Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A PROFESSORA NA CHANTAGEM

Click to this video!



O fato aconteceu depois que eu tinha 20 anos. Comecei fazer aula de inglês com uma belíssima professora loira, de 1,72m, quadris largos e seios pequenos... Uma delicia de mulher, que é claro, era casada. O marido dela era instrutor de auto-escola, um sujeito grosseiro e carrancudo, acho que ele não a tratava muito bem em casa...

Eu sempre levava um celular pra gravar as aulas, eu estava interessandíssimo em aprender inglês, quando chegava em casa eu ouvia a aula de novo, pra pegar o que me passou despercebido. Numa dessas ocasiões, cheguei em casa e percebi que havia esquecido o celular na aula, até ai tudo bem, pois eramos a única turma daquela sala, e certamente o recuperaria no outro dia, o que realmente aconteceu.

Mas a surpresa maior foi que deixei o gravador ligado, e depois da aula, ouvi que ela conversava com alguem. Era com o dono e diretor da escola. Percebi que eles estavam bem íntimos, e depois partiram para a sacanagem. Meu pau foi a mim ao ouvir aquela situação, não resisti e me masturbei duas vezes, ouvindo toda aquela putaria.

Decidi editar a gravação no computador e colocar sá a parte do coito no celular, mais já não tinha mais graça ouvir aquilo. Deixei o celular lá mais vezes, já não pescava mais nada. Então um plano sacana correu na minha cabeça: Eu comeria aquela loiraça na chantagem!

Eu sempre fui tímido, mas quando quero sou atrevido, e fui mesmo! Ao fim da aula de quinta-feira, mostrei a gravação a ela. Ela ficou branca vermelha, rosa... Eu apenas sorri e guardei de volta o celular:

-O que você quer? Notas melhores?

-Imagina, professora... Minhas notas são muito boas... Eu quero mesmo é outra coisa...

Ela me chamou de porco e se levantou pra ir embora, disse que eu era um moleque, e que jamais acataria meu pedido!

Confesso que me senti mal, mas o tesão falava mais forte, e decidi seguir em frente com meu plano.

O diretor da escola veio falar comigo sobre a gravação. Ele estava desesperado e suava feito um porco:

-Ela é a melhor amiga da minha mulher... Eu sou amigo do marido dela... Isso faria um estrago do cassete nas nossas vidas! Quero que reconsidere e destrua essa gravação!

E eu, na condição de o dono da verdade, cruzei meus braços e falei:

-Mui amigo o senhor, em seu diretor? Fodendo com a mulher do instrutor da auto-escola...

Ele tentou negociar, me disse que eu poderia estudar os outros dois anos de graça! Era uma proposta bacana, já que aquela merda era muito cara.

Eu prometi pensar, peguei o buzão e voltei pra casa.

Chegando lá vi um carro vermelho estacionado. Adivinha de quem era? Isso mesmo, a professora. Me pediu pra entrar e dirigiu, sem olhar pra minha cara. Ela entrou dentro de um motel barato, estacionou e subimos pro quarto:

-Que isso morra aqui, junto com a gravação!

Eu sorri e disse que morreria ali sim.

Ela tirou a roupa e se deitou de perna aberta, virou o rosto e disse:

-Vem.

Eu de pau duro sorri e falei:

-Não é assim que eu gosto... Eu prefiro que a senhora mame minha rola primeiro.

Ela sentou, me chamou de imbecil e pegou no meu pau fingindo ter nojo:

-Vamos lá, professora, eu sei que a senhora gosta disto, eu ouvi na gravação!

Ela chupava e eu pedia:

-Chupa com mais vontade!

Ela vendo que não tinha outro jeito, mamou com perfeição, me fazendo delirar na sua boca.

Comecei a chupar sua bucetinha com os pelinhos loiros, percebi que ela estava molhada. Ela envergonhada com a situação recebeu bem minha língua. Era inevitável que ela não gozasse naquele dia, acabou derramando em minha língua seu delicioso mel.

Eu a coloquei de perna aberta como ela queria da primeira vez, mas desta vez ela me encarava e me abraçava gemendo alucinada, nem parecia aquela chata que entrou la comigo!

Do nada começou a me beijar e pedir mais, começou a curtir a situação. Gozei gostoso dentro dela, ela percebendo os jatos, gozou mais uma vez. Deitei ao seu lado, e quando parecia que tudo havia acabado ali, ela se voltou ao meu pau e começou a mamar de novo. Fomos para o chuveiro, eu lavei seu corpo inteirinho e chupei sua bucetinha debaixo d´agua, ela encostou o rosto no azulejo e arrebitou a bundinha, ficando toda arreganhada, meti a língua dentro do seu cuzinho apertado.

Voltamos pra cama, ela ficou de quatro e me alertou:

-Aproveita, pois hoje é a primeira e ultima vez!

É claro que eu aproveitei! Coloquei devagar em seu rabinho e a vi se adaptando ao novo invasor, quando entrou tudo, na quinta bombada ela anunciou mais um gozo, eu bombava mais e ela ia ao delírio junto comigo... Vendo que ela já estava satisfeita, gozei gostoso em seu rabinho e tirei meu pau de lá todo esfolado e pingando!

Ela voltou para o chuveiro, quando terminou foi até o carro e pegou um secador de cabelos. Me olhava seria, como nas aulas, e eu satisfeito, peladão na cama, de banho tomado sá admirando aquela delicia secar os cabelos. Quando saímos de lá, ela recusou que eu pagasse o motel barato, pagou e saiu patinando dali, me deixando no portão de casa.

Claro que depois daquilo nunca mais a vi. Ela saiu de lá, foi dar aula em outra escola de línguas. O diretor garantiu o combinado e estudei inglês sem pagar. Mas o melhor de tudo nem foi o aprendizado, foi a foda bem dada!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de incesto de meninas de 14 aninhos em Belém do Parácontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tiocontos cuidando da minha irma casadaContos eroticostio tiaMeu genro quer me comer e agoraa calcinha toda travada no raboxvidiofodendo entisdaconto marido do ladoTransei com minha quando agente brincavamosto a calsinha pro amigoe. deu pra elechantageada e humilhada pela empregada negrafodo meu sogro todo dia com meu pauzao contoirmao com ciumes contos eroticosmeus amigos me comeram sem do gay contos eroticoserataogrande que ela pediu pra pararpornocontos comendovistorias eroticas de zoofiliaDesvirginando a sobrinha de 18 anosreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comercontos eroticos gozei gostoso no estuprooque falar quando um menino fala pra voce "quero lhe fuder"??dando/o cabaço pro titio conto exitantegritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacominha irma envagelica encestoconto erotico tia putaConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacontos erotico viajando com paicontossexotravesticontos eroticos cu maconheiracontos eroticos de patroa velha pegando empregada chupando boceta ate gozar na bocao negão comeu o meu marido contos eróticosContos de primas novinhas com desejo e muito tesão.contos eroticos pica grandeconto erotico maes rabudas na praia c faConto de putinha que adora ser cadela de muitos machoscontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhocontos eróticos irmã calcinha dormindocontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picacontos eroticos cuzinho pro paivamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupaContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloconto maridoviadocontos eroticos com escravas sendo humilhadacondos erodicosver contos veridicos de sogro dotado q pegou nora novinha e emgravidoucontos eroticos minha sobrinha bucetudacontos eroticos abuzei de minha irmazinha com ela dormindodormindo ao lado conto eróticoa crente virgem e o borracheiro conto eroticocontos eroticos exibindoLambuzada de mel pro cachorro lamberMamaes boqueteiras contoseroticosvoyeur de esposa conto eroticomarido da mae bolina menina contosContos porno fui sodomizada por castigofotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarMostra para mim gosto seca bem gostosa as pernas bem malhadas peitinho bem durinhoconto enfermaria cheiro sexo intensoContos eroticos tatuagem da esposameu marido fez eu ultrapassar tds os limites contos pornoscontos eroticos com sogro e sogrameu gringo gostoso me chupoueu e minha mulher somos moreno meu filho loiro sou corno ?contos gay cu arrombadocontos eroticos esfreguei um bundão gostososo rendudo socando ni bundao enormeminha amiga sapa e eu chupando contocontos eróticos me estruparao por ser orientalcontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos trai meu maridotomates conto heterocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoirmao.maior.alisando.bunda.do..irmao.menor.dormindo.de.cueca.branca.e pretotravesti zinha bem novinha no carnavalpunheten o rabo da minha esposacontoseróticossobrinha menininhaestava carente contos eróticostenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhachupando buceta soltando fumaçacontos eroticos de novinhas dando p cacetudosfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticopenis torture alargando a uretracontos er deixa que levoconto gay "nao puta"contos eróticos espiandocontos meu marido adora me ver sendo chupada por outra mulhercontoseroticos meninicecontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesnoite maravilhosa com a cunhada casada contossogra humilha genro contos eroticosconto de meu avô rasgou meu cucontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimo ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anoscontos eroticos foi comer cu de esposa e viu que tava arrombada