Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER DEU PRO VIZINHO

Click to Download this video!



O que passo a narrar agora aconteceu no final de fevereiro, Eu sou casado há 19 anos e nunca pensei que veria minha esposa com outro, Ela tem 1,55 de altura, 32 anos, Loura pele branca e um corpinho muito gostoso com uma bundinha redonda e arrebitada, Ela sempre me conta que no seu serviço tem um monte de colegas que fica dando em cima dela, mas ela nunca da bola pra eles e fica sá provocando eles falando que eles vão ficar sá na vontade e na punheta, ela me disse que já deixou um colega dela sá ver a calcinha dela, uma vez que ela foi de vestido para o serviço fingindo que ela não estava vendo o cara ficou de pau duro e não conseguia disfarçar e ela ficava cruzando as pernas sá pra provo calo, mas nunca passou disso.

Ela me falou que já provocou esse vizinho uma vez ficando de shortinho curto enquanto ele lavava a caixa dÂ’água de sua casa é viu que ele batia punheta atrás da caixa vendo ela no tanque lavando roupas, ela sá o provocava abaixando para pegar algumas roupas fingindo que não estava vendo ele, colocava um pé em cima de um balde sá pra ficar com a bunda mais arrebitada, esse vizinho é um negão daqueles que tem a mão toda calejada pelo motivo de ser pedreiro e também ele já é um coroa com seus 48 anos, um dia ela me disse que o tanque de lavar roupas precisava de um concerto no encanamento e eu disse a ela que chamasse seu Carlos pois ele era pedreiro e sabia concertar isso, ela chamou ele pra concertar o encanamento, sá que no dia do combinado eu falei com ela que ia sair para aproveitar o dia de folga, sai conforme tinha dito, mas algum tempo depois eu voltei para trocar de roupa, pois sairia com uns amigos para ver um filme ao voltar para casa ouvi o som de casa meio alto, pois ela gosta de ouvir musica enquanto arruma a casa entrei sem que ela e seu Carlos me vissem, e fiquei a observar escondido atrás de uns tijolos o que rolava no quintal de casa, ela tava com uma sainha curta vermelha bem soltinha e ficava provocando o coroa se abaixando e mostrando uma calcinha de renda branquinha que usava, o coroa mal trabalhava direito e ficava passando a Mão no pau por cima da bermuda e ela La fingindo que nada acontecia, eu ficava sá rindo vendo a cena, pois sabia que ela gostava de provocar os outros mais do que a mim, a essa altura o coroa já não tava aguentando mais e falou pra ela,Dona Nilda sabia que a senhora é muito gostosa seu marido tem sorte de ter uma mulher assim, ela respondeu com um muito obrigado e pediu para ele andar logo, pois tinha muito o que fazer e ficou de frente para o tanque, ele se levantou e ficou em pé atrás dela e passou a mão em sua bunda ela levou na brincadeira e falou para ele parar, pois eu podia chegar a qualquer momento, ele falava, olha como a senhora me deixou, meu pau ta quase estourando de tão duro, ela respondeu pra ele que poderia ir embora e bater uma punheta e depois voltar pra terminar o serviço, nesse momento ele se abaixou atrás dela e levantou a saia dela e enfiou a cara na bunda dela, ela mandava ele parar sá que ele não obedecia e arreganhava a bunda dela e enfiava a língua, eu sabia que ela tava com tesão sá não queria admitir para ele, mas não adiantava quanto mais ela pedia para ele parar mais ele continuava, e virou ela de frente para ele sentou ela no tanque abriu bem as pernas dela arredou a calcinha pro lado e chupava a buceta dela como se fosse a ultima da vida dele, e eu sá na punheta vendo aquilo e não acreditando que tava acontecendo, eu imaginava que ela ia sá deixar ele chupar, pois ela me fala que gosta de provocar e ate deixaria alguém chupar um dia, mas meter nela sá eu faria isso, enquanto ele chupava sua buceta eu vi que ele aos poucos decia a bermuda e como não usava cueca ficou pelado com aquele rolo de fumo duro não era maior que o meu, mas era bem grosso e mais preto que ele, eu pensei ela não vai dar pra ele, foi o que aconteceu no começo ela falava que não ia dar pra ele que ia sá deixar ele chupar pra depois bater uma punheta bem gostosa, ele nesse momento deceu ela do tanque a virou ela de costas e tentava enfiar aquela rola preta na bucetinha rosada da minha mulher, ela resistia um pouco, mas como ela tava molhadinha pelas chupadas que ele deu começou a entrar a cabeça e ela falava: Para seu Carlos meu marido ta chegando, e ele tentando empurrar o Maximo que dava, ate que num momento eu vi que ela levantou uma das pernas deixando aquele pau preto entrar todo, ai eu vi o coroa se desesperar socando a rola com força naquela gruta rosada e ela sá ficava parada sentindo as estocadas, tem um banco de alvenaria perto do tanque ele sem tirar o pau de dentro foi puxando ela ate se sentar no banco e colocando ela no seu colo e socava com força, falando “ai que buceta gostosa”, eu procurei um local que dava pra ver melhor e vi que a buceta dela já tava toda vermelha de tantas estocadas, ele falava que queria comer seu cuzinho, pois já tinha batido varias punheta pensando nisso, ela falava que não, mas era mentira, pois ela adora da aquele cu rosadinho, ele voltou a senta La no tanque so que dessa vez ele tava colocando o pau no cu dela dava pra ver direitinho o pau entrando devagarzinho, ele começou com um vai e vem lento até que o cuzinho dela se acostumasse, ela falava para ele ir devagar, pois era raro as vazes que deu o cu, mentirosa ela amava sentir uma rola naquele rabo, ele colocou uma das pernas dela no seu ombro e socava a tora preta pra dentro, eu já tava na segunda punheta, ate que não aguentando mais falou que ia gozar e gozou igual a um animal urrando, quando ele tirou o pau saiu quase um litro de porra do rabo dela e tava tudo esfolado de tanta pirocada.

O coroa ainda não se contentou sentou ela no banco e chupou a buceta dela até ela gozar e falou que queria repetir a doze algum dia, ela falando que nunca mais que era a primeira e ultima vez que era pra ele se contentar, “duvido”, sai de fininho e voltei quase uma hora depois, quando entrei no quintal vi que seu Carlo já tinha ido embora e ela lavava a louça na maior cara de felicidade. Cheguei por trás e cheirei seu pescoço e vi que ela tinha se lavado, pois senti um cheiro de sabonete, mais tarde quando fui tranzar com ela vi que sua buceta e cuzinho ainda estavam esfolados e meti nela com toda força regaçando mais ainda cu e buceta e ela com cara de quem não tinha acontecido nada, nem se quer comentou que tinha provocado o coroa, pois toda vez que fazia me contava, mal ela sabia que eu tinha visto tudo.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


casa dos contos eroticos novinhas delicias seduzindo o tiocontos eroticos gozando no cu da coroaEu fui amamentado pela minha tia contos eróticoscontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos meus amigos estupraram a minha maenoite com a cunhada casada contosbuceta com muito tesao goza na primeira estocadacontos porno velhoconto sexo bandidos comeu eu e meu marido Quando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavacontos de cú de madrinhaPeguei minha tia naciririca e aproveiteiTennis zelenograd contocomendo minha irma de seis anos contos eroticosSou casada fodida contoconto meu marido choro quando o negao me estrupocontos de cornosobrinho de caseteduro amcontos eróticos comi minha tiaconto de meu avô rasgou meu cutransa shopping Interlagos contoporno idoido na purberdadecontos sacsnagenvamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***Contos de Capachos e submissos de garotasnegao meteu no cú do menino assanhado.contosconto erotico enfermeira estupradacorno chupa caralho contoscontos eroticos de sogrocontos eroticos trair meu marido no puteirorelato homem chorou com a tora no raboconto gaguei mas gostei de dar o cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico real eu meu tinha comemos minha tiaconto erótico duas rolar na velhacontos erotico meu cu mastigando o contos punheta com a maecontos pornos irmas naturistascontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elaconto erotico a noivacontos: puto dando ao ar livremeu policial chupou meus seioscontos eróticos uma tora para mim para minha filhacontos eroticos adolecentes brincando de esconder comessaram a dedar meu cu nao demorou e me comeramcontos eroticos sogra mijonacontoseroticos obrigaram minha esposa a usar drogascontos eróticos eu e minha mãe nos amamos feito loucosConto de mulhe minha esposa e o molequeConto+vizinha crente doida para dar a bundatravestis narrando quando deram o cuzinho pela primeira vezconto erotico humilhei meu maridocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafilho t apa olhos a mae para preto fodercomi minha comadre drogada contoconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandovelhas gordas de 90kg nuasnora bunda gostosa provacando sogro conto eroticocontos eróticos minha mãe me pego com cachorroContoseroticoscomsogrogozei no copo e dei pra minha tia bebeu contosc.erotico lua de melContos porno seduzi meu netocontos meu avozinhi me chupiy no matagalconto erotici curioda de senrtir im vibradorfingi que dormia pra ver ela meter contosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos de putas se chupando ate o orgasmoconto corno leva sua savada pra asisti o jogo de chortinho torano a bucetacontos casada vai a festa de faculdade e se da malcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaganhei uma calcinha...contos eróticoscurra contoConto erticos menina sendo estrupada pelo pai no matopordinheirocontostrveco deicha o cu do mrmanjo escorrendo Leite conto erotico viadinho no sitio de shortinho e calcinhacontos eroticos pastorcontos eróticos teen apostaNao aguentei ver minha mae nua na cama e fodi ela CONTO EROTICOhttp://transei com filho do professor gay contos eroticos gaysexocontoerótico do avocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos me ensinaram a bater uma siriricacontos xxx o marido da minha amiga me comeufoda gostoza mulher caszada tro cano omaridocontos eroticos casei com um velhoandreia baixinha tranzando e tamirisAtolando o pauzao na casadinha contosConto erotico Zoofiliacontos de maridos que de tanto insistir viraram cornos e viados no mesmo diavelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contos