Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESVIRGINANDO A SOBRINHA

Click to this video!



DESVIRGINANDO A SOBRINHA



Meu nome é Deco, tenho 30 anos e o que vou lhes contar aconteceu a três anos,na época eu estava no primeiro casamento.



Minha esposa estava doente e depois que saiu do hospital foi passar algum tempo na casa da avá.

Nás tínhamos um bebê de dois anos que ficou comigo em nossa casa, como eu trabalhava uma sobrinha dela veio pra cuidar do nenê.

Fernanda* era uma ninfetinha linda, com 19 anos, seios durinhos, cabelos longos cacheados, morena clara, com a pele lisinha e com aquele jeitinho de menina inocente.

Eu já tinha visto antes, mas nunca reparei nela direito, até brincavam com ela, mas sem nenhuma maldade.

Comecei a perceber seu olhar tímido e ao mesmo tempo travesso que me deixava com muito tesão, sempre desfilando pela casa com shortinhos minúsculos ou mini-saias e ainda tinha o mau costume de se sentar de pernas abertas.

Reclamava com ela vária vezes mas não tinha jeito,sempre dava a pala da calcinha e me deixava louco.

Numa noite na varanda e eu lhe peguntei se podia abraçá-la pois fazia muito frio,ela aceitou e quando senti aquele corpinho quente perto de mim,meu pau deu logo uma soluçada.Pensei que ela ia recuar porém ela se encaixou mais ainda em mim,nessas alturas meu pau estava totalmente duro quase rasgando minha cueca e short.

Ficamos ali por quase uma hora se, dizer uma palavra.

Na noite seguinte ficamos assistindo TV até tarde,quando a percebi cochilando no sofá.

Resolvi tocar seu corpinho virgem,primeiro toquei em suas pernas e fui subindo lentamente quando cheguei a sua virilha ela ressonou alto, então desconfiei que ela estivesse fingindo e continuei.Pus minha mão por dentro do shortinho e alisei a xana por cima da calcinha.

Ela abriu as pernas e suspirou mais forte quando eu pus minha mão por dentro da calcinha e alisei seus pêlos.

Beijei sua boca com extremo cuidado e ela retribuiu o beijo,ficamos nos beijando enquanto eu explorava sua pequena gruta com meus dedos.

Levantei-me e a carreguei no colo sem parar de beijá-la e a levei pra o quarto.

A coloquei na cama e continuamos a nos beijar freneticamente, tirei seu top e presenciei a coisa mais linda, aqueles peitinhos durinhos sem nenhum pano pra atrapalhar.

Caí de boca e mamei feito um bebê ela se contorcia toda e gemia bem baixinho.

Passava as mãos em meus cabelos e roçava a buceta em meu corpo.

Tirei seu shortinho mas ela não me deixou tirar sua calcinha,ficou com vergonha.

Eu pensava que ela não era virgem,pois já tinha ouvido por alto que a flagraram com um garoto fazendo “ousadia”.

Ela também não me falou nada,botei a calcinha de lado e encaixe a cabeçinha na entrada da grutinha tentei mas não entrou de primeira,apesar de sua xaninha estar totalmente encharcada.

Continuei na entradinha,recuei um pouco e dei uma bela estocada que foi seguida de um grito, entrou quase todo então comecei a bombar.

Sua respiração era bastante forte e seu coração parecia que ia sair pela boca,eu já estava me sentindo no céu desvirginando aquela donzela.

Gemendo alto e dizendo que me desejava desde pequena...

E que a noite sempre observava eu e minha esposa transando quando ia passar dias conosco.

Essas palavras me deram mais tesão e eu fui bombando com mais força,sua xaninha engolia todo meu mastro de 23 cm.

Gozei bem no fundo da bucetinha, logo depois ela também gozou tremendo o corpo todo...fiquei até medo sá de vê aquilo.

Depois ela começou a chorar com medo de engravidar e eu a tranquilizei dizendo que ia dar um jeito.

No outro dia comprei a pílula do dia seguinte e dei a ela e...

FUNCIONOU!

Essa foi a primeira de muitas fodas incríveis com minha brinha.

Espero que tenham gostado e entrem em contato pelo meu e-mail: [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos anal de mulher virgemhomem conto heterocontos putas incesto comendo minha mamãe na fazendaPorno sauna com loira e a namorada ciumentacontos eroticos tia no casamentocontos eróticos puta piranhaConto porno de estuprada por pai da mim amigafudi cm tds na praia contosconto pernas fechadascontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposasou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoscontos eroticos reais cornos impotentesseleção de traverti com pau todo no cu gozado na ponhetaconto eróticos a patinha da minha sograo negão comeu o meu marido contos eróticosContos eroticos flagrou namoradaContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabohistorias de transascom orgias inesqueciveisconto sozinho com minha sogracontos eroticos com orgia de cdzinhasvidio porno d3 uam mulher branca 3 uma homem preyoconto erotico encoxando e estuprandoa velhaouvido no quarto a irmã transandoela tinha escondido dinheiro e chantajiei e comi elanarracao erotica fodendo a madrinhavídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalnetinha alizada pornodoidocontos intimo de uma enteadanovinha do Recife masturbando assim tão pequeninaminha prima malcriada contoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eróticos reais de Angolaconto travesti com menina virgemfui comer a novimha e fui comidoputinhasinocentecontos eroticos bumda arebitadasadoro usar as calcinhas da minha esposaRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadocontos eroticos sonho americano 2Comtos eroticos com cumada novinhabanho acompanhado contos eróticosgozo na bucetinha dá cunhadinha com jeitinhohistoriaseroticasswingCuzinho gostoso contoseu punhetei um estranhocontos de incesto - despedida de solteiro foi com minha linda irmãcontos eroticos fudendo a mae travesticomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contocontos erótico moleque safadocasa dos contos eroticos novinhas delicias cedusindo o tiocontos eroticos escravizada e usada por um tarado IVcontos eroticos casadas 50 anosconto erotico arregaçadaconto erotico meu marido tem tesao de imaginacontos com fotos no carnaval levei chifrecontos eróticos debaixo da varameu cao meu machocontos eroticos mistrando a cidade e os moteis para o amigo de meu maridoCacetudos batendo punheta no alimentoscontos eroticos comi meu irmao rosinhacontos eroticos com pescadortezões hentaiverdinho tirando a virgindade da sobrinha novinha gostosacontos eroticos cuidando do meu genro asidentadocontos minha enteada minha amantetirei o cabaço delecontoseroticos comendo ocu dtiticontos coroas minha chefea minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticosminha tia perguntou se eu tava de pau duro - contos eroticosconto erotico estuprei a e humilheicontos sou safada dei a bunda para os meninos flanelinhaas mulher freira depilando o priquito no conventocachorros rendidos gozando pornominha amiga me comeuIncesto com meu irmao casado eu confessocontos policiais fudendo presosconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprobrincadeira de lutar comi o viadinho. contosContos madrasta putaContos eroticos gang bango novinho me encoxouconto erótico na praia com a família da esposaconto de sexo virei femea do meu paidona jandura conto eroticofotos de grandes pirozoesconto erotico paraliticomeu marido liberou também conto cucontos eroticos aventura em resendeContos erroticos visinho fodedo novinhaconto erotico corno puta e paiconto.erotico nao resistie estuprei o filho da vizinha no banheiro ele desmaiou