Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO SITIO DO VOVO - III

Click to this video!

Quando eu era jovem.



No sítio do vovô III



Continuação da parte 215.....



Como o dia foi bastante cansativo, depois de jantarmos fomos dormir, cada um em seu canto.

Com as bagunças do dia, ficou muito fácil pegarmos no sono.

Eu e o Rodrigo havíamos ficado no chão enquanto que o Zeca e o Marcos ficaram na cama, roncando e demonstrando que estavam dormindo profundamente.

O Rodrigo não estava nem ai e dormiu como um anjinho.

Eu levantei e fui até o lado no qual o Marcos estava dormindo e procurei seu pinto, olhando na penumbra que estava no quarto pela luz da lua que entrava pela janela.

Ele não esboçou nenhuma reação quando coloquei a mão por dentro do calção e segurei aquele pintão, que mesmo mole era bem avantajado.

Puxei o pinto para fora do calção, bem devagar, e comecei a beijar aquela ferramenta linda, com cheiro de sacanagem, como a Lea havia feito à tarde, sá para ver como era e que gosto tinha, pois achava que pinto era sempre nojento, cheirando e tendo gosto de xixi.

Coloquei a cabeça na boca e comecei a chupar lentamente, como a Lea havia feito, para que ele não acordasse.

Como ele estava virado para o meu lado, eu fiquei de joelhos no chão enquanto mamava aquela jebinha, a qual cresceu na minha boca, apesar de ele estar dormindo.

O Zeca estava deitado no outro lado da cama e, durante o sono virou-se para nosso lado, ficando com o pinto encostando na bunda do Marcos.

Tirei o pinto da boca e esperei os dois voltarem a ficar quietos para poder continuar a brincadeira.

O Zeca devia estar sonhando pois começou a bombar na bunda do Marcos, como se estivesse metendo no cuzinho do mesmo e o Marcos encostou a bunda mais para trás, de encontro ao pinto do Zeca.

Ai notei que o desgraçado do Marcos parecia estar acordado, sá curtindo com minha chupada.

Como já havia sido descoberto, subi na cama, tirando o calção e falando no ouvido dele para fazer o mesmo.

O Zeca continuava a mexer com o pinto na bunda do Marcos e parou quando tiramos nosso calção.

Ele também estava acordado, brincando com o rabo do Marcos, no qual passava a mão e cutucava com o pinto durinho.

Ficamos os três pelados na cama, com aqueles pintos durinhos e louquinhos para entrar em algum buraquinho.

O Marcos e o Zeca sá queriam se punhetar mas eu queria algo mais.

Decidimos que iriamos nos comer, num troca troca, com cada um uma vez e que seria sorteada ordem a comilança.

Fiquei em segundo, sendo que o Zeca iria levar a primeira e o Marcos a última.

Colocamos o Zeca deitado de bruços na cama e comecei a lamber o cuzinho dele, enquanto que o Marcos colocava o pintão à disposição da boca dele, que o Zeca colocou na boca, mamando com vontade.

Depois de lamber o botãozinho e deixa lo bem lisinho, fui enfiando o pinto no rabo do Zeca, que ficou bem taradinho em receber o meu pinto durinho, pedindo para que eu enfiasse devagar e bem gostoso pois não queria que doesse.

Depois de um bocado de ação, gozei bem no fundo, fazendo com que o Zeca desse uma gemidinha.

Fui tirando o pinto de dentro do cuzinho dele mas ele pediu para deixar ate ficar bem molinho, o que aconteceu alguns minutos depois.

Ai foi a vez do Marcos deixar o rabinho do Zeca feliz.

Falou para que o Zeca sentasse sobre o pintão duro dele e que fosse descendo devagar, conforme aguentasse o tamanho da jeba no rabo.

O Marcos deitou de costas na beirada da cama e o Zeca foi descendo devagar, encostando a cabeça do pinto na porta do rabinho, já bem lubrificado com minha saliva e com a gosminha que havia saído do meu pinto.

O Zeca falou que não ia ser fácil aguentar aquele cacete no rabo mas não desistiu, colocando a cabeça bem devagar para dentro do cú.

Assim que a cabeça passou pela entrada, o Zeca estava suando e resmungando que o rabo dele estava doendo e que queria parar, mas desceu mais um pouco e parou sá quando conseguiu colocar tudo para dentro, meio receoso das consequencias.

Começou cavalgando o pintão do Marcos, subindo e descendo por um bom tempo mas o Marcos não gozava.

Então, sem tirar o cacete de dentro do rabo do Zeca, o colocamos deitado na beirada da cama, com a bunda preenchida pelo pintão do Marcos, o qual agora comandava a bombada da ferramenta.

Depois de um bom tempo, o Marcos gruniu e gozou no fundo do rabo do Zeca que continuou a rebolar e empurrar o buraco de encontro ao pintão que estava espirrando a gosminha lá dentro.

Novamente o Zeca pediu para ficar engatado até o pinto ficar mole mas isso demorou um bocado pois o Marcos recomeçou o vai vem sem tirar o pintão de dentro do cuzinho do Zeca, ficando mais um bom tempo bombando ate gozar novamente.

O Zeca foi subindo na cama, com o Marcos enfiado dentro dele, até ficar sobre o travesseiro, pedindo para dormir engatado daquele jeito, pois não estaria em condições de comer o Marcos e eu.

Então pedi para que ele enfiasse o pinto no meu rabo para ficarmos os três engatados e o Zeca mandou ver, meio sem jeito com a jeba do Marcos enfiada lá no fundo.Depois de entrar, ficou quietinho para o pinto do Marcos não escapar do rabinho e eu, aproveitando a deixa, fui bombando com a bunda até que o Zeca gozou dentro do meu rabinho.

Dormimos os três enganchados com o Zeca bem feliz, com um pinto no cú e o dele no cú de outro.





Continua . . . .

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico transei com a sograbuceta chupar elaelenao vou aguentar tudoconto eroticopapai furioso contod eroticoscontos eroticos dupla penetraçãocontos eróticos de gay O Coroa me deu a bundinhacontos com a visnha casada escondido oaconto erotico niseta bebadaPau do negao passivo contoscontos de crossdressercontos eroricos com meu advogadoresguardando a namorada contomarido chama primo pra tranzar com sua espozacontos gay cuzinho frouxoconto estagiaria chefecomi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.velhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contoscontos foi sem quere comi a cunhada coroaContos erotico suruba com meninas pequenas e vigemscontos eroticos- supositorio no cu da filhacdzinha feminizadacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocalcinha usada contos eroticosContos eroticos fudendo gravidaconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babara garotinha no meu colo contoContos eroticos com o rodo do banheirocontos eróticos vc me acha bonitaContos eroticos gay vacilei fui fudido o cabaçoconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionariopornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaoconto menor me comeucontos de sexo chupadasconto erotico marido bebado sogro fode norarelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delaContos eroticos poraoScu do sobrinho menor contos eróticosDanadinha sapeca contosconto e foto da Branquinha casada e g*****coroas peitos durinhos bicudo bundas gggcontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cuTravesti que dá de graça em bhvi minha namoradinha perder a virgindade contos eroticosDei a um cara que tinha elefantismo no pau contosmeu tio me dava a mamadeiramulheres com dhorte branquinho com cuzaozoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazerminha filhinha me viu de pau duro contosminha irmã minha amantedesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitacontos de incesto minha filha se tornou um mulheraocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoDei a buceta e o cu,para um roludo e chorrei muito conto eroticoeu quero ver Chiquinha revelando a bundaconto erotico surpresa na siricabelas picas brancas rosinha gozando gayscontos de casadas liberadaContos eroticos tatuagem da esposacontoseroticoscomcavaloContos eroticos gay iniciado pela maecontos eroticos marido come o cu da deficientecontos eroticos a camareira do hotel me encontrou de pau duro no quartoFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosconto eonico de sexo analmetendo na irmã dormindo boa f***conto erótico cabecinha do grelosogra loira novinha chupa maridos Eugêniocontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalcontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cutava me masturbando e meu namorado chego e me chupoucontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhalego na dano a buceta dormindocontos erotico chantagiei e depilei minha sograminha esposa nega mas eu sei que sou cornocontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimcontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhocontos eroticos swingvoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos conacomendo aenteada de cbelos cachiadoseu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contoconto dei sonifero pra minha mulher dormir e outro comer elaconto familia da esposa nudistaooooooooohhhhh porra pornopequei milha maes fudedo com um negao lopradoconto real casada moro na casa do fundoacontos eróticos meu tio cego mim. fudeucontos eroticos me comeram feito puta e chingada de vadia e cadelacontos eroticos eu sozinha acabei gozando na calcinhaContos fui castradocasa dos contos putinha desde novinhacontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anos