Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESVIRGINANDO A SOBRINHA

Click to Download this video!



DESVIRGINANDO A SOBRINHA



Meu nome é Deco, tenho 30 anos e o que vou lhes contar aconteceu a três anos,na época eu estava no primeiro casamento.



Minha esposa estava doente e depois que saiu do hospital foi passar algum tempo na casa da avá.

Nás tínhamos um bebê de dois anos que ficou comigo em nossa casa, como eu trabalhava uma sobrinha dela veio pra cuidar do nenê.

Fernanda* era uma ninfetinha linda, com 19 anos, seios durinhos, cabelos longos cacheados, morena clara, com a pele lisinha e com aquele jeitinho de menina inocente.

Eu já tinha visto antes, mas nunca reparei nela direito, até brincavam com ela, mas sem nenhuma maldade.

Comecei a perceber seu olhar tímido e ao mesmo tempo travesso que me deixava com muito tesão, sempre desfilando pela casa com shortinhos minúsculos ou mini-saias e ainda tinha o mau costume de se sentar de pernas abertas.

Reclamava com ela vária vezes mas não tinha jeito,sempre dava a pala da calcinha e me deixava louco.

Numa noite na varanda e eu lhe peguntei se podia abraçá-la pois fazia muito frio,ela aceitou e quando senti aquele corpinho quente perto de mim,meu pau deu logo uma soluçada.Pensei que ela ia recuar porém ela se encaixou mais ainda em mim,nessas alturas meu pau estava totalmente duro quase rasgando minha cueca e short.

Ficamos ali por quase uma hora se, dizer uma palavra.

Na noite seguinte ficamos assistindo TV até tarde,quando a percebi cochilando no sofá.

Resolvi tocar seu corpinho virgem,primeiro toquei em suas pernas e fui subindo lentamente quando cheguei a sua virilha ela ressonou alto, então desconfiei que ela estivesse fingindo e continuei.Pus minha mão por dentro do shortinho e alisei a xana por cima da calcinha.

Ela abriu as pernas e suspirou mais forte quando eu pus minha mão por dentro da calcinha e alisei seus pêlos.

Beijei sua boca com extremo cuidado e ela retribuiu o beijo,ficamos nos beijando enquanto eu explorava sua pequena gruta com meus dedos.

Levantei-me e a carreguei no colo sem parar de beijá-la e a levei pra o quarto.

A coloquei na cama e continuamos a nos beijar freneticamente, tirei seu top e presenciei a coisa mais linda, aqueles peitinhos durinhos sem nenhum pano pra atrapalhar.

Caí de boca e mamei feito um bebê ela se contorcia toda e gemia bem baixinho.

Passava as mãos em meus cabelos e roçava a buceta em meu corpo.

Tirei seu shortinho mas ela não me deixou tirar sua calcinha,ficou com vergonha.

Eu pensava que ela não era virgem,pois já tinha ouvido por alto que a flagraram com um garoto fazendo “ousadia”.

Ela também não me falou nada,botei a calcinha de lado e encaixe a cabeçinha na entrada da grutinha tentei mas não entrou de primeira,apesar de sua xaninha estar totalmente encharcada.

Continuei na entradinha,recuei um pouco e dei uma bela estocada que foi seguida de um grito, entrou quase todo então comecei a bombar.

Sua respiração era bastante forte e seu coração parecia que ia sair pela boca,eu já estava me sentindo no céu desvirginando aquela donzela.

Gemendo alto e dizendo que me desejava desde pequena...

E que a noite sempre observava eu e minha esposa transando quando ia passar dias conosco.

Essas palavras me deram mais tesão e eu fui bombando com mais força,sua xaninha engolia todo meu mastro de 23 cm.

Gozei bem no fundo da bucetinha, logo depois ela também gozou tremendo o corpo todo...fiquei até medo sá de vê aquilo.

Depois ela começou a chorar com medo de engravidar e eu a tranquilizei dizendo que ia dar um jeito.

No outro dia comprei a pílula do dia seguinte e dei a ela e...

FUNCIONOU!

Essa foi a primeira de muitas fodas incríveis com minha brinha.

Espero que tenham gostado e entrem em contato pelo meu e-mail: [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhaeu so uma muher casada eu dei minha calcinha pro meu cunhado bater uma pensando em mimContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontos amor gay contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchameu corpo que era devastado pelo seu pau ainda duro contos eróticos passivosrj sexoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouconto porno a virgem babiMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosO pirralho do vizinho contoscontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eroticos de cunhada amarradavídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandocontos eróticos coni minha filha e seu amigo gaycontos eroticos fui castigadacomtos eróticos de fazemdeira com animalmaisexo peituda goza no oralconto erotico gay negao pirocudo so fode cu de viado novinhoXvidio carona estrada desertacontos homem chupa rola ricardaoMinha mulhet quer encher a buceta de carne negra contosContos eroticos papai mamae e as gemeas contos eróticos de mulheres novas casadas e p****conto erotico sogro ahh uhh mete metefui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau durohistória de contos eroticos novinha sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemcontos eroticos patricinha caminhoneiroscontos gays reais/a anaconda do meu primoconto viadinhosou crente rabuda contosContos eroticos marido deixa esposa fuder com mecanicocontos hentaicomi minha finhinhabotamos pra fuder contosFoderam gente contos tennsboquete mulher de 48 anos contoconto nao guentei a pica de jumento choreicontos madre superioraspintinho durinho filho bumbum amiguinhocontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeuconto eurotico namorada chupeteiracontos eroticos comendo a professora velha pra passa de anocontoseroticos minha madrasta trai meu pai comigodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacontos eroticos - arrombando cuzinhoestrupadapormaniacocontos eróticos assediada por minha amigaconto irma com tesaocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico meu professor me encoxou para senti seu paubrincadeiras excitantes contos eroticosContoseroticos cavalomeu marido me arombou a xoxotaeu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus contos eróticos Família pelada em casacontos eroticos comi a corao de 60 casadacontos eroticosensinando o virgem de como metercontos eróticos de bebados e drogados gayscontos matei minha vontade sem quererCont erot irmanzinhaMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhosseduzida por uma lesbica contoContos de casada salientecontos reais punheta gozadasestiquei os peitos da gostosa contostravestis mamando de mulher com peitão gostoso cheio de leite e g****** gostoso nelas pela internetcontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontos eroticos vovô pai e maehomem rasga cu de garotinho contosminha prima mim pegou dando uns amassos na minha namorada conto eroticoFetiche pelos pezinhos da minha amadao lubrificante feminino é melado e pegajosocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto gay com hetero na praçaSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos gay me amaciou a fodercontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhoMae do amigo no msn conto eroticocontos eroticos paulo e bruna parte 2xvidio transas arrecei casadosConto erotico minha irma bebeu minha porracontos verdadeiro dei sonifero pra mulher do meu tiocontos de cú de madrinhaconto erotico meu pai mim comeu enganadocontos eroticos eu ajudei meu amigocontos de coroa com novinhocontos meu marido bebado e eu trepamdo com bemdotadome comeram contos teencontos eróticos minha esposa piriguetepiru inchado conto xxxconto picante incesto gay discretamente passivo e ativos incesto gayContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu pai