Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO SITIO DO VOVO - III

Click to this video!

Quando eu era jovem.



No sítio do vovô III



Continuação da parte 215.....



Como o dia foi bastante cansativo, depois de jantarmos fomos dormir, cada um em seu canto.

Com as bagunças do dia, ficou muito fácil pegarmos no sono.

Eu e o Rodrigo havíamos ficado no chão enquanto que o Zeca e o Marcos ficaram na cama, roncando e demonstrando que estavam dormindo profundamente.

O Rodrigo não estava nem ai e dormiu como um anjinho.

Eu levantei e fui até o lado no qual o Marcos estava dormindo e procurei seu pinto, olhando na penumbra que estava no quarto pela luz da lua que entrava pela janela.

Ele não esboçou nenhuma reação quando coloquei a mão por dentro do calção e segurei aquele pintão, que mesmo mole era bem avantajado.

Puxei o pinto para fora do calção, bem devagar, e comecei a beijar aquela ferramenta linda, com cheiro de sacanagem, como a Lea havia feito à tarde, sá para ver como era e que gosto tinha, pois achava que pinto era sempre nojento, cheirando e tendo gosto de xixi.

Coloquei a cabeça na boca e comecei a chupar lentamente, como a Lea havia feito, para que ele não acordasse.

Como ele estava virado para o meu lado, eu fiquei de joelhos no chão enquanto mamava aquela jebinha, a qual cresceu na minha boca, apesar de ele estar dormindo.

O Zeca estava deitado no outro lado da cama e, durante o sono virou-se para nosso lado, ficando com o pinto encostando na bunda do Marcos.

Tirei o pinto da boca e esperei os dois voltarem a ficar quietos para poder continuar a brincadeira.

O Zeca devia estar sonhando pois começou a bombar na bunda do Marcos, como se estivesse metendo no cuzinho do mesmo e o Marcos encostou a bunda mais para trás, de encontro ao pinto do Zeca.

Ai notei que o desgraçado do Marcos parecia estar acordado, sá curtindo com minha chupada.

Como já havia sido descoberto, subi na cama, tirando o calção e falando no ouvido dele para fazer o mesmo.

O Zeca continuava a mexer com o pinto na bunda do Marcos e parou quando tiramos nosso calção.

Ele também estava acordado, brincando com o rabo do Marcos, no qual passava a mão e cutucava com o pinto durinho.

Ficamos os três pelados na cama, com aqueles pintos durinhos e louquinhos para entrar em algum buraquinho.

O Marcos e o Zeca sá queriam se punhetar mas eu queria algo mais.

Decidimos que iriamos nos comer, num troca troca, com cada um uma vez e que seria sorteada ordem a comilança.

Fiquei em segundo, sendo que o Zeca iria levar a primeira e o Marcos a última.

Colocamos o Zeca deitado de bruços na cama e comecei a lamber o cuzinho dele, enquanto que o Marcos colocava o pintão à disposição da boca dele, que o Zeca colocou na boca, mamando com vontade.

Depois de lamber o botãozinho e deixa lo bem lisinho, fui enfiando o pinto no rabo do Zeca, que ficou bem taradinho em receber o meu pinto durinho, pedindo para que eu enfiasse devagar e bem gostoso pois não queria que doesse.

Depois de um bocado de ação, gozei bem no fundo, fazendo com que o Zeca desse uma gemidinha.

Fui tirando o pinto de dentro do cuzinho dele mas ele pediu para deixar ate ficar bem molinho, o que aconteceu alguns minutos depois.

Ai foi a vez do Marcos deixar o rabinho do Zeca feliz.

Falou para que o Zeca sentasse sobre o pintão duro dele e que fosse descendo devagar, conforme aguentasse o tamanho da jeba no rabo.

O Marcos deitou de costas na beirada da cama e o Zeca foi descendo devagar, encostando a cabeça do pinto na porta do rabinho, já bem lubrificado com minha saliva e com a gosminha que havia saído do meu pinto.

O Zeca falou que não ia ser fácil aguentar aquele cacete no rabo mas não desistiu, colocando a cabeça bem devagar para dentro do cú.

Assim que a cabeça passou pela entrada, o Zeca estava suando e resmungando que o rabo dele estava doendo e que queria parar, mas desceu mais um pouco e parou sá quando conseguiu colocar tudo para dentro, meio receoso das consequencias.

Começou cavalgando o pintão do Marcos, subindo e descendo por um bom tempo mas o Marcos não gozava.

Então, sem tirar o cacete de dentro do rabo do Zeca, o colocamos deitado na beirada da cama, com a bunda preenchida pelo pintão do Marcos, o qual agora comandava a bombada da ferramenta.

Depois de um bom tempo, o Marcos gruniu e gozou no fundo do rabo do Zeca que continuou a rebolar e empurrar o buraco de encontro ao pintão que estava espirrando a gosminha lá dentro.

Novamente o Zeca pediu para ficar engatado até o pinto ficar mole mas isso demorou um bocado pois o Marcos recomeçou o vai vem sem tirar o pintão de dentro do cuzinho do Zeca, ficando mais um bom tempo bombando ate gozar novamente.

O Zeca foi subindo na cama, com o Marcos enfiado dentro dele, até ficar sobre o travesseiro, pedindo para dormir engatado daquele jeito, pois não estaria em condições de comer o Marcos e eu.

Então pedi para que ele enfiasse o pinto no meu rabo para ficarmos os três engatados e o Zeca mandou ver, meio sem jeito com a jeba do Marcos enfiada lá no fundo.Depois de entrar, ficou quietinho para o pinto do Marcos não escapar do rabinho e eu, aproveitando a deixa, fui bombando com a bunda até que o Zeca gozou dentro do meu rabinho.

Dormimos os três enganchados com o Zeca bem feliz, com um pinto no cú e o dele no cú de outro.





Continua . . . .

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombada pelo empregadocontos eroticos sou casada realizei o desejo do meu sobrinhocontos comi o cu da mamãebuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contoscontos eroticos padreswww.contopadrinho.comteta gostosa contos eroticosconto erotico virei menina por ter cabelo compridotirando o short da menina etrepandocontos eróticos gay depilação entre machoscontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadscontoseroticos obrigaram minha esposa a usar drogascontos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeaIncesto com meu irmao casado eu confessocontos a pica do comedor pingandocontos enquanto dormiacheirei a calcinha fedorenta contos eroticosuma médica v**** chupando pinguelo da pacientemeu marido viajou peguei o carro paguei travesti contosminha novinha tarada contocontos eroticos gays,tio jorge me feis mulhersinhacontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualconto erotico foda com a viuvinhavoyeur de esposa conto eroticoconto erotico minha mae chupava minha bucetianha deus de pequenacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos tias de 29 anos loiracontos dando minha bucetinhacunhada sem calçinha contosconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos minha mae comeu[email protected]contos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos heroticos gay meu tio de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha noveconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiaxvideos preneditadoconto erótico maltrato minha mãevarios me comero s calsinha contos gaycontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacontos eroticos reais cornos impotentesiniciacao putaria bi conto eroticoo garoto tava de pau duro contos eróticoscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos erotico Minhas mamas doem muitocumil minha vizinha gostoza fimepornoos policias comero minha muler porno contos eroticoconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiamaravilha conto heterocontos eroticos humilhadacontos eróticos me bater castigovideos de sexos melado de margarina no cucontos de comi o cuzinho da irmã na banheiraacampamento com aluninhas 2 contos eroticospelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos incestos dividindo o filhoContos eróticos mae do meu amigocontos de coroa com novinhosexo com amigo contosfodo meu sogro todo dia com meu pauzao contocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html fudi a bundinha da juju com minha rola grande contosconto erotico sogra Alzheimervoyeur de esposa conto eroticominha mulher pegou eu dando para o piscineirocontos porno pm mastruba minha mulher Contos eroticos dediaristAcontos eroticos esposa me deuvamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***filme pornô minha prima gravata preta para mimcontos de coroa com novinhocontos eroticos dupla penetraçãocontos eróticos tenho 31 anos e tirei a virgindade da buceta da minha noiva de 19 anosContos eroticos com animais