Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A AMIGA CASADA E GOSTOSA

Click to Download this video!

Sou D, 26 anos, sou gaúcho da região metropolitana de Porto Alegre. Estou escrevendo a

primeira vez para relatar algo que aconteceu comigo em meados do início deste ano. Tenho

uma amiga que vou chamar de M. Estudamos juntos na época da faculdade e até hoje

mantemos uma átima amizade. Ela é casada e tem uma filha de quase 2 anos.



M é uma delícia de mulher: loira, alta, olhos azuis e muito gostosa. Como todo homem, não

consigo olhar para uma mulher bonita e gostosa, seja ela estranha ou conhecida, sem imaginar

algo além das roupas e das aparências. Gosto de mulheres safadas. Daquelas que sabem ser

damas na mesa e putas na cama.



Desde tempos idos olhava para ela e tentava imaginar como seria na cama, o que gostava

de fazer e como fazia. Alimentava minha imaginação tentando adivinhar suas preferências

baseado no meu conhecimento e das conversas que tínhamos. Nunca deixei nada

subentendido quando aos meus desejos mais profundos, mas volta e meia jogava algum verde

para ver se voltava alguma coisa. Durante mais de 5 anos nunca rolou nada. Apenas algumas

conversas levemente picantes . Até porque ela sempre teve namorado, e eu volta e meia

também estava comprometido.



Depois de terminar a faculdade, passado o tempo ela casou e logo teve sua filha. Falávamos

pouco e praticamente somente através do MSN. Apesar disso, eu sempre alimentei a idéia de

um dia pelo menos falar com ela sobre o que eu pensava e desejava.



Certo dia ela me envio um e-mail do tipo corrente, com um conteúdo que fazia alusão a

pornografia. Usei aquilo como pretexto para começar um diálogo e para meu espanto a sua

receptividade foi positiva. A partir daí começamos a falar de tudo sobre sexo e vi que M era

realmente uma gostosa depravada. Aquilo me deixou muito excitado e por alguns dias ficamos

trocando confidências e preferências sexuais. Por último já tinha aberto o jogo quanto ao meu

desejo por ela e queria de qualquer forma marcar uma saída para curtir aquela loira linda

ao vivo e a cores. No início ela ficou em cima do muro, não dizia que sim nem que não, mas

depois de altos papos através dos e-mails ficou meio subentendido que em algum momento

iríamos fazer esta loucura. Naturalmente que eu fiquei em polvorosa com tal situação, e não

via a hora de pegar aquela gostosa de jeito.



Apás alguns dias, propus a ela de sairmos num happy hour. Ela disse que um happy hour

ficava ruim, preferia sair mais tarde, mas antes precisava ir até sua casa para organizar as

coisas de sua filha e dar uma boa desculpa para o maridão. Como ambos somos pervertidos

e gostamos de muita sacanagem, combinamos de ir ao Sofazão, um local de troca de casais

e sexo à vontade que tem aqui em Porto Alegre. Lá pelas 23h ela me liga, dizendo que estava

saindo de casa. Combinamos de nos encontrar no estacionamento de um super mercado

que tem práximo ao lugar onde íamos. Chegando lá ela pediu para eu ir até o carro dela para

combinarmos como seria a noite, afinal, sá tínhamos conversado por e-mail, e o script ainda

não tinha sido estipulado. Chegando ao carro dela, abri a porta e entrei. De cara já dei-lhe um

beijo de língua e meti minha mão naquela buceta. Nossa, que mulher. Já estava pegando fogo

ali. Tive que me controlar para ficar sá na mão. Passado o momento de calor combinamos de

entrar no tal local e curtir a noite entre nás. Em princípio nada de outros participantes.



Entramos e o local estava meio vazio, ficamos sentados tomando uma cerveja. Volta e meia



ela dançava e sentava no meu colo para me provocar e eu retribuía com beijos e minha mão

bolinando aquela buceta molhada e gostosa. Passava o tempo e a excitação aumentava

cada vez mais. Chegou uma hora que a puxei e fomos para um dos quartos. Chegamos lá

ela arrancou minha roupa e começou a chupar meu pau. Fui às alturas, um sonho sendo

realizado. Deixei-a chupar meu pau e depois a joguei na cama. Arranquei sua roupa e comecei

a dar um banho de língua nela. Chupei aquele corpo maravilhoso. Que mulher bem gostosa.

Quando cheguei à buceta ela se contorcia de prazer e gemia baixinho. Chupei aquele grelinho

cheiroso e gostoso. Enfiava um, dois dedos naquela xaninha e tirava. Ela se contorcia e

pedia uma pica na buceta. O som do local estava alto, e por mais que falássemos não

escutávamos um ao outro. Volta e meia eu olhava para o lado e tinha alguém nos observando.



Quando ela já não aguentava mais enfiei meu pau naquela boceta linda. Ela gemia de tesão.

Eu metia e ela pedia mais. Fodi ela de frente, depois de quatro, depois ela voltou a chupar

meu pau. Num determinado momento abrimos os olhos e já havia duas pessoas dentro do

quarto. Decidimos ir para um motel para ter um pouco mais de privacidade. Chegamos ao

motel e começamos a trepada novamente. Ela veio e pediu para sentar no meu pau. Sentou e

cavalgou, gemia de prazer e pedia para foder ela, foder aquela buceta gostosa. Eu falava: Vem

sua vadia, senta nesse pau, cavalga nele feito uma puta! Ela prontamente obedecia. Cavalgou

até gozar no meu pau. Tremia-se toda e tinha espasmos tamanho era o prazer que sentia. Sem

dar muito tempo a coloquei de quatro e disse: Vem, quero foder esse teu cuzinho, sei que tu

adora dar ele! E ela veio como uma cadela no cio. Meti naquele cú e ela rebolava. Gemendo

e dizendo: Vem, fode meu cú, fode ele que eu adoro dar. Come ele todinho! Eu segurava a

cintura dela e bombava forte, dano alguns tapas naquela bunda gostosa. Havia um espelho

na parede, e podíamos nos ver fodendo. Ela dizia: Isso, me fode, ta vendo tu me foder pelo

espelho?! Tu vai te lembrar dessa cena depois!! Em alguns momentos ela tirava meu pau do

seu cú e chupava, chupava feito uma puta que parecia estar a fim de tomar até a última gota

de porra. Parava de chupar meu pau e eu voltava a meter naquele cú. Meti até que ela voltou

a estremecer e gozar no meu pau, agora pelo cuzinho. Caiu desfalecida na cama. Peguei a

cabeça dela e falei: Chupa meu pau, chupa que vou te dar meu leitinho quente na tua boca

vadia!! E tu vai tomar tudinho!! E ela prontamente veio. Chupava e masturbava meu pau, até

que gozei. Gozei dentro da boca daquela puta e ela tomou toda a porra, gota a gota e deixou

meu pau limpo para o práximo round. Ficamos um pouco na cama e fomos tomar um banho.

Depois do banho fomos foder de novo e novamente fiz ela tomar meu leitinho. Depois de mais

de 2 horas de sexo selvagem nos arrumamos e cada um foi para sua casa, realizados.



Depois deste encontro “adulto” continuo falando com ela, e como ela disse: a imagem

do espelho volta e meia me vem à cabeça e não vejo a hora de poder repetir a dose!



Se gostaram deste conto e quiserem me escrever sintam-se a vontade. Quem quiser experiências novas também pode entrar em contato.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de masturbação com objetos no ginecologistanovinha.da.favela.com.amiga.olhando.homem.tocar.punhetapapai me come porfavor contos eroticoscontos de mulheres a levar com o punho na conavídeos porno metendo na minha tia depois do carnavalclassificados evangélica procurando cornocontos erotoco menininha na trilhacontos femininos reais encoxadas e zoofiliaConto erotico gay rasgaran meu cucontos apanhei de varios e rasgaram meu cuconto erotico no carro dona do barputinhasinocenteatolei meu pau no cu da minha sobrinha emandei ela chupa contocontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhaContos o caminhoneiro me chupou inteiraconto gay pastor roludo me comeucontos adorei a lingua no meu cuzinhocontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhoficando com o hetero safadoconto gay conto erotico de casada cim tesao em pau grandechupetinha enquanto durmoconto coroa chupando piroquinhacontos pai ea mamae chuparao minha xoxotacasal bi maduro fudendo e gritando muitoeu miha sogra e minha esposa contos eroticoisContos eróticos.com/Enrabei a Floravideo safaço roçando na bunda da gostosaWww.xoxotinhanovinha.comfui comida peloamigo transexual contoscontos eroticos, o bispo me comeu gostosoconto coroa gorda tanajuraconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos eroticos esposa com outrocontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetaconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anosbolei um plano e comi minha enteada fingindo que estava dormindo contosvizinha trai marido com cunhadinho contoscontos eróticos casada jogovideo de se eu pega ella arranco os cabeo dellame cumera porque tava sem calcinha negros cotoscontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoComtos filha fodida pelo pai e amigos deleEnsinei meu subrinho a ser minha mulher contos eroticostravesti dotadu no rnencoxando coroa casada em Jundiai conto realme humilharam comendo minha namorada contoconto erótico terminando a reforma com esposacontos eroticos escondidosó contos eróticos de negra pingueludaMe comeram ao lado do meu namoradoconsegui comer minha mãe contos eróticossegurei a pica estranhoCasadoscontos-flagrei.relatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridosmostrei a .bunda pro meu irmao e ele me comeuPeito bicudo da minha mae contoscontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoeu sou hetero e meu amigo tambem mas batemos uma jinto contos eroticoo namorado da minha mulher contosconto erotico 70 anosfudendo com a benga do vovô contosgožano na buceta da irmancontos eróticos fiz orgia com meus enteadosscontos eroticos de feiacontos eroticos adolescencia gayContoseroticosdesenhorasContos de pai me banha e enxuga a xoxotacontos eroticos gay entre primosconto erotico minha prima malvadacontos er passando em casa