Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMANSANDO A FERA

Click to this video!

Estava naqueles dias de fogo, com um tesão imenso. Não me concentrava em nada. Entrava na net, lia um ou outro conto e a vontade de transar ficava cada vez mais incontrolável. Não parava de pensar no dia anterior quando Marcos, um negrão de cerca 1,90cm, tinha começado a trabalhar como eletricista lá em casa. Ele tinha vindo com uma calça Jeans que deixava bem a mostra o potencial de seu volume. Tinha um sorriso gostoso que me fez pensar como ele deveria ser sacana.

Passei o dia o cercando, e acho que ele notou algo por que eu não conseguia esconder minha excitação por debaixo da bermuda. Andei bem perfumado nesse dia como sempre estou. Sá não pude me arriscar em um bote por que tinha gente em casa. No final do dia consegui pelo menos em parte o que queria, quando passávamos pelo corredor dei uma encostada " meio sem querer", e senti o seu volume em minhas costas que ficou duro quase de imediato. Antes de ir embora disse que amanhã estaria sozinho e ele poderia trabalhar mais sossegado, ou não.

Aguardei ansioso por ele o dia todo como vocês já sabem. Na hora marcada ele chega. Estava com aquela cara de putão que adorei. Barba por fazer, e a calça que me deixou louco para arriar ontem. No Início ficamos um pouco distante, mas ele logo começou a sacar eu olhando para ele. De propásito deixei rolando um vídeo gay no quarto onde ele ia começar a trabalhar. No vídeo um galeguinho como eu chupava com vontade um negro dotadão, e era isso que eu queria agora. Meu coração começou a bater forte quando ele foi para o quarto e ficou parado vendo a cena. Putz, começou a acariciar a pombona sob a calça. Fui me aproximando, ele rindo para mim começou a desabotoar a calça. Abaixei-me com rapidez e de joelhos continuei abrindo o zíper, ele não usava cuecas naquele dia de propásito como me disse mais tarde. O seu pauzão saiu batendo em minha cara de tão duro. Tinha mais de 20cm e era grosso como pensei. Fui arriando a calça gostosa e iniciando um chupada na cabeçona daquela pica. As coxas grossas dele, peludas, e o gemido dele faziam eu caprichar naquele boquete. "Nossa cara você chupa gostoso, nem minha namorada faz assim" e ele acariciava os meus cabelos lisos. Levantei-me e o empurrei na cama, fui chupando a vara e ele fodendo minha boca sem dá, o sacão dele na minha mão enchia gostoso. Era sá tesão de macho e um monte de palavrão: viado safado, putinho chupador. Eu queria logo era levar rola. Quanto mais eu acelerava na chupada, mais ele gemia... percebi que ele ficava mais louco, era prenuncio de quase gozo em minha boca gulosa. Mas antes disso, como bom puto que ele estava sendo, afasta minha boca da sua pica e se levanta me erguendo pelos braços. Peladão, desce minha calça que já estava pela metade das pernas e tira minha cueca branquinha. Virando-me de costas, vai beijando a minha bunda lisa e chegando com a língua no meu cu, o que me faz abrir-me mais e mais para aquele cunete. Ele me elogiava de cheiroso. Eu, como estava era querendo levar pica, sá confirmava empinando a bunda para que a língua dele entrasse ainda mais. Minha mão sá queria era se encher com a picona dele que se mantinha cada vez mais dura.

Ele subiu em cima de mim, e foi roçando sua rola babada na minha entrada molhada, enquanto sua boca chupava o meu pescoço com desejo. Passei para ele a camisinha e o lubrificante. Senti sua mão abrindo caminho nas minhas nádegas, e os seus dedões iniciaram um fodeção no meu cuzinho enquanto me lubrifica. Eu sá queria naquele momento era piscar na rola dele.

Arrebitei a bunda, e de quatro ele foi metendo devagar, como era grande pedi calma, e o cara sabia agraciar um cuzão como o meu, sá queria era prazer para mim e ele. Ele então começou a bombar como macho deve fazer. Seus dedos na minha boca faziam em conter a gemência por senti aquela torona abrindo caminho dentro de mim. Mudamos de posição várias vezes sem tirar a rola de meu cú. Depois de vários minutos me comendo de ladinho, sentei nele. Para meu agrado ele foi acariciando minha pica com uma mão e a outra acariciando minha bunda. Era sá prazer. " Cara que cuzão da porra, assim vou querer meter sempre em você" dizia ele. Eu naquele cavalo, quanto mais ele falava mais eu ajudava ele a meter. Senti que seu pau aumentava de tamanho dentro de mim, a sua respiração ficando ofegante, era sua porra que ia vindo. Deixei ele gozar dentro, o cara urrou alto, me agarrou e tascou um beijo na minha boca. Deixei ele esmorecer, mais não deixava a pica sair, fui batendo uma e gozei gostoso ainda preenchido com ele. Desci da tora que não baixava, tirei a camisinha e me melei ainda mais com a sua porra. Não demorou muito e ele já estava dedando meu cu de novo. O cheiro do quarto ficou sá de porra e suor. Ainda transamos umas duas vezes naquela tarde.

Ele demorou mais que devia como eletricista lá em casa e ainda trouxe ajudinha de fora. Mais isso depois eu conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


esposo liberando a esposa para viajar contoComigo por um cachorro gay contoswww.contos eroticos corona novinho.brmeteno grandes obigetos redondo na buçetaconto erotico minha esposa com o pateaocontos enquanto dormianoite maravilhosa com a cunhada casada contosvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhacontos eroticos fudendo a mae travesticontos chupei minha namorada a forçaconto de encesto a supresa de mamaeafilhada deita no lado do padrinho e ele passa a mão nela e ela gosta em pornonovinhos fodeno apremira veizconto minha mae so me provova e me deicha de pau duroContos eroticos estupros coletivos veriticoscontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhacontos de putaria em familiam primoporno gay contos oComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delaconto erotico incesto sonifero filhaconto eróticos c afilhadainiciando um cuzinho virgem contoseu confesso mijoconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html conto clube de amamentacao de adultosContos amigos fodem maes de amigos por traicaoSe masturbando conto com fotocorninho esposa picudo frouxo contoconto:enrabadomamae japonesa me bolinandoO primo enterrou o pauzão de uma vez so tirou o cabacinhoconto coroa casada da a bunda todo dia na ryacontos:meu pinto endureceucontos eroticos tirando virgindade de netinhacontos eróticos gay encarado na escolahttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiaconto porno apostei minha buceta e foi arrombada pelos meus amigosdei a xana contos eroticosmetendo com a tininhacontos eróticos a primeira vez nem doeucontos de coroa com novinhopapai e seu amigo comeu meu cuzinhofogosá taradacontos eroticos estupradamomento papo de mÃe pornocontos eroticos primo da esposafudendo a sogra conto ingenuaContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosconto erótico eu e meus primos nu no lagoamante da calcinha de presentecontos sexo meu irmao rasgou o meu cuconto erotico no beco escuropeito bicodu sexde tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...conto erotico praia esposa garotosContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.contos eróticos com animaistravesti gritando pidido porra no seu cucontos eroticos de fui comido pelo meu tiocontos eroticos garotas na escolaviado dando o rabo desfasandocontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balacontos colocando menina pra. mamarpornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrowww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comjato forte coroa vomitacontos eroticos de patroa velha pegando empregada chupando boceta ate gozar na bocatravesti arrombou meu marido contotiti do cu apertado emnContos erotico menininha de nove aninhos violentadacontos eróticos sonífero em famíliaContoe d orgias cadelinha e seu donocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetamorro de tesão pela a minha madrasta/videosvideos de gay apostei o meu cu e olha no que deumulher querendo contos eroticospaucontos sexo esposa e maecontos gay estrada calcinhacontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos festa a fantasiacontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .Contos casal pelado na praiatrai no cafe da manha contoconto erotico hotel com meu padrastinhoconto erotico cornominha mulher pegou eu dando para o piscineiroCONTOSPORNO sapecaTia chupou todinha de pernas abertasminha prima e uma jebacontos eróticos velha