Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIREI CORNO E ADOREI

Click to Download this video!

VIREI CORNO E ADOREI



Verídico. Aconteceu em 07-11-2010. Temos 28 anos, casados, com filho, Ela morena, com 1.60m, magra, com seis fartos, uma barriguinha malhada, com bumbum redondinho e rebitado, uma boquinha de causar inveja, que vamos chamar de A. Em nossas transas sempre tive a vontade de vê-la ser possuida por outro homem, com um dote avantajado, mas sempre com receio de comentar isso com ela. No entanto, para apimentar nossas transas e satisfazer um pouco a minha fantasia, compramos dois consolos com vibro, um de 16cm e um outro de 21cm ela sempre refutava o consolo maior dizendo que não iria aguentar, apenas chupava em nossas transas, e eu sempre no calor das transas falava para ela imginar dois paus lhe pegando, e ela virava os olhos de tesão, comecei a perceber que ela começou a gostar da idéia. Mas nunca comentamos sobre o assunto. No dia 06 fomos convidados por um casal de amigos a passar o dia seguinte no sítio deles, com a família e as crianças, para aproveitar a psicina a sauna, e fazer um churrasco e cerveja, passamos quase o dia inteiro bebendo e comendo, quando a esposa do amigo L falou que iria levar as crianças embora e iria levá-las para tomar banho e dormir, sendo que o nosso filho quis ir junto dos amiguinhos. A esposa do amigo L levou as crianças e pediu para nás ficar a vontade, pois tinha muita bebida ainda, e o sítio é bem práximo da cidade. Ao ficarmos apenas nás três quase escurecendo minha mente ficou sá imaginando sacanagem, pois nosso amigo L é avantajado, pois o dia inteiro estava de sunga e ela minha a A não conseguia deviar os olhares para aquela coisa grande, ficamos no racho ao lado psicina, continuamos a tomar cerveja, eles L e A sem qualquer intenção, quando comecei a falar de sacanagem e tal, e percebi que L ao levantar para pegar mais cerveja estava com pau latejando na sunga, quando foi que A olhava para mim e disfarçava. Então levantei falei que iria até cidade comprar cigarro que tinha acabado, e olhei para os dois falei para eles se comportarem sem a minha presença, quando ambos deram uma risada bem sacana. Fui até a cidade e voltei em menos de 5 min, quando voltei senti aquele calor no ar e cheiro de buceta, sendo que os dois tentava disfarçar com medo de eu falar alguma coisa, foi quando sentei peguei um copo e falei para eles que podiam continuar o que eles estavam fazendo que eu sai para os dois começar, “A” ficou vermelha sem graça, quando virei para ele e disse se ela era como macarrão estâtaneo se dava para dois, e ela relaxou e falou que sim, sem disfarçar, abaixou a sunga de L começou a chupar e falava para mim “olha o tamanho do pauzão dele”, eu abaixei comecei a chupar a buceta dela, virando os olhos ela pediu para nás dois enfiar os paus na boca dela. Ela começou a chupar os dois, ela até tremia de tesão, L colocou ela de quatro e começou a chupar ela e dizia que ela era um tesão, e ela chupando o meu pau, foi quando L saiu e pediu para esperar que iria até a casa do sítio pegar uma coisa, e ela chupando. L chegou com lubrificante anal e deixou em cima da mesa ela quando viu, pensei que iria ficar com medo, pois não gostar de fazer anal, ficou ainda mais louca, o amigo L chupando e ela não resistiu e gozou, quando ele pegou aquele pauzão começou a empurrar bem devagar nela de quantro me chupando, ela virava para mim e dizia: “isso que é pau seu corno, está me tapando inteira” o amigo começou a bombar ela num grito começou a gozar denovo, quando não resisti e gozei na sua boca e ela pedido para ele o amigo, não parar, foi quando ele começou a lubrificar o cuzinho dela imaginei ela vai refutar, começou a rebolar de quatro pedido para ele o amigo colocar pelo menos a cabeça, foi quando ele começou a colocar bem devegar, quando vi estava tudo dentro dela e ele num hurro gozou dentro do cuzinho dela. Saimos fomos para o banho, e ela pediu para eu sá observar que ela queria que ele o amigo gozasse também na boca dela, ela recomeçou a chupar, sendo que foi até ele gozar. Tomamos banho, e combinando para o práximo final de semana nova aventura a tres.

Na volta eu e ela dentro do carro, ela me dizia que estava realizada com o arrombamento acontecido.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pornodoodo padrasto fobe enteada novinharelato de gêmeos que acabou torando sua sogracontos eroticos gay - minha irma me preparougozando vendo a tia lavando roupaContos eróticos de cornocom negão dotadossou uma patinha desde garotinho contos gaycontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos eróticos corno no acampamentoPuta desde novinha contoscomtos eroticos pai tira o cabacim emgravida a meninacontos eroticos cegacontos fui adotadaconto erotico eu era a putinha minha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandoConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigocontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travestiSobrinhas do prazer contosdono virtual contos,bdsm relatocontos eroticos de coroas dos seios caidoscontos eroticos gays e mendigoContos Reais Minha Mulher Me Chifra Com PauzudosContos eroticos como chantagieicontos eróticos comi minha cunhada que tinha raiva de mebrinco com tio levou no cuzinhoconto erotico virei cadela bareu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticokeslia bucetacontos eroticos enfermeira saco peito grandecontos iniciando o viadinho infanciatio domador fode com força fui arrombado contos gaysvadiagozamoscontos dona florinda chaves pau durocontos eróticos meninas de 20 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhocontos eroticos mulher carinhosameti com meu cunhado e meu marido fizemos penetração dupla contos eróticoscontos eróticos homem ouve esposa gemendo no quartome cumera porque tava sem calcinha negros cotoswww zoo porno filha brecado paicontos eróticos quentes minha namorada em dp reaisconto minha tia so anda de calcinhaf minha familia em grande orgia contos eroticosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto de Esposa que traiu o marido e confesso para elecontos eroticos paulo me comeu na baladaContos eróticos Dei para o meu tiocontos cavalonas apaixonadascontos Eroticos com Robertaler contos eroticos incesto mae transa com filho e pai esta desconfiandocontos gay o hetero sentou no meu colo na viagemconto erotico dando xoxota pro irmaocontos eroticos de ex maridoContos Eróticos Nega bebada de leguincontos eróticos adicionei o menino e deiContos eroticos chantagiei minha enteadacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erótico idosa casada e vizinhocontos eroticos sou puta os preto me comeram no matocontos eroticos casadas baile formaturapapai traindo mamae comigo contos eroticosconto erotico cuidando de um senhoro importante e gozar e ser feliz conto eróticocontos eróticos esposa sodomizada no metrôgozo na bucetinha dá cunhadinha com jeitinhoseduzi meu irmãocontos eroticos exibi minha mulherporno puxo o cabelo dela de quatro e arregaço sem doconto incesto minhas irmãs gritaram no meu pauCONTOS EROTICOS DE.BUCETAS ARROMBADAScontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosSexos historia tranzei com um entregadorminha tia me conveceu a da minha buceta para meu tio contos eroticoscontos eroticos chupando meu pai e meu tiocontos excitantesde sexocontos sentando no colo novelamete tudopapai contosgabriel o hetero proibido conto eroticos gaysexominhas tiascontos eloticos marido levar mulher p andar de o.ibos p veer homem sarraando na binda delacontos eróticos a primeira vez nem doeuconto erotico meu marido mim ensinano dp