Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LANNA, COM A MAO E BOCA NO IRMAO DA IGREJA

Click to this video!

Podem me chamar de Lanna, bailarina. Sou loira, cabelos longos e lisos ate a cintura. Tenho 1,68 de altura, coxas grossas...e... (mais detalhes vejam no MSN, RS). Essa histária que escolhi aconteceu mais ou menos há uns 4 meses.

De quarta feira a noite tem reunião do grupo de jovens da minha igreja.Como de costume foi marcado na casa do Evandro. Cheguei lá mais cedo porque era a hora que meu pai podia dar carona. O pessoal costuma chegar as 19hs mas eu cheguei era 17:30. Cheguei láe de costume a mãe de Evandro me recebeu e pediu para eu entrar, falou pra subir pro quarto dele que ele estava no computador. Subi e ele tava sentado no MSN, falando com um monte de gente, inclusive com a namorada dele. Eu sentei na cama, peguei um livro de salmos e fiquei lendo. Passou um tempinho e a mãe dele trouxe um pedaço de bolo e um suco e disse que ia tirar um cochilo ate as 19hs porque teria culto as 19:30.

Passado um tempo estranhei, o Evandro que é super serio e quieto falou que eu tinha uma mão linda. Dei risada e agradeci. Ai ele pediu para pegar nela, pegou dizendo que achou ela macia e cheirosa (e é). Ai ele pedgou e passou no rosto dele, falando que tava carente. Achei estranho porque ele namora, mas fiquei quieta. Ai ele disse, “pena que eu namoro,senão iria colocar sua mão em outro lugar”. Fiquei assustada e excitada e falei assim, “olha, eu te dou as minhas mãos, e fecho os sonhos, ai você Poe onde quiser que eu não vou ver nada, ai não tem problema”. E já fechei meus olhos. Senti ele passando minha mão pela barriga, até levar ao meio de suas pernas, senti um volume beeem grande. Ele ficou forçando a minha mão pra cima e pra baixo repetindo “ai Lanna, você aqui dentro”. Ele tava de calça social e ai imaginem o tamanho que ficou. Levantei e falei pra ele se podia guardar segredo, ele disse que sim, então ajoelhei na frente da cadeira do computador que ele estava, apertei bem o pau dele sobre a calça e comecei a abrir o zíper. Enfiei meu dedo pra passar a unha de leve. Mais um tempo e desabotoei o cinto, e falei pra ele “presta atenção no MSN pra ninguém perceber”. Fui abrindo sua calça e abaixei ate sua canelas deixando ele de cueca sá. Encostei meu rosto na sua cueca e fiquei me esfregando, sentindo latejar. Fiquei assim, ai ouvimos um barulho, ele subiu a calça rápido e pulei pra cama, e pouco depois a mãe dele entrou pedindo licença que iria fechar a porta pra dormir. Foi por pouco. Assim que ela saiu pedi pra ele deitar na cama, (eu iria ficar respondendo o MSN pra ele quando precisasse). E ele deitou, baixei suas calças, tirei tudo desta vez, deixando sá de cueca e meia. Eu tava de saia longa, e ergui um pouco e sentei com minha vagina em cima de sua perna e fiquei mexendo. Falei pra ele “não se empolga muito que sou virgem e pretendo continuar a ser”. Ele balançou a cabeça concordando. Voltei a massagear seu penis sobre a cueca e estava bem duro. Ai então fui tirando sua cueca lentamente. Fui com as mãos ate sua bolas e comecei a massagear. Era um penis bem grosso, até engraçado, a cabeça não ficava pra fora, tinha uma pele por cima. Comecei a a subir minha mão então, apertei bem a base de seu caralho (adoro ser bica suja), apertei bem e ele foi ficando inchado, cheio de veias, a cabeça parecia dobrar de tamanho. Deixei uma mão na base e com a outra fui subindo, passando levemente minha unhas,até que cheguei na cabeça que estava bem molhada.Comecei a passar a palma da minha mão, e ela logo ficou melada e então eu passava na boca. Dei uma olhada na tela do PC e varias conversas estavam em aberto no MSN, avisei Evandro e ele pediu licença pra responder afinal não podia dar na cara. Ele foi bem rapidinho, e logo voltou pedindo “aperta meu pau de novo igual você tava fazendo”. Fiz isso, apertei, e dei uma cuspida nele, fazendo com minha outra mão movimentos pra cima e pra baixo. Fui fazendo levemente, sem tirar a pele do lugar, até que parei na cabeça, apertei com a mão e fui descendo, fazendo com que a pele fosse baixando e a cabeça do pau fosse aparecendo. Ele pediu pra ir com calma porque não estava acostumado a puxar tanto a pele.

Nesta hora tive uma átima idéia. Encostei meus lábio na cabeça de seu pau, continuei segurando a base com força, e fui girando minha língua na ponta de seu mastro, ela ia soltando um liquido salgadinho e com a outra mão fui forçando a pele pra baixo. Fui bem lentamente, ele se contorcia de prazer ou de dor (RS) até que senti que a pele baixou e então enfiei toda a cabeça de meu penis em minha boca, fiz sá um pouquinho, ai me concentrei na masturbação. Ajoelhei entre as pernas dele e me abaixei, tendo uma bela vista de seu pau duro, eu ia com minha mão até em cima e descia tudo, lentamente, quase arrancando sua pele. Comecei a bater mais rápido, soltei minha mão da base de seu pau e fiquei massageando as bolas (tenho boa coordenação pois sou organista da igreja), comecei a fazer cada vez mais rápido, e ele disse que estava prestes a gozar, ai parei, puxei sua pele ate embaixo, e apertei bem a base de seu pau. Quase esmaguei, ele pedia pra que eu continuasse batendo mas eu disse que não. Aproximei minha língua e fiquei passando de leve na parte de baixo da cabeça de seu pau, sobre um tipo de cordãozinho, fiquei assim um tempo e ele ficou em silencio, de repente começou a sussurrar algo, ai me afastei, e foi um, dois, três, quatro esguichos de semem, caiu tudo na sua barriga. Soltei minha mãos e deitei meu rosto em sua porra (adoro me lambusar), ele pegou em seu práprio penis e continuou a se masturbar, enquanto eu esfregava meu rosto em seu semem quente. Pedi pra que ele deixasse amolecer então ele tirou as mãos. Levantei com a cara melada, fui ateh seu computador pra responder mais mensagens do MSN, fiz isso e já voltei. Voltei a me ajoelhar na cama, e sem usar as mãos passei a chupar o pau de Evandro, que estava bem mole e melado. Fiquei chupando bem profundo, como estava mole cabia bem dentro da minha boca, ia chupando e engolindo toda a sujeira. Eu fazia um biquinho e ia afundando no pau de Evandro, forçava na cabeça, ia indo até final, encostando meu nariz na sua barriga, sentido o cheiro do seu saco. Mas em pouco tempo já não conseguia descer tudo porque estava duro de novo. Ai então pedi algo pra ele, “vou deixar e quero que você bata até gozar no meu rosto todo”. Bem serio ele disse que sim e que não demoraria a me melar. Deitei e fiquei encostada práxima a beirada da cama e ele ficou de pé batendo. Que delicia me sentir desejada por ele. Até que ele disse que ia gozar, senti um esguicho quente, que pegou práximo ao olho e depois outros dois esguicho na boca. Passei minha lingua no canto dos labios e deu pra sentir o gosto de seu esperma e ai veio mais umas gotas que pegaram bem na minha língua. Nossa eu tava com o rosto todo lambuzado, fui passando o dedo, limpando e pondo na boca. Pedi pra que ele me ajudasse passando seu pau aonde tivesse porra em mim e depois dando para eu chupar.

Levantei e agradeci, dizendo “o que aconteceu morre aqui, seja feliz no seu amor”. Fui para o banheiro e lavei o rosto e as mãos. Quando voltei ele já estava vestido e conversando com o pessoal no MSN.

Agradeço a atenção. Sou a “Lanna”, se quiserem me escrever ou MSN: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mamae me da o cu sem doconto adoro cu de casadacontos eroticos dopando a cunhadaConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaestrupada contosconto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadoconto erotico debaixo das cobertaspasseando com o cunhado relatos heroticoscontos porno papai me deixou arnbadadona florinda putana quarta feira de cinzas contos de sexominha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandocontos eroticos mae e filhoenrabada no intercambio contosProvoquei o policial e ele me pegou contos eroticoscontos sexo paraíso em famíliacontos dei um beijao na boca do meu tiocomendo a japonesa contos eroticosconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "Minha vizinha me deixou ver ela transando contosContos eroticos- meu pai me xingando no sexoembebedei minha irma e a comi conto eroticocontos eroticos sou casada realizei os desejos do meninoFui vendida como escrava sexual para um negaoxvidio transas arrecei casadosconfesso transando com trêscontos de coroa com novinhoconto erotico sogro na piscinaDesenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharContos punheta no garoto constrangidoFodelança contos comendo a mulher e sua amigaContos de incesto menina pequena com medo da chuvacontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porracontos eróticos estrupada pelo professor de judocontos eroticos me comeram na frente da minha casacontos esposa no baralhocontos cu virgem secretaria casada contosvirando femea do macho roludo contoConto ui ui mete paizinhosenhor dos contos eróticos incesto chantagemcontos eroticos lesbica chineladascontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgcomo arrombar um cu virgem ticamassagem incomparável faz cara senti tesão e gozaMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhagozoucomfidendo uma nnda gigabte carnudaamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticoasfantazias das mulher de pornoconto elotico pai xfilhacontos eroticos tapou a bocasou uma putinha gostosa da familiameu genro me comeu contoscontos sexo estorando cu virgemsfotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintocontos eroticoscalcinha algodaomulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemminha novinha tarada contoconto erotico com coroa empregadameu corpo que era devastado pelo seu pau ainda duro contos eróticos contos eroticos testemunha de jeovacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigohoje eu comir a bucetinha da ester de cinco aninhoscontos ajudando minha mae peituda na faxinacontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadiaCasada narra conto dando o cume casei com uma puta safadaeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolacontos erótico sexo no cinemacontos sou safada dei a bunda para os meninos flanelinhaCasadas na praia contocontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elaDesvirginando a sobrinha de 18 anosmamae beija filhinha contoscontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casacomi a prima do meu pai com mais de 50 anos contos eroticos publicadosconto arrombando namoradaestudando com contos eroticoscontos eróticos gravou tia dando pra doisconto sozinho com minha sograpapai - contos eroticos