates da vida encontrei Ingrid, uma bela loira com seios fartos e uma bunda deliciosamente rígida que logo despertou minha volúpia. O jeito como ela rebolava e olhava para mim me deixava febril; não tardou a oportunidade de nos conhecermos melhor e logo estávamos em um quarto de motel.

Confesso que Ingrid não se fez de lograda, antes de rumarmos ao motel ela revelou sua condição como travesti; mas em meu estado de desejo não pude conter a vontade por devorar aquela bundinha. Pobre de mim! Acreditei mesmo que aquela loira fantástica seria passiva....

Em meio a caricias, Ingrid começou um delicioso boquete enquanto enfiada gentilmente o dedo no meu cú; confesso que comecei a suspeitar daquele gesto, mas como poderia evitar o tesão? Logo estava de quatro para ela empinando minha bunda como uma cadela enquanto ela cuspia e enfiava o dedo no meu rego. A sensação do meu cu alargando; o medo e o prazer de saber que era passivo pela primeira vez me fazia delirar... Eu olhava nervosamente para trás vendo os olhos desejosos daquela loira deliciosa que ansiava o momento certo de comer meu cu. Ela colocava calmamente a cabeça da piroca em meu rabo para logo depois retirar e chupar um pouco mais deixando meu buraquinho cada vez mais largo e pronto para o prazer.

Eu já estava implorando para ela parar, tinha medo de ser gay, quando a loira inseriu tudo no meu rabo; senti imensa agonia e uma vontade louca de fugir de perto dela, mas a esta altura eu já não era dono de mim. Ingrid urrava enquanto movia seu quadril poderoso algumas vezes batendo com tanta força que seus testículos chocavam com os meus causando certo incomodo. Meu cu parecia rasgado e ferido, por mais vasilina e saliva que ela tivesse colocado, sentia como se houvesse um corte imenso no meu rabo. O mais estranho é que aquilo me dava prazer, sentir seus seios de silicone nas minhas costas, sua respiração ofegante no meu pescoço e a pressão do seu pênis esfregando em minha prástata me trouxe prazer absoluto. Eu estava me masturbando o tempo todo e já havia gozado; mas ela não parecia comovida continuando até que finalmente gritou lançando seu quadril imperdoavelmente para frente me fazendo sentir todo seu pau no meu interior e um jato de porra quente que me trouxe uma sensação estranha de prazer e repulsa; eu havia sido possuído como uma cadela de quatro por um homem em forma de mulher e, o pior de tudo, eu havia gostado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico mulher fodendo com varios vizinhosamava bater punheta no pique escondecontos eróticos n********* d********* para o cachorroconto gay dei dinheiroconto corno sondei ela tava debaixo delevoyeur de esposa conto eroticocontos armei estrupo para minha esposaconto policial comeu.minha mulhercontos eroticos eu era virgemcontos encesto mae coroacontos eroticos menininho sapeca no meu coloirmao.maior.alisando.bunda.do..irmao.menor.dormindo.de.cueca.branca.e pretocontos eronticos tia levatou a saia de lado e setou em mimhttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contoscalcinha usada contos eroticoscontos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhadaContos eroticos minha esposa rabudacontos gay calcinha motsou a putinha do bairrocontos eroticos incesto putinhaContos eroticos .meti com sogroxoxota as infinitasvelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhaprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiatentando comer a sobrinha contos  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  conto nao queria mais dar mas o negaocomeuporno minha rotincontos erótico pequenacontos eróticos comi alinemamae japonesa me bolinandoganhei carona mais tive que engolir porracontos eróticos com velhacontos eróticos menina no circoconto eroticos troca troca com amiguinhocurtos relatos eróticos de estupro forticonto mulher casada rabuda dei pedreiromulher sobe em cima da pica do manequimConto papai mg fudeu de jeitocache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmldrixando a mulher do corno arregassadinhacontos sarro gostoso com meu genrotirei o cabacinho do viadinhoContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudoContos filho namorado "pintinho"Contos eróticos:meu querido professorconto erotico empregada negra escraviza patricinhaque enteada pernadacontos eróticos de bebados e drogados gaysf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertacontos eroticos fudendo a mae travestiMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosconto erotico a filha curiosacontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdcontos eróticos AHHH OHHHa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticoscomendo aenteada de cbelos cachiadosarombando o cu da madastra virgem sexocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos eroticos maduras bundao cuzaocontos eroticos casadas baile formaturacomendo a tia dormindo contos eroticosPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticoContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigonovinha do Recife masturbando assim tão pequeninacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto eróticos O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA parte 5conto erotico loura com 3 africanosconto pequeno titio queria agarrar os seio da mocacontos eróticos de chuva com irmãcontos eróticos calcinha molhada de xixi na hora do sexomamada gay contoswing tio com sobrinhas flagrante historias contoscontos eroticos dei meu cu pra todosContos eróticos amiga da minha mae me tirou a virgindadeconto erotico tomando banho com minha amigafotos de buceta sendo lambinda e gritandoconto erotico incesto sonifero filhacasada lesbica com sobrinha contoconto erotico incesto sonifero filha