Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME ESTUPRARAM NO ANATÔMIC E METERAM OBJETOS EM MIM

Click to this video!

Sou estudante do terceiro ano de medicina, uma aluna muito aplicada por sinal, mas esse meu interesse pelos estudos iria me levar a uma cena de que jamais esquecerei...

Como de costume, fui ao laboratário anatômico estudar. Sempre ia embora cedo, mas esse dia resolvi ficar até tarde para estudar pra prova do dia seguinte. Todos foram embora, de um por um. Já era mais de 19 horas da noite e sá restava eu. Logo o zelador e o monitor estavam me apressando, pois tinham que fechar o laboratário e guardar as peças. Pedi por favor para ficar mais um pouco, que precisava estudar, que faria qualquer coisa.

Os dois se olharam, desconfiados e sorriram, perguntando: "Qualquer coisa mesmo"? Eu me assustei com aquele tom de voz e disse que não precisava mais, que estava indo embora, mas os dois disseram que eu já havia atiçado e agora queriam a recompensa...

Saí correndo, mas os dois vieram atrás de mim, me seguraram e me jogaram em cima daquela mesa fria que colocavam os cadáveres em cima. Comecei a gritar e um deles disse: "Grita,putinha! Já foi todo mundo embora e ninguém vai te ouvir...Agora a gente vai meter em você até dizer chega!!!!". Comecei a chorar, pedindo pra eles me deixarem ir embora, mas parece que aquilo excitava-os mais ainda... Deram tapas na minha cara e me chamavam de cadela, de vaca, puta safada. Tiraram minha saia, minha calcinha e abriram minha buceta, examinado-a bem, depois bateram com as picas na minha xaninha. Então o zelador me segurou, enquanto o monitor começou a meter o caralho(que estava muito duro) na minha bucetinha apertada. Doía muito e eu chorava pedindo pra parar, enquanto os dois gargalhavam, se deliciando com meu corpo,qu a esta altura tinha virado objeto! Trocaram de lugar e agora o zelador é quem vinha na minha direção. Quando vi o tamanho do cacete dele me desesperei, era enoooooooorme! E vinha latejando na minha direção.Tranquei a buceta na esperança de que ele não conseguisse meter, mas foi pior. Ele botou a cabeça e com muita força meteu todo o resto de uma sá vez, rasgando minha chaninha ainda pouco fodida. Quase desmaiei com aquele picão no meio das minhas pernas, até que ele gozou.

Quando pensei que estava acabando, os cacetes dos dois já estavam duros de novo, parecia que não comiam uma mulher a muito tempo... Me viraram de costas, me mandaram empinar a bunda e começaram a meter um dedo, dois e até três no meu cu. O problema é que nunca dei o cu e estava doendo muito. Ameaçei de contar na diretoria do curso se eles não parassem, mas eles ficaram com raiva e disseram que iam acabar comigo, pra eu não pensar em contar pra ninguém. O monitor então foi no ossário(local onde ficam os ossos para estudo)e troxeram vários ossos compridos e largos dizendo que iam meter todos eles no meu cu. Fiquei caladinha na esperança de que eles parassem, mas aí senti uma pontada no meu cuzinho, era um osso do braço chamado rádio. Meteram o osso no meu cu, gargalhando e disseram que iam meter um mais grosso. Pegaram uma tíbia, um osso da perna um pouco maior e meteram com força em mim, davam socadas fortes no meu cu, bombando depressa e logo em seguida disseram que iam meter o fêmur(o maior osso do corpo humano)...Estremeci...Eu não iria aguentar!

Coemçaram colocando a cabeça do osso, que era muito larga, pra ir abrindo o meu cuzinho arrombado mais ainda... Senti meu cu rasgar e arder muito, quando eles começaram a bombar o fêmur em mim... Depois de uns 19 minutos socando ossos em mim, me puxaram pela mão, me levaram até um cadáver e ordenaram que eu chupasse o pau do cadáver! Aquilo era um absurso, nunca faria aquiilo! Mas eles deram palmadas fortes na minha bunda e disseram que seu eu não chupasse me matariam.

Começei então a chupar o pau do cadáver frio, em cima da bancada, enquanto eles começaram a bater bunheta alisando minha bunda... Depois deitaram na bancada e mandaram eu esfregar a buceta neles, sentar na cara deles, enquanto eles metiam a língua na minha bucetinha...Mandaram eu sentar no pau de um deles enquanto outro veio por trás e começou a meter também no meu cu! Pela primeira vez eu estava provando uma dupla penetração. Os dois gemiam muito e diziam: "Geme,cadela,vadia...Vc adora um pau,né?Taki,toma tudo! Puta safada! Vc adora dar a buceta, não é?Gemeeeee!".

Fui fazendo tudo que eles mandavam, pra poder ser liberava logo, até que os dois gozaram dentro de mim ao mesmo tempo. Já exaustos disseram que eu podia me vestir e ir embora...

Quis denunciá-os, mas no fundo gostei daquela orgia e queria tudo de novo.Práxima vez que tiver outra prova vou estudar até tarde no anatômico!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos-fui malhar com minha tia e acabei comendo o cu delacontos eróticos cunhadinhas safadas com fotosesposa e meu amigo contos pornoscontos eroticos vi mamae fudercontos erotivos mamar no pau infanvia"limpa o pau do seu macho"contos eroticos virgem se masturbandocontos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãocache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html contos eroticos escritos incesto vovô e eu.contos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionarioconto erótico dei pro Negrão pauggminha enteada um tesaozinhoassaltantes me estupraram contos eroticoscontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedercdzinha enrabada pir coroas contosconto erotico meu compadrer e minha esposaconto erotico ajudando minha tia no encanamentocontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tiover homens bem-dotados sendo castradosconto erotico eu estava tao bebada que nao sei quem me comeu me encheu meu utero de leiteContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorMamando piroca do filhinho contoseroticosContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tionovinho da pica gigante atolando no mulequeinhocontos minha namorada pelada meu amigoContos sogra medindo o tamanho do paucontos se caga na pica e gostagostosa banco da bike shortinhocontos eróticos peguei ela se masturbandoContos eróticos minha gata fode com todossou casada loba contosContos me bateu e comeu minhahetero resolveu da a bundacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos eroticos exibindo para o vizinhocontos meu marido ajudou amigo dele me comercontos porno chupetinho para um adultoContos eróticos gostosa na praia com o maridocontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradosFilha babando pau do pai contoseroticoscomo arrombar um cu virgem ticaconto erotico arrombei o travesti do baile funkv¨ªdeo porno lambendo o saco do cara?contos eróticos de bebados e drogados gaysgozei nas coxas da filha contoso tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhacontos eróticos minha prima foi dormir na minha casacomo tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarfiz ammor com minha irmaMeu primo que chupa no meu pauEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAEu e meu ex primo viuvo conto eroticocontos eróticos fui abusada pelo pirralhocontos erotico traiçoes alizando por baixo da mesacomendo aenteada de cbelos cachiadoscontos eróticos de incesto minha mae no meu coloaniversario da minha cunhada contosBucetaamostra no onibus contos eroticoscontos eróticos gays a primeira vez com 24 anosContos eroticos coroa estrupadaContos eróticos garotinha com garotoscontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza delevelhas gordas de 90kg nuasContos escrava sexual do patraoViolentei a deficiente contos eroticosContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadocontos eroticos de advogadas coroasconto curto mulher contrata traveco pro cornoConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvesticontos eroticos menininhaso putao dando o cu e gozando e gritandosexo e esganaçaocoros bem casada no primeiro anal da vida contos mais lidoscontos de sexo gostosa deu pra mim na a balada