Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FAMILIA DAS PUTAS

Click to this video!

Meu nome é Gabriela, tenho 19 aninhos e desde novinha me visto como uma menininha. Sou morena da pele bem clarinha, toda lisinha de bumbum arrebitado e cinturinha fina, tenho os cabelos lisos e compridos e meu cuzinho apesar de tudo é bem apertadinho.

Tenho uma irmã dois anos mais velha que eu e que sempre foi muito puta, desde novinha ela usa roupinhas curtas e provocantes e é claro que linda e gostosa vive sendo enrabada pelos traficantes daqui do morro onde moramos.

Meu pai se separou de minha mãe assim que ele soube que minha irmã tinha pra quem puxar, pois a minha querida mãe adorava levar um monte de machos pra casa e trepar com todos eles de uma vez quando o corninho saia pra trabalhar.

Assim, eu cresci admirando o mundo feminino e o poder de sedução delas, as calcinhas, as sainhas e shortinhos que as deixavam ainda mais femininas e toda vez que ficava sozinha em casa eu aproveitava pra me vestir como elas e ter a certeza de que eu tambem era parte da família, pois me transformava em uma verdadeira vadia quando vestia aquelas roupinhas. Eu enfiava objetos no meu rabinho virgem e ficava me imaginando no lugar delas, de quatro sendo fodida com força por algum traficante armado.

Com o passar do tempo resolvi que não mais ficaria entre quatro paredes apenas imaginando e quando fiquei sozinha em casa pela primeira vez apás essa decisão convoquei logo um amiguinho pra jogar vídeo game em minha casa e é claro que eu tinha segundas intenções, deixei ele na sala e fui logo me montar no quarto. Enquanto ele se distraia na tela da tv eu me maquiava, passava batom e desfilava na frente do espelho de sainha cor de rosa bem curtinha, blusinha branca, calcinha branca fio dental enfiada e salto alto de cristal.

Logo chamei o Rodrigo pra me ajudar com uma caixa de jogos no quarto e quando ele chegou, eu já estava de quatro na cama com o bumbum virado pra ele. Espantado e com cara de safado ele me confundiu com minha irmã:

- Nossa Josy sempre quis te pegar desse jeito, Cadê seu irmão?

- Me come como se eu fosse a Jô vai. Prometo que você vai adorar.

- Cara! Cê ta maluco? Se bem que você ta parecendo sua irmã mesmo hein. Chupa meu pau então!

Quando me virei ele já foi abaixando a bermuda e me ajoelhei pra meu primeiro macho, meu primeiro boquete. Comecei então a fazer como nas revistas que o práprio Rodrigo havia me mostrado e então me lembrava da minha mãe fazendo o mesmo quando eu ficava espiando ela. Eu chupava as bolas e ia subindo até engolir o pau de uma vez, e babava muito, ele tava adorando. Ficamos assim por 19 minutos até que ele pediu pra me comer logo. Posicionei-me de quatro na frente dele e senti minha calcinha descer até os pés, ele então cuspiu no pau e levantou minha saia, enfiou um dedo enquanto espalhava a saliva naquela tora de moleque que mais parecia um adulto, depois cuspiu no meu cuzinho e enfiou de uma vez sá:

- Seu FDP você ta me rasgando!

- Dizem que sua irmã e sua mãe aguentam sem reclamar, se você quer ser como elas têm q ficar quietinha e gemer como uma puta seu viadinho.

Eu chorava e pedia pra ele parar, mas ele tapou minha boca e me estuprava com força. Depois de alguns minutos comecei a sentir prazer e a rebolar, ao perceber ele me soltou e comecei a pedir mais:

- Vai Rodrigo come essa menininha, fode meu cu, me arregaça toda vai, mete com mais força, tira sangue de mim seu puto!

Com essa barulheira toda eu nem percebi que minha mãe acabara de chegar e nos observava da porta do quarto. Era maravilhoso rebolar toda molhadinha com uma pica no meio do cu. Senti ele pulsar dentro de mim e logo aquela porra quente bem no fundo do meu rabo arrombado, foi aí que olhei para o lado e vi minha mãe aplaudindo a situação.

Rodrigo se assustou e correu pra sua casa e o único sermão que tomei foi por não ter usado camisinha. Ela disse que se essa era uma opção minha, tudo bem, que eu seria a mais nova puta da casa. A Gabyzinha.

Essa é minha historia. Se gostarem eu conto mais sobre o que aconteceu depois desse dia.

Beijo gostoso a todos.



Gaby.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos exibindoTennis zelenograd contoeu tenho uma irmã muito gostosa eu tava me depilando e ela pediu para terminar depilaçãocontos comendocontos esposa deu pro sobrinhoContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossacontos chupando varios caralhos negrosconto erotico quando era pequenacontos eroticos fui comida pelo meu inimigocontos eroticos espirito"klaudia kolmogorov"esposinha ciumenta contos eroticosMãe mamando filho contoseroticoscache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos eroticos fudendo a mae travestirelato erotico meu filho me secava doisgostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticosrelatos eroticos travesti tirou os cabacinhos das novinhas chorou muitocontos eróticos ele me convenceucontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primacontos eroticos com sogro e sogracontoseroticoscomcavaloboquete gozada boca amiga contospornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrocontos eróticos com fotos jogo de cartasconto erotico gay viciei na porraultimo contos eróticos transando com tio afui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau duroleke comendo a casada contoconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "vagina que contrai o penisNovinha enlouqueçeu os pedreirosconto sexo gostoso rebola gato gayconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viuXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanheroFodelança contos comendo a mulher e sua amigacontos eroticos marido mandando mulher saraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosempurando devaga no cu 30cconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camateen recem casada contospitbol caseiraconto real casada moro na casa do fundoacrossdresser conto eroticocontos eróticos coroas dormio e fudia no ônibusconto gay aloprado gostoso virei putarelato casada dandocu em fescanto erotico trai meu noivoflagrei o garotinho lanbuzado de porramarido da mae bolina menina contoshomem interra tudo na buceta inxada da sua cadelameu chefe contos eróticocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolaContos de casadas inrrustidascontosdeputavirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gaycoroa se***** cagou no pau de NatáliaXvidio irmã sozinha pailésbicas se ralando incerta com bucetaComendo cu de mulher dormindo conto eroticocontos eroticos fudida por cobrador e motoristacontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoconto me fode maninhocontos minha mae bebada e fodaa viuva amante conto erotico"que buracao" gay contogarotinha contoscontos eróticos de enteadaconto novinha gravida do tioMinha prima viu-me a mastun aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto gay com hetero na praçacontos eroticos de maes prostitutas com seios enormes com filhoscontos foi comer a bct escorregou e pegou no cu vijen delaconto erotico bundinha de garotocontos.putinhas do papai.d.oito.anoschantagem com irma contoscontos de sexo de ladinho com com a irma dormindo ao ladoo masagista fasendo masagem na mulher o pau dele encostou no rosto dela e ela chupoucomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscontos eroticos gay velho barbeirocontos de menina crentecontos eroticos hospitalhttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlcontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozandocontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anosviadinho loirinho bundudo minha mae putinha contos eroticosnovinha do Recife masturbando assim tão pequeninaconto estagiaria virgemcontos porno autoriza por no cu delaela sentava no meu meu colo e adorava contos eroticosA melhor foda da minha vida, contosconto erótico enteada querendo dar po padrastominha mae enfiou o dedo no meu cuContos comida pelo garotocontos eróticos encontro de famíliaPorno mobile boqueterno