Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GOSTO DE APANHAR(ESPOSINHA)

Click to this video!

Meu nome é Sandra, 40 anos, sou casada com Marcelo 46 anos.Eram 15:00 hs quanto meu marido(senhor)chegou.Estava sozinha pois nossa filha estava prá escola.Tenho corpo gostoso, seios medios, bunda gostosa,cabelos até o ombro, sou branca, o cú e a buceta rosados.Já tenho cú arrombado.Estava de short e camiseta de ficar em casa.Bem, vou confessar uma coisa prá voces, gosto de apanhar.Sou como dizem, mulher de malandro mesmo.Meu senhor chegou mal humorado, a muito não conversava-mos, acho que ele quer a separação.Sentou do meu lado, disse que queria a separação.Começei a chorar, então meu senhor me disse:Para de chorar, chifruda mansa.Quer apanhar, quer?Disse para o meu senhor que não, que faria qualquer coisa para melhorar.Então, fechou a cortina do nosso quarto, mandou eu abaixar o short.Abaixei o short e começei a apanhar na bunda, batia violentamente, mandou eu arredar a calcinha, porque gostava de me bater olhando pro cú e prá buceta me deixando humilhada, fazia isso em sinal de respeito.Disse que não aguentava chegar em casa e ficar olhando prá mim, um traste inútil, mulherzinha filha da puta desarrumada.Então, meu senhor arroncou o cinto da calça, começou a dar correiadas em mim.Tinha que contar e agradecer as correiadas na bunda.Conta e agradecer.Mandou eu empinar mais a bunda, pedia a separação.Disse que não.Meu senhor batia e chutava meu traseiro.Estava humilhada e também lôca prá ganhar no cú e na buceta.Ganhei muita correiada nas costas, no cú, nas pernas, na buceta.Na buceta, meu senhor fazia questão de bater com a mão.Já estava com a buceta inchada, com corrimento misturado com urina.Enquanto apanhava, tinha que ficar segurando o cacete duro dele.Era muito mal tratada e humilhada o tempo todo.Meu senhor me disse:Anda esposa piranha do cú arreganhado, esposa prostituta,corna mansa chupa meu caralho anda.Chupava aquele caralho com vontade, enquanto ele batia na minha cara.Quanto mais eu chorava, mais ele se aproveitava da situação.Eu estava totalmente submissa a ele.Deixava ele fazer o que queria de mim.Quanto mais ele batia, por dentro eu queria apanhar mais.Gosto de surra.Novamente pediu a separação.Disse que não.Me mandou ficar de quatro igual a uma cachorra.Me agredia com palavras e surrava minha bunda, enquanto metia em mim.Minha buceta pedia caralho.Que fáda gostosa, minha buceta estava tão molhada, eu estava com muito tesão.Disse que não merecia aquilo, apanhar daquele jeito.Meu senhor respondeu:Mereci sim, puta safada, mulher de malandro, sua cara não queima não?Você gosta de apanhar né?Apanha apanha e fica aí levantado a buceta prá mim.Deixa eu colocar o caralho aonde eu quero.Você não tem jeito, puta infeliz, puta desprezivel, gosta de tomar surra.Chorava, balançando a cabeça fazendo que não.Enquanto falava essas coisas, mandava a vara na minha buceta.Me dava pica.Teve uma hora que ele tirou, mandou uns cinco tapas tão fortes, que eu mijava enquanto comprimia o cú e a buceta.Me mandou ir para a cozinha buscar a vassoura.No quarto, tive de enfiar o cabo da vassoura no cú.Ele então pegou o cabo, ficou me estrupando enquanto eu ficava alisando o caralho dele.Me chamava de cú arrombado, que as mulheres que ele comia na rua não eram daquele jeito não.Chorava de tanta humilhação,falava com ele que eu tinha cuzinho.Tirou a vassoura do meu cú e foi logo me enrrabando.Comia meu cú com vontade.Mandou eu gemer prá ele.Estava lôca, estava gozando, gemia igual uma puta sem vergonha, esta gozando como nunca.Que rôla gostosa no meu cú.Ele disse:Gozando no meu caralho, né?Apanha apanha e gosta, puta imprestável.Anda me faz gozar, vê se ao menos presta prá isso.Tirou do meu cú,então enfiei ele na buceta e fiquei rebolando naquele caralho com ele deitado na cama, quando meu senhor estava quase gozando, mandou eu punhetar prá ele gozar no chão.Obedeci e logo meu senhor lançou aquele jato de porra .Me colocou prá lamber toda aquela porra .Meu senhor me chutava na bunda enquanto lambia, segurava no meu cabelo, esfregando minha cara no chão como se tratasse de um animal.me mostrando qual era o meu lugar.Depois me mandou colocar a roupa.Me arrumar prá buscar nossa filha.Já pronta prá sair, tive de ficar de quatro prá ele chutar meu traseiro de novo.Me abaixei e fiquei esperando.Depois que me chutou aí então eu saí.Faço tudo, qualquer coisa prá não ficar sem a pica dele.No fundo, mesmo que eu nunca confesse isso prá ele, ele sabe que gosto de apanhar e ser humilhada.Sei que ele nunca vai se separar de mim, pois ele sabe que sei realizar todos os desejos dele, Estamos juntos a 19 anos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


com doze aninhos estrei na vara contos eróticos gayconto gerou comer a sogracontos chupei o cu do cachorroconto o cachorro que fudia a vizinhacontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigocontos eróticos só no cu das coroasminha amiga me levou p suruba contos eroticoscontos inocentes tapasContos.encestos.mae.no.campo.de.futebolcontos de encoxadasbuceta DetinhaCONTOS EROTICOS DE SENHORAS FUDENDO COM GAROTOSTio come sobrinha a força contos eroyicosguado o cavalo tramza a rola dele fica detro da eguacontos reais minha mae chupou minhha bucetacontos eroticos orgasmo no colo titioContos Eróticos tamanho do pau de Meu sobrinho Na Praia De Nudismocontos eroticos gay mentalconto gay daniel e murilo me.comerammendigojumentootitiu comendo a sobrinhacontos eroticos so era pra ela chuparconto erotico comi a professora do meu filhohistorias eroticas com saúnas masculinasporno coroa pauzeracontos no cu da esposaamiga da minha filha tezudinhaa caminho da caichoeira deu o cu pro amigo neticonto de enfiaram uma garrafa no meu cu e me arrom.baramcontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigotocu de proposito pornodoudocontos porno pm mastruba minha mulher contos/fui toda arrebentada na conavizinho tezudorola mole rola dura bate até que furaporque cavalos tem pirocãoContos Eróticos Nega bebada de leguinbrincando de casinha contos eroticosconto erotico gay fui no baile funk e dei o cu pro travesticontos de chorei com a pica grande no meu cuzinho apertadoejaculando na cara porno contos er¨®ticoscontos erotico, quatro travesti me estruparamcontos minha aluninhaconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaminha filha camila contos eroticosConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacontos incesto comendo minha mae no parquecontos eroticos moleque e mulhercontos eróticos - encoxada no elevadorcontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhoConto dei o cu no cine repúblicacontos eroticos dei pa paga dividame vesti de mulher e uma travesti me comeuseduzi meu irmãocontos porno chupetinho para um adultoesposa bebada e seria sendo chatageada no churrasco contocontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroconto comi minha amiga peludaMeu namorado me comeu com um pepino contosminha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininosvoyeur de esposa conto eroticoarrombado cu de subrinha contoprima perguntou se eu era virgemcontos erticos/meus doi primos revesaran em mincontos gay meu paizão comendo o meu cunhadoCont erot bucetaContos eróticos à força de negros brutosContos eróticos titioo masagista fasendo masagem na mulher o pau dele encostou no rosto dela e ela chupoucontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacacetudo me enrabou contosConto de neto dopa avo e come a buceta delapai da namorada conto erotico gaycontos eroticos as tres safadinhadContos de sexo en onibuscontos catinga de cú