Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO BÊBADO MINHA PRIMEIRA TRAIÇÃO.

Click to this video!

Meu marido bêbado minha primeira traição.



O que vou escrever aconteceu na noite de Natal, meu marido tem um amigo de infância que nunca se largou, seu nome é Paulo e é um homem que sempre achei gostoso mais sempre com respeito até porque quando nos casamos um ano depois ele também se casou e ficamos amigos também tanto dele como da sua esposa eles até batizaram meu filho. Paulo com tempo se separou sua mulher se mudou mais ele continuou sempre indo a nossa casa. De uns meses pra Ca meu marido tem tomado um pouco a mais e quando isso acontece ele cai num sono profundo tanto que mal acorda com um banho frio e volta a dormi. Paulo que sempre ta junto tem vindo com brincadeirinhas essas horas do tipo hoje ele não vai dar nada Vaz ter quer dormi com desejo! Para Paulo achas que fico sem nada sá essa hora rsrssssssssss ah Laurinha sá to brincando mais é que tas cada vez mais atraente! E assim ficávamos com esses papinhos e ele me ajudando a tirar a roupa do Roberto e dar um banho.

Mais o que aconteceu foi nesse Natal à festa foi na casa da minha sogra e o Paulo com aconteceu muitas vezes vai de carona com nás. Bom depois das brincadeiras em família da janta as criançada dormindo o som Rolanda a turma dançando e tomando quando de uma e meia da manhã eu olhei o Roberto tava numa mesa quase dormindo eu já fiquei puta da vida, de novo Roberto? Amor me leva pra casa não quero que mãe me veja assim! Nisso o Paulo chegou ai meio que disfarçaram e foram os dois pro carro e eu fui lá perguntei pra minha sogra se meu filho podia ficar ali que íamos dar uma volta ela disse claro minha filha vem buscar ele amanhã. No caminho novas brincadeiras já que o Roberto já tava roçando. Hoje som com banho frio neh Laurinha porque o Roberto sá acorda amanhã rsrssss é já sabia que hoje seria assim! A mais neh esperou eu dançar contigo tu nesse vestidinho ficas muito atraente! Ah Paulo para. Serio Laurinha.

Chegando em casa entramos com ele e jogamos no sofá e ele tava apaga dão. Paulo vamos jogar uma água nele e colocar ele na cama me ajuda? Claro Laulinha. Paulo tirou a camisa e ficou de bermudão e fui de vestido mesmo já no banho pra jogar uma água no Roberto sobrou pra nos e nos molhou um pouco como tava quente foi natural, depois do banho ta vamos meios molhados e deixamos o Roberto dormindo e voltamos pra sala, fui à geladeira e peguei um vinho. Quer um vinho Paulo ta bem gelado? Quero sim! E ta vamos tomando e conversando. Ah Laurinha esse vinho junto com o que já tomamos ta fervendo meu sangue e tu com esse vestidinho curto nossa no banho já não tava aguentando. Eu fiquei meia sem jeito mais já deixava falar à-vontade cheguei ate cruzar e descruzar as pernas varias vezes, ai levantei e liguei o som baixinho quando ia me virar ele me abraçou por trás. As Laurinha tavas a adivinhando meus pensamento me deves uma dança. Eu sá sentir seu pau duro encaixar na minha bundinha e deixei rolar ele vendo minha entrega tomou conta da situação e foi me beijando toda e me apalpando toda me apertando eu dei um leve gemido e falei o Roberto pode acordar! Calma hoje ele não acorda e hoje tu vai ser toda minha sabes que já venho te desejando a tempo! Mais Paulo tu sabe que sempre fui fiel não sei se devo fazer isso! Relaxa Laurinha o Roberto ta pedindo isso e sei que tu me deseja assim com eu te desejo! E foi me tirando o vestido me deixou ali no sofá da minha casa sá de calcinha com a bunda empinada e me chupando da nunca a bunda, ai se levanto e me deixando sentada no sofá sá de calcinha e ficou em pé na minha frente e pode ver o volume em sua bermuda. Vem Laurinha tinha minha roupa e pega o que tu queres! Eu já toda entregue obedeci e tirei a bermuda e cueca junto seu pau salto e ficou a centímetros da minha boca e sem perde tempo segurou meu cabelos e disse vem Laurinha chupa gostoso! Huhu! E comecei um chupada faminta que Paulo urrou de tezão! Isso minha cadela chupa seu novo macho e já fudia minha boca, apertava meus seios, depois tem tempinho me levantou ainda de calcinha e me beijando e chupando meus seios eu pude sentir seu pau pressionando minha xaninha sobre a calcinha, ai me virou de costa e sentir muito gostoso seu pau duro e quente no meio da minha bundinha. Rebola essa bundinha no meu pau Laurinha! E eu rebolava já toda entregue. Ai ele tirou minha calcinha me fez ajoelhar no sofá e veio por trás e me chupava toda minha xaninha e bundinha e eu já tava gemendo alto exitada demais, ai pau veio por trás com o pau bem duro e foi metendo e já jogava a bunda pra trás pra sentir mais seu pau na minha xaninha. Isso minha cadela rebola! E metia tudo tava tapinha na minha bunda e foi nesse ri timo até sentir seu pau larejar dentro da minha buceta que tava toda melada ai tirou de dentro me virou deu pra mim chupar e gozou minha boca e seios tudo. Aaaaaaaaaaaaaaaaaa delicia Laurinha chupei ate a ultima gota. Ficamos uns dez no sofá. Vem Laurinha agora e nossa vez de tomar um banho! E pegou pela mão me levou por quarto quando entrei e vi meu marido gelei. Calma Laurinha ele ta roncando. Me sentou na cadeira que usamos pra dar banho no meu marido e me lavou todinha me fez lavar ele todo também e nisso seu pau já foi subindo me fez chupar ate ficar como ferro de novo, nos secamos e saímos quando ia sair do quarto pra sala ele me puxou e disse. Vem aqui Laurinha te quero na cama! Ai me deitou no lado do meu marido e veio por trás e encaixou bem atrás de mim e assim de ladinho me fez ter um orgasmo alucinante vendo meu marido dormindo e nosso amigo metendo tudo sem dá. Ele aproveitou o embalou sem tirar o pau da minha xana me virou de bruso e assim eu sentia eu pau mais fundo ainda. Nossa eu sá gemia tava tudo exitante demais. Ai Paulo saiu de cima de mim se deitou colocou aquela tora em pé e disse vem minha cachorrinha vem cavalgar e foder o pau de seu macho. Isso Laurinha rebola mais mexe gostoso e batia na minha bunda ate que como dois alucinados gemendo gozamo muito e ele encheu minha xaninha toda de porra. Cai de lado toda gozada e ficamos assim um pouco e eu cansada e satisfeita fui dormindo Paulo se levantou e em dois minutos voltou me deu uns tapinhas na bunda e disse! Outro dia te como a bundinha que é o que sempre desejei! Amanhã depois do meio sai vem trazer o carro do Roberto. Boa noiite................................

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comerelato de donas de casa cavalaconto de encesto meu pai ficou empotentevídeo do Seu Madruga metendo a pica no c* da Dona Florindacus rijos bom analmeu filho me fodeu com raivacontos eroticos com giuliacroa de pernas abertas dando pro marofocontos eroticos assistiu escondidofamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticocontos crossdresser minha mae me fez meninamae coroa mechama pra viaga com ela e durmo com ela insexto gostosa pornocontos siririca praiaConto erótico Sempre fui mas ele descobriuprofessora novinha e senha resolvi dar o c******contos meu filho adora minha bundaContos eroticos meu sogrocomida pelo sobrinho contos eroticos dando pro jumentocontos eroticos mulheres de 60 anos gostosas fudendo no estupro e gostandoVer buceta mulhere mas buntuda do mundo Contoseroticoscomsogrouma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandocontos colega safadinhacontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cuconto erotico minha pequena tesudaCornos by contoscontos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtascontos eroticos vestido colado e curtotitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciascontos eroticos consegui comer aquela bundacontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trasconto de não aguentei a pica grande de meu avôo home infinando a rola na bumda da moleperdi as pregas contoscontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anosmeu amigos me bateram e me fuderam conto gayconto fiquei pelado na frente da médicacontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhaAdorei meu primeiro anal contos eróticoscontos porno esposas estuprados submissosalgus dono de escravos estrupavão escravasEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticosenrabado na cadeia contosTia chupou todinha de pernas abertasO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornocontos tiachupa rolacontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosassistir o video completo socando o anchinho no cu e na buceta da mulherContos her¨¦ticos incesto comi minha m0Š0e Contos eroticos mamae e filha gulosa chupando o pauzao do seu filho e de cinco amigos dele em uma putaria na piscina de casafui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontos eróticos Bombeiroporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elawww.fotos piças de camioneirocontos eroticosproibidocorno safada do Pará corto eróticosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorTuco e nene buceta da grande familiAcontos eroticos minha mulher virou amante doscontos sexo minha tia queria leitecontos.virei travesti pela drogaContos.Minha.sobrinha.bucetuda.tomando.banho.meu marido bebeu e meu cunhado me comeucontos eróticos transei com minha sogra com ela dormindoconto erotico gay: meu amigo japa dotado rasgou meu cuconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetaconto erótico na praia com a família da esposaporno doido costureiro medindo os seioscontos porno obrigada engolir porra com muito nojoconto de meu avô rasgou meu cucontos eroticos, minha tia e meu cavalo contos eroticos so casadinhas e velhinhostive que dar contos eróticoscontos eroticos comi a mulher do traficantedei o cu po meu pone contos eroticos pornocontos safados inversão e dominaçãoConto papai mg fudeu de jeitocontos de filhos chera causinhascontos safados sogra transa com genro filhaesposa grupal com 18 aninhos contoso pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contoporno de marido bebedo em casa obricando a esposa a fazer sexo com elecontos selvagens arregacei o rabo da minha esposaConto de gang bang no posto de gasolinamulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocacondos erodicos con maescontos clara minha putiacontos eroticos um negro me arrombandocontos eróticos de patricinhas trasando com os paisConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.comporno zoo insesto e dominacao en contos eroticoscrescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos minha mae baixinha gostosacontos eroticos estupradaporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu ela