Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SOGRO ME PEGOU DE JEITO

Click to Download this video!

Meu sogro me pegou de jeito



Bom o que vou contar me aconteceu a 3 meses atrás e depois de muito pensar e não ter com quem dividir essa historia eu resolvi publicar e dividir com vcs sei quem vai ser bom pra mim.

Meu nome é Karla tenho 28 anos morena clara, faço academia e como não tenho filhos tenho um corpo bonito pelo menos eu acho. Meu marido tem 30 anos e meu sogro é um homem de 51 anos separado e ta super inteiro é um homem que sempre gostou de esporte e tem uma certa fama de safado tanto que seu casamento acabou por um caso que teve, hoje é separado a 3 anos e mora em Palhoça – SC. Bom. Já fiz as apresentações básicas e vamos ao que interessa. Eu moro em uma cidade pequena do litoral de SC e tanto meu sogro como a família dele gostam de vim pra cá principalmente no verão e meu sogro pelo menos uma vez por mês sempre vem, e a gente nota seu jeito safado ou melhor tarado mesmo. Em maio a 3 meses atrás ele veio e ficou o mês todo aqui já que era época da tainha e como ele é aposentado e adora pesca meu marido mesmo que convidou gosta do pai e sabe o quanto ela adora vim pra cá e pescar. As coisas começaram acontecer bem lentamente já que meu marido trabalha em Floripa e vai segunda de manhã volta quarta a noite depois volta quinta de manhã volta sexta a noite. Assim passei a ficar muito tempo sozinha com meu sogro já que no momento estou desempregada recebendo o seguro desemprego. Mais claro nunca vim maldade dele comigo mesmo percebendo que muitas vezes ele me come com os olhos.

Os dias foram passando Sr. Carlos sempre me elogiava comentando: Karlinha minha filha meu filho teve sorte e soube escolher cada vez que venho aqui tas mais linda mais mulher! Obrigado seu Carlos to sempre me cuidado! Eu imagino e como meu filho trabalha fora os desejos de vcs tão sempre em alta isso é se ele puxou o pai. Rsrsssss Baixei a cabeça fiquei toda sem graça pois seu Carlos nunca tinha feito comentários assim sobre mim e meu marido e logo mudei de assunto.

Os dias iam passando e eu comecei a perceber que seu Carlos tava me olhando mais que o normal e comecei imaginar coisas, mais logo pensava ele é meu sogro deve ta olhando por olhar. Mais as coisas quando tem que acontecer acontecem mesmo. Depois de um fim de semana de reina com meu marido e sem sexo numa tarde meu sogro falou: Karlinha e vou lá na pra dar uma pescada e so venho fim de tarde não se preocupe comigo! Ta certo seu Carlos. Depois de fazer tudo que tinha pra fazer liguei meu pc conversa aqui olha um site ai e acabei abrindo o site de contos eráticos que conhecia recentemente. Der repente tava eu viajando num conto muito exitante e esqueci do mundo a um certo me levantei e como o pc é perto da cama sentei na cama depois me deitei e comecei a pensar no conto e me tocar der repente escutei uma voz que me fez estremecer e voltar ao mundo. Nossa Karlinha será que meu filho na ta dando conta? Tirei a mão do seio baixei a blusa e falei: Seus Carlos desculpas não vir o senhor entrar! Relaxa Karlinha a porta de trás tava aberta e na praia não tinha nada e aqui ta bem melhor! Eu tb adoro ler esses contos! E deu uma apertada no pau por cima da calça e não pude deixar de olhar e ver aquele volume ai ele vendo eu toda sem jeito e reação sentada na cama ele veio e ficou bem na minha frente. Aquele homem ali de um 1,80 cm e eu ali com meus 1,62 cm me sentir uma menina pequena e SR. Paulo se viu dona da situação e não perdeu tempo. A Karlinha! E já alisando meu cabelo e um dos seios e eu sem reação. Pelo jeito meu filho não tar dando conta neh? E tu aqui numa terça a tarde cheia de fogo! Pegou minha mão e levou no seu pau por cima da calça que tava como pedra. Vai Karlinha abre sei que tas precisando se solta como tu tavas antes hoje tu és toda minha! Ele pegou minhas mão me fez abri sua calça e logo saltou um pau grande e duro que me faz arregalar os olhos ele vendo minha supressa falou com um sorriso bem safado: eu sei que meu filho não é assim agora vem Karlinha seja bem safada aqui pro seu sogro e chupa gostoso. Comecei a chupar sem pensar em nada tava gostoso exitante era tudo muito louco. Já chupou outro além do meu filho? Sem tirar o pau da boca fiz que não. Então curte seja bem puta! Ele além de safado era bem desbocado falando putaria. Me fez parar de chupar me colocou em pé tirou minha blusa chupou meu seio como um lobo faminto depois tirou meu short me deixou so de calcinha puxou ela pra cima e enterrou toda na minha bundinha e encostou aquele pau na minha bundinha. As coisas tava acontecendo rápido e natural como se a gente já fossemos amantes a tempo. Isso Karlinha seja a puta de seu sogro vou ter vc todinha e vou te visitar muito. Aquilo deixava meu corpo em brasa e ao mesmo tempo molinha totalmente entregue a ele.

Então me fez deitar na cama tirou minha calcinha e me deu a maior chupada da minha vida eu me contorcia toda me fazendo levantar os quadris e gritar, gemer e gozar na sua boca. Sr. Carlos se colocou no meio das minhas pernas esfregava a cabeça de seu pau no meu grelo e me olhava como se me torturasse. Ta gostando Karlinha? Sim, sim! Quer sentir tudo dentro de ti quer? Simmm sim! Quer ser minha Puta quer? Sim, sim Sr. Carlos e meteu a metade numa estocada sá que me fez berra, quase faltou fôlego. E começou um vai e vem me falando um monte de sacanagem que me fez gozar de novo. Ai seu carlos muito exitado parecendo uma fera me levando me debruçou na mesa do computador me deu 3 tapas da bunda que ficou a marca. Isso é pra ti saber que é seu dono agora sua cachorra safada quer pau nen e vais levar. E comigo debruçada na mesa meteu e meteu tudo senti seu pau fundo na minha buceta e seu saco estralava na minha bunda. Quando sentir ele ofegante ele saiu me puxou me sentou na cama e gozou meu rosto, cabelo e seios e caiu na cama no meu lado.

Ficamos uns 5 minutos sem nos falar que pareceu uma hora ai começou a me alisar e perguntou: gostou Karlinha? Adorei Sr. Carlos mais isso não podia acontecer! Minha filha já aconteceu e quero mais e deu aquele sorriso safado e um tapa na minha bunda e me levou pro banho e fui sem nada falar. No banho as caricia e a água morna me exitaram e Sr. Carlos puxou minha cabeça pra baixo e chupei e sentir aquele pau crescer na minha boca. Aaaaa Karlinha que boca gostosa como tu chupa gostoso. Ai seu Carlos me colocou contra a parede e me chupou por trás chupava minha buceta e meu cuzinho e bricava com meu grelo quando sentiu que eu já tava gemendo e rebolando em sua boca falou: humm tas querendo mais pau neh minha puta casada? Eu repeti aquelas palavras puta casada? É minha filha tu és casada e agora és minha puta! Falava e passava o pau da buceta ate a entrada de meu cuzinho. Ai tranquei a bunda meia assustada. Que foi kiarlinha? E deu um tapa na minha bunda. Não quer ser minha puta? Eu so conseguir balança a cabeça dizendo que sim! Se quer tem que me dar essa bunda gostosa! Hoje não Sr. Carlos faz mais de 2 meses que não faço sexo anal e seu filho tem o pau bem mais fino não sei se aguento. Ta bom Karlinho hoje passa mais se prepara que outra hora vou meter ate o talo. Aquilo me arrepiou toda. Ai Seu Carlos meteu na minha buceta por trás em estocadas fortes que me levantava me fazendo ficar na ponta dos pés. E nesse ritimo meteu até minha buceta ficar toda dolorida e urrou e gozou tudo dentro de mim.

Acabamos o banho e ele foi por quarto dele e fiquei no meu ali sabia que muitas coisas iam mudar..............................

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eritico acustumou da o cu com tudo mundo dormindoconto gay moleque do bairro me fodeu depois das bebedeirascontos de sexo com novinhas trepando com advogadosContos eróticos- fazendo amor selvagencurra contocontos eróticos de pai e filhacontos vi minha mulher me ligou me chamando de cornocontos afastei a causinha da mamae enguanto ela dormiaconto fui trabalha com fio dental torano minha bucetaContos eroticos casada na excursãoduas irmas gozando juntas conto eroticoMeu namorado virou corno contos teenconto chantageei minha irma evangelicaconto eróticos puta de salinascontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosspu casado comi minha sobrinha na praia contosmamae levou meus amigos pra acampar contos eroticoscontos eroticos comi a cobradoracalcinhas sujas contos eroticos da tia safadacontos eroticos dupla penetraçãoConto minha filha so anda de fio dental em casaContos dormindo com juninhoSo passei a rola na buceta da minha professora na salaconto erótico com minha irmã depois da bebedeiracontos minha filha e puta desde pequenacontos eroticos colegiominha tesudinhacontos eroticos minha menininhaconto erotico a boleiadividindo a cama conto biconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentocontos/dp na esposinha na lua de melcontos eroticos de esposas com short de lycra partindo a bucetaContos eroticos mae e filhos numa festa peladosmeu namorado masturbou me na descoteca contosMe comeram ao lado do meu namoradoconto erotic pegand a calsinha da sograContos eroticos exibindo para o vizinhoCasadoscontos-flagrei.conto dei dorminuQuero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaxerequinha juvenil de perna abertarelatos sexo eu e minha filha novinhapego teu pau e coloco no meu cuzinhocontos eroticos brincando com a primaEnsinando minha sobrinha dirigir contoscontos eroticos comi minha veiacontos de lambidas gostosahistória canto erocito meu marido trouxe um cachorro e ele comeu minha bucetinhafudida pelo vigia da escola conto erotico teenmehlores contos eroticos orgamos com paigozoucomContos eróticos mãeConto erotico pequenaMeu primeiro menage a trois conto veridicocontos eroticos pagamentocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos incesto comendo minha maecasa dos contos eróticos jogo mamãeconto erótico de mulheres brincando com os pirralhoscontosvoyeurcdzinha feminizadapapai deu banho e colocou o dedo npepeka d filhinha conto eroticoo filhinho do meu esposa contosRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos gay menino hormonio virou mulherminha enteada inocente conto eroticofotos chapéu ao traveco até ele gozaeu e minha irmanzinha acediano papai contos eroticosconto erotico de garoto pelados com amigos tomando banho de picinacontos eróticos homens sendo amamentadosdei o cuzinho é fiquei arrombandohetero passivo contoesposa gosta de menino confesso contosrelatos/erotico meu padrasto me dava banho e colocava no colotive meu cú penetrando na infânciadespedida de solteira as amigas seguram pra ela toma rola na bucetinhacontos eroticos no busao vaziocontos espreitei pais a fuder bati punhetacontos erotico virei viadinho da escola