Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

POLICIAL DO ôNIBUS

Sou Pedro, 19 anos, 180cm de altura, branquinho, olhos claros, cabelos pretos e em forma (nem gordo e nem sarado). Estava voltando pra Viçosa-MG, cidade em que estudo, de ônibus normalmente, quando entra um policial fardado. É comum que policiais entrem como caroneiros em ônibus, por isso ele ficou em pé, bem ao meu lado.

Assim que ele parou eu percebi a mala dele. Dei uma checada em seu rosto e seu corpo. Era bem saradinho e com uma carinha não muito atraente, mas qualquer pessoas com farda fica bem, não é verdade? Com a sua mala na altura do meu ombro e quase do rosto, ficava secando a todo momento. Até que o primeiro passageiro passa atrás dele. Meio que sem querer, creio eu, ele encosta sua mala no meu ombro. Olho pra ele com cara de aprovação e ele corresponde. A partir desse momento, toda curva e todo passageiro que passa é motivo para que ele esbarre a mala em mim “sem querer”.

Depois da terceira ou quarta vez, sinto que o volume começou a dar sinal de vida. Fiquei ainda mais empolgado e mais malicioso nas ocasiões em que acontecia mala e ombro. Umas três cidades antes do meu destino final o tal policial desce, mas não antes de fazer sinal para que eu o acompanhe. Normalmente seria uma loucura fazer isso, afinal de contas eram três cidades antes do meu ponto. Porém não pensei duas vezes e fui atrás dele. Ele andando pelas ruas, mostrando o caminho, e eu atrás, carregando minha mala e tudo mais. Umas quatro ruas depois ele para em frente a uma casa, me mostrando onde eu passaria a noite. Ele abriu a porta, entrou e esperou que eu entrasse também.

Não esperou nem que eu deixasse as malas no chão e já me agarrou em um beijo dos mais quentes que eu experimentei até hoje. O cara, acima de tudo, tinha uma pegada fdp. Nos roçamos muito, até que ele foi, ainda sem dizer nada, me conduzindo até seu quarto. Era uma casa bem simples, do tipo que a pessoa sá pernoita, já que mora em outra cidade. Mas a sua cama tinha alguma coisa especial. Talvez a experiência de um dono que sabe fazer as coisas.

Foi tirando a minha roupa enquanto eu ia tirando a roupa dele. Beijos intermináveis e deliciosos. Arrisquei um pouco mais e fui beijando todo o seu corpo. Realmente era sarado. Peitos maravilhosos, um abdômen invejável e um pênis delicioso. Não era exageradamente grande, devia ter uns 1819cm. Era reto e possuía uma cabecinha rosada, linda e grande. Seus pentelhos eram bem aparados, mas ainda com aparência máscula (odeio totalmente depilados).

Chupava furiosamente enquanto ele gemia. Bolas, corpo e cabeça. Era tudo meu e eu estava me deliciando. Ele resolveu fazer o mesmo. Me jogou em sua cama de barriga pra cima e me chupou todo. Tive que segurar muito para não gozar logo de cara. Ele realmente tinha a experiência que aparentava. Depois de dez minutos me chupando loucamente, me colocou de bruços, pegou uma camisinha e gel e veio ferozmente pra cima de mim. Não tinha como resistir àquela ação, e na verdade eu nem queria. Pela primeira vez ouço a voz dele falando “Que cuzinho maravilhoso” e começa a enfiar, pouco a pouco, para que nem eu e nem ele sintamos nenhum tipo de dor.

Trepamos em todas as posições possíveis: quatro, lado, bruços, frango assado, e outras que eu nem sabia que existiam. Ele gozou, depois de algum tempo, em meu peito. Nos beijamos por mais algum tempo e ele pediu que dessa vez eu o comesse. Fui ao delírio. Não esperava que um cara gostoso e machão daqueles pedisse uma coisa do tipo. Na mesma hora peguei a camisinha, coloquei e segui os mesmos procedimentos que ele. Gozamos juntos, dessa vez no peito dele. Nos beijamos por mais algum tempo e eu dormi por ali mesmo, de conchinha a noite toda.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


varios me comero s calsinha contos gaycontos de flagra de punheya yahoocasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacontos eroticos Supresan bate papocontos eróticos entrr amigas e irmãoMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gayscomi mame no escuro .ctos eroticosvizinha teen contocontos eroticos sogracontos porno bunduda sogracasal bipassivos .e se criolao dotadao casadoscontosContos eroticos carro quebrado cornocontos eroticos fui forçada a fidercontos eróticos comi o cu da minha dormindo fotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintocontos porno maior q meu antebraçoConto porno de estuprada por pai da mim amigadei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticominha enteada inocente conto eroticoContos eroticos gays. comendo o moleque na van escolarcontos eroticos me masturbo usando calcinhaconto erotico fiquei com ciumes do meu domcontos eroticos gosto de chupar buceta suada e ensebadacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdoninfeta cintura fina bunduda belo par de seioscontos de crossdresser me seduziu e me fez putacontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delacorno gemendo cu contotransando com a namorada mais perfeitameu marido foi enrabado a minha frente, contoscontos eroticos coroas casada fiel com senhorContos eroticos gozando na boca do tio carloscontos ela punhetava todosContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos erotivos de velhos chupando seiosContos eroticos: desde novinho era afeminado louco pra da o cucontos vi pau enorme cheio de veiasconto erotico foto mae que cu arrombado da senhoraConto erotico chorei com o cacete do cavaloconto gay "punheta pro seu macho"boqueteira gaucha contomarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosSou gay e tranzei com um travest contos eroticoFoderam gente contos tennsMusi como tu e tua tia tua tia e uma cadela como tu e tua ruelaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de empregadas dormindocontos eróticos enrabei minha irmã nun dia de friocontos policiais fudendo presoscontos era pequena tava fio dentalcuzinho doido por pica cdzinha contoconto gay o negao comeu meu cuSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimcontos eróticos com irmão de santocontos eroticos com mts mamadas nos peitos/sexo com o amigoestuprada pelo caminhoneiro contonoivo e noivas na lua de mel comprido e desejo de fatazia travesticonto sou corno felizcontos eróticos minha esposa recatada choroucontos eróticos sobre irmã bucetudacontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadoputinha submissa do tiomeu marido sempre tras tres amigos em casa conto erpticoContos erotico me exibi pro taxistaFoderam gente contos tennscontos de cú de irmà da igrejacontos de cú de irmà da igrejacontos minha mulher e a sua irmagozou nela e espirrou porra em mimbaixinha de 1m 60 porno boa fodacontos erotico de travesti no bairro campo limpoconto erotico gay com chefe velho coroa grisalhoCasada viajando contoscontos erotico de puta gemendo muitocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos sograTransei com minha quando agente brincavaxvideo porno cavalu comedo aeguacunhadinha dando o cu apoiando na mesacontos eróticos coroa dando a bunda na casa de swingFoderam gente contos tennsMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcontos erótico ginecoligista e novinhaConto erótico gay camisa social de sedacontos eroticos adolescencia gaycontos eroticos chantageada pelo titiorelatos de encoxada develhos no tremingenua.contos eroticoscontos a filha do meu primoconto erotico masticou minha buceta estrubocontos de mulher de 60 anoscasa do conto erotico velhasxzoofilia animal casaro casada