Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CURRADO NA DELEGACIA

Click to this video!

Tenho 30 anos e aparento ter uns 25, sou professor, não frequento o meio gay, pois sou super envergonhado. Eu sou moreno, tenho 1,75m, 70kg e sou um cara simples. Nunca iria imaginar o que aconteceu comigo, o que vou relatar a seguir. Em um sábado há duas semanas atrás, foi a festa de 02 anos do meu sobrinho. Eu não consegui carona e voltei a pé, pois era bem práximo de casa. No meio do caminho, uma viatura parou do meu lado. Quando olhei, o policial já estava com a arma apontada para mim e me mandou parar e levanta os braços, o que fiz na mesma hora. Fiquei apavorado e logo imaginei mil coisas: me confundiram com um bandido, vou apanhar... Fodeu!



O PM saiu da viatura e ele era enorme, uns 1,90m, com a pistola na mão, já pegando no meu pescoço e me encostando na parede. Eu nem tive tempo de falar e ele começou a me revistar e pedir meus documentos. Para o meu azar, eu estava sem a carteira, pois pedi para o meu irmão levar por causa de assalto. Logo, saiu o outro, também mais alto que eu (deveria ter 1,80) e moreno claro. Eles me algemaram e queriam me levar para delegacia. Aí eu falei: “Mas eu moro ali. É sá pegar meus documentos...”. Aí, o PM alemão disse: “É, garoto, vai precisar de um bom advogado. É flagrante. E lindinho desse jeito, vai ser menina na cadeia”. Ao chegar a delegacia, sá havia o delegado ou sei lá, pois estava sem uniforme. Eu fiquei sentado de frente para ele, enquanto os dois PMs relatavam a minha prisão. O delegado era um homem de seus 50 anos, barbudo, meio barrigudo e bem polaco (chegava a ser vermelho) e alto. Eu expliquei tudo e o delegado mandou eles me levarem pra cela e irem a minha casa buscar meus documentos. Eu fiquei aliviado.



Na cela, eu comecei a fazer promessa e foi quando realmente tudo começou. O delegado foi na cela e, na cara dura, falou: “Vamos te indiciar, garoto, não tem jeito”. Na hora, eu não sabia o que falar e enquanto ele me perguntava as coisas, ele ficava apalpando o pau e disse: “Assim, o que podemos fazer para aliviar sua situação?”. Aí eu vi que iria rodar. Ele, já com o pau latejando na calça, falou: “Quebra meu galho que eu quebro o seu...”. Eu sou gay, mas sempre fui ativo, por isso, era cabaço. Eu abaixei e chupei o pau do delegado, que era curto e grosso. Eu fiquei de quatro e ele meteu com tanta força que senti meu cu rasgar. Eu soltei um gemido alto e o cara bombou um tempo, gozou e saiu. Eu já sabia que os outros iriam fazer. Eu comecei a chupar o guarda moreno, que tinha um pau grande de uns 19cm, mas fino, e o alemão que ficou dedando meu cu com sangue. No chão, comecei a chupar o alemão e o moreno meteu de uma vez. Senti a rola dentro do meu estômago. Entrava fundo e o pau do alemão era imenso. Eu fiquei apavorado e eles gritavam vários palavrões.



Até que o moreno gozou e o alemão veio e atochou o seu pau de uns 23 cm no meu cu. Senti rasgar tudo, gritei, implorei e fui humilhado. O cara levou muito tempo para gozar e, resumindo, transei durante 4 horas e até dupla penetração fizeram comigo. Saí da delegacia às 7 horas da manhã, o delegado me deixou na minha casa e entrou na sua, que ficava no prédio do lado. Ele já havia combinado de dar a curra e me falou quando saí do carro dele que fazia um ano que desejava minha bundinha e que todo dia de manha, quando eu ia para trabalho, ele me via. Depois, me disse: “Tio Ricardo, bem que minha filha falou que você é um átimo professor...”. Porra, que chato, mas valeu a experiência! Eu moro em Curitiba e sou um cara maneiro. Quem quiser bater um papo ou algo mais, eu prefiro comer, mas agora tanto faz.







Isso aconteceu na época em que eu morava em Curitiba agora moro na minha Cidade natal Santos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto: conheci um caralhomaravilha conto heterocontos gozada da maecontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadoconto erotico feinhacontos eroticos incesto lesbicas zoofilia eu, minha mae e o cavaloconto erotico mulher sendo ordenhadaZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorJamanta comeu meu cuzinho a forçacontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negrosme fode me arromba seu velho safadocontos e fetiches minha enteada minha perdiçãomulherbrasileira conversando putaria contosconto erotico eu esculto minha mae gemendo com meu padrasrocontos eróticos sobre irmã bucetuda"muito aberto" gay contoconto esposa nua no sitioConto porno de estuprada por pai da mim amigaeu liberei minha esposacontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavalocontos eroticos com giuliacontos tias de 29 anos loiracontos gay meu primo ensinouContos eróticos mae do meu amigometendo com a tininhacontos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninacontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaicontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabeFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosconto erotico estupro sequestro sadomasoquistacontos bundão arrebitadoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESConto de mulhe minha esposa na festaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuvideo come meu cu e me batepor favorcontos erticos/meus doi primos revesaran em minmulher chupando o pau do Felipe e as outras olhandoconto erotico fodendo a sobrinha de seis anoswww.goroa nis Sogra fudendoa amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delaContos eróticos:meu querido professordudududu pau no seu cu contos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delawww.dei a buceta com dez anos contofui iniciada em zoofilia desde pequenaTravesti que dá de graça em bhPau gigante.arrombando o cu da inocência. JContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorg****** na xoxota da prima beijosconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhocontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorrosempre que saio com uma mulher levo a calcinha dela de lembrança contos eroticoscontos eroticos 16cmtitio viu minha bucetinha e achou linda contosContos eroticos humilhado seioscasada pelada em lugares movimentados contoscontos eróticos comi minha tiameu genro comedor de cucontos casadas enrabadas com chantagemcontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos do caralhocontos o pau do enteadocontos homem maduro come cuzinho do japacontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosamulhe sora no pau fudedoconto erótico enteada querendo dar po padrastocontos eróticos mancha branca no vestidoconto erotico tira a roupa revólvertraveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornotaras de ficar olhando outroa fudercontos etoticos casais disputam bunda maior das espisasFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosver travesti dano o cu pra sincaras r chupano pimtocontos eróticos faZer o que se comer titia é gostosoTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contoscontos eróticos caminhoneiro seduziuContos eróticos "queria experimentar algo novo"contos erotico de filho travesti bundudozofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos de no dedinho do padrinhocontos eróticos Paula vizinha casada gostosacontoseroticostesaoChupando o peito da priminha gostosa:*contos eróticos de bebados e drogados gayscontos de coroa com novinho