Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA MANHOSA

Click to Download this video!

Olá pessoal vim aqui narrar a historia verídica que me ocorreu em dezembro de 2009, me chamo Rafael e minha esposa daniela, ela com 21 anos e eu com 21. somos do interior de sao paulo

Eu e minha esposa estávamos em uma festa de final de ano num sitio afastado da cidade, aonde ficamos La por 5 maravilhosos dias, e é claro eu e ela fazendo sexo entre a gente como loucos. Num belo dia quer dizer no ultimo dia resolvi dar umas voltas de moto pela região afim de conhecer mais o local e Também achar um lugar legal para comer ela, andei e achei um lugar lindo perto de uma plantação enorme de pinus. bem pasei umas duas veze por ali ela me disse o porque de eu estar andando em volta ai respondi a ela que estava afim de come-la por ali, ela me indagou dizendo: “ ta louco, aqui não mesmo” eu ei afirmei que tinha um tesão enorme em come-la no mato, parei em um lugar ermo em meio os pé de pinus, e começamos a conversar e papo vai papo vem comecei a acaricia-la e ela também começou a alisar meu pau, tirei seu peitinho pra fora da blusinha e comecei a mamar e ela sempre atenta e com medo me mandava parar toda hora, começamos num amaço La tava muito bom ai convenci ela a chupar meu pau, ela caiu de boca, mais não tava muito afim pelo receio de alguém chegar, começou e parou eu pedi pra ela se virar e comecei a alisar sua bucetinha meio laciadinha de tanto eu meter, ela começou a se entregar e não resistiu empinou sua bundinha e eu comecei a meter bem devagarzinho, ela começou a ficar mais a vontade, sá que isso duro pouco porque logo viria algo que nunca tinha visto nela. Comecei a meter nela e ela me dizendo: “ vai logo antes que alguém chegue”, eu disse: “ aqui não tem ninguém, mete comigo gostoso vai”, logo apás eu dizer isso, uns 5 minutos depois aparece um matuto de chapéu e uma bolsa nas costas, isso mesmo um tiozão barbudo e carrancudo na estradinha que estávamos La pelados e metendo. Ela tentou se arurmar e disse “ ta vendo falei pra vc, ai que vergonha”, o tiozao disse de longe relaxa mocinha, não precisa se envergonhar, vc vem pro mato meter com seu machinho e tem vergonha de que, não sabe que aqui pode passar alguém ? ele chegou perto a ponto de sentirmos o seu cheiro de suor, minha esposa tentou cobrir os peitos com a blusinha, eu fiquei de pinto mole ne, aquilo me chocou.... ele disse o seguinte “ olha trabalhei pra caralho hoje, seria demais o casalzinho ai me liberar pra poder dar uma mamadinha nessa teta rosada, confesso que fiquei mesmo sem reação não sabia o que o matuto tinha na bolsa, minha esposa olhou pra mim e disse baixinho “ e agora?” eu respirei e disse : se não nos machucar eu libero so uma chupadinha nos mamilos dela, ele sorriu e balaçou a cabeça no sentido de sim, minha esposa abaixou so um lado e disse vai logo Sr. Preciso ir embora, to com medo !! ele mandou que eu segurasse ela pelos braços pra cima afim de ele aproveitar a chupada, eu a segurei, confesso meu pau amoleceu na hora !! ele a segurou pelas costas e abocanhou o seu peito siliconado, ela me olhava e olhava o velho, ai ele deu uma mordidinha no biquinho e disse poderia fazer a gentileza de me chupar o pau, de novo ela me olhou com um olhar de aflita e fez sinal de não com a cabeça, eu balancei que sim, o velho arrancou aquele pinto pra fora da calça que ate eu fiquei impressionado, tamanho era ele e bem cabeçudo, numa cor escura e a cabeça roxa .... minha esposa tava quase chorando, foi quando eu disse a ela “ olha faz o que esse velho quer e vamos embora “ ela me respondeu “ to com medo” mais vc não vai ficar chateado? “ eu disse; lágico que não quero sair vivo daqui” ela me olhou e se ajoelhou ficou segurando em minhas pernas e o velho arriou aquele jeans surrado na cor marrom, “vai querida chupa ai que eu já vou indo !!” ela segurou pelo saco dele sem brincadeira ainda ficava mais uns 2 do meu pau pra fora, muito grande ...ela o abocanhou e começou a mamar, conforme o velho ia colocando mais fundo ela me apertava, não sei se o intuito era me fazer ficar com teso ou pedir pra parar, e o velho começou a forçar sua cabeça, ela de calcinha e ajoelhada numa estrada de terra me fazendo corno chupando um carrancudo do mato, aquilo começou a me deixar meio pensativo, ela continuou a chupar o velho ate que o mesmo disse; “ agora vem cá, quero meter em vc safadinha” ela deu uma resposta ainda chupando o seu pau de “ NÃO” e ele a assegurou pelo cabelo e disse sobe que eu vo te comer vadia, ela tornou a me olhar eu não disse nada, apenas sorri, ela se virou e me disse; “ vc não vai fazer nada seu idiota ?” “ agora vc vai ver, me botou nessa aguenta” ela se levantou e segurou na rabeta da motinho, e disse vai logo Sr. Não to aqui pra caridade!, o velho deu-lhe uma lambina na Mao e a estou com força, ela deu um grito que ate eu senti, comecei a ver outra mulher ali, o velho começou a meter e disse”vai rapaz deixa ela te chupar, não ta vendo que ela quer isso mesmo, ela ta gostando não ta ? “ ela começou a rebolar naquela vara grossa e enorme, e meu pau nada de levantar ate que ela disse “ deixa eu te chupar” eu dei meu pau molinho pra ela e ela começou a chupalo e o velho mandando a vara, ela gritava não sei se de dor ou de tesao, ai o velho passou o dedão em cima do cusinho dela e disse ta pronta, ela disse não ai não, não dou nem pro meu marido!, ele disse agora vai : sem brincadera ele tirou seu pau de dentro de sua buceta e mandou eu olhar, tinha um buraco aberto nela !!! fikei eufárico com aquilo, ele pediu pra mim segurala que ele iria colocar no “ pé de gato “ dela, eu a segurei ela me olhou e resmungou “ eu não queria assim” o velho então deu uma lanbida na sua bunda que ate eu fikei com vontade de ser lambido Tb hehe. Ele arrumou ela e colokou bem devagarinho, ela gritava que fazia eco no meio das arvores, ai sim ele começou a estocala com força, e ela na pontinha do pé quase chorando dizendo” velho filha da puta, ai meu cu “ “ vai, vai, vai” “ goza logo” quero cagar” o velho começou a meter de um jeito que parecia que iria rasgala, ela foi ficando vermelha e suada, quase sem forças, derrepente o velho diz; “ caralho vai cagar no meu pau” vadia, e deu-lhe uma metida que ela pulou e gritou “ para,para, não to aguentando mais”, o velhou meteu naquele cu como ninguém.... e eu lá bantendo uma punheta e vendo minha esposa sendo comida por um matuto, derrepente o velho diz; “ vou gozar toma” ela deu um gemido tão delicioso na hora em que o velho esporrou nela!!!! O velho tirou o pinto de dentro dela cheio de merda misturada com porra, ela sorriu e disse “ui, adorei, nunca senti nada assim antes” eu me enciumei e indaguei “ Letícia que isso? Ela respondeu: “ isso mesmo, adorei dar o cu a ele, eu te disse pra irmos embora vc não me ouviu, agora eu gostei !!!” o velho com o pau pulsando ainda a fez limpalo aquela pica, ela chupou e limpou, não gostou muito mais limpou! ! i o velho disse, olha adorei comer se cu, sempre que quiser eu estarei aqui vadiazinha, sempre, pois trabalho aqui no corte de pinus.... ela sorriu e ficou queta... eu me arrumei, ela se vistiue o velho Também... muntei na motinho ela ainda me deixou esperando correu ate o velho e perguntou aonde ele morava, pois queria saber, afinal era ele que tinha a desvirginado seu cusinho. Ela subiu na motinha e me abraçou. Comecei a andar e perguntei ; “ vc gostou ?” ela respondeu; “ o que vc acha”.... fomos pro sitio, La fomos tomar banho, ela pediu pra eu ver seu rabinho, tava deflorado, todo rasgadinho nas bordinhas, avermelhado com uma mistura de roxo, sei La ela ficou toda arregaçada .... eu nem me arriquei a comela de novo, não iria aguentar ver aquela buceta e bunda toda deflorada .

Bem pessoal foi mais ou menos assim, ela sempre pergunta se a gente não vai andar de moto pelas estradas rurais, ela diz que adorou, pois me viu como era ser estrupada e não fazer nada, e o pior que ela contou a todas as amigas dela...mais isso fica pro roximo...tenho que revelar que gostei de ver minha princesinha sendo enrrabada pelo matuto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


piru inchado conto xxxcasadas que postam fotos de itanhaemsem cadastro zoofilia sai mijando leiteeu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contominha irmã no meu colo contismulher traindo o marido com entregador arvores de natalcontos eroticos de incesto selvagemContos de cedezinhas sendi iniciadaMinha mulher viu o pau do menino - contosPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticoshomem virgem contosclictoriocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos amiga faculdade nudismoestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosajudando minha vizinha na casa de praia contoscontos eróticos surpresa travestividio porno gey aronbei meu primo no quarto enquanto ele estudavaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas deliciosas fingindo que esta dormindoContos eroticovirei submissoconto erotico cheirando calcinha lesbicaforçada a usar vibrador contos eroticoscontos de coroa com novinhocontos eroticos sentei no hugocasetes longo machuca a xoxota da mulher pornocomtos arrobadaf****** irmã mora nos peitos das gostosasprimas contos eróticoconto erotico gay virando a menininha do tiocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaxvideo de guatro bem reganhadinha faço ele gozaContos de coroa chatagiada pelo sobrinho e gostandocontos eróticos gozei com o ficanteContoseroticosdecaronacontos eróticos meu professor do jardim da infância comeu meu c*http://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/m/conto_27789_a-filha-do-pastor-trai-o-maridinho-com....html&ei=1oTtrbBr&lc=pt-BR&s=1&m=808&host=www.google.com.br&ts=1495076218&sig=AJsQQ1AbXAP1GMmL_jJ_BMz5hNlYHPUBFQdeixei minha filhinha brincar com meu pau coltos contos eróticos com mulher baixinhaA chapeleta arronbou minha bucetinha contospornodoido dona de casa chifra rapidinha cm amigoCasada viajando contoscontos eroticos fui putinhafoto da minha sobrinha pimentinha que veio passar o carnaval com o tioQuero ler contos homem fudendo cuzinho de menino baianouma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandoVoltei gozada pro meu corninho contocontos eróticos de i****** mãe na b***** da filha novinha assim permite-se a rolaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraCont erot vi a calcinha delacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezconto erptico na mesacontos de cú por medoconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamentecontos eroticos gostosa na praiacontos gays minha mae me viu dando o cu e participoucontos erotico esposa na festacontos pornos irmas naturistasmete essa picona do cu do meu maridinhoMeu pai me fez gozar contoscasa dos contos mae e filha xupação de bucetaContos supreendida pelo novinhoganhei uma calcinha...contos eróticoscontoseroticosextraspezinhos da minha sobrinha contos eroticosconto erotico.de novinha gosando com o paiContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandocontos eroticos menina com sr getuliocontos eroticos. io velho tinha uma rola descomunal do velhoCasada viajando contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos punheta voyeurcontos eroticos ela nao aceita ser cornoassalto virou incesto c. eroticoo maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriocontos eroticos sogra de 65anoscontos eróticos nós pedimos senhor Josédeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticocontos eróticos funcionária