Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME ESTUPRARAM NO ANATÔMIC E METERAM OBJETOS EM MIM

Click to this video!

Sou estudante do terceiro ano de medicina, uma aluna muito aplicada por sinal, mas esse meu interesse pelos estudos iria me levar a uma cena de que jamais esquecerei...

Como de costume, fui ao laboratário anatômico estudar. Sempre ia embora cedo, mas esse dia resolvi ficar até tarde para estudar pra prova do dia seguinte. Todos foram embora, de um por um. Já era mais de 19 horas da noite e sá restava eu. Logo o zelador e o monitor estavam me apressando, pois tinham que fechar o laboratário e guardar as peças. Pedi por favor para ficar mais um pouco, que precisava estudar, que faria qualquer coisa.

Os dois se olharam, desconfiados e sorriram, perguntando: "Qualquer coisa mesmo"? Eu me assustei com aquele tom de voz e disse que não precisava mais, que estava indo embora, mas os dois disseram que eu já havia atiçado e agora queriam a recompensa...

Saí correndo, mas os dois vieram atrás de mim, me seguraram e me jogaram em cima daquela mesa fria que colocavam os cadáveres em cima. Comecei a gritar e um deles disse: "Grita,putinha! Já foi todo mundo embora e ninguém vai te ouvir...Agora a gente vai meter em você até dizer chega!!!!". Comecei a chorar, pedindo pra eles me deixarem ir embora, mas parece que aquilo excitava-os mais ainda... Deram tapas na minha cara e me chamavam de cadela, de vaca, puta safada. Tiraram minha saia, minha calcinha e abriram minha buceta, examinado-a bem, depois bateram com as picas na minha xaninha. Então o zelador me segurou, enquanto o monitor começou a meter o caralho(que estava muito duro) na minha bucetinha apertada. Doía muito e eu chorava pedindo pra parar, enquanto os dois gargalhavam, se deliciando com meu corpo,qu a esta altura tinha virado objeto! Trocaram de lugar e agora o zelador é quem vinha na minha direção. Quando vi o tamanho do cacete dele me desesperei, era enoooooooorme! E vinha latejando na minha direção.Tranquei a buceta na esperança de que ele não conseguisse meter, mas foi pior. Ele botou a cabeça e com muita força meteu todo o resto de uma sá vez, rasgando minha chaninha ainda pouco fodida. Quase desmaiei com aquele picão no meio das minhas pernas, até que ele gozou.

Quando pensei que estava acabando, os cacetes dos dois já estavam duros de novo, parecia que não comiam uma mulher a muito tempo... Me viraram de costas, me mandaram empinar a bunda e começaram a meter um dedo, dois e até três no meu cu. O problema é que nunca dei o cu e estava doendo muito. Ameaçei de contar na diretoria do curso se eles não parassem, mas eles ficaram com raiva e disseram que iam acabar comigo, pra eu não pensar em contar pra ninguém. O monitor então foi no ossário(local onde ficam os ossos para estudo)e troxeram vários ossos compridos e largos dizendo que iam meter todos eles no meu cu. Fiquei caladinha na esperança de que eles parassem, mas aí senti uma pontada no meu cuzinho, era um osso do braço chamado rádio. Meteram o osso no meu cu, gargalhando e disseram que iam meter um mais grosso. Pegaram uma tíbia, um osso da perna um pouco maior e meteram com força em mim, davam socadas fortes no meu cu, bombando depressa e logo em seguida disseram que iam meter o fêmur(o maior osso do corpo humano)...Estremeci...Eu não iria aguentar!

Coemçaram colocando a cabeça do osso, que era muito larga, pra ir abrindo o meu cuzinho arrombado mais ainda... Senti meu cu rasgar e arder muito, quando eles começaram a bombar o fêmur em mim... Depois de uns 19 minutos socando ossos em mim, me puxaram pela mão, me levaram até um cadáver e ordenaram que eu chupasse o pau do cadáver! Aquilo era um absurso, nunca faria aquiilo! Mas eles deram palmadas fortes na minha bunda e disseram que seu eu não chupasse me matariam.

Começei então a chupar o pau do cadáver frio, em cima da bancada, enquanto eles começaram a bater bunheta alisando minha bunda... Depois deitaram na bancada e mandaram eu esfregar a buceta neles, sentar na cara deles, enquanto eles metiam a língua na minha bucetinha...Mandaram eu sentar no pau de um deles enquanto outro veio por trás e começou a meter também no meu cu! Pela primeira vez eu estava provando uma dupla penetração. Os dois gemiam muito e diziam: "Geme,cadela,vadia...Vc adora um pau,né?Taki,toma tudo! Puta safada! Vc adora dar a buceta, não é?Gemeeeee!".

Fui fazendo tudo que eles mandavam, pra poder ser liberava logo, até que os dois gozaram dentro de mim ao mesmo tempo. Já exaustos disseram que eu podia me vestir e ir embora...

Quis denunciá-os, mas no fundo gostei daquela orgia e queria tudo de novo.Práxima vez que tiver outra prova vou estudar até tarde no anatômico!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Viadinho o que sentiu depois que deo o cuzinho contos eroticos depois viciouFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viuNamorada boqueteira contos cabonecontos putinha caralhudo corno chupaconto erotico com prima de nove anonoite maravilhosa com a cunhada casada contosenteada v******** com marquinha de biquíni doidinha para dar o c* para o paiMinha namorada deu a bucetaesposa santinha liberando o cuzinho para o sogroeu marquei um encontro com a esposa linda e gostosa do meu sobrinho ela entrou no meu carro eu levei ela pro motel conto eróticoConto erotico o cu da minha enteadaconto erótico meu padrinho me estuprouContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casabudao fudida por varios brutoscontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosdona redonda arreganhado o cuzaoconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fuderamostendo bucetasContos era feio mas tinha um pênis descomunalamigo emrabando o outro contonem peitinho teen grita na pau do vocontos minha esposa vigia a casa pra eu fuder a visinhacontos eroticos aventura em resendecontos eroticos depessoas normais reaiscontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornocontos marido jogandoconto erotico nao resiste e peguei cunhadavideos mulheres negras coroas de absorvente internoprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiaContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosconto novinha devendoconto sexo dei de ladinho qietomeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianascontos meu calmante é picaContos comida pelo garotocontos gay o vizinho cadeirantecontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramContos eroticos violento seioscontos gay fudendo com o desconhecido no terreno baldioEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porrasexo gostoso contoscontos eróticos locador com comeu a inquilinaConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvestiContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiafilho fudendo sua mãe na freeti de seu paicontos eroticos tava numa vontade danada de comer um cu e acabei dando o meuconto amante do manofilhinhas safadinhas contosO primo enterrou o pauzão de uma vez so tirou o cabacinhonovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegastranso com meu cachorro todos os diasFinquei o pau no cu da manaduas irmas gozando juntas conto eroticocontos eróticos. bdsm mestre tudo que meu mestre mandar 3caminhando e disfarçadamente batendo uma ounhetinha pro namoradoconto erotico meu compadrer e minha esposabeijo safado de um nerd conto eroticover rapasea novos grizalhos pelados de pau durocontos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boateconto erotico mulher casada ajudano um mendigo pirocudoMulherbrasileira ensinando a filha, meter contosrelatos eróticos sexo com aluno especialcontos eroticos dos leitores meu marido e eu e outra mulher na camacontos eróticos me deu um chocolatecontos de bucretao grandemeu marido liberou também conto cuIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eroticos gays no futebolcom fotosver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadcazal gay fudedo gostoso ao vivohetero goza dentro ainda da im tapa contos eroticos de cu fedidogarotinho fodinho por adulto contoscontos erotico meu chefe me pediu para vestir uma tubinhacontos eroticos padrasto pausudo com menininhasprofessora recatada pagando boquete pro colega de servico contoschupando pau sujinhosou casada meu visinho novinho contoscontos lesb xana no meu grelinhocontos erotico no acampamentocontos dormi com minha irmãhistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarconto erotico meu marido tem tesao de imaginaelagozouquedesmaiou