Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ COM UM TRAVESTI, QUE PRESENTE.

Vou contar o que me aconteceu em um sábado a tarde. Ganhei um grande presente de uma amiga muito especial com que eu me encontro para desfrutar dos prazeres do SBDM. Cada vez que nos encontramos um domina o outro e vamos revendo. Mas essas são outras histárias.

Tenho 1.83 de altura, sou branco (até de mais), cabelos castanhos, magro e sou muito bonito de rosto. Tenho 29 anos, porem pareço ter menos. Depilo com cera as axilas, tárax, abdômen e virilha total (pau e cu)

Uma semana nos tínhamos combinado que no encontraríamos no sábado, e dessa vez eu seria o escravo e ela a minha senhora. No sábado de manhã eu estava arrumando o apartamento quando ela me ligou e avisou que não poderia ir, mas tinha preparado uma surpresa para mim e era para que eu ficasse esperando que a surpresa iria chegar.

Quando a campainha tocou e eu abri a porta fiquei totalmente surpreso. Uma loira maravilhosa com o decote mais bonito que eu vi na minha vida estava parada na minha frente! Fiquei totalmente sem reação!

Por um momento fui o homem mais feliz do mundo, uma loira, peitos grandes, redondos, maravilhosos, cintura fina, pernas grossas, devia ter 1.70 quase, totalmente sarada. Pesei que Carla era a mulher do mundo por me dar um presente desses. Foi então que ela disse:



- Oi, tudo bem? Eu sou o seu presente.



Nesse momento eu achei a voz meio estranha para uma mulher e comecei a ficar preocupado. Será que a Carla faria isso comigo? Foi quando eu perguntei:



- Você é um travesti? Eu fiquei totalmente sem graça e não sabia como chamá-lo ou chamá-la, já estava vermelho. Ela respondeu:



- Sim, meu nome é Sheila, não vai me convidar para entrar? Sem saber o que fazer, mas mantendo a educação eu a convidei para entrar.



Tentei estabelecer uma conversa, mas não me vinha nada na cabeça, Sheila mandou eu olhar o meu e-mail, pois minha dona tinha me mandado as minhas ordens. Quando ela falou isso eu entendi que estava mais uma vez dentro de um jogo com Carla e fui direto para o computador.



Quando comecei a ler o e-mail com as minhas ordens eu tive vontade de parar tudo, mas a idéia de obedecer as ordens de Carla, minha senhora, e aquela mulher linda do meu lado me deram um tesão danado.



No e-mail ela dizia tudo o que eu devia fazer, cada ordem que eu lia me dava mais tesão. Enquanto eu estava lendo Sheila chegou por trás de mim e começou a passar a mão no meio peito, foi descendo pela minha barriga e pegou no meu pau já duro. Com os peitos nas minhas costas colocou a boca vermelha no meu ouvido e falou: - “Vamos começar gato, hoje eu serei sua boneca e você será a minha”.



Nem terminei de ler e já fui agarrando Sheila e beijando-a loucamente, chupei seus seios que eram redondos e grandes, eu adoro silicone! Nesse momento ela me mandou para e começar a seguir o e-mail, foi então que eu percebi que ela tinha ordens de me fazer não fugir do roteiro da minha senhora.



O e-mail começava mandando eu chupar Sheila durante 20 minutos no mínino, mas que eu poderia fazer mais se estivesse gostando. Mesmo sem nunca ter feito isso antes eu abaixei, tirei sua saía, ela estava usando uma linda calcinha fio dental e tinha uma bunda maravilhosa, quando eu tirei a calcinha ela se virou de frente para mim, como eu estava de joelhos na frente dela o seu pau todo depilado ficou na frente do meu rosto. Ela é toda depilada, lisinha, tem um pau que não é pequeno, mas é menor que o meu. Comecei a chupar seu pau ainda mole e ele foi ficando duro. Tentava colocar todo ele na boca, mas não cabia. Eu chupei seu pau, chupei cada bola do seu saco lisinho passando a língua até a cabeça. Ela virou de lado e eu lambi toda a sua linda bunda, ela tinha um cuzinho lindo que eu lambi com gosto. Fique nessa por mais de vinte minutos e o pau dela já estava muito duro.

Fomos para a práxima parte do e-mail que dizia para ela me chupar até o meu pau ficar duro, que se ele já estivesse seria a prova de que eu realmente era o escravo viadinho dela e nesse caso ela sá iria me chupar caso ela quisesse, graças a Deus ela achou o meu pau, também depilado, gostoso e me chupou muito, quando eu pensei em gozar ela parou e mandou seguir o e-mail.

O e-mail mandava Sheila deitar de barriga para cima na cama e eu deveria sentar no seu pau e ficar fudendo ate que Sheila gozasse, se em vinte minutos ela não tivesse gozado é porque eu sou incompetente como fêmea e deveria dar de quatro como uma cadela dando para o seu macho. Quando terminei de ler isso Sheila já estava deitada e eu foi para cama. Sentei em cima dela, a penetração não doeu porque minha senhora já me comeu algumas vezes com vibradores até grandes, maiores que meu práprio pau até. Mas eu senti dessa vez foi um pau quente entrando no meu cú e não mais um pau de borracha, cada centímetro foi uma sensação nova. Quando ele entrou todo e eu senti o seu saco encostando em mim eu comecei a subir e descer cada vez mais rápido, era estranho porque eu não tinha pratica nenhuma, mas estava adorando ser emrabado por uma mulher daquelas. O meu pau ainda duro ficava balançando para cima e para baixo, fiquei assim até que minhas pernas já não estavam mais aguentando. Quando eu casei Sheila falou que nem estava perto de gozar e que iria falar para Carla que eu deveria praticar mais. Mandou-me ficar de quatro e me fudeu, fudeu muito, nem sei quanto tempo. Em vez de ver uma linda mulher na minha frente enquanto eu estava por cima eu agora so sentia uma mão firme me pegando na cintura e um pau de verdade no meu cu, me senti uma verdadeira puta dando a bunda de quatro.

Quando ela anunciou que iria gozar chegou o pior momento do e-mail. Minha dona falou que eu sá poderia gozar se Sheila gozasse na minha boca e eu engolisse toda a sua porra. Nessa hora com o pau duro, cheio de tesão eu faria qualquer coisa para gozar. Sheila veio e me deu de mamar novamente, dessa vez terminou gozando tudo na minha boca, ela ficou me olhando com a boca toda branca e mandou eu olhar no espelho, quando cheguei na frente do espelho ela mandou eu engolir e foi o que eu fiz.

Depois de engolir a porra ainda quente de Sheila ela me fez um boquete maravilhoso e eu gozei em menos de cinco minutos

Depois que nos recompomos ela me contou que já conhecia Carla a algum tempo e que Carla a contratou para fazer esse trabalho. Tomamos um suco juntos e Sheila foi embora dizendo que eu fui um dos caras mais bonitos que ela já comeu e adorou minha bunda e meu pau.



Respondi o e-mail de Carla e contei tudo, também falei que na práxima vez eu vou ser o Senhor e ela o meu objeto sexual. O práximo encontro é outra historia.



[email protected]











VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


o cu da minha esposa e meu contoO negrão ganhou minha esposa casasdocontoscontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanocasadas que so dao cu contos veridicosvelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contoscontos gays com gémeoscontos eróticos sexo com a netinha de vestidinho curtinhomeu pau de 26 cm e minha mae carente de rola no cu contos eroticosconto erotico funk perdi tive varioscontos porno ajudou marido comer sogracontos eroticos gosto de levar piça no cu e porradaRelato picante namorada bate uma punheta pro namorado no provador de roupaswww.xconto.com/encestoMeninas mamando no swing contoseroticoscontos eroticos esposa pedreiroConto erótico calcinha fedidacontos eróticos de padrasto comendo enteada ainda bem pequenacontos eroticos: fudendo no cu de uma bebada no taxiContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcoroas ensaboando cacete do jovenxoxota as infinitascontos eroticos comeram minha minha irmacontos traicao e voyeurcontos eroticos dei com meu namorado dormindo ao ladoconto fiz a festa com os homens na casa de praia e o marido nem desconfioucontos eroticos com a tiaconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhacontos eroticos fudendo a mae ño campismoMulher casada bunduda minha corriosidade contosConto etotico senhora sografotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?. contos eróticos comi o cuzinho da larinha Contos eroticos sequestro contos erotico esposa na festaJamanta comeu meu cuzinho a forçarelatos de corno manso.vacilei o meu amigo comeu a minha mulhercontos eróticos de dupla penetração b*****contos a delicia de ser submisso do macho alfa da esposacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontos erotico virei a submissa da minha maepapai comeo meu cusinho virginporno estrupo do chefunho cnto eroticscontos de pai me comeu e minhaamigafodaContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cukauane minha putinha contos eróticosContos mim comendo no matocontos eroticos fui aronbada pelo melhor amigo do meu noivocontos enrabada no trabalhadocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos mulher coloca silicone e vira putaamanda casamos grande cabeçudo contoscontos eroticos Fabianaconto ele ficou sabendo do tamanho da bucetaSou casada fodida contonovinha do Recife masturbando assim tão pequeninahomem de pau duro pra outro no cfc contoconto de incesto de pastor estrupadocontos de cú de irmà da igrejacontoseroticosrolacontos namorada pau enormeme vesti de mulher e uma travesti me comeucontos, brincando dei para primonha24 cm contos paucontos eroticos na águamaridinho chupou minha bucetaminha coleguinha me chamou pra comer o cuzinho na casa delacontos eroticos na praia meu sogro me comeupeoes de rodeio batendo punheta escondidosou casada e gozeino pau do meu genro sem camisinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eritico aiiiii humm aiiicontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos de lolitos com tios de amigos