Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME ESTUPRARAM NO ANATÔMIC E METERAM OBJETOS EM MIM

Click to Download this video!

Sou estudante do terceiro ano de medicina, uma aluna muito aplicada por sinal, mas esse meu interesse pelos estudos iria me levar a uma cena de que jamais esquecerei...

Como de costume, fui ao laboratário anatômico estudar. Sempre ia embora cedo, mas esse dia resolvi ficar até tarde para estudar pra prova do dia seguinte. Todos foram embora, de um por um. Já era mais de 19 horas da noite e sá restava eu. Logo o zelador e o monitor estavam me apressando, pois tinham que fechar o laboratário e guardar as peças. Pedi por favor para ficar mais um pouco, que precisava estudar, que faria qualquer coisa.

Os dois se olharam, desconfiados e sorriram, perguntando: "Qualquer coisa mesmo"? Eu me assustei com aquele tom de voz e disse que não precisava mais, que estava indo embora, mas os dois disseram que eu já havia atiçado e agora queriam a recompensa...

Saí correndo, mas os dois vieram atrás de mim, me seguraram e me jogaram em cima daquela mesa fria que colocavam os cadáveres em cima. Comecei a gritar e um deles disse: "Grita,putinha! Já foi todo mundo embora e ninguém vai te ouvir...Agora a gente vai meter em você até dizer chega!!!!". Comecei a chorar, pedindo pra eles me deixarem ir embora, mas parece que aquilo excitava-os mais ainda... Deram tapas na minha cara e me chamavam de cadela, de vaca, puta safada. Tiraram minha saia, minha calcinha e abriram minha buceta, examinado-a bem, depois bateram com as picas na minha xaninha. Então o zelador me segurou, enquanto o monitor começou a meter o caralho(que estava muito duro) na minha bucetinha apertada. Doía muito e eu chorava pedindo pra parar, enquanto os dois gargalhavam, se deliciando com meu corpo,qu a esta altura tinha virado objeto! Trocaram de lugar e agora o zelador é quem vinha na minha direção. Quando vi o tamanho do cacete dele me desesperei, era enoooooooorme! E vinha latejando na minha direção.Tranquei a buceta na esperança de que ele não conseguisse meter, mas foi pior. Ele botou a cabeça e com muita força meteu todo o resto de uma sá vez, rasgando minha chaninha ainda pouco fodida. Quase desmaiei com aquele picão no meio das minhas pernas, até que ele gozou.

Quando pensei que estava acabando, os cacetes dos dois já estavam duros de novo, parecia que não comiam uma mulher a muito tempo... Me viraram de costas, me mandaram empinar a bunda e começaram a meter um dedo, dois e até três no meu cu. O problema é que nunca dei o cu e estava doendo muito. Ameaçei de contar na diretoria do curso se eles não parassem, mas eles ficaram com raiva e disseram que iam acabar comigo, pra eu não pensar em contar pra ninguém. O monitor então foi no ossário(local onde ficam os ossos para estudo)e troxeram vários ossos compridos e largos dizendo que iam meter todos eles no meu cu. Fiquei caladinha na esperança de que eles parassem, mas aí senti uma pontada no meu cuzinho, era um osso do braço chamado rádio. Meteram o osso no meu cu, gargalhando e disseram que iam meter um mais grosso. Pegaram uma tíbia, um osso da perna um pouco maior e meteram com força em mim, davam socadas fortes no meu cu, bombando depressa e logo em seguida disseram que iam meter o fêmur(o maior osso do corpo humano)...Estremeci...Eu não iria aguentar!

Coemçaram colocando a cabeça do osso, que era muito larga, pra ir abrindo o meu cuzinho arrombado mais ainda... Senti meu cu rasgar e arder muito, quando eles começaram a bombar o fêmur em mim... Depois de uns 19 minutos socando ossos em mim, me puxaram pela mão, me levaram até um cadáver e ordenaram que eu chupasse o pau do cadáver! Aquilo era um absurso, nunca faria aquiilo! Mas eles deram palmadas fortes na minha bunda e disseram que seu eu não chupasse me matariam.

Começei então a chupar o pau do cadáver frio, em cima da bancada, enquanto eles começaram a bater bunheta alisando minha bunda... Depois deitaram na bancada e mandaram eu esfregar a buceta neles, sentar na cara deles, enquanto eles metiam a língua na minha bucetinha...Mandaram eu sentar no pau de um deles enquanto outro veio por trás e começou a meter também no meu cu! Pela primeira vez eu estava provando uma dupla penetração. Os dois gemiam muito e diziam: "Geme,cadela,vadia...Vc adora um pau,né?Taki,toma tudo! Puta safada! Vc adora dar a buceta, não é?Gemeeeee!".

Fui fazendo tudo que eles mandavam, pra poder ser liberava logo, até que os dois gozaram dentro de mim ao mesmo tempo. Já exaustos disseram que eu podia me vestir e ir embora...

Quis denunciá-os, mas no fundo gostei daquela orgia e queria tudo de novo.Práxima vez que tiver outra prova vou estudar até tarde no anatômico!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos angela e suas donascontos bebendo gozo do militarcontos eróticos meu sobrinho me chupouMeu+irmão+arrombou+meu+cu+a+força+conto+eroticoo padre ecoroinha no conto erotico gaycontos eroticos encoxada na linha azul de calça brancacontos eróticos menina transa por balacontos irma mais velhacontos eróticos CidinhaTia chupou todinha de pernas abertasContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos a forcaEu e minha Mãe Cabaço contosconto minha tia tesuda peladaconto erotico com um vendedor coroa madurocontos de traição com motoboyconto erotico noiva deu para morador de ruame humilharam comendo minha namorada contoconto erotico capitao tirou meu cabacinhovou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetasendo dominada por uma lesbica conto erotico contos eróticos,mulheres q dão para vários homenscontos eroticos patroa puta empregado caralhudoxvideos minha matrasdo nu meu quato sexoContos eroticos dopou a sogra e estuprou elaentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocontos mao na calcinhaContos ce casadas sendo puta e gostandodando a esposa.para sr de idade conto eroticocunhadas esfomeadasx video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhocontos de putaria casal com garçom doutadoeu corno de putacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de casadas no tatuadorbitei no cuzinho da minha enteada caçula dormindocontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhoconto gay primos no sitiomatrupado cm celular xvideoconto fodida pelo amigo da minha maesenti que meu marido queria ser corno contoContos: comendo 2 irmãsConto erotico dei pro meu papai e tiocalcinha pedreiros conto eróticosprimeira traição foi com meu cunhado contosme comeram contos teentravesti berrando com pau no cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaputa feia trai corno na lua de melfetiche pelo cu sujo da sogracontos erotico comi cu da tia no conventocontos eroticos gang bang com os molequesPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetaconto erotico afeminado esposa dedos no cu consolocontos porteiro me comeudermatologista gostosa contosUM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-2)contos de cú de primametendo o dedo na cadelinha novinha contoconto erotico estuprada no terreno baldiocontos erotico eu tava enloquecento meu filho e levei todos pra praiaxvideos preneditadocontos homem chupa rola ricardaocontos eroticos estuprada pelo clientesobrinhas novinhas e gostosinhas fudendo com tios big roludos contos eroticoscontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocontos eroticos meninas estupradas por doiscontos eroticos meu irmao tirou mais vekho tirou meu ca bacinhoso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadoesposa so de bermudinha provocantecrossdresser marquinha de biquini contos