Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU NAMORADO

Click to this video!

Nunca publiquei um conto, porem sempre gostei de ler. E como sendo meu primeiro conto, vou trocar os nome por precaução.

Quando tinha 19 sempre tive atração por homens, pudia sempre notar que quando eu via homem, meu coração disparava, o mesmo não acontecia quando via uma mulher. Ja cheguei a comer algumas garotas quando era mais jovem (tenho 23), mas sempre mantive desejos por homens.

Certo dia (estava com 19 anos) resolvi entrar num bate-papo, sá pra zuar mesmo. No começo comecei a tc com algumas garotas, sempre tentando mostrar interesse, foi ai que algums cara começaram a me perguntar idade, o que curtia, e eu ia respondendo, mas sempre dizia que era ativo. Até quem em certo momento um cara se indentificou dizendo que tinha 30 anos,começamos tc so msn, detalhe eu sempre deixava claro que era ativo, combinamos de nos encontrarmos, num barzinho no mesmo dia.

Marcado o encontro. La estava eu todo arrumado pronto para ver aquele homem que tanto me chamou a atenção pelo bate-papo. Ele era alto, magro, mas tinha um corpo definido, pernas braços, cabelos grisalhos, enfim uma delicia. Conversamos um pouco, tomamos algumas cervejas, percebendo que a conversa evolui hENRIQUE me convidou para ir até sua casa, "para conversarmos mais segundo ele", logico que eu aceitei. eu estava simplismente impressionado com aquele homem, Henrique tinha um jeito de conduzir a conversa, sem me deixar nervoso. Enfim era um homem experiente.

Chegando cehgamos em sua casa, trocamos breves palavras na sala, em seguida fomos para o quarto. Ao chegarmos la comecei a beijo-lo no pescoço, pensando segundo eu que eu ia comer aquela delicia. Sá a que Henrique tinha um jeito de me dominar na cama, rapidamente ele começou a morder minhas orelhar,descendo pelo pescoço, em seguida foi descendo ate chegar no meu pau.

Até o esse dia eu sentia nojo em beijar homens~, não gostava de chupar pau muito menos um cuzinho. gostava apenas de meter.

Mas com Herique foi diferente ele chupou meu pau, eu gemia de prazer, so que em determinado momento eu notei que sua lingua descia em direção ao meu rabinho, fiquei meio desconcertado pois nenhum cara nunca tinha feito isso comigo, no começo nao gostei, mas quando ele começou a passar alingua no meu rabinho, nossa eu via as estrelas, eu gemia mais que quando ele chupou meu pau. Pudia sentir ele atolar o lingua dentro do meu cuzinho e ouvir ele me chamar de putinha gostosa, dizendo que eu seu.

quando terminou de me chupar Henrique pegou prontamente uma camisinha e disse que ia me comer, eu com medo disse a ele que nunca tinha feito aquilo. Ele com todo jeitinho pegou um creme passou no seu pau em seguida no meu cu e enfio de vagar.

Comecei a gritar de dor no começo, pois todos os cara que ate entao eu havia tentado ser passivo eles não sabiam meter, metiam com força, e tb não tinham pegada.

Henrique disse que ia devagar, e começou a colocar bem devagarinho, dizia que meu cuzinho era apertado, que minha bunda era muito gostosinha...enfim não deixei que ele terminasse, tivemos que gozar cada um se marturbamos.

No outro dia Henrique me procurou novamente disse que queria se desculpar comigo se havia me machucado. Nos encontramos novamente, e novamente transamos.

So que dessa vez eu ja estava mais preparando. Aguantei aquele pau dentro de mim que devia ter uns 19 cm, uma delicia. Deixei ele gozar dentro de mim (com ccamisinha claro).

Henrique começou a me procurar com frequencia, assim acabamos tendo mais afinidade, e eele acabou confessando que gostava de mim, disse que tinha 46 ano de idade, enfim que me queria.

Em menos de um mes ele era meu namorado.

Com o tempo fui me acostumando a ser passivo, adorava chupar o pau dele ja nao sentia mais nojo. Eu delirava de prazer quando ele me virava de lado, enfiava em mim, chupa meu peito (isso me da um tesão ) e me chamava de putinha. Ou então ele se me vira de barriga para baixo, abria minha bunda e me comia com lingue quente dele, eu parecia que ia gozar, com o tempo foi me acostumando com o seu pau na minha boca deixando ele gozar dentro de mim, algumas vezes cheguei a engolir aquela porra delicia. Ele adorava me dar leitinho.

Um dia ele me comeu de bruço, eu estava excitadissimo, ele falava no meu ouvido que eu era sua putinha, safada, que aquele cuzinho era so dele, tamanho foi o meu tesão que ee gozei sem me tocar.

nosso namoro durou cerca de 2 anos. Infelizmente, nessa epoca nosso sentimento foram mudando, e hoje somos somente amigo (amigos de verdade, nunca mais dei pra ele)

Se alguem (se for mais experiente que eu melhor) gostou do meu conto e quiser me escrever no meu e-mail [email protected], Obrigado pelo espaço...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos verídicos com garotas teensconto garoto esperimentei da cucontos eroticos quanto vi aquele pau mostruoso o meu cu piscovidiod etoticos madrata dominando a esteadaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delaContos eroticos home xupno xanaconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******o que sua esposa achou do menage femininocontos catinga de cúcontos dei um beijao na boca do meu tioMeu cunhado me fodeu forsado contocontos de aluciando pela buceta peluda da maecontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggeu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticoscontos eróticos, cuzinhotitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciasContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tiochorou na pica/contocontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos eroticos dei pro irmao da igrejamilhares de contos eroticos pai maefotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosaestalos da cama-contos eróticosvelho zinho tarado contosMeu corno cherador de cu.conto eróticoTRAVESTI CHUPÁ OUTRO TRAVESTI E BEIJO NA BOCA E FUMANDO O CIGARRO conto gay pm com pmnovinha que queira trocar msg e gozar muitovideos porno ti estrubus ti meninas novinhasContos de masturbação com objetos no ginecologistaencoxol com jatos de porraconto erotico dominando mãe e filhanamorada deixou cara de pau duro contosConto de machos arregacando os buracos da putacontos de coroa com novinhopau cheiroso contotem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetaporno gay interracial com macaquinho gulosopriminho tesudinhocontos eroticos gay game apostacontos comendo a menina no carnavalcontos eróticos menino pintinhocontos eroticos: fui comido pelo meu inimigo safadinhocontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travestiporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fidecontos eroticos gatinhasgarotos safadinhos picas e bundas videosminha cunhada quis que eu a visse nuacontos eu minha esposa e a empregada na praia de nudismocontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donocontos eroticos enfermeira saco peito grandeMostre minha rola cabeçuda para o cone e falei que ia comer sua mulher quando eróticosmulheres loira amazonense traindo fazendosexoas rabudaacontos eroticos de namorada fazendo sexo pelo celular com o namoradominha filha chantagista contoseu tenho uma irmã muito gostosa eu tava me depilando e ela pediu para terminar depilaçãocontoseroticos comendo sebo e bebendomijo de picapornobuceta.com/homens so quer saber de mamar em peitoes das safadastreinando a cadela para zoofiliaContos eroticos humilhado seioscontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinhacontos eroticos hospital a tiasou empregada contos eróticoscomendo minha sogra ruiva de 52 anos coroa mais gostosa do brasilcontos centadas no colo do titio no incestover contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosacontos eróticos de professoras de cegosconto elotico pai xfilhaEperiencia zoofilia beijo babadocontos de coroa com novinhorossou em mim contosler contos pornô de incesto durante um assaltanto eu fui obrigado a fuder minha mãe