Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMIDA PELO MEU TIO E VIREI TRAVESTI

Click to Download this video!

Navegando pela internet, encontrei este site e resolvi contar parte da minha vida e que muito significou pra mim.

Bom, meu nome é Vanessa, hoje tenho 25 anos e tive a opção de vida de me transformar travesti quando completei 22 anos de idade.

Naquela época, eu morava com meu tio em Maceiá, pois, meus pais brigavam muito e era impossível a convivência com eles. Meu tio, apesar de na época contar com pouco mais de 40 anos não aparentava aquela idade, pois, era e continua sendo um negro másculo e bem cuidado.

Eu fui morar com esse meu tio quando tinha 19 anos e, acho que logo que cheguei na casa dele, ele passou a perceber meus comportamentos.

Talvez o que aguçou as fantasias desse meu tio é que mesmo antes de eu me transformar travesti, eu já tinha um corpo mais delicado que de um garoto de 19 ou 19 anos. Na verdade, eu tenho uma certa disfunção hormonal (mais progesterona que o normal) e por causa disso, meu corpo já apresentava características mais delicadas (por exemplo: cintura mais afinada, coxas e nádegas maiores e os bicos do peito maiores e o meu pênis bem pequeno). Acho que no fundo, isso deixava esse meu tio louco de tesão, mas, no início, ele não falava absolutamente nada. Também acho que o que contribuía pra ele ficar com esse tesão foi que ele já tava separado da minha tia já fazia dois anos e ele não tinha arrumado outra mulher.

Com o passar do tempo, ele começou a literalmente me secar com os olhos. Perdeu totalmente a vergonha a ponto de se trocar apás o banho na minha frente e fazia questão de mostrar aquele monumento todo depilado que por sinal é um absurdo de grande.

O tempo foi passando. Ele começou a ficar cada vez mais atiradinho. Chegava ao ponto de eu estar lavando a louça e ele vinha por trás pra pegar um copo ou um talher e ficava roçando o pinto dele na minha nádega.

Sinceramente, eu passei a ter uma certa curiosidade da situação que estava nos envolvendo

Eu também aprontava as minhas. Eu comecei a provocá-lo. Eu ficava lendo revista na minha cama de bruço e com a bunda bem arrebitada e usando um shorts. Nossa... ele ficava louco quando via essa cena. Chegou a descaradamente dizer que eu tinha a bunda mais bonita que de muita mulher por aí....

Um dia ele me fez uma pergunta que eu não esperava. Me perguntou por que meu corpo lembra o corpo de uma mulher... eu fiquei sem resposta por uns instantes, mas expliquei daquele meu problema de hormônios. Nesse dia eu até chorei na frente dele, pois, falei que não era legal ser homem e ao mesmo tempo ter um corpo delicado, principalmente com os peitos que parecia de uma adolescente em formação (obs.: não tinha seios, mas os bicos eram bem inchados, não sei se estou conseguindo explicar direito ao leitor).

Até pensei que ele iria tirar sarro de mim, mas ele foi muito legal e falou que isso não era nada e emendou com uma pergunta: vc se sente mais mulher ou mais homem...eu gelei nessa hora e não sabia o que responder e ele arrematou dizendo que eu não precisava responder de imediato.

Depois dessa pergunta que ele me fez, eu simplesmente pirei. Mil coisas passavam pela minha cabeça e sinceramente eu estava com um puta tesão em dar pra ele. (desculpe a sinceridade, pois, poderia dar uma de certinha, mas eu sou sincera com o que costumo falar)

A gente tinha uma afinidade legal e sempre antes de dormir, ficávamos horas jogando dominá. Claro que ele fazia questão de sentar na minha frente sá de calção e sem cueca sá pra mostrar aquela coisa enorme com a pele envergada pra trás de modo que ficava aparecendo completamente a cabeça daquele monumento.

Teve um dia que o pinto dele tava praticamente pra fora do calção e eu sei que ele fazia isso de propásito e eu falei bem assim pra ele: tio, seu pinto tá quase saindo do calção... eu não acreditei no que ele me perguntou.... puts.. é mesmo... mas o que vc acha dele.... pela segunda vez eu gelei... e falei, ah... tio... normal...

Como ele não é nada bobo, ele falou... ahh... normal não é quando tem 21 cm de comprimento quando tá duro.... e pior que ele não estava mentindo, porque é muito grande mesmo.

Nesse mesmo dia que rolaram esses comentários, ele foi muito além.... A gente já tinha deitado e assim que ele apagou a luz, eu tomei o maior susto da minha vida. Ele, simplesmente, subiu na minha cama e começou a se agachar bem em cima da minha cara e falando pra eu ficar quietinha, porque ele sabia que eu queria que isso rolasse.

Nossa...eu tremia dos pés à cabeça. Eu já estava sentindo o cheiro daquele sacão enorme que já estava quase encostando na minha cara. Eu não sabia se gritava ou corria naquela hora.

Ele foi conduzindo a situação... foi arriando aquele saco e pinto enorme entre a minha boca e o meu nariz.

Que sensação muito nova que eu sentia. Quem já fez isso, sabe o que estou falando. Aquele cheiro de saco é marcante.

Lembro que a gente não transou logo no início. Eu fiquei masturbando e mamando o pinto dele por uns três ou quatro dias e sá depois a gente passou a transar.

Na primeira transa, morri de vergonha de mostrar o meu corpo pra ele. Pior que quem dá, mostra muito mais o corpo do que quem come e isso que eu ficava com vergonha.

Foi incrível. Eu pensei que nunca ia conseguir ser penetrada por um pinto de 21 cm, mas não é nada impossível não. Uma dica que eu dou: se deixar o ânus bem relaxado, fica muito fácil, mesmo se for transar com um pinto de 21 cm e até acredito que se for um pouco maior, também é possível (até gostaria de opiniões de quem já fez anal com bem dotado).

Foi muito bom transar com ele. É uma sensação que não dá nem pra explicar. Ele dizia pra mim que delirava no meu rabo e ainda mais que os meus peitos eram inchados isso dá mais tesão no homem (desculpem a expressão ‘rabo’ que usei).

O único inconveniente pra transar com ele, é que sá numa posição que eu conseguia penetração completa. Ele ficava deitado de barriga pra cima e eu sentava em cima dele ficando de costas pra ele (tipo cavalgando) e quando eu conseguia encobrir metade do pau dele, eu tinha que jogar o meu corpo pra frente e ir encaixando bem de vagar. Assim, eu conseguia colocar todo ele dentro de mim e ele ficava louco com isso. Não preciso nem falar que era a posição que ele mais curtia. rsrsrsr (também gostaria de opinião de quem já deu pra bem dotado se conseguiu dar em outra posição pra enfiar tudo)

Podem não acreditar mas a gente ficou por mais de três anos transando direto. Por já ser um quarentão, ele era do tipo do homem que gozava no máximo duas vezes por noite. Mas, valia a pena, porque pra ele gozar a primeira vez, ele conseguia segurar por mais de uma hora antes do gozo;

É engraçado, porque antes a gente começar a transar, ele era super nervoso e brigava direto no trânsito. Depois que começamos, ele mudou completamente. Ele brincava dizendo que eu tirava o nervoso dele rsrsrsrs. Não sei se isso tem a ver, e também gostaria de opinião se o fato de eu fazer ele gozar, isso tirava o estresse dele.

Por incrível que pareça, a gente transava quase todos os dias e isso durou por praticamente três anos, época que eu fui morar sozinha. Ele nunca usou camisinha. Ele dizia que camisinha doía o pinto dele. Não sei se isso é verdade ou não. O único problema é que depois que eu comecei a receber esperma dele, eu passei a ficar lotada de espinhas, coisa que eu nunca tive.

Foi ele que me incentivou a fazer o tratamento pra virar travesti. E ele foi muito legal comigo, porque pagou o tratamento, pois, eu não tinha grana pra isso e foi bem caro o tratamento que eu fiz e que durou por seis meses. Mas, não coloquei nada exagerado, porque odeio exageros.

Hoje, trabalho na loja da minha tia (que foi casada com esse meu tio). Ela nem sonha com tudo isso que aconteceu. Estou namorando um rapaz que é nota dez. Ele me aceita do jeito que sou.

Sei que faço uma coisa que desrespeito esse meu namorado, porque uma vez por semana eu visito esse meu tio e a gente transa, normalmente de quinta feira porque o meu namorado joga bola neste dia.

Fico chateada com ele, porque as vezes ele diz em tom de brincadeira que eu preciso dar uma transada com ele pelo menos uma vez por semana pra retribuir o que ele gastou comigo e pra desestressar ele. Acho muito chato ele falar isso mesmo em tom de brincadeira. Também gostaria de saber se isso é realmente chato falar ou eu que to sendo exagerada.

Também, as vezes até acho um pouco estranhas as atitudes do meu tio. Uma dela é que ele me perturbou tanto pra eu deixar tirar uma foto do meu corpo de costas. Não sei o que passa na cabeça dele quanto a isso.

Meu email de contato é: [email protected]

Bjs e todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha irmã minha amanteminha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticovai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonacontos irma mais velhacontos eroticos abusada levando tapahetero goza dentro ainda da im tapa bronzeamento com a amiga greluda contoContos erotico comi minha irmã cadeirantecontos eroticos cu virgemcontos eroticos de primos q ficaram com primascontos eroticos-melhores amigoscontos eróticos com vizinhaFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carroMeu corno cherador de cu.conto eróticoA Tia super gostosa com uma bunda maravilhosaLoira de itanhaem mostrando os peitoscontos exibindo esposa na borrachariaConto erotico casei com uma puta deliciosaabaxar video porno de coroas de 20 anoscontoseróticos loira na Áfricacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoxxx.emcoxei ela gostoucontos eróticos João o velho comedorcontos erotico na praia de nudismo com meu sobrinhocontos bdsm erposas escrava submissa martacontos Eróticos o macho dominanteMe vinguei do meu marido conto eróticocanto erotico comi meu primocontos eróticos dando pro enteadoContos pornos-esporrei na comida da cegamelzinha de contagem no pornocontos erotticos gay 9 aninhosconto eroticos de velhos pendido pra mama e novinhas e fuderem a bucetas delasconto erotico a filha curiosaComi meu amigo jogando pley contos eroticocontos estuprada por um estranhoEu e minha Mãe Cabaço contoscontos negao limpando quintal da casadacontos comendo a menina no carnavalcontos eroticos fudendo a mae travestiMeu irmão me comeu conto gaysexo com mae do amigo contoscontos eróticos férias com porranetinha alizada pornodoidoconto erotico no carro dona do bartroca troca no orfanato contos eróticos gayconto erotico esposa sofre no pintaoSou casada fodida contocontos eroticos Itapetiningacontos eroticos estrupeicontos eróticos estruparam meu cuzinhovideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o raboa certinha e o zelador contoconto erotico me mentiu e me comeuContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentrodividindo a cama conto bicasada dando pra cinco contoscontos eróticos mulher de traficante dando pra galera todaContos fui trai tomei so no cuconto erotico minha mae me fazchupa -laContos a bct da minha mulher e feia mais adororotaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contosconto esposa atendendo pedido sexual do maridoSou casada mas bebi porro de outra cara contosFudendo a intiada novinha d shortinhavideosIncestochupandoConto de neto dopa avo e come a buceta delaConto erotic dormi na casa do vizinhocontos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boate.conto erotico virei puta e meu marido cornoConto erotico adoro chupar buceta azedinhaConto gay dei meu cu primeira vez depois da farra