Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FERNANDA E EU.

Click to Download this video!

Fui até o shopping comprar um tênis, estava na loja provando um quando senta ao meu lado a fer, uma amiga de minha esposa que já participou de uma festinha nossa uma delicia de morena, muito gostosa. E me cumprimenta com beijinhos no rosto, nossa comprando tênis em plena tarde de quarta-feira, e de vez em quando sobra um tempinho e vc o que faz aqui hj.

Estou de férias do serviço viajo na sexta, vim comprar uns biquínis, quer ver? Opa si quero rs rs ela sorri, a vendedora chega com meu tênis pago, e convido a fer para um café, ela topa, vamos e pergunto para onde eles estão indo, ela estou indo sá para Porto Seguro, quero aproveitar muito la, vc me entende, eu rindo, entendo e o Paulo, vai ficar aqui de castigo, se vc quiser pode ir lá comer o cuzinho dele, rs rs, na verdade eu queria era ir para Porto Seguro comer o seu. Ela isso vc pode fazer hoje se quiser, claro que quero. Tomamos o café tranquilos, combinamos de ir no carro dela para um motel.

No estacionamento já rola uns amasso, entramos no carro ruma ao motel mais práximo, a fer pede uma suíte com hidro.

Entramos no quarto aos beijos, vou tirando minha roupa, qdo a fer para e diz calma ai, vai ali preparando a hidro, que eu quero dar meu cuzinho para vc la dentro, tiro o resto da roupa e obedeço a ordem.

Olhando pelo espelho vejo ela tirando a roupa que cena linda ela estava com uma micro calcinha amarela, e sai andando em direção da porta, sai e volta rápido com sua sacola de compras dizendo vou desfilar para vc, tira a calcinha e o sutiã e coloca um dos biquininhos eu penso vai ter gente morrendo do coração em Porto seguro um micro biquíni vermelho enterrado naquela bundona gostosa, na frente tampando somente a racha da buceta depiladinha. E fica andando rebolando, e coloca um outro azul clarinho um pouco mais comportado,e diz este e para ir no primeiro dia.

Meu pau duro babando.

A Hidro está ok.

Ela vem andando em minha direção e passa a mão no meu rosto e diz fecha a boca e volta tira tudo.

Eu entro na hidro a espera dela, que vem e senta atrás de mim, e começa a fazer uma massagem no pescoço e beijando ele. Me empurra para baixo deixando eu com as pernas para cima e com a cabeça dentro da água, faz isso duas vezes fica em pé e passa por cima de mim esfregando a buceta no meu rosto vira e pede para eu chupar a bucetona dela que e uma delicia, vou chupando e os dedos entrando, ela pede no cu enfio os dedos no cuzinho dela e continuo chupando a buceta. Delicia, ela senta em cima do meu rosto dentro da água, tenho que empurrar ela para cima senão perdia o ar, como resposta topos uns tapas na cara, e senta de novo, novamente na resisto e apanho de novo.

Agora ela vira e pede para eu chupar o cu dela, enquanto isso ela vai chupando e mordendo meu pau, e mordia forte a vagabunda, que mulher loca, mas deliciosa, ela morde e aparta minhas coxas, e esfrega aquele bundão no meu rosto.

Não resisto, puxo ela pelo cabelo, coloco ela de 4 dentro da hidro, dou uns tapas bem forte na bunda dela, enfio o rosto dela dentro da água e coloco com força no cu dela que solta um grito de dor, eu digo cala boca vagabunda que agora vc vai apanhar um pouco Tb e sento a mão bem forte na bunda dela e socando no cu, com meu pau dentro dela segura a cabeça dela dentro da água, e puxo com força os cabelos, e pergunto ta gostando vagabunda, ela olha para traz e cospe um mim e diz vc bate muito fraco seu viadinho. Nesse momento encho o cu dela de porra, ela vem e lambe ele, eu aproveito aquele rostinho lindo ali e dou uns tapas nela que grita isso bate na sua putinha, bate.

Ela sobe lambendo e mordendo meu corpo e morde meus mamilos com força que sangra, e me beija, morde meus lábios e bate novamente no meu rosto. Eu aperto seu rosto com as duas mão e cuspo no rostinho dela,que sorri e diz viadinho, corninho, putinho, e solta outro tapa no rosto.

Sentamos os dois na hidro ela senta no meu colo e começa a cavalgar no meu pau,e arranhar minhas costas, gritando muito a vagabunda.

Ela lambe meu rosto, morde, estava no cio a vagabunda, que delicia que tarde, gozo dentro dela e sinto ela gozando também.



Relaxo....

Fico deitado dentro da hidro, a fer se levanta enxuga-se, e eu admirando aquela sena, linda.

Ela me chama até a cama, me enxuga, sinto que sou um privilegiado, me deita na cama e começa uma massagem deliciosa passando um creme pelo meu corpo. Tira da bolsa 2 pares de algemas e me amarra na cama, penso comigo essa mulher e louca, e pergunto vc sempre anda com este kit. Ela ri, não, comprei hj e quero estreiar ele hj e ri, pega sua calcinha amarelinha que estava usando passa pelo meu nariz gosta do cheiro da minha bucetinha?

Faço que sim com a cabeça, ela enrola a calcinha e coloca dentro de minha boca, e diz chupa ela então. Fico ali, um tempo parado sem reação, amarrado, todo cheio de creme pelo corpo e com uma calcinha na boca, a Fer andando envolta da cama me olhando com cara de que vai aprontar, tento cuspir a calcinha para fora, a fer chega perto da cama e da um tapa bem forte no meu rosto e diz se cuspir de novo vai apanhar mais, aquele tapa doeu.

Ela pega uma fita dentro da bolsa mágica dela e amarra a calcinha na minha boca, tento protestar, em vão.

Ela pega um kit de presto barba dentro da bolsa e começa a raspar minha barba que estava por fazer, acho aquilo excitante e fico de pau duro, ela senta em cima dele sem por para dentro, e começa a depilar meu peito, tomo um susto e faço com a cabeça que não, ela me bate de novo, e continua, desce até a barriga e raspa todos os pelinhos que ali estão, e vai raspando tudo virilha, debaixo do braço, as coxas, vira meu corpo e raspa minha bunda inteira, meu cuzinho sinto a gilete passando por ele. E meu pau duro latejando, eu com muita raiva querendo socar aquela vagabunda deliciosa, ela faz tudo isso sem dizer uma palavra, sá me batendo.

Ela me vira de novo e passa um creme pelo meu corpo, massageando ele, e diz vc ficou lindo todo lisinho. E começa a chupar meu pau lambe as bolas e vai esfregando aquele bundão no meu rosto, não resisto e encho a boca dela de porra.

Ela vira passa a língua nos lábios e engole tudo e sorri e pergunta, vc esta bravo, respondo que sim com a cabeça, ela, então vai ficar mais um pouco ai até ficar mais calminho e senta na poltrona ao lado da cama.

Uns 20 minutos depois ela levanta-se e pergunta de novo e agora mais calminho digo que sim com a cabeça.

Ela solta meus pés primeiro depois senta sobre o meu pau e solta as mãos, neste momento solto um soco na vagabunda que derruba ela da cama, tiro a calcinha da boca e vou chingando ela que não devia ter feito aquilo, o que eu ia falar em casa, no futebol, aparecer assim todo lisinho parecendo um viadinho.

Ela levanta-se e diz, até que enfim um soco de verdade, meu viadinho, lambe o sangue que corria de seus lábios e me beija.

Meu que loucura, ela passa a língua no meu rosto inteiro e vai descendo e dizendo que adora um corpo lisinho e engole meu pau chupa ele até ficar duro de novo, entra por baixo e passa a língua na minha bunda inteira e chupa meu cu, uma delicia.

Sobe lambendo minhas costas, morde meu pescoço, minha orelha, vira minha cabeça e me beija.

Aperta meu rosto e diz por hoje e sá.

Digo não, preciso fuder vc mais uma vez vagabunda, puta safada. Ela me olha e ri, e diz, você sá vai me ter quando eu quiser e vai ter que ser obediente, chega petinho de mim pega no meu rosto e diz vc vai ser um viadinho obediente, digo que sim, ela gospe na minha boca, e diz lambe, eu obedeço.

Vamos embora pago o motel, que não ficou barato, pela sugeria da cama.

Pego meu carro no shopping e vou para casa, pensando oque vou falar para Ju.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhoscontos eroticos o amigo do meu marido me viu tomando banhofamilia naturista contocontos eroticos primeiro orgasmo colo do meu padrinhocontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elacontoseroticosgordinhaconto erotico meu primo me comeu na maldadecontoerotico putaminha tia atendeu a porta sem calcinha contos eroticosMe comeram ao lado do meu namoradovelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhacontoseroticosgordinhaconto comi.uma coroafanfic bella ninfeta safadaconto erotico real sobrinhocontos eroticos de muheres casdas q alivirao seus fusionariocontos d zoof pegei minha sobrinha c um cachorroContos eroticos gay enrustidoContos porno minha noiva bebadacontos eróticos com senhor de idade com rapazcontos esposa quase nuabjodelesbicacontos eroticos fetiches. suzane deu pro paiele domindo eu calvagando no pau deli contorasguei a camisinha sem ela perce er e gozei dentro/contos"amor vou dar" amigo colegaminha vizinha de calcinha me chama em sua casa contos eroticosconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouvoyeur de esposa conto eroticoSou casada mas bebi porro de outra cara contosNovinhas sendo arrombadas por patrão e peões na fazenda contos eroticosxvidio tinho berbado asubrinha fica taradaContos eroticos minha esposa e um meninoTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticomeio das pernas uma pica dava inveja grossura esposanora bunda gostosa provaca sogro conto eroticoConto casada traiu em confraternizacaochupando coroa empinadinha boa de f***piercing no mamilo da priminhaconto gay na praça com heteroconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eróticos comendo o c****** da freirinha taradacontos comi minha sogracontos erotico gay dei pro amigo do meu pai e comi a cachora dele sorfilaconto o sarado e a gordinhaconto crente bunda desproporcionalf****** a filha da empregada pornô liberadofudendo a sogra conto ingenuacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos de bebados e drogados gaysaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãocontoseroticos sem quereConto de casada estupada e gostandobuceta bem regacada peluda perna aberta na camacontos eroticos uma senhora de. bem parte 6papai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadacontos eroticos de sogras na faixa 47 anosconto erotico meu tio deu uma calcinha de presente para minha esposaescutei a conversa da titia com a mamae sobre sexo anal contossalva vídeo porno mulhe afosa outra mulher chupa a buceta cheia de sebodisvirginei a minha professora contos erodicosporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cederMulheres peladas com a boceta toda regasada aberta saindo puisPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticossou travesti tirei virgidade minha amiga chorouwww.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.comcontos eróticos sobre irmã bucetudavideornpossconto.erotico.metendo.na.esposa.do.vaqueirodei viagra feminino para minha cunhadacontos eroticos casado medico gordinhocontos eroticos decornos amigostanguinhas usadas contospornô com minha irmã de minsainhaContos porno fui atacada porvidio porno mulher coloca vibrador de 53 cemtimetro todinho dentro da bucetaSou gay e tranzei com um travest contos eroticoMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contosmoreninho hetero marrento contocontos porno professora e a tiameu marido nao sabe o que sou capazimpinando a bunda contoele com a pica cabeçuda balançando na frente da minha mulher contos eróticossuruba dios cachorro macho dando o cu Conto erotico fiz caridadecontos fotos esperimentando rolaconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhaconto erotico feia esposa chupeteira contosContos porno a biscati da minha esposa tevi corajecontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delacontos gays reais/a anaconda do meu primoElas quizeram isso contos