Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A PUTA DA MINHA CUNHADA

Click to Download this video!

Tudo começou numa manha de domingo do mês de março.

Fomos para o sítio da minha sogra, eu, minha namorada, meu cunhado e a sua namorada, o nome dela é Kelly.

Kelly é aquele tipo de mulher conhecida como a falsa magra e adora usar roupas que deixam seu corpo a mostra, já flagrei diversas vezes as calcinhas minúsculas que ela usa.

Neste domingo quando chegamos da pescaria, eu fui tomar banho e quando estava no meio do banho ela sem querer abriu a porta, e me vendo lá dentro fechou-a imediatamente. Quando chegou a noite fomos dormir e lá pras 2 da manhã levantei pra tomar água enquanto estava na cozinha, senti que alguém estava andando pela casa, quando me virei vi a Kelly sá de tanguinha andando pela casa, fiquei de pau duro na hora, aí ela veio a te mim e perguntou tem mais água aí?

Respondi que sim e dei meu copo a ela, depois disso ela olhou pra mim e perguntou: esse pau duro é por minha causa? Eu disse que sim e ela colocou a mão por cima da minha bermuda e começou a alisar meu pinto. Eu já estava doido de vontade de comer ela e tirei me pau pra fora, ela se ajoelhou e começou a chupar meu pinto, ali mesmo na cozinha. Ela chupava bem demais, enfiava o pau inteiro na boca passava a língua na cabeça, chupou o saco e tudo mais. Depois de chupar fomos pro sofá da sala e tirei a calcinha e vi aquela buceta com os pelos bem aparadinhos e quando fui por naquela buceta gostosa, ela me disse: faz quietinho que é pro corno do Carlos não acordar. Aquilo me deixava louco, eu pus a cabeça do pinto enterrei o pinto nela, ela na hora deu um gemido abafado e disse assim pra mim: depois quero dar o cú também viu. Eu fazia movimentos rápidos mas com muito cuidado pra não acordar ninguém. Ela fazia uma cara de puta e dizia assim no meu ouvido: “ o corno do Carlos ta lá dormindo e você ta aqui me comendo seu safado”, eu ficava louco e comi ela com gosto. Depois quando gozei, ela falou assim: pode subir esse pau de novo que eu quero ele na minha bunda ainda.

Quando ela disse isso eu tive uma ereção na hora e deitei ela de bruço no sofá e fiquei olhando pra aquela bunda linda, cuspi no cuzinho dela umas 3 vezes e fui colocando o pau naquela bunda gostosa, quando a cabeça entrou, ela ameaçou dar um gritinho, mas ficou quietinha, aí eu atolei o pau até o fim naquela bunda linda, ela ficou deitada no sofá de bruço e eu deitado em cima dela e comecei a bombar naquele cú, ela colocou o cabelo de lado e me pediu um beijo na boca, eu fiquei beijando aquela boquinha linda e com o pau atolado no cuzinho dela. Depois de uns 5 minutos eu gozei no cú daquela vagabunda, e quando saí de cima dela, ela rapidamente vestiu a calcinha e foi pro banheiro. Eu voltei pra cama e fui dormir, e de manhã cedo fomos todos tomar café, e ela tava no maior amor com o Carlos, e de vez em quando, me olhava e dava um sorrizinho bem sem vergonha.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


empregada carente de um trato na camacontos eroticos aprendendo a fazer meu primeiro boquete com meu padrinho velhocontos eróticos empregada em jardineirascontos erótico deu o cu quando era moleque e me rasgaramcontos eróticos encoxada no ônibusconto erotico com homem velho coroa grisalho peludo do trabalhocontos eróticos com esposa pedindo merda na bocabunbum malhados pornotres comendo uma mulher e um socando no cu do outro uma filinhaiso contos de gay sendo aronbado por varios dotados bem aronbadocomeram meu cuzinho conto gaycontos de coroa com novinhoconto gay. virei nocinha no carnavalContos eroticos de negros roludos no busaocontos eróticos menina dá o c* por balascontos eroticos vestido colado e curtocontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maeCasada viajando contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casatia gritando "me come sobrinho"O amigo dele me comeu contosMeu marido deu carona para um estranho e me insunuei pra elecontos de cú de madrinhagostei quando minha mulher contou que deu a buctinha para pedreiro roludocontos eroticos meu cunhado estourou meu cabacinhocontos eroticos na fazenda com a mamaeCasada viajando contosmetendo com a tininhaPutinha De Rua Contosconto dei pro meu aluno retardadocomtos eroticos pai tira o cabacim emgravida a meninaMinha esposa me fez uma surpresa contotudas conto erótico de karlaEjaculando no utero da morena safada contos eroticoscontos de trasas com massagistacontos eróticos de vizinhas negras virgem e homes negrosmarido sortiado a esposa contos eroticoscontos eroticos casado medico gordinhoestrupadapormaniacocontos eroticos me trasformei em uma rabudacobto eróticos. chupei cu do meu maridocontos erótico esposa assediada no camarote do showconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoru e a amiga da minha esposa contocontos eroticos sogro esogra doentecontos eroticos - isto e real. parte 1jovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaO pirralho do vizinho contoscontos meu marido ajudou amigo dele me comerViadinho Minha Mae da Pro irmão Contos Eroticoscontos eroticos piscina peitos fartos seduzicontos eroticos gay recem casadocontos incestos eu e meu irmão fizemos uma s***** com minha sogra em minha casalevando minha sobrinha pra escola acabei comendi contoscontos eroticos a amiga da minha irmacontos eroticos gay meu pai me comeucontos eroticos dando cu pro filhotravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhaFoderam gente contos tennscontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casacontos eroticos com vizinhas casadasconto erotico travesti passeano na pracaprimas contos eróticoPuta desde novinha contoscontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimconto erotico menininhas virgemContos Deize pega rolacontos erotucos meu pai tirou meu cabacinhoconto.erotico marido da minha amiga sexoMinha cuinhada sandra se pingando todacontos eroticos de sogra carentecontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggmenina defisieti dado ocu e chupadopono. patrato. vudedo. a. tiada. novaso os melhores contos de gay sendo aronbado ate gozar pelo cúcontos pagando aposta com um boqueteconto erótico gay o pai do meu primo pauzudo conto erotico a boleiaconto erótico filha do chefecontos betinha vendo a irma sendo fodidana praia com meu genro contoscaminhoneiro grisalho fode novinha no caminhãocontos eroticos tia no casamentose eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caratoquei uma punheta pro cara enquanto ele dormi relatosreais contos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinha