Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MOTOQUEIRO NEGRO

Click to this video!

MOTOQUEIRO NEGRO



Dia 19306 fui à única sauna de Taguatinga-DF que existia na época (Sun Club) e lá por um acaso conheci o Marcelo, um rapaz lindo, gostoso e negro (biátipo que me agrada bastante), ele passou por mim e fui atrás, qdo cheguei a um corredor escuro que dá acesso à sauna a vapor, cumprimentei-o e começamos a nos acariciar, beijando, apertando então vieram as chupações, aí tudo isso chamou a atenção das outras pessoas.E o joguei na parede e com uma violência branda iniciou-se uma sessão de sexo explícito em que os demais podiam ver, mas não participar.

Ele me chupava o cu e o pau, dava mordidas pelo corpo, principalmente nos mamilos, beijos, abraços, fungações, chegamos a nos sentar no chão, ficamos nesta exposição pública por volta de 40 minutos e o pessoal passando, tocando-nos e ele falando que não podia até que apareceu um branco com uma pica bem grande, grossa e gostosa do tipo que me agrada: GGG, peguei e comecei a masturbá-lo, mas o Marcelo disse que não pois eu era sá sua putinha. Depois disso as pessoas começaram a formar duplas ou trios, foi genial!!!

Resolvemos ir para uma cabina e lá a foda foi tudo chegamos ao êxtase sexual.O suor era nosso lubrificante.Ele é sá ativo, mas liberal do jeito que eu gosto, ou seja, faz e aceita tudo, chupa pau, cu, beija na boca, lambe todo o corpo inclusive o pé.Posso dizer que Haia muita paixão entre mim e ele, pois sabemos trepar fizemos mil carícias e declarações.

Ele me comia de todas as posições até eu de cabeça pra baixo, o calor era intenso dentro da cabina, aquele pau preto, grosso e meio torto entrava e saia com todo cuidado e ele sempre preocupado, perguntando se não estava machucando, mas como iria me machucar uma coisa gostosa como aquela e ele era sá doçura.Marcelo cuspia em cima de mim, puxava minha língua com a boca, elogiava meu corpo, minha bunda e meu pau ( são lindos mesmo e fazem muito sucesso).Aquele momento foi mágico, um homem lindo, corpo maravilhoso e sabendo trepar, ficamos mais de 1 hora, as pessoas Já começavam a encher o saco, nem ligamos, até que ele gozou.

No final trocamos telefones com a promessa de ele me ligar quando chegasse a casa, mas ele não prometeu nada em relação a namoro, sá que poderíamos nos ver, que me adorou, enquanto que eu já estava completamente maravilhado(não apaixonado) por ele.Quando saímos da cabina já era muito tarde, e não havia mais nada de interessante para nás naquela sauna, ele foi embora, juntei-me aos meus colegas e também partimos.

à noite, ele me ligou no celular e dei o telefone da minha casa, ficamos muito tempo conversando, falando as mais loucas sacanagens, acabando tudo numa gozada, sá pensar nele eu ficava de excitado, até dentro do ônibus, no meu trabalho, ele prometia que iria ligar e ligava.Disse que viria a minha cidade vestido de motoqueiro para me comer no meio da rua de madrugada.

Uma vez ele me ligou às 5h da manhã e tinha de me levantar às 6h.Ele queria enfiar o pau no meu cu e para eu gemer bastante e pedir para tirar, mas ele iria enfiar mais, sá em pensar fico todo excitado, falava que eu era sua puta, eu inventei um personagem que o deixava com ciúmes, então ele dizia que iria dar porrada nele.

Eu mandava ele sentar na minha cara para eu chupar o cu dele, mandava ele chupar o meu cu, não podíamos mais ficar uma noite sem nos falar.Ele viajou um fim de semana, tive de me masturbar bastante.Marcelo em uma de suas loucuras telefônicas, ele disse que iria me fazer um filho (fantasia de muitos homossexuais, tanto ativos como passivos) e vendo que lhe dava prazer, embarquei na onda dizendo que o pai seria o outro motoqueiro, o meu homem delícia ficou irritado dizendo que ele era o pai e criaria a criança comigo, pode? Kkkkk.

Um dia de madrugada ele veio a minha cidade de moto, eu estava com uma bermuda bem justa que realçava minha deliciosa bunda, eu ia à frente do meu homem ( ele na moto) e ele dizendo sacanagens, quando chegamos a um lugar escuro embaixo de umas torres de transmissão, ele me pegou, tiramos nossas roupas, então o maluco abriu minha bunda e lambeu, chupou, mordeu e sugou meu cu e meu pau ao mesmo tempo, eu gemia, gritava, ele lindo como sempre, estava de sunga vermelha com aquelas pernas de praticante de capoeira.O meu homem me deixou de quatro e me meteu pica bem fundo, pegava no meu pau, batia uma pra mim, depois se abaixava e me chupava com vontade.De repente meu deus afro-brasileiro começou a me pegar à força e a morder e socar aquela pica preta no meu cu sedento, eu comecei a xingá-lo e dizer que era um corno que o outro motoqueiro sabia trepar melhor do que ele, pra quê? O tarado ficou com raiva e ciúme, então eu “ sofri”, ou melhor, meu cu “ sofreu “ naquela pica maravilhosa, ele bombou muito e gozou no meu corpo.Disse que não era para eu dar pra ninguém, se não daria porrada em mim e no cara.

Continuaram as ligações noturnas e eu pensava cada vez mais nele, sá ver o número dele no celular ou no identificador de chamada já me dava tesão.Passei por um problema familiar, então resolvi ligar para ele vir a minha casa, pois não queria ficar sozinho, naquele dia não queria tanto sexo mais companhia de alguém, apesar deste fogo todo, Marcelo era meio frio, pouco ria, meio fechado, misterioso, mas não chegava a ser estranho, isso para mim era indiferente, mesmo que no fundo procurasse uma pessoa mais práxima e amorosa.Então ele chegou, não queria ir muito a minha casa, mas acabou indo, com receios, dessa vez a conversa e o sexo não foram satisfatários, ele foi até meio grosseiro, eu não me sentia bem, ele foi tomar banho, aconteceu um fato lamentável, Marcelo foi para casa.Depois de alguns dias liguei, ele friamente disse que deixasse como estava, ou seja, cada um seguisse seu caminho, foi maravilhoso, mas vi que ele sá queria mesmo era momentos, como todos que conhecera e eu muito mais que isso.Cansei de ser visto como gostoso e estar sempre sozinho.

O que procuro? Um companheiro, deve ser decidido, bonito, inteligente, até 40 anos, ativo liberal, bem resolvido, de preferência moreno, mulato ou negro.Não a bissexuais, pseudo-heterossexuais, drogas (inclusive álcool e cigarro), idiotas, gordos e homens fora da Grande Florianápolis.Sou carioca, 35 anos, falo francês e espanhol, passivo liberal, extremamente sincero, negro, 1m74, 78 kg, bonito e procuro um Homem para ser meu Companheiro e não um parceiro sexul, mesmo gostando muito de sexo.Contatos: [email protected] ou Caixa Postal 435 CEP 88.010-970 Florianápolis –SC

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha enteada minha amante"amor vou dar" amigo colegaconto real espiando no buraco casal sexo chacaracontos à canzanaCaiu de boca na xana contoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtosconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos incesto troca de filhasporno contos filha mais resentecontos eróticos múltiplos orgasmosconto erotico doce bruninha novinha no colocontos eróticos cu saindo pra foraminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosgostosao aguenta doi pipinos no cúContos fui violentada ate sangrar o cu e a bucetaconto erotico minha mae chupava minha bucetianha deus de pequenameu cuzinho contraindo no teu pauporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elecontos esposa do clientecontos irmãzinhacrente carente de porra na buceta contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchacontos gay meu primo pauzao vir iadoro os fio dental da minha irma e os shortinhos adoro o vibrador dela no meu cuzinho afeminadofobtos trasado com as duastias gostoscontos eróticos no dia chuvoso pedreiro taradaoMeu namorado me comeu com um pepino contosmedico podolatria contos eroticos  Minha vontade era de explodir de tesão quando ela me perguntou isso. Mas me controlei e falei só que sim, que pensava muito nela!! Aí foi meio automático, a gente já estava bem próxima mesmo. Ela se aproximou, eu me aproximei. Não sei bem quem tomou a iniciativa, mas o nosso primeiro beijo rolou ali mesmo. Foi maravilhoso. A lí  contos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezafui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoswww.meu filho mim comeu com doze anos contoloiras fudendoconto eróticocontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroconto gay "punheta pro seu macho"conto erotico flagracontos eróticos punheta da primaContos erotico zooo japonezaeu conto Meu marido saiu meu cunhado me comeuufa ufa ela senta fode e chupacontos eroticos descobri que era gay e não sabia parte5contos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtcontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosodei na infacia e não me arrependo contos gayscontos eróticos de mulheres do b****** grandeela chupeu monhas bolas a noite inteiraconto erotico na piscinaContos eroticos de amigos q fuderam as amigasmeu genro comedor de cucontos eróticos no elevadorContos de viadinho de shortinho socado querendo dar o cuPutinhas mamando contoseroticosbucetas ticos greloscontos com fotos tia e sobrinho baixinho realcontos eroticos de enteadasAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...conto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendoConto erotico de evangelicasminha empregada lesbica me obrigou contoscontos gay transformado em putacontosdesexo padrasto metendo na enteadaConto puta fode com o vizinhominha namoradinha me provocou pra fuder brasilminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouFudendo a prima,contocontos erótico irmaosconto de quarentona a fuder com desconhecidohistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarDanadinha sapeca contosquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no rabocasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinho