Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O QUE É SER BICHA?

Click to Download this video!

O que define uma bicha? Fico me fazendo esta pergunta para definir se sou uma ou não. Tecnicamente acho que posso me considerar bissexual. Adoro buceta e mulher mas adoro pinto e homem.



Estou em casa de pois de uma saída com um cara que conheci no chat. Dei muito para ele no motel. Mas não senti prazer no cu. Meu prazer vem de três situações: o fato de ser “proibido” para um cara casado e hetero, a submissão que o fato de ser enrabado pode trazer com ela, e, finalmente, meu lado mulher satisfazendo um macho.



Será que isto faz de mim uma bicha?



Vejamos como tudo começou...



Desde que comecei a me masturbar, já veio o desejo por homens. No banheiro, vestia calcinhas, me penetrava com tubos de shampoo.



Por volta dos 19 anos tive duas experiências com travestis. Foram muito ruins pois acho que eles não eram ativos e ficaram constrangidos quando busquei o pinto deles.



Já casado, entre 38 e 46 anos, minha idade atual, tive as seguintes experiências:



Uma vez com uma puta que anunciava-se com acessários. Ela era muito legal, tinha um namorado negro que estava viajando. Conversamos bastante sobre o namoro deles e eu pude falar numa boa que gostaria de dar para ele. Conversamos como duas amigas. Ela colocou a cinta com o consolo e eu a cavalguei. A uma determinada altura eu perguntei se poderia chama-la de putinha e ela respondeu como muito graça que eu e quem deveria ser a putinha. Era verdade!!! Ela me perguntou se queira usar uma calcinha. Fiquei doido. Modéstia a parte, eu tenho um bundinha redondinha e gostosa.



Uma outra vez foi com um garoto de programa, que sá fazia miche de vez em quando. Estava afobado e me comeu rápido, bombando forte, de quatro, de lado, papai e mamãe. Ele era bonito e forte. Nos beijamos e eu mamei seu pinto.



A experiência de que mais gostei foi um carinha que conheci no chat. Ele era muito legal e gostoso. Até hoje sinto saudades dele. A transa foi louca, nos beijávamos, fizemos 69, eu chupava seus mamilos. Mas ele não me deixava nem enfiar um dedo em seu cuzinho, mas me chupava divinamente. Me comeu de todas as maneiras e gozou muito na camisinha.



Mas a transa que meu deu mais prazer carnal mesmo foi com um casal em que a garota me comeu com um consolo. Foi o único dia em que de fato senti prazer no cú. Gozei sem encostar no pinto. Mas foi sá, de resto a transa foi horrível.



Bem um capítulo a parte para minha esposa. Um dia, numa transa depois de termos bebido bem, ela começou a brincar com os dedos no cú. Fui a loucura e meu pau reagiu na hora, e ela percebeu. Ainda na mesma noite, durante a transa, perguntei porque ela havia feito isto e ela disse que é porque achava que eu queria. Eu neguei e disse que era porque ela queria e que estava tudo bem por mim.



Esta situação aconteceu de novo em outras transas regadas a bebida. Em uma delas cheguei a pegar um objeto e pedi para ela enfiar em meu cu. Ela fez com gosto e falava que sá queria me dar tesão. Algumas vezes quando demorava um pouco a endurecer, bastava insinuar que alisaria meu cú para meu pinto reagir. Mas quando as transas eram quando estávamos sábrios, não rolava nada disso. Nunca mais falamos no assunto até que uma coisa mais quente aconteceu. Depois de uma noitada, regada a bebida, ela chegou a de fato me comer com os dedos, chupou meu cú, simulava uma enrabada estando eu de quatro. Gozamos muito!! No dia seguinte, eu tomei coragem e dei dois outros passos: chupei sua buceta logo que acordamos. Como não havíamos tomado banho, na verdade chupei minha porra também. E ela percebeu isto. Outra coisa que fiz foi pedir para ela me comer como da noite anterior. Tudo isto sem bebida, a seco!! Ela fez tudo, transamos e gozamos demais!! Nunca mais falamos do assunto e depois disso tivemos um briga e também não transamos mais para saber se se repetirá ou não....



Mas voltando a transa de hoje. Conheci o Anderson no chat ontem e marcamos um café para nos conhecermos e ver o que rola. Ele é um cara já mais velho mas muito bacana. Durante o chat, ele me disse que queria que eu o cavalgasse. Isto não me saiu da cabeça e na noite de ontem para hoje não pude transar pois minha esposa estava doente mas se tivemos feito, com o tesão reprimido que estava, eu iria pedir a ela para me comer.



Hoje, na hora combinada encontrei-me com Anderson. Eu estava doido de tesão e ele também. Fomos ao motel.



Ai eu assumi um papel que já vinha desenhando desde ontem: eu iria satisfazer este macho. Ao entrar no quarto, ele já me virou de costas para ele e começou a me encoxar. Vamos pensar um pouco sobre isto. Eu estava sendo encoxado, com um pinto duríssimo atrás de mim, querendo entrar na minha bunda. Ele me acariciando, alisando minha bunda, meu peito, respirando no meu cangote e eu me entregando...Comecei a alisar seu membro que era grosso, gostoso. Eu me virei rapidamente e nos beijamos. Tomamos um rápido banho e começamos as carícias. Ele era muito paciente, sabia fazer. Eu realmente assumi o papel de bicha. Falava naturalmente em ser comido, dar o cú, fazia caras e bocas quando chupava seu pau e suas bolas. E que bolas!! Grandes, duras...Mas eu não fiquei afeminado e ele não assumiu uma posição de me desrespeitar. Ela apenas curtiu me comer. Gostou da minha bunda. Ele me disse que ficou olhando para ela quando ainda estávamos no café...rsrs!



Eu cavalguei gostoso, fiquei de quatro, de lado, papai e mamãe. Conversamos bastante e num certo ponto ele mesmo puxou a conclusão de que o que me excita é talvez a submissão, pois novamente não senti prazer no cú. Meu prazer veio da situação e da postura que assumir de gostar de ser comido por um homem.



Uma coisa interessante é como os homens estão enrustidos. Nem eu nem ele somos afeminados. Quem poderia dizer nos vendo no café que em poucos momentos eu estaria sendo comido por ele?



Eu dei. Dei muito e com gosto. Podem dizer que fui ou sou uma bicha. Não sei. Não pude estar com minha esposa mas se estivesse hoje eu a comeria com prazer. Provavelmente pediria para ela também brincar com meu cú. Mas eu teria muito prazer com sua buceta.



Minha fantasia é come-la enquanto sou enrabado. Acho que morreria de tesão!



Freud talvez explique meus desejos. Não sei. Talvez seja fraco e a sensação de submissão venha como fuga do papel de homem que resolve tudo e cuida de tudo. Enquanto estava sendo enrabado por Anderson, uma garota muito gostoso estava sendo fodiida na buceta no filme pornô e eu quis ser ela: uma garota sendo comida, pois o papel de quem recebe o pinto na relação é muito especial. Eu quase que comprei uma calcinha para vestir com o Anderson mas pensei que ele poderia achar muito ousado...



Quem se interessou pela histária e por mim, pode me contactar: [email protected]



Tudo de bom a todos!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos padres heterossexuaiscontos zoo com cadelascontos porno esposas estuprados submissosconto a rainha dos biquinisconto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadominha sogra pediu pra ver meu pintocontos erótico eu ddie minha mãe depois de sua festa de aniversário contos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabeum romance com minha maninha-contos:eroticosSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos eróticos corno excursãona bunda arde contosnoite maravilhosa com a cunhada casada contoshttp://conto erotico rancou minha calcinha e gozou na bucetaporno minha vizinha safada mim chama para segurar a escada para elacontos eroticos caminhaoContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoconto erotico .com lycracontos com o pai do meu maridocontos inocentes tapasmeu corno bebe porra de outro macho na minha buceta / contos eroticosconto erotico mulher traindo marido no barcontos eroticos e tome gozada na caramulher que faz o c**** submisso contos eróticoscontoseroticosbrincadeirasme estupraram na estrada contos eroticosContos erotico gay amigo da minha irmahumilharam meu namorado contosconto erótico transei na chuva com minha namorada e sua filhaconto mulata se vingainfancia contos de encestovou rasgar sua boceta vagabundacom perdi minha virgindade com um policial contocontoseroticossandracontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggEdna A tia da minha esposa contos eroticosquando ela percebe que eu quero dar o cu pra ela xxxconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitocontos eróticos irmãcontos eroticos de patroa velha pegando empregada chupando boceta ate gozar na bocacontos sobrinha veio cuidar da sograme fode jb. contoscontos esporrei-me no sonhoincesto reais irmão tirando virgindade de irmã pequena em van escolarcontos eróticos assaltantes me f****** na frente do meu filhoMinhacoleguinhagostosaminha cunhada e japoneza diz que meuirmao tem pinto pequeno aminha e grande e grossa pornocontos eroticos glaucia cdcontos eroticos calcinha da ermaAdoro dar o cu para o papa contosCasadoscontos-flagrei.contos eroticos adolescencia gayfui confundida por garota no carnaval e acabei sendo enrabadoConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadocontos eroticos de gay grudados com cachorros gigantes e o que ekes passam no cu para ficarem grudadosconto comeu meu cu gostosocomendo a boca da prima contocontos eroticos dona florinda estupradafinalmente o telefone tocou conto erotico cornoSou gay e tranzei com um travest contos eroticocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos - sobrinha tomando leitecontos porno esposas estuprados submissosiniciando minha filha contopadrinho enchendo a boca da afilhada de muita porradei minha mulher pra outro comersou crente rabuda contoscontos eroticos mãe gostosatravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhavidios pornô com sogra e esposade uma ves so tudo doidoSou casada fodida contoContos erotico sogra fiu filha batendo punhetaconto erotico sentado no colo baicha saiaporno zofilia peitinho inchado sozinhascontos de incesto minha filha se tornou um mulheraoArrombei meu amigo - contoconto meu marido acha que sou santa mais ja dei o cuMinha mulher me fez um viadinho contos eroticosrelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos enchi a buceta da cunhada de esperma e ela ficou gravidaTransei com minha prima brincando de esconde escondefilho aromba o cu da madastra que grita ta,doendocontos eroticos donas de rabos enormescu esfolada negao contoscontos de cú de madrinhacontos: puto dando ao ar livreeu e meu marido na nossa noite de núpcias eu disse pra ele mete seu pau bem devagar na minha buceta virgem conto eróticocontos inocentes tapasesposa grupal com 18 aninhos contosConto erotico gay homem goza usando.vibradorContos gay com cunhado