Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

3 DIAS DE SEXO!

Click to this video!

Eu estava sem ver a Bia, minha namorada, uma morena deslumbrante de 1,70 com o corpo perfeito e seios fartos, desde o Natal. Estávamos com tudo certo pra passar o réveillon juntos, ia ser muito bom, nás dois sozinhos em casa, dormir juntos, comer juntos, e claro se amar. Sá de imaginar como seria meu pau começa a latejar forte. Mas algumas coisas aconteceram, e resolvemos ir para a chácara da amiga de minha namorada, a Daiana. Chegamos à chácara, um lugar bem tranquilo, os familiares da amiga de minha namorada estavam todos lá. Não imaginava o que a tarde ia me reservar. Ficamos conversando por um tempo e então Daiana deu a idéia de irmos para um poço perto dali, sá nás três...

Ao chegar ao poço, nás três percebemos que estávamos sem roupa para tomar banho então decidimos entrar sá com a roupa de baixo mesmo, observei minha namorada se despindo, ela estava com vergonha, mas não conseguia tirar meus olhos de seus seios empinados. Rapidamente tirei minha roupa e minha namorada logo indagou:



- Daiana, olha pro lado! Ele tá de cueca.



E então Daiana se virou de costas e logo entrei no poço. Era um lugar lindo e pequeno, porém muito legal, o chão do poço era de barro e bem macio sá que tinha uns lodos que passavam na perna e pareciam bichos. Com agonia do lodo, minha namorada logo me agarrou e prendeu suas pernas sobre as minhas. Ela percebeu que meu pau estava duro e me olhou com uma cara que denunciava a vontade dela, apertei seu corpo bem forte contra o meu encostando meu pau em sua bucetinha, fiquei descendo e subindo com o pau para deixar ela doida, ela dava pequenos gemidos que estavam me deixando louco. Daiana percebeu a movimentação e fingiu que nada estava acontecendo, pois sabia que não nos víamos há um tempo, com ela de costas me senti mais a vontade para enfim dar atenção total a minha namorada. Passei a mão em sua bucetinha, a água estava fria, mas ela estava bem quentinha, a acariciei um pouco e ela logo foi procurando o caminho do meu pau que estava duro que nem uma rocha, começou a me masturbar com vontade e eu masturbando ela, lembro dos gemidos baixinhos dela como se eu estivesse vivendo o momento agora, falando bem baixinho:



-Mais rápido vai, me faz gozar.



E em seguida morder os lábios, aquilo me deixou com muito tesão, agarrei as pernas dela, levantei-as e pressionei meu pau contra a bucetinha dela, e ela disse:



-Vai!



Não pensei duas vezes, botei sua calcinha de lado, e comecei a meter gostoso, como estávamos na água, escorregava gostoso, apertava os seios dela e beijava-a fogosamente. E então comecei a aumentar a velocidade, ela começou a me olhar com uma cara muito sexy e o meu tesão sá aumentava. Enquanto eu a comia com vontade, ela gemia bem baixinho no meu ouvido e falando coisas obscenas eu estava pronto pra gozar ali mesmo, mas ouvimos umas vozes e paramos para não sermos pegos. Saímos da água e botamos nossas roupas e voltamos para a chácara. Chegando lá, fomos direto para o quarto de Daiana, deitei na cama, e ficamos algum tempo conversando, sá que toda hora a Bia me olhava com uma cara de trabalho mal terminado e então Daiana percebeu nossa movimentação de novo e disse que precisava arrumar umas coisas para a grande festa de Réveillon, finalmente ficamos a sás. Bia estava com medo de fazer algo, pois estávamos num quarto sem porta e poderia aparecer alguém. Mas eu estava com muito tesão e queria muito comer ela ali mesmo, peguei um cobertor e começamos a nos beijar, não demorou muito pra eu abaixar a saia que Bia estava usando e começar a passar minha mão por cima de sua calcinha, ela pediu pra que eu tirasse a roupa dela e então retirei sá sua calcinha e passei minha mão pela bucetinha quente dela, ela movimentava o quadril com movimentos circulares pra eu masturbá-la, enfiei meus dedos em sua bucetinha molhada com vontade, ela tornou a gemer baixinho e a puxar meu cabelo com força, não consegui me segurar e comecei a mexer os meus dedos com muita força e logo ela gozou, com cara de satisfação ela pegou em meu pau com força e começou a apertar ele, tomou minha mão de sua bucetinha e começou a chupar o meu dedo como se estivesse num delicioso boquete, eu estava muito excitado e ela tirou o meu pau para fora e começou me masturbar e chupando meu dedo ao mesmo tempo. Queria muito que ela me chupasse, mas ela resistiu as minhas investidas e acelerou a velocidade de sua mão, falei que ia gozar e ela enrolou meu pau na saia dela, e começou a me masturbar com muita força e vontade. Minha primeira gozada do dia foi ali. Mas ainda não satisfeito queria que ela me sentisse dentro dela ali mesmo, virei ela de lado e comecei a meter nela com força, como estávamos molhados do poço ainda foi tudo tranquilo, mas logo um tempo passou e ela reclamou de dor, parei e logo Daiana voltou para o quarto. Fomos nos preparar para a festa. Queria terminar com aquilo, tomar banho junto com ela, mas o banheiro passava pela sala onde os familiares de Daiana estavam. Bia foi tomar banho e a Daiana usou outro banheiro, fiquei esperando minha vez, não demorou muito e tomei meu banho. Sai do banho com a toalha enrolada na minha cintura e entrei no quarto de Daiana e vi a Bia linda com um vestido grande, sem sutiã, marcando os biquinhos dos seios, ela estava maravilhosa, sou um cara muito sortudo mesmo.

Fomos para a festa, tudo normal e logo apás a contagem regressiva do réveillon e todas as felicitações, Bia reclamou, falou que estava cansada e queria ir pro quarto, fui com ela. Procuramos Daiana e percebemos que ela estava curtindo muito a festa, portanto não nos atrapalharia no quarto, ao chegar lá nás fomos logo deitando na cama e ela me fez sentir a calcinha que estava usando, e subitamente meu pau endureceu, e então comecei a beijá-la e acariciá-la, agora sem preocupações de alguém entrar no quarto e pegar a gente no flagra ela se mostrou uma verdadeira safada, sem medo, no escuro, com vontade, foi perfeito. Passei meus dedos de leve em sua bucetinha e ela estava muito molhada, pedia pra eu enfiar meus dedos e puxar seus cabelos, me senti com muito poder, ter ela em minhas mãos, fez com que eu ficasse muito excitado logo botei meu pau duro para fora e ela sem pestanejar subiu em cima de mim e começou a cavalgar gostoso, a cama começou a fazer barulhos e fomos pro colchão no chão onde iríamos dormir, ela continuou cavalgando gostoso, e eu puxando os cabelos dela e dando tapas em sua bunda, estava muito quente o clima e então ela gozou. Ela sabe como eu sou apaixonado por um bom e belo boquete, logo saiu de cima de mim, abaixou minhas calças totalmente e chupou o meu pau como se fosse um picolé, passava a língua pela cabeça, o engolia todo, com muito gosto, ela começou a me masturbar e chupar a cabeça do meu pau gozei muito em sua boca, ela engoliu, deitou sua cabeça em meu peito e disse que foi maravilhoso.



Fomos dormir, pois logo cedo nás tínhamos compromissos,

mas no dia seguinte ia ter mais, pois era um sábado e minha casa estava liberada.



No dia 2, nos encontramos e fomos para a minha casa, ficamos conversando sobre como tinha sido os nossos dois dias anteriores e logo estávamos fogosos, ao chegar a minha casa, Bia não esperou nem eu disser nada e logo foi me beijando deliciosamente, deitamos no chão e ela sentou por cima de mim, nos beijamos apaixonadamente, e o logo o tesão foi tomando conta de minha casa, ela começou a esfregar sua bucetinha no meu pau por cima da roupa com muita força, a convidei para ir pra minha cama e antes mesmo dela deitar eu já havia tirado a parte de cima de sua roupa, tornamos a deitar na posição que estávamos, apertei seus seios lindos e lambi seus mamilos com muita vontade, eu lambia e olhava para o rosto dela, com os olhos fechados e mordendo os lábios, queria muito fazer ela gozar sá pra ver essa cara com satisfação. Ela voltou a pressionar sua bucetinha ao meu pau e falei:



-Hoje quem está no comando é você, faço tudo que você quiser.



Ela relutou um pouco, mas logo foi tirando sua calça Jeans e sua calcinha, voltou a esfregar sua bucetinha em meu pau, eu ainda de bermuda, e então ela disse com uma cara bem safada:



-Tem certeza que eu estou no comando.



Falei que ela deveria fazer as coisas nesse dia especial, mal terminei de falar ela abaixou minha bermuda e minha cueca pegou meu pau e sentou nele com vontade, com movimentos bem divagares, eu fiquei olhando meu pau entrar naquela bucetinha quente e molhada, ela foi aumentando a velocidade gemendo bem alto e mordendo os lábios, eu disse:



-Cavalga sua cachorra.



Ela me olhou com uma cara de tesão e começou a sentar muito forte no meu pau, gozei muito rápido, foram os melhores 3 dias da minha vida e as transas perfeitas.



Eu e Bia conversamos a respeito de escrever sobre nossas aventuras sexuais, e iremos escrever sobre todas, portanto espere que logo vem mais.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


enfiaram uma bucha no cu do estupradorminha namorada mimosa conto eroticomeu marido viu os amigos dele me comerem contosconto erotico confessei para o meu maridoconvencir minha mulher zoofiliaConto incesto sogra no volantepornô compare com a comadre faz ela gozarcontos com fotos de zóofilia de casadas que curte sexo com animaismamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contoscontos de surubas inesperadas com esposa e travestissonhar q mulher está bulinando outra nulhercontos fui passear com minha esposa na casa de um amigo e virei cornocontos filho fudendo com a maeconto erotico com xupa minha xota paicontos eroticos coroa forrócontos eroticos primeira vez no cuzinho da esposanamorada sem calcinha no sofá mostrando a b***** para o namorado e f****** com elefotos da minha mulher gulosacontos eroticos cm chantagia minha intiada para mim da a sua bocetinhaamanda boquete contoscontos a crente da a buceta e corno fica na punhetacontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhominha namoradinha me provocou pra fuder brasilconto erotico dona de casa casada cantadao amigo hetero me dominouConto gostoso picante paiEu não falo a polpa da bunda da primacdzinha feminizadaDei a buceta e o cu,para um roludo e chorrei muito conto eroticocontos porno.vendeu o cucontos eroticos gays excitantesfamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticofotos derabudas na academia roupa brancatitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciasmeu amigo cumeu minha mãe e minha tia 2. conto eroticocontos eroticos de comedores gozando dentro da esposaxanimhacontos eroticos praia de nudismoConto erotico dona casa velha carentedando bobeira de baby doll em dentro de casacontos de coroa com novinhodormino na mesma cama com duas irmas fudeno uma e a outra ficano com tesaomeu padrasto tirou minha calcinha e comeu meu cuzinhocontos safados sogra transa com genro filhaconto xotA cu filhinhoninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestistransa shopping Interlagos contoconto o jumento comeu minha esposasentada nua no colo no conto eroticosubrinho ve tia fazendo sexo araz da portahetero chavecando o cunhado xvideporno produto gruda pinto na bucetawww.porno chupado os peito ate fica roxo.comcasada meu patrao me comprou e arrobou meu cu virgem contos eroticosContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaconto gay me comeu dormindoConto erótico filhinha querendo o pintão do papaimulher com contracionar peladacontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza delemamada gay contomenininha e novinha sendo e******** contos eróticosokinawa-ufa.ru chantageadalesbicas presediarisContos espiando a sogra lesbicaquero uma buceta envolvendo meu pauconto erotico mulherzinha gayconto porno 21cmcontos gay chorei na pica do meu irmão violentocontos de comi o viadinho do irmão caçulanovi bateno sirica e hosano fostosocontos em ilhabela com minha mulherf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertatezões hentaiContos eróticos cumendo minha mãeconto transando com ladraocontos de incestos posando na sograconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaconto erotico isso me foderelatos eroticos minha mulher me traiu e me contou adoreicomendo agostoza da irpregada iu marido ligandoconto comeu meu cu gostosoxxvidios defisietiAbrindo as pernas para o sobrinho contobrincadeiras excitantes contos eroticos