Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAIÇÃO DE MINHA ESPOSA.

Click to Download this video!

Olá, este é meu primeiro conto. Por motivos obvios vou usar nomes e cidades ficticias...



Meu nome é André, tenho 25 anos, sou alto, magro(nao muito), pele clara e cabelo preto, e a histária que eu vou contar aconteceu no interior de minas gerais.



Desde meus 19 anos eu trabalho e penso realmente no meu futuro, enquanto meus amigos sá queriam vadiar, ou os que trabalhavam gastavam tudo em coisas superfulas, eu investia o dinheiro em cursos e guardava meu dinheiro para uma futura faculdade. Não deu outra, com 19 anos era supervisor do sistema de uma grande empresa da região, e ja ganhava bem o suficiente para ter uma vida boa e cativar inveja da maioria dos rapazes de minha idade.



Aos 19 anos, conheci Roberta, morena, altura baixa, seios medios e bunda pequena naquela epoca, ela tinha 19 anos. Depois de algumas ficadas começamos a namorar, e namoramos até eu completar 20 anos, quando nos casamos. Sempre fomos muito felizes, nunca tinha ouvido nada de mal dela, confiava nela demais e ao mesmo tempo a amava muito.



Depois de 4 anos de casados, senti q ela começava a ficar distante, e que parecia nao querer mais a minha companhia. Eu até conversava sobre isso, até porque por mais que eu a amava nao queria que ela ficasse comigo sem amor...



Eis que comecei pela primeira vez, em 9 anos juntos, que comecei a desconfiar da fidelidade dela. As vezes ela saia de noite dizendo que ia em casa de amigas, mas ela sumia por horas, se eu ligasse, ela nao atendia e desligava o telefone, fora as ligações que ela recebia q disfarçava pra poder falar longe de mim...



Então, meio que por desepero, um dia decidi a seguir para ver no que que dava.



Pedi o carro de 1 amigo meu que ela nao conhecia emprestado e deixei o meu com ele para ela nao reconhecer, cheguei em casa alegando que o carro havia estragado e tinha deixado na mecanica, motivo pelo qual cheguei "a pé"(estacionei o carro meio distante de nossa casa.



Nos primeiros 3 dias ela nao saiu, e o dono do carro ja tava me encomodando querendo ele de volta(mesmo ele tendo ficado com 1 carro 3x mais caro que o dele). Até que no quarto dia ela recebe la pelas 19h uma ligação. Diz que vai sair com as amigas, me beija, entra em seu carro e sai. Nisso eu corro e pego o carro de meu amigo e a sigo discretamente.. Depois de uns 20 min andando ela entra em uma garagem que ja estava aberta, e subitamente o portao se fecha.



Sem ver nada e aflito, fiquei na espera, depois de mais ou menos 2h ela sai e vai para casa. Eu fiquei muito nervoso, pois nenhuma amiga dela morava naquela região...



No outro dia, pedi folga no periodo da tarde, e fiz campanha na frente daquela casa, estava disposto a descobrir quem morava naquela casa..



Lá perto das 4h da tarde, para um carro no lado de fora da garagem daquela casa, e desce um rapaz novo, bonito, corpo atletico, me deu uma vontade tao grande de descer do carro e quebrar aquele cara, mas ele nao tinha culpa, se fosse eu tambem faria o mesmo, uma mulher tao bela quanto a minha(nessa epoca ela já estava uns peitos medianos, mas uma bunda deliciosa), se tivesse a chance pegava mesmo.. A culpada de tudo era ela, que estava me enganando.



A partir dai comecei a bolar um plano para pega-la no flagra.. pois minha cabeça estava perdida, nao sabia dizer se ela realmente me traiu. e se naquela casa mora um casal e ela é amiga da esposa? se o cara é irmão de alguma amiga dela? Enfim, eu a amava demais e nao queria tirar conclusoes que eu pudesse me arrepender depois...



Depois de 1 semana, decidi que eu iria "viajar" por 1 semana a trabalho, iria numa filial da empresa que ficava em sao paulo resolver um problema grave e em menos de 7 dias nao voltaria.



Eu estava ficando louco com isso, "montei acampamento" na frente de minha casa com 1 carro "alugado"(paguei para meu amigo alem de deixar meu carro com ele). Eu estava obcecado por respostas...



Durante o dia eu trabalhava normalmente, até porque ela tambem trabalhava e nao iria faltar para tal coisa, pois o emprego dela sempre foi muito importante. Mas durante a noite ficava ali na frente vigilante...



Quando ela saia eu ia atras disfarçadamente, a perdi varias vezes, outras ela voltava na mesma casa, em outras ia em casa de amigas q eu ja conhecia, ia em outros lugares... E eu aflito...



Eis que o grande dia chegou... Estava em frente de casa, quando ela me liga.. querendo saber como eu estava e quando iria voltar.. disse que estava muito cansado pois estava trabalhando até tarde, e deveria voltar em uns 4 dias se desse tudo certo.



10 min depois da ligação, ela sai. Nao sei porque, mas eu preferi ficar ali. Alguns minutos depois, ja estava me arrependendo de nao ter seguido... porem o carro dela volta, entra na garagem, e apos uns 5 minutos chega outro carro, aquele mesmo que eu vi o moreno saindo, e entra na garagem.. Senti meu corpo esfriar, meu coração acelerou....



Algum tempo depois eu saio do carro, entro calmamente pelo portao pequeno, e vou devagar entrando na casa. Ouço barulhos vindo do nosso quarto. Chego de fino no canto do corredor e vejo 2 vultos no quarto.. eles estavam conversando... de fininho entrei em um quarto que havia em nossa casa, que dava de frente para o quarto em que eles estavam, encostei a porta, e fiquei na fresta vigiando, como o quarto era escuro seria dificil de me flagrarem...



Eles conversavam como se fossem amigos, conseguia ouvir tudo,e achava estranho tudo aquilo.. será que ele era gay? será que eles são realmente sá amigos? estava confuso.. Quando em certo momento ela começava a falar sobre nás, o quanto ela me amava, mas que nao queria mais ficar comigo, queria experimentar coisas novas e ser mais idependente. porém nao conseguia terminar, porque sabia que eu a amava muito e ela também me amava.. Nisso, ele passa a mao no cabelo dela, ela coloca suas maos nos peitos dele, e ambos se beijam.. A partir deste momento, fiquei muito aflito e queria sair do quarto, mas eu queria ver tudo o q iria acontecer....



Enquanto eles se beijavam, as maos dele passeavam pelo seu belo corpo, ele pegava em seus seios, apertava sua bunda, enquanto ela apertava suas costas com força. Algum tempo depois ele levanta sua blusa e começa a chupar seus peitos, enquanto ela gemia e pedia pra ele continuar chupando sua safadinha, nisso vejo sua mão descendo e pegando no pau dele por cima da calça. nao demorou muito ele desabotoou o botão da calça, ela desceu a calça, deixando-o sá com a cueca tapando deu pau, que pelo volume notei que era enorme, maior que o meu. Ela enfia a mao dentro de sua cueca enquanto ele continua chupando seu seio e alisa sua xaninha por cima da calça. logo escuto ela falando: tira essa calça e cueca, eu quero chupar essa pica gostosa. ele prontamente atendeu o pedido, deitou-se na cama, enquanto eu via com mta raiva, e um pouco de tesao(estranhei isso) ela pegando naquela pica enorme, acariciando, e abocanhando como uma puta... ela chupava demais, parecia cena de filme, lambia as bolas, passava a lingua pelo pau todo, enfiava o maximo que conseguia na boca.. depois de uma bela chupada, ela fica em pé na cama, em cima dele, e rebolando tira a calça, ficando somente com uma calcinha fio dental, justamente aquela que eu amava.

Ele falou: vem ca, quero te chupar como nunca ninguem te chupou, ela nega e diz: daqui a pouco, antes quero fazer outra coisa.. e sem camisinha nem nada, ela puxou sua calcinha pro lado e sentou naquele pau enorme, e foi colocando devagar, até entrar tudo dentro de sua buceta. eu fiquei muito puto, alem dela estar me traindo, nem usava camisinha, se ela engravida de outro? eu iria criar 1 filho que nao era meu se nao descobrisse? e as doenças? enfim..



depois de cavalgar um tempo, ela sai de cima, tira a calcinha de costas pra ele, ficando com as pernas firmes e se abaixando, mostrando tudo. e ja foi descendo nessa mesma posição no rosto dele, fazendo com que ele a chupasse, ele logo a puxou deitando-a meio forçadamente e começa a chupa-la com vontade, nao demorou muito e ela se posicionou para chupa-lo junto.. ela gemia muito, nunca tinha visto ela gemer tanto... Até que ela falou: chega de lingua, quero sentir é essa pica entrando dentro de mim bem gostoso. Ele prontamente atendeu, e na posição papai mamae ele enfiava tudo de uma vez dentro dela, cada estocada, ela gemia, gritava e falava putarias como: ai seu puto, me fode gostoso, mete essa rola la no fundo da minha xaninha que ela ta com sede de sexo. Fizeram de 4, de lado, de pé, de todas as formas possiveis, quando ela pediu o que menos esperava: ela o segurou, e falou: tira essa pica da minha xaninha, deu pra ver que ele nao entendeu, mas tirou... ela ficou de 4 na cama, e falou: hoje eu quero sentir isso tudo dentro do meu rabinho! Puta merda, ela nunca fez isso comigo, até tentamos mas ela desistiu depois de umas 3 tentavisas por causa da dor. Ele também se assustou, mas gostou da ideia, antes ele lambeu seu cuzinho com vontade, melou bem, começou a esfregar aquela rola gigante no seu cuzinho e ela pedia: fode sua cachorrinha por tras, mas fode com carinho ta? eu sou virgem de cu. Quando ele forçou a primeira vez, ela se jogou pra frente e deu um gritinho.. mas ela estava disposta a conseguir...



ela se encostou na cabeceira da cama e falou: agora eu nao tenho pra onde fugir, vem delicia, coloca tudo dentro de mim, e se eu pedir pra parar nao pare, me segure e nao me deixe fugir, hoje eu quero perder o unico cabaço que me resta.. Ele atendeu. começou a forçar novamente, quando a cabeça entrou ouvi ela gritar. nao conseguia ver seu rosto, mas pelos gritos e gemidos via que ela estava com muita dor.

ele foi enfiando e ela gritava cada vez mais. quando entrou tudo ela pediu pra ele nao se movimentar, para ela tentar se acostumar com aquele volume. eles ficaram conversando putarias e riam, e ela de vez em quando falava: ta doendo demais.



até que um momento ela desistiu, pediu para ele parar pois nao aguentava mais a dor.. e assim ele fez... quando ele tirou, ela abocanhou novamente aquela rola por um tempo, voltou a ficar de 4 e o mandou fode-la com vontade...

Depois de mais alguns minutos, ele anuncia que irá gozar, e ela manda-o gozar tudo dentro dela.



Depois do gozo, ele tira a rola e deita-se ao lado dela, ela vira-se, chupa mais um pouco aquele pau, que estava começando a amolecer.. eles conversam mais 1 pouco como amigos, entao ele se veste e vai embora...



Eu estava muito puto da vida, mas satisfeito por ter conseguido descobrir toda a verdade..



Algum tempo depois de deitada se acariciando, vejo-a ir para o banheiro, com uma cara de triste, como se tivesse arrependida. Quando escuto o barulho do chuveiro, eu saio e vou-me embora, ligo pra ela avisando que deu tudo certo e que em 1h estaria de volta, vou até meu amigo, devolvo-lhe o carro, pego o meu, passo em uma lanchonete para comer algo enquanto pensava em tudo que aconteceu.



Passado pouco mais de 1h, chego em casa, e ela toda feliz, limpinha, vem ao meu encontro, e tenta me beija. eu correspondo, e pergunto como foi a semana dela, ela "inocente" diz que foi 1 tédio pois eu nao estava por lá..



Depois de contar tudo a ela, discutimos, ela chorando. Eu termino o relacionamento, pego minhas coisas, coloco no carro, saio e doui 2 dias para ela sair de minha casa. Ela simplesmente fica em silencio, com ar de arrependimento. Já era tarde demais.





Hoje faz quase um ano que isso aconteceu, estou solteiro, feliz. Ela, sei que vive sozinha em outro bairro, e dizem por aí que ela se arrepende, vive falando de mim e da maior burrada da vida dela, mas depois de tudo que eu presenciei, tenho até nojo de imaginar tudo que eu fazia com ela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos a crente peituda de vestido levecontos com fotos travesti xexo com a mae da sua amigaeu e a tia evangelica casada da minha esposa conto eroticocontos eroticos corno bebe leitecontos massagem colegaela gritou dizendo q seu cu tava doendo contosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos, a amiga de minha filhinha na casa de praiade tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...homens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludoconto meu irmconto amigo taradoscontos sou crente mais ja trairminha mulher mal caminhava de tanto pau q levou conto eroticoanal tia bunduda conto fotoContos comeu o cu virgem day minhamulher Contos gays me fantasiei de mulher no cine pornoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos e fotos de sexo no carnaval mtaputarianamorado bi namorada puta estria conto erótico bissexualContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de amigas dormindo ecomtos gozoticosconto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comeconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teenFoderam gente contos tennsconto erotico virei cadela barPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticoschuço muita rola contosContos forro esposagay surra chinelo putinhacoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidoPor causa da zoofilia virei escrava 3contos d cachorros mamandopessoas fazendo sexo gostossoooocontos de sexo depilei minha bucetavideo porno lanche na boca. deitada no colo do sogroconto herotico Pantanalconto incesto gay peludoquero história de homens vizinho um comendo o cu do outro pulando muro à noitehistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cucontos erotico de medicocontos eroticos filha currada por amigosconto erotico viadinho pego usando calcinha no sitiocontos saia sem calcinha escada engoli porracontos eróticos eu e meu pai comendo minha esposalesbicas presediariscunhada timidacontosminha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticoVou contar como transei com a visinhaContos eroticos meu atolou a vara em mimcontos eroticos de se masturbando nas sandalias da sogrameu cliitores fica marcando a calcinhacontos eroticos peguei meu marido chupando os peitos da prima delecasa dos contos gay desgraçado arrombadorminha mulher ficou ipinotizada ao ver o caralhao do meu amigoconto eroticos virei esposa do meu irnaocontos eroticos pe de mesaSobrinha da calcinha cheirosa contoeroticoFoderam gente contos tennsTennis zelenograd contoporno coroa da boda mole de fiodetaoTennis zelenograd contoContos minha mulher mandando eu engolir porrasafadinha du papai da ate o cuzinho pra agradar o papaicontos ninfeta provocando com shortinho socadocontos sarro gostoso com meu genrocontos de levei um amigo muito bemdotado pra come mia mulhedei para o comedor do bairro filhos contocontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhocontos masturbmulheres secando bêbadas cheias de tesaoContos eroticos eu meu tio e minha mulherDesvirginando a sobrinha de 18 anospelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eróticos meu marido e um policialcontos eróticos as fantasias de minha filha filha com um desconhecido na praia