Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMANSANDO A FERA

Click to Download this video!

Estava naqueles dias de fogo, com um tesão imenso. Não me concentrava em nada. Entrava na net, lia um ou outro conto e a vontade de transar ficava cada vez mais incontrolável. Não parava de pensar no dia anterior quando Marcos, um negrão de cerca 1,90cm, tinha começado a trabalhar como eletricista lá em casa. Ele tinha vindo com uma calça Jeans que deixava bem a mostra o potencial de seu volume. Tinha um sorriso gostoso que me fez pensar como ele deveria ser sacana.

Passei o dia o cercando, e acho que ele notou algo por que eu não conseguia esconder minha excitação por debaixo da bermuda. Andei bem perfumado nesse dia como sempre estou. Sá não pude me arriscar em um bote por que tinha gente em casa. No final do dia consegui pelo menos em parte o que queria, quando passávamos pelo corredor dei uma encostada " meio sem querer", e senti o seu volume em minhas costas que ficou duro quase de imediato. Antes de ir embora disse que amanhã estaria sozinho e ele poderia trabalhar mais sossegado, ou não.

Aguardei ansioso por ele o dia todo como vocês já sabem. Na hora marcada ele chega. Estava com aquela cara de putão que adorei. Barba por fazer, e a calça que me deixou louco para arriar ontem. No Início ficamos um pouco distante, mas ele logo começou a sacar eu olhando para ele. De propásito deixei rolando um vídeo gay no quarto onde ele ia começar a trabalhar. No vídeo um galeguinho como eu chupava com vontade um negro dotadão, e era isso que eu queria agora. Meu coração começou a bater forte quando ele foi para o quarto e ficou parado vendo a cena. Putz, começou a acariciar a pombona sob a calça. Fui me aproximando, ele rindo para mim começou a desabotoar a calça. Abaixei-me com rapidez e de joelhos continuei abrindo o zíper, ele não usava cuecas naquele dia de propásito como me disse mais tarde. O seu pauzão saiu batendo em minha cara de tão duro. Tinha mais de 20cm e era grosso como pensei. Fui arriando a calça gostosa e iniciando um chupada na cabeçona daquela pica. As coxas grossas dele, peludas, e o gemido dele faziam eu caprichar naquele boquete. "Nossa cara você chupa gostoso, nem minha namorada faz assim" e ele acariciava os meus cabelos lisos. Levantei-me e o empurrei na cama, fui chupando a vara e ele fodendo minha boca sem dá, o sacão dele na minha mão enchia gostoso. Era sá tesão de macho e um monte de palavrão: viado safado, putinho chupador. Eu queria logo era levar rola. Quanto mais eu acelerava na chupada, mais ele gemia... percebi que ele ficava mais louco, era prenuncio de quase gozo em minha boca gulosa. Mas antes disso, como bom puto que ele estava sendo, afasta minha boca da sua pica e se levanta me erguendo pelos braços. Peladão, desce minha calça que já estava pela metade das pernas e tira minha cueca branquinha. Virando-me de costas, vai beijando a minha bunda lisa e chegando com a língua no meu cu, o que me faz abrir-me mais e mais para aquele cunete. Ele me elogiava de cheiroso. Eu, como estava era querendo levar pica, sá confirmava empinando a bunda para que a língua dele entrasse ainda mais. Minha mão sá queria era se encher com a picona dele que se mantinha cada vez mais dura.

Ele subiu em cima de mim, e foi roçando sua rola babada na minha entrada molhada, enquanto sua boca chupava o meu pescoço com desejo. Passei para ele a camisinha e o lubrificante. Senti sua mão abrindo caminho nas minhas nádegas, e os seus dedões iniciaram um fodeção no meu cuzinho enquanto me lubrifica. Eu sá queria naquele momento era piscar na rola dele.

Arrebitei a bunda, e de quatro ele foi metendo devagar, como era grande pedi calma, e o cara sabia agraciar um cuzão como o meu, sá queria era prazer para mim e ele. Ele então começou a bombar como macho deve fazer. Seus dedos na minha boca faziam em conter a gemência por senti aquela torona abrindo caminho dentro de mim. Mudamos de posição várias vezes sem tirar a rola de meu cú. Depois de vários minutos me comendo de ladinho, sentei nele. Para meu agrado ele foi acariciando minha pica com uma mão e a outra acariciando minha bunda. Era sá prazer. " Cara que cuzão da porra, assim vou querer meter sempre em você" dizia ele. Eu naquele cavalo, quanto mais ele falava mais eu ajudava ele a meter. Senti que seu pau aumentava de tamanho dentro de mim, a sua respiração ficando ofegante, era sua porra que ia vindo. Deixei ele gozar dentro, o cara urrou alto, me agarrou e tascou um beijo na minha boca. Deixei ele esmorecer, mais não deixava a pica sair, fui batendo uma e gozei gostoso ainda preenchido com ele. Desci da tora que não baixava, tirei a camisinha e me melei ainda mais com a sua porra. Não demorou muito e ele já estava dedando meu cu de novo. O cheiro do quarto ficou sá de porra e suor. Ainda transamos umas duas vezes naquela tarde.

Ele demorou mais que devia como eletricista lá em casa e ainda trouxe ajudinha de fora. Mais isso depois eu conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos caminhoneiro seduziucontos sou o macho da minha sobrinhaContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitoEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocontos a filhinha de fii dando p i papaiconto erotico com menina e cachorrocontos eróticos crente encoxada pelo filhocontos eroticos, aprendi desde pequeno com o padrecontos eroticos fiz caridade para os velhinhos com a minha bucetacontos de cú de madrinhacontos eroticos de mae chupandocasa dos contos minha sogra meu tesãoContos erotico comi minha irmã cadeirantecoroas safadas depilando as axilascasada chantageada e submetida aos limites contos eroticossecretaria de cama a e mesa contos eróticos gang bangencoxador no tremconto menina adotada gozeinão aguentei e chorei na dp anal contoscontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastocontos velhas que traem maridoscontos eroticos de amigas na florestacontos putaria de crenteshomens velho gay contoscome minha vovo de poi micome negaocontos felipe comeu minha mulhrerContos de Capachos e submissos de garotasler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homensmeu irmão adora chupar meus pes podolatria contos eroticospeguei cunhada certinhaChupei meu irmao bebado contostraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozacontos eróticos sarro no ombrocontos eróticos minha mulher tem sono pesadocontos eroticos Araguaina Tocontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalpeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contocontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado minhabundinhacontoscumadrecavalaContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafacontos eróticos minha buceta aregacada entregou que traiconto gay zoofilia com galinhacontos mulher espreita homem a masturbar-secontis eroticos gay policial ChapadoMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contosrasparam minha buceta na cadeiaconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasCasada viajando contoscontoseroticoscagandofui ensinar a sobringa dirigir ea fudiconto gay minha madrasta me viu vestir as calcinhas delasuco de uma magrela trepando em pornô famíliacontoseroticosdemeninascontos de cú por dinheirocontos foi a melhor foda que tiveconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeufui toma uma no bar da coroa safadinha e acabei comendo seu rabinhosexo emprestei minha mulher pra um amigo que estava preso conto eróticoshistorias eroticas gosto de trair meu maridoconto erotico sou crente mas sou safadinhacontos eroticos me levou.ao medicovideo come meu cu e me batepor favorcontos eróticos primo de nanetomou viagra e meteu na esposacontos eróticos aviolentada varias vezescontos ela da a bundavoyeur de esposa conto eroticocontos dei o cu virgemcontos eroticos velho pauzudoconto erótico gay incesto brincarcontos eroticos comendo a sogra da minha irma e socando a banana no cu delaimagens de conto de homem macho transando com entregador de água machoContoseroticos meninas novinhas estupradas pelo amigo do paiconto erotico corno puta e paiContos eroticos minha esposa e um meninocontos gay chorei no pau do coroaMinha mulher voltou bebada em casa contosconto tirei do cu e comi a bucetaconto arebentarao meu cu meumarido