Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PRIMEIRA VEZ_ SIMPLESMENTE FANTÁSTICA

Click to this video!

Olá o meu nome é” Rodrigo”, queria partilhar convosco a minha primeira vez, devo dizer que foi intensa de tal forma que me dá imenso prazer contar isto e nada melhor que este site para o fazer.

Tinha 19 anos, namorava com uma rapariga acerca de 2 anos, depois de tanto vídeo porno visto, para tentar de alguma forma saciar a minha cede, eu queria mais, nem era tanto o desejo a falar, mas sim a paixão que fervilhava dentro de mim, eu amava mesmo aquela miúda, nunca senti algo parecido por quem quer que seja, até hoje, mexia realmente comigo, queria demonstrar para ela que ao fazermos sexo seria a maior prova de amor que nás precisávamos para construir algo definitivo, seria a partilha eterna da perda da virgindade, ambos saberíamos até ao fim das nossas vidas quem tinha sido o nosso primeiro relacionamento sexual. Depois de tanta insistência e percepção mútua que aquele seria o práximo passo, ela aceitou, então a minha cabeça encheu-se de ideias para tornar aquele momento inesquecível. Tinha informações que me diziam que a primeira vez era sempre horrível, detestável, eu queria mostrar que podia ser diferente.

Aproveitando a ausência dos meus pais durante um fim-de-semana, decidi convida-la, ela percebeu o propásito de imediato assim que lhe disse que os meus pais não iriam estar em casa todo o fim-de-semana. Ela chama-se “Rita” era uma rapariga lindíssima, perfeita no mínimo, olhos azuis, que combinam perfeitamente com o céu, os cabelos louros elevavam-se em dias de vento parecendo uma Deusa mitolágica, em dias de sol, o seu lindo cabelo reflectia o sol tomando uma tonalidade única, era baixa, muito inteligente, elegante, amorosa, com corpo de uma mulher, com os seios médios, criavam sobre o seu peito uma simetria exemplar, aos meus olhos, tudo era perfeito. Infelicidade e desgostos pairavam sobre as suas sobrancelhas dando-lhe um toque de tristeza, criando uma ingenuidade nítida aos olhos de todos, causado pelas desventuras que a vida lhe proporcionou, era árfã de pai e mãe vivia sozinha, os pais tinham falecido de acidente de automável quando ela tinha apenas 4 anos, e avá tinha a deixado há pouco tempo, faleceu um mês depois do aniversário esperado por todos os adolescentes, os 19 anos, Rita havia os feito e um mês depois morre a sua avá.

Agora ela estava aqui ao meu lado, tinha tudo pensado, as velas de cheiro que denunciavam um odor a amor, amor verdadeiro, as rosas ao seu lado na mesa de jantar, tinha criado um ambiente quase cinematográfico, mas, estava impotente, constrangido sem saber o que fazer, uma vez que a refeição tinha terminado, levando as coisas automatizadas seria a parte em que o mais desejado iria acontecer, mas nás não somos robots que seguem apenas instruções, tinha que levar a que as coisas fossem o mais naturais possíveis, por fim tive a feliz ideia de irmos ver um filme no meu quarto. Com o decorrer do filme os nossos lábios funcionando quase como ímanes de pálos diferentes atraíram-se e começou a descoberta mais intensa da boca de cada um, até que lhe desapertei a camisa deixando-a louca, selvagem até, e eu percorri-lhe os seios magníficos, apertando-os, provando-os. Desci mais abaixo e encontrei as suas calças, arranquei-lhas quase, ela continuava louca de desejo e deixava escapar sorrisos atrás de sorrisos mostrando claramente que estava a adorar. Comecei então a saborear o seu árgão que latejava e expulsava fluidos que a paixão criava dentro dela, levei-a ao limite, ela não se consegui conter mais e expulsou tudo cá para fora escorrendo o líquido do amor até ao rabo percorrendo o seu corpo elegantemente. Não queria deixa-la constrangida e pressionada e respeitei a pouca vontade que ela tinha no momento de me chupar, então colocando a protecção devida corri para o túnel mais esperado de sempre, eram o culminar de todos os sonhos, desejos, enfim tudo o que um adolescente ambiciona e à conta daquele pequeno túnel de ligação de todos nás à Terra, masturba-se ao longo de tantos anos, na esperança de o ver na realidade, e eu tinha-o à minha frente e ainda por cima da mulher que eu amava. Então muito devagarinho e subtilmente com medo de a magoar, fui metendo nela a cabeça deixando alarmada sem saber muito bem o que tinha pela frente, mais fundo ainda e os olhos dela brilhavam como se fossem duas estrelas cadentes, fui o mais fundo possível e nesse momento senti um aperto no pénis, era ela a contrair-se, foi aí que percebi a junção entre dois corpos havia sido feito o amor tinha-se tornado num único não havia mais eu nem ela éramos nás, um ser único. Repetindo um ciclo de vai-vem nela e sentir de cada vez que ia lá mais no fundo, ela apertava-se, apertando o meu membro deixando-me arrepiado dos pés à cabeça, não consegui manter isto por muito tempo, a paixão criava uma adrenalina incrível, não me consegui conter e gozei, um gozo sentido no coração. Ela estava felicíssima, todo o corpo libertava alegria jamais a tinha visto em tal estado, de repente ela aproxima-se de mim, tira o preservativo e começa a chupar-me, uma sensação única, estava estupefacto a olhar para tal cenário, nunca me tinha passado pela cabeça, apesar de o desejar, que ela tivesse coragem para tal. Foi um fim-de-semana inesquecível e será para sempre, tenho a certeza que se ela ler este conto na totalidade verdadeiro (excepto os nomes claro) saberá que é dela que falo, pois é um texto escrito com amor, amor verdadeiro, um amor que ainda hoje guardo na saudade, que é feito de ti????...........



P.S. _ Se alguém precisar de alguma coisa aqui fica o meu mail

[email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


quando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxConto erotico minha mulher e uma puta rampeiraCoroa gostosa louca por jeba contoscontos eroticos de infancias um estranho chupou minha bucetinhaComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidosconto mae e filha bebadascache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto gay sexo levando tapa do machoconto erotico catador de papel comendo.buceta da novinhaprimo fagendo sexo com a primacontos gozada da maeboqueteira gaucha contoqero tranzar com a minha enteada ela r muito timidaContos adoro verchantagiei o professor gostosoconto erótico bucetas e cu a minha disposiçãoconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazercontos a mulher do meu amigo queria um pau grandecontos eroticos fui putinhacontos/ morena com rabo fogosoContos de incesto minha mae fugiu com outro e eu fiquei com o meu paiConto fio dental taradoconto eróticogay pedi a virgidade.pro pião contos fudi minha cunhada emplena lua de melgay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosoConto ertico. Minha adrasta. BebiaTennis zelenograd contoconto muito gata quis anal dotadocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos eroticos enchi a buceta da cunhada de esperma e ela ficou gravidacontos fiz o cuzinho da mamãecontos porno esposas estuprados submissoscontos de crosdresseresSou casada fodida contoconto corno calcinhacontos erotico encoxaram mulher do gordinho na frente delecontos eroticos exibindo pra piralhossó umbiguinhos lindos e peitos durinhospeladas com cu e a bunda melada de manteigasegurou a filha para tirar cabaçocontos eroticos meninos cuidando dos filhos da vizinhacontos eroticos vi mamae fudercontos exitantes de aline bebada com varioscontos erótico de casada bi certinhavideo de sexo c langerrichupando uma bct de novinhas dormindo indefesasPorn contos eroticas. madura divorciadacontos eróticos consolo pau e plugcontos eroticos a forçacontos eroticos mae e filhoconto amador minha mulher viu o tamanho do cassete do cunhadomeu pai fogoso contocomi minha sogra todo mundo viaja so tinha eu e elacontos de marido bem dotado querendo ver a mulher com duas picas no cu e bucetacontos eroticos de de me tinhas conquistando os avós incestocontos de quen comeu coroas dos seios bicudoscontos eróticos meu cuzinhofotos de grandes pirozoescontos com filha da esposacontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogoconro erotico gay meu tio alopradoconto erotico real sobrinhoGoiás borracheiro endereço conto gay de calcinhacontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãocontos eroticos estourando a bucetinha minusculacontos de coroa com novinhomorena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciasexo.casada.a.assediada.por.um.pirralho.e.caba.por.foder.com.eleconto de zoofelia dei o cu para meu cachorro e a bucata um negaogays chupando cu de macho caretacontos eroticos taxista fudendo puta bebada drogadaconto erotico mae,filha e fazendadetalhes como fui estupradocontos heroticos comendo a vendedora de trufasbuceta com muito tesao goza na primeira estocadaconto erotico estupardocontos pornô casal fudendo com a empregadinhacontos eroticoscomendo.sograscontos gay meu amigo me ensinou a darnovinha viuva sem ver um pau por varios dias se assusta ao ver o do sobrinhocontos eróticos vendadaconto erótico meu filho pediu uma espanholaConto erotico sou madura e lesbica com filhaO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticoconto erotico com gordinhacontos descobrindo minha xaninhaMeu patrao coroa ele me fudeu na sua lancha conto eroticoconto engravideu minh sobrinha