Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA TIA E EU I

Click to Download this video!

Bom, venho contar aqui alguns casos que tive(tenho até hoje) com minha tia...



Tudo começou quando eu tinha 19 anos (hoje tenho 19), e a vi sem querer pela primeira vez se trocando, estava somente de calcinha e sutiã..ñ é porque ela é minha tia ñ, mas ela tem um corpão, com 33 anos 1,63m uns 60kg cabelo preto lisos, peitos médios e um quadril largo maravilhosooo, enquanto eu olhava-a se trocando parecia que estava sonhando...quando vi que ela estava tirando a calcinha ñ acreditei, sua buceta era rosadinha.... depois desse dia começei a bater punheta pra ela quase todo dia, imaginando eu comendo ela, chupando aquela buceta e aquele cuzinho. meu sonho mesmo era come-la de quatro, sempre adorei mulher com quadril largo... pra me deixar mais louco de vontade ela era branquérrima. nessa época ela já estava separada a um bom tempo já.

como a casa é dela, o marido que foi em bora, melhor coisa que me aconteceu..depois do dia que a vi se trocando passei a espiona-la no banho, como ela mora do lado de casa ficava fácil.durante 2 anos fiquei batendo punheta e espionado-a no banho e nesses 2 anos nunca a vi com nenhum homem, eu sei porque nesses 2 anos passei a frequentar mais sua casa, estudava com ela jantava com ela, tinha vez que até me chamava pra pousar lá para minha felicidade, adorava vela dormindo de calcinha e uma camiseta extralarga sem sutiã, enquanto admirava-a sempre batia uma....Eu já estava pirando nessa vida, queria de todo jeito transar com ela, sá que ela nunca me deu nenhuma brecha para minha infelicidade...mas um belo dia eu como sempre estava na casa dela estudando e esperando por uma chande de espiona-la, e ela veio e me pediu para tomar conta da casa que ela ia comprar umas roupas, quado ela saiu, fui ao quarto dela e bati uma punheta com a calcinha dela, depois de umas 2 horas ela voltou, para minha alegria minha sorte mudou, ela me chamou em seu quarto e perguntou se tava bonita com tal roupa, disse q estava lindérrima. então ela fez uma coisa que eu ñ esperava, ela tirou o vestido ficando somente com peças de baixo na minha frente, mesmo adorando tentei disfarçar e fingi vergonha.. ela pega e fala assim pra mim " que e isso Pedro? até parece que nunca viu uma mulher de peças intimas.. vai me dizer q nunca viu??" eu disse, já vi sim, más ñ uma linda que nem vc! ai ela trocou o vestido e perguntou novamento como tinha ficado...e eu já de pau duro, quase rasgando minha bermuda elogiei-a novamente, ai ela desse que ia tomar banho, eu disse, vai indo que eu já estou indo pra cozinha pra terminar de estudar, ai ela perguntou " o que que vc vai ficar fazendo aqui??" ai eu tive q dizer a verdade, apontei pro meu pinto e disse que ele era o problema, que ele estava armado por causa qeu eu a vi de calcinha...ai eu ñ queria que vc me visse assim! ela deu uma risadinha e foi ao banho. eu aproveitei e fui a janela pra ve-la, quando chegei na janela eu a vejo se masturbando, quando vi aquilo, ñ deu outra, mais uma punheta pensando nela...ai depois que ela saiu do banho e fez um lanche pra nás 2, foi quando nossa intimidade aumentou, ela perguntava sobre minhas ficantes e tals, se eu era virgem apás muito papo eu perguntei a ela, quando tinha sido a primeira vez dela? e se tinha sido com meu ex-tio...ela disse que ñ, e tinha sido com 19 anos, ai eu perguntei também se ela ñ pensava em casar mais, porque ela era nova ainda e linda e era um disperdicio... pra minha alegria ela disse que ñ pensava mais, e pra colocar fogo na nossa conversa eu perguntei, vc ñ tem vontade de transar?? ela ficou com um pouco de vergonha mas respondeu " ter vontade eu tenho, mas aguento, ñ vou ficar transando com qualquer um" apá muita conversa infelizmente chega hora de ir em bora, já que ela ñ me convidou para pousar lah, mas melhor que isso, ela me disse que 2 amigas dele vão visita-la e tomar umas cervejas e perguntou se eu ñ queria também..aceitei na hora...no outro dia cheguei às 20:30, duas horas depois, mas me atrasei propositalmente, pra quando eu chegasse elas já tivessem bebido umas. quando eu chego quase ñ acredito, 3 princesas juntas, mas é claro... minha tia era a mais linda mas a Ana e Sandra ñ eram de se jogar fora, quando ela me ve e vem me cumprimentar e apresentar-me para as amigas dela, ela me da um beijo quase na boca,pensei comigo mesmo " melhor coisa que fiz foi chegar atrasado, bebida já fazendo efeito". depois dos cumprimentos fui logo pegando a garrafa de whisky, se ñ desse pra comer minha tia, me contentaria com qualquer amiga dela...a garrafa ñ durou uma hora assim que acabamos com o whisky, Ana foi na geladeira buscar uns petiscos e Vinho, olhei pra minha tia e ela jah tava tontinha tontinha ai pensei comigo de novo " é hoje que acaba meus dias de punheta" tomamos 2 garrafas de vinhos fora o whisky e o q elas já tinham tomado antes de eu chegar, enquanto as 3 foram pra cozinha lavar as louças eu fui tirar a água do joelho... no caminho da cozinha eu parei e fiquei escutando elas conversarem, cheguei bem na hora que Sandra tava falando que fazia tempo que ñ transava com o marido e ela estava numa seca danada, e Ana pega e fala que faz muito tempo que ela ñ faz anal por que o marido ñ gostava porque tem nojo e ela ñ aguentava mais o vibrador e Ana pega e pergunta pra minha tia, Silvia vc gosta de anal?? para o meu espanto minha tia disse que nunca fez anal, quando ouvi isso meu pau levantou na hora, e fui tirar umas casquinha daquela conversa... cheguei por trás de minha tia e dei um abraço com o pau duro mesmo, encaixei gostoso nela encostei meu queixo em seu ombro e meio que dei uma cafungada em seu cangote,percebi que ela se arrepiou toda e pergunte se elas queriam ajuda..disseram que ja estavam terminando ai aproveitei pra zoar com Ana, disse assim pra ela " pow Ana maior disperdicio heimm? ela pergunta o que? pow vc usando vibrador, eu escutei vc falando" ai ela ficou quieta e sem graça, eu pra tirar uma casquinha novamente fico entre ela e minha tia, com a mão direita aliso a bunda da minha tia e com a mão esquerda coloco também na bunda de Ana e com o dedo do meio fico cutucando o cuzinho dela e falo assim" olha meu pinto ñ é gigante mede 19 cm x 3 de largura e tenho o fogo da juventude a meu favor" se vc quizer agente marca um dia pra brincarmos, mas aviso logo venha praparada porque 3x vai ser pouco, acho que 3x vai ser sá na sua bundinha porque eu adoro uma rosquinha, se é q vc me entende!, peço licença e vou ao banheiro novamente..quando eu sai do banheiro, elas já estão se despedindo ai eu do um abraço e um tapinha na bunda de Ana e falo pra ela que o convite está de pé ainda, sá depende dela aceitar!!!!depois que as 2 vão embora eu começo a me despedir de minha tia, ai ela fala assim" vamos tomar mais umas?" eu sá pra ñ demostrar minha alegria extrema, falei assim, Aceito sim, pensei q vc fosse dormir agora...ela disse que ñ e me mandou pegar 2 cervejas na geladeira enquanto ela trocava de roupa, ai eu fui, quando eu volto eu a vejo no sofá somente de roupa de dormir, ai eu perguntei, já vai dormir? ela disse que ñ, que sá trocou de roupa por causa daquele abraço que dei nela e ela tinha ficado super molhada, pra esquentar mais eu perguntei pra ela se ela tinha gostado. ela respondeu que tinha adorado, apás alguns papos e umas safadesas e umas latas de cerveja, ela pergunta se eu teria coregem de transar com ela, eu disse assim." por que ñ teria?" ela: porque vc é meu sobrinho. ai eu conto toda verdade pra ela, que desde os meus 19 anos eu bato punheta pensando nela e a vejo tomando banho, ela boquiaberta me disse que nunca percebeu que eu a espionava, então ela diz: vamos ou ñ transar? eu respondo: sá se for agora.............(SONHO SE REALIZANDO)



ai eu pego ela jogo no meu colo na poltrona e beijando ela tiro sua camisa e começo a chupar aqueles lindos seios com os biquinhos duro de tanto tesão, chupando aqueles seios e passando minha mão na buceta dela, ela tava totalmente ensopada ai eu peço pra ela tirar meu pau pra fora, ela aceita depois que ela tira minha bermuda e minha cueca ela pergunda o que mais eu quero... eu falo pra ela fazer o que tiver vontade.eu na poltrona sentado ela começa a bater uma pra mim...ai eu penso comigo pow já basta eu bater punhata por 2 anos pensando nela agora ela vem me bater punheta?? ahhh isso ñ, ai eu peço a ela pra chupar porque ñ aguentava mais punheta. ai ela começa com uns beijinhos na cabecinha, com umas passadas de língua até que ela começa a chupar meu pau todooo, ai que delícia ela chupa chupa, chupa com tanta vontade que n aguento nem 5 mim e gozo na boca dela... ai ela fala" mas jáááá" eu repondi assim: relaxa tia q acabamos de começar, ai eu mando ela ficar de pé e colocar as 2 mãos dela nos braços da poltrona e se inclinar um pouco, ai eu abaixo a calcinha dela e começo a lamber a tão desejada buceta dela, ai eu fico lambendo lambendo ouvindo ela gemer, ai dou umas mordidinhas na bunda dela até que eu n aguento e começo a lamber o cuzinho dela também enquanto eu to lambendo o cu dela eu começo a colocar o dedo na buceta dela, ela começa a gemer desesperada mente apás um tempinho ela pede pra mim meter meu pau na buceta dela, eu começo a esfregar a cabecinha na entrada da buceta dela e ela no tesao pedindo quese implorando para mim meter logo ai pra surpresa dela eu meto com toda minha força fazendo ela soltau um grito de dor e prazer ao mesmo tempo, seguro firme na cintura dela n deixando-a escapar de mim e meto com tudu até gozar dentro da buceta quentinha dela, ai coloco ela por cima de mim e faço ela galopar em cima, estavamos quase loucos de tesão ela rebolava desesperadamente como se fosse morrer se n fizesse, n demorou muito gozei novamente, ela meio que desfaleceu em cima de mim, perguntei a ela se ela estava cançada, ela disse que estava um pouco, ai eu disse guenta ai tia vamo pro quarto que ainda quero inaugurar seu cuzinho, eu eucutei vc dizendo que nunca tinha feito anal, ai levo ela ao quarto ponho-a de quatro na cama e fico lambendo o cuzinho dela, fico fazendo ela piscar o cuzinho pra mim, ela jah quase gozando sá de eu lamber eu começo a ficar passando meu pau no entrada do cuzinho dela até ela me pedir pra enfiar. meu pau como n é muito grosso e já bastante lubrificado por causa da busseta dela sá foi difícil até a cabecinha entrar, ai foi que foi, eu metendo vai e vem ela gemendo eu dando umas palmadas nela começo a meter de ladinho nela ela n se contentando começou a galopar em mim, montando em cima de mim e com os braço pra tras e de costas pra mim, ai que tesão que eu nunca tinha sentido, agora ela q tinha o controle de tudo e quem gemia desesperadamente era eu.. gozei novamente nela, depois ainda ela ficou um tempinho sentada em cima do meu pau até ela me convidar para tomar banho junto com ela, no juveiro demos mais uma transada, joguei o sabonete no chao e pedi que ela pegasse, quando ela se abaixou e ficou na quela posição maravilhosa, falei pra ela ficar daquele jeito, ai começei a meter novamente, grudei na cintura dela e vai e vem e ela gemendo muito, como a casa era dela e sá tinha nás 2 lá, ela n economizou no gemido, vai e vem naquela bucetinha maravilhosa e dando uns tapinha naquela bunda linda grande e branca!!! aiiiiiii gozei novamente, depois de limpar a buceta e o cuzinho fomos para o quarto onde começamos um 69 delicioso, nesse dia lembro que literalmente a noite foi uma criança, ela e eu tiramos nossos atrasos.........





lembrando que isso somente foi o inicio, até hoje transamos muito pelo menos uma vez por semana nesses 2 anos que começamos......









se tiver alguma Mãe, Tia, ou Mulher com alguma curiosidade mande-me e-mails que responderei qualquer duvida,



e aguardem por mais transas que postarei em breve



Att Pedro ...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico cornoconto erótico de menino chupador de rolacomo o cheiro da maça contostitio querido contos eroticospassando a mao no grelhogenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticoscontos transei com minha mae gostosa peituda no banhocontos eroticos espadinho com o pau contos erótico ele derrubou com a esposa juntoconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaEu e minha sogra no quarto contosconto erotico teen gy saradinhoQuando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavaContos eroticos de casadas safadas que traicontos eroticos trote da faculdade comi o cú da calouracontos erótico eu confesso minha filha casada e uma loucura na camasou eteto mbte contosconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucastigo boquete contosminha amiga me comeuIncesto com meu irmao casado eu confessofisioterapeuta fiquei com o penia duro contos eroticosContos eroticos garotinhacontos siririca praiacontos eroticos de pai e filhinha novinhaestrupei minha tia-contoseroticosa esposa baiana do meu amigo contos eroticoscontos minha mulher vendo meu tioconto cu ensopado de porra gaycomendo a cunhadinha lindinha contos eróticosConto erotico marido com duas mulherescontos eroticos tia suruba com sobrinhostranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbaminha enteada inocente conto eroticocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoesposa safada de biquini na farratarado asalta apart amarra mulher sexocontos eroticos enfermeira saco peito grandeas calcinha. da empregadinha contocontos fudendo com minha mãeContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaasconto gay viciei na rola do negÃofotos da minha mulher gulosacache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"conto esposa sarrando no forrócontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemcomtos de travesty petdedo o cabasso do cuzinhopintudocontosnovinhaContos eroticos comi a força a minha tiacontos casadas malandrasconto me pagarao para xuxar em meus seios contos putinha caralhudo corno chupa2 ome pega uma mulher afosa prafase pornoContos eroticos chupando pezinho no escritoriowww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandocontos filho fudendo com a maecontos eroticos novinha coroa ricoconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasmulher chupa o peito da outra ate ela gemercontos eroticos minha mulher apanhacontos eroticos fui arrombada no parque de diverçaoContos eroticos estupros coletivos veriticosConto de puta estuprada pelos mendigosxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhocontos eróticos sendo tratado como mulherver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadconto erótico paixão de irmãgay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosa