Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESCRAVO SEXUAL DA MINHA MULHER

Click to this video!

Eu fui morar em Belém do Pará, pois sou militar e fui transferido, fui solteirissimo e chegando lá, pensei em desfrutar de mulheres quentes e gostosas e que adoram dar o cú. Eu sinceramente falando, tive uma frustação muito grande em materia de sexo anal, pois fui literalmente cagado em cima de uma cama por uma mulher inexperiente no assunto e até hoje ainda sinto aquele mau cheiro de marda empregnado no meu nariz, mas é claro que um belo rabo tem seu valor. Enfim, dei minhas saidinhas mas nada tão especial encontrei. Continuando minhas andanças eu cheguei a conclusão que os seios mais bonitos do mundo são das paraenses, cada uma maior que o outro e eu não me preocupo com estética, para mim tem que ser grande para aguentar o meu tranco e ficava sá campanando para escolher a pessoa certa, pois eu já estava cançado da orgia, pois voce acordar todo dia do lado de uma mulher diferente e as vezes perceber que você ser discipulo de São Jorge, não quer dizer enfrentar dragão todo dia, foi quando um belo dia dentro de um ônibus, eu achei a coisa mais gostosa do mundo trabalhando como cobradora, eu fiquei impressionado com a beleza e com a cara de safada que ela tinha, sabe aquelas putinhas com cara de anjo, assim é minha companheira, mas o tesão ficou ainda maior quando eu fiquei frente a frente e ví através de um decote, os peitos mais deliciosos que já provei até hoje, fiquei doido e falei para mim mesmo, e essa e a mulher que eu desenhei quando era pequenininho e me punhetava pensando em um dia encontrá-la, mantive a calma e aproveitei para perguntar se o ônibus passava em tal lugar para ela saber que eu não era dalí e tentar puxar um papo, mas fiqeui na minha e campanei de longe, não tirava o olho dela e ela não dava bola para ninguém, parecia um soldado inglês, sá olhando para frente e falando muito pouco, mas eu tinha que chegar perto dela de qualquer maneira, pois meu coração já era dela, então um vendedor ambulante pasou vendendo bala de eucalipto e eu aproveitei a deixa e pedi que ele entregasse um pacote para ela, e o cara vez isso e ainda fez meu comercial, ela quiz recusar mais depois agradeceu acenando com a cabeça, eu fiquei tão maravilhado que soltei no lugar errado e andei igual um dromedário. COmo o destino é verdadeiro, eu um belo dia peguei um ônibus e la estava ela, mais maravilhosa do que nunca e eu não pensei duas vezes, sorri, atravessei a roleta e fiquei alí bem pertinho dela, tipo um pitbull fazendo a segurança e não gastei muito tempo, falei tudo que eu tava sentindo e tudo que tinha direito, me declarei para a indiazinha (é gente, eu sou casado agora com uma india), pois a fêmea até para rir ela é braba, para cumprimentar alguêm, da as pontas do dedo e se alguém tentar beijá-la ela puxa o arco e flecha e faz (uhuhuhuhuhuhuhuhu) e eu tenho que acalmala dizendo que homem branco e assim mesmo, mas em compensação, é a mulher mais maravilhosa e trabalhadora que já conheci, fora dizer que mete igual galinha do pescoço pelado no cio. Eu sempre gostei de namorar antes, andar de mãos dadas, pois por incrível que pareça sou amante a moda antiga, marcamos um dia e fomos para um balnaério chamado Mosqueiro, lá soltamos no final da linha e fomos tomar uma água de coco, quando nos olhamos profundamente e até a vendedora percebeu que estavamos apaixonados, ficamos andando pela orla do que eles aqui chamam de praia, e tava um calor insuportável, quando tive a idéia de irmos para um hotel para tomarmos um banho e fiquei surpreso quando ela aceitou, mais com uma condição (catacu tinavera duitiutbica amamalucate) tradução, vamso lá mais não vai rolar penetração e eu pensando que a convenceria concordei na hora, pois tava quante para caralho, chegamos na oca, quer dizer no quarto, e ficamos conversando um pouco e eu tava doido para ver aqueles peitôes enormes pulando do sutiâ, meu pau já não aguentava mais de tão duro, então falei que poderíamos tomar um banho junto e a caboclinha estava cheia de vergonha e eu tentando deixala a vontade, até que tomei meu banho e depois ela foi tomar o dela, esperei uma eternidade para ela voltar, e quando ela voltou estava com uma calcinha preto e um sutia da mesma cor, fiquei doido de tanto tesão, aí a safadinha veio para cima de mim e começou a se esfregar me galopando, mais vestida, foi quando ela botou aquele peitão para fora e eu quase gozei, mas mamei muito e ela aguentava o meu tranco, pois sou tarado por peito, e mamei, mordi, lambie, chupei, suguei, fiz de tudo com aquele peito, para dizer a verdade eu nem queria penetrar, pois tava bom demais daquele jeito, mas percebir que ela estava toda molhadinha, pois havia gozado e a calcinha tava toda enxarcada de gozo, tentei forçar um pouco a barra, mas ela não quiz e eu tava satisfeito e pensando, vai chegar a hora dela e com isso eu ainda convenci a tomarmos banho juntos pois eu tava doido para ver aquele peitão solto, e ela cheio de vergonha, pois são enromes e por ser muito grande são um pouco caído, mas são as coisas mais lindas do mundo, depois disso fomos almoçar, voltamos para o hotel de novo, brincmos mais um pouco e voltamos para Belém. Apás isso, depois que ganhei a confiança dela e estavamos desesperadamente apaixonados, fomos para um hotel e metemos até dizer chega, era uma tara louca, ela tinha um problema para resolver com o FDP do ex marido pois ainda moravam juntos, e eu a convidei para morar comigo. FOi dificil ela tomar a decisão, mais quando eu menos esperava ela veio de mala e cuia e passamos a morar juntos, eu me senti no paraiso, tendo aquela mulher todo o tempo sá para mim, eu já não queria mais nem voltar para o quartel para não deixá-la sozinha, foram trepadas violentíssimas a toda hora e a todo momento. Nos mudamos para perto do quartel onde eu trabalhava, chegamos sá com as roupas e alguma coisinhas, mas crescemos juntos e hoje temos tudo que uma casa poça ter, pois trabalhamos muito para isso, eu me abri com ela, em relação a sexo e disse que tinha muitos fetiches e ela como uma bela india, fazia sexo gostoso mais ainda era meio fechada e eu falei para ela que seria o cara mais fiel do mundo, mais queria que ela fosse a minha puta, piranha, galinha e realizasse todos os meus desejos, sendo melhor do que as mulheres que fazem filmes pornos, pois elas são piranhas de vários homens e eu queria uma piranha esposa sá para mim, foi difícil, pois a ideia tupi guarani ainda estava na memária dela e dominar boi brabo é fogo, mas aos pouquinhos ela foi começando a assistir filmes pornos comigo e ficnado excitada, as chupadas no meu pau já estavam mais suculentas, ela já esfregava mais aquela xoxota gigantesca e deliciosa na minha cara e um belo dia eu pedi para ela deixar eu gozar na boca e com muito custo eu consegui, foi maravilhoso, uma realização bem deliciosa, eu senti que ela tomava todo o meu leite, assim como eu tomo o dela quando ela goza na minha boca, sá que ela sai correndo para o banheiro e cospi tudo, é claro que eu queria que ela engolisse, isso me deixaria muito mais realizado, mais tudo bem, afinal de contas aos poucos ela vai melhorando. Num belo dia eu comprei um consolo para ela e ela achou meio duro, machucando e disse que preferia meu pau, eu conversei dizendo que meu pau realmente é a coisa mais deliciosa do mundo, mais que aquilo seria diferente e ela falou que aquele não, pois era duro demais e machucava; eu tive que ir no único sexshopping que tem em belém e consegui trocar por um outro. Até que ela gostou, pois numa brincadeira, enquanto eu enfiava naquela xoxota linda, chupava seus lábios vaginais e ela acabou tendo um orgasmo delicioso e eu chupei aquele leite todinho que por sinal é uma delicia. mais infelizmente ela se lembra da tribo indígena e surta querendo ser puritana e eu tenho que fazer a cabela dela de novo. O grande mérito dela é me fazer ficar tarado pelo rabo dela, pois me ensinou a fazer um anal delicioso, eu ainda tava meio abalado psicologicamente pelo banho de merda que tomei, mais a safada sabia se preparar para tomar no cú e aos poucos fui enfiando minha piroca naquele cuzinho e ela sentia um pouco de dor e quando eu tirava meu pau amolecia, mais ela punhetava um pouco e ele subia de novo e enfim penetrei aquele cú divino e maravilhoso, foi a coisa mais gostosa em relação a sexo, pois eu enfiava com vontade e ela gozava desesperadamente, por algum momento passou pela minha cabeça de acontecer de novo o meu drama, mais pensei vou relaxar e gozar muito, eu fiquei brincando com a xoxota dela enquanto comia seu rabinho gostoso e de repente dei um gozão tão violento que até hoje ela ainda sente o gosto de leite na garganta e o melhor meu pau saiu limpinho, motivo de muitos elogios para ela e eu me amarro quando ela fala que sabe ser mulher. O tempo foi passando e eu comprei um computador, e descobri uns sites de sacanagem e contos eráticos e comecei a ler e ver e ela fica meio brava pois ela se sente meio sozinha, então depois de uma certa briguinha. falei para ela que eu sempre quiz que ela fosse aquelas putas que aparecem alí, mais sendo que fosse sá minha, pois se elas fazem aquilo tudo ela também tem potencial para fazer até melhor e que ela lendo ou vendo aquilo ganharia mais experiÊncia para termos muito mais prazer e realizarmos nosso fetiches, até que depois disso numa noite no nosso quarto, meio as escondidas, pois tinhamos visita em casa e nosso sobrinho de 2 anos estava dormindo na rede e toda hora chorava ou se mexia, minha mulher encorporou a puta mais safada do mundo e partiu para cima de mim, me beijando como uma louca, colocando o peito para fora para eu mamar, e aos poucos eu fui enfiando minha mão pelo meio das pernas dela e descobri que ela havia gozado e estava totalmente enxarcada, aproveitei para mamar o peito dela e ciriricala até ela atingir um orgasmo e se melar todinha, eu adoro quando ele tem orgasmo nos meus dedos, pois ela sá falta quebrar minha mão entre as pernas dela e depois relaxa e eu vou lá em baixo e chupo o leite dela todinho e foi o que fiz, de repente ela começou a me chupar como se fosse o picolé mais gostoso do mundo, ela chupava mais não machucava deixando sua boca deslizar pelo meu pau babado, mais sugando com vontade, eu quase gozei em sua boca e poderia aproveitar o momento, mais eu queria mais e mais, pois ela tava irreconhecivel, ela me beijava com volupia para sentir o gosto do práprio gozo e isso me deixava louco de tesão, ela me punhetava gostoso e alteranava botando o meu pau todinho dentro da boca, tava gostoso demais, de repente o curumim, (sobrinho dela começou a choramingar na rede e ela foi la balançar a rede, mas chupando o meu pau), depois ela veio cavalgar na minha pica colocando os dois peitos na minha boca, e eu posso dizer a vocês, não tem coisa mais gostosa do que os peitos da minha mulher, se tivesse leite seria melhor ainda, pois ela espirraria na minha cara, e o mais gostoso e quando ela começa a mamar o práprio peito junto comigo, eu tenho que me controlar muito para não gozar logo, pois e delicioso, em suma, eu não aguentei mais e gozei gostoso e ela também teve mais um orgasmo delicioso. No outro dia quando estavamos sozinhos, ainda com uma tara louca um pelo outro, conversamos e decidimos colocar nosso fetiches em dia, então fizemos varias brincadeirasm eu, ela e o conslo que batizei de ed, ela adorou, e no final eu pedi que enquanto eu tivesse comendo aquele rabo de frente, ela mesmo se masturbasse com o ED e eu filmando tudo, olha foi delicioso, eu ver meu pau entrando e saindo de dentro do cú dela, todo melado de KY e ela se deliciando com o ED, alternando no grelo, enfiando tudinho na boceta, esfregando no peito fazendo uma espanhola, einfiando na boceta de novo, chupando o ED até que ela enfiou na boceta com bastante vontade e pediu que eu ficasse tirando e colocando com vontade meu pau no cú dela e ela gemia de prazer, nisso ela começou a enfiar com bastante rapidez e vontade na prápria boceta e pediu que eu aumentasse as estocadas no cu dela que ela teria um orgasmo violento e eu fiz o que ela pediu e quando ela ia orgasmar, tirou o vibrador e pediu que eu sugasse seu leite e para minha surpresa ela cuspiu o seu leite pela boceta na minha boca e minha cara, parecendo que estava mijando leite, foi maravilhoso, eu so tinha visto isso em filme pornografico e pensando que era montagem, mas minha mulher fez isso pra mim e eu não deixei uma so gotinha do lado de fora e ela me beijou muito para sentir o gosto do seu proprio prazer e depois pediu que eu me lavasse pois iria fazer eu gozar na sua boca e iria tomar meu leite todinho, e claro que fui correndo me lavar bem, ela também veio atrás, fodemos gostoso no banheiro e depois voltaos para o quarto, ela me deixou em pé, ficou sentada na cama me chupando e tocando uma punheta en quanto enfiava o ED na boceta novamente, isso me deixou louco e eu pensei, caramba ela se tornou tudo aquilo que eu sempre sonhei, essa é a mulher da minha vida e a vadia ainda alternava chupando minha pica e as vezes chupando o ED tomo molhado do gozo dela, eu fiquei pensando caramba vou gozar tão forte que devo furar o pescoço dela e me passou uma cena bastante engraçada quando uma vez gozei gostoso em cima dela, sá que o jato foi tão violento que bateu no olho dela certinho e em parte do cabelo e ela virou india novamente, mas agora eu sabia que ela tava querendo isso e eu tinha mais e que aproveitar e quando tava chegando a hora, ela acelerou mais ainda o ED dentro dela para gozarmos juntinhos e eu gozei como se fosse a maior fábrica de leite ja vista até hoje e ela além de deixar na boca também fez eu gozar na cara dela, lambendo o meu leite que escorria pelo seu rosto, foi a coisa mais gostosa que me aconteceu em materia de sexo, pois eu encontrei a minha verdadeira esposa puta, coisa que todo homem quer ter, não concordam. E hoje em dia, fazemos de tudo em materia de sexo, pois virei escravo sexual dela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de crentisinha cusudacumendo a buceta cuinhadaconto guarda roupa da lingeriecontos eroticos na filaconto gaguei mas gostei de dar o cucontos dormi de fio dental e me ferreicontos eróticos mulatasó não doidão priminha gostosaconto erótico gay com muito estuproo dia que levei.uma.gozada no.anus da travesti contocontos de incestos posando na sograConfesso bato punheta pra velhocontos eroticos com objetosmulher trai marido pela primeira vez e perdi o cabaço do cu com super dotados contos eróticoscontos eróticos satisfazendo as fantasias do maridomorro de tesão pela a minha madrasta/videoscontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paicu de bebado não tem dono contos eróticos gayfiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos etoticos meu marido faz eu dar para trassemulher gozando a um metro de distansia e mijandoanus enrabadopai t***** acariciando a bundinha da filha e goza sem pararmeus patroas adoram chupar a minha bucetacontos escola sexocontos de cú por dinheiroMãe mamando pau do filho contoseroticosconto erotico deidinheiro a minha maePorno conto sala de bate papo minha sogracontos eroticos fui com meu sobrinhocasa dos contos putinha desde novinhaPai filha mijando na praia contos eróticosmaisexo peituda senta e goza na boca do macho contos eróticosconto os peitos bicudos de maecontos eróticos. bdsm mestre tudo que meu mestre mandar 3contos eróticos sobre irmã bucetudacontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaocontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroContos eroticos gay dando pro maconheiro safadogarotinha contoscontos gay com homens grandes e peludos terminadasIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvoConto de gang bang no posto de gasolinacontos eroticos amigas se mastubam juntas pela primeira vezsou cadela pratico zoofiliacontos eroticos real a primeira vez q gozeiconto erotico esmagou cu esposaContos heroticos esposa quer muitas picasminha mae me prostituia conto eroticoliberei minha noiva loira pra dois contosconto erotico massageando a tia nuapornodoidonaocontos eróticos putinha na madrugada na ruaGoiânia conto local cu borracharia gayContos de ninfetas sem calcinhacontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramsozinhacom primo contos coroascontos linguada homemconto erótico sequestradoresporno aniverssrio do sobrinho a tia fudet com elecontos eróticos dr meninacom homens e negros dotadoscontos eroticos familia camping nudistacontos erótico eu de dhorte sem cuecacontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparrapidinha calcinha pro lado conto eroticoconto banho com tia olhandoLambie o cu da minha esposaContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho BrennoContos eróticos rabudinha chorou na picacontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiContos de Puta que pra ela so dava rolao cavaloConto eroticos no beco escuroMinha vizinha me deixou ver ela transando contostenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhavendo a cunhada depilando a buceta contoscontos eróticos gay e coroavidios mulheres pelada mais o amigo e diz a ele pra bater ponheta na boca dela e derama galasou casada meu visinho novinho contoscontos eroticos exitantes minha sogra safada gostosa contos eróticos homem velho casa caipirinha novinha