Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO PERDI MINHA VIRGINDADE

Click to Download this video!

Oi meu nome é Didi, hoje tenho 27 anos, mas vou contar a historia q me aconteceu qdo eu tinha 19 anos. Moro numa cidadezinha de interior no Rio Grande do Sul, morei quase minha vida toda aqui.

Como toda adolescente eu tinha uma melhor amiga, onde vivíamos na casa uma da outra desde o 1ª ano, eu sou filha única e ela (aninha), tinha um irmão mais velho, q eu pouco vi durante todo o tempo q fui la. Os pais dela trabalhavam fora o dia todo assim como os meus, morávamos em casas vizinhas e era o tal irmão Lucas q tomava conta da gte, na verdade ele nunca tava em casa, mas, pra nos isso era melhor ainda, pois a gte podia brincar a vontade. So que qundo eu completei 19 anos meu pai recebeu uma proposta de emprego e fomos morar em outra cidade, uma cidade vizinha é claro, mas para nos parecia o fim do mundo, naquela epoca a internet não era tão difundida, então a gte passou a se ver com menos frequência mas, sempre relatando tudo por cartas.

Nas primeiras férias de verão ela veio passa-las em minha casa que era num sitio e matamos a saudade. No ano seguinte foi a minha vez e eu pude rever meus antigos vizinhos e ex colegas. Minha amiga tava cheia de segredinhos q eu logo fui descobrindo ao passar as noites com ela na cama conversando ate altas horas. Ela tava com um namoradinho e contava suas aventuras como foi o 1ª beijo as primeiras caricias e logo os amassos vigorosos ela contava tudo com detalhes e isso fazia meu sangue ferver, nunca tinha saído com nenhum garoto, eu era meio desleixada, mas era bonita 1,63, 58 kg, corpo de atleta, muito futebol e bike, minhas pernas eram fortes e bem torneadas, bumbum durinho, barriga lisinha, morena de um tom caramelo, ja que sou de origem, italiana, cabelos e olhos de um tom de amêndoa,.e ela falando suas aventuras foi me deixando louca com um formigamento no corpo uma dor estranha no ventre então, ela mostrou o q ele havia feito, posto as mãos sobre sua xoxotinha e acariciado por sobre a roupa _assim á, e ela passou a Mao em minha xoxota. isso foi demais eu tive q agarrar o cobertor com força e me esforçar ao Maximo pra não gritar, meus peitos ficaram durinhos e começaram a doer, como não recebeu resposta minha achou q eu não tivesse gostado e parou, fiquei louca de vergonha mas na verdade eu queria era q ela continuasse, a noite passou assim e eu mal pude dormir. De manha acordei tarde, quando ela veio bem perto de mim e me pediu um favor, disse q o namoradinho dela tinha ligado e q ela tinha combinado com ele de se encontrar eu, estava incumbida de fazer o meio campo entre ela e o irmão q ficaria e depois dar um parecer a noite para a mãe dela, mas ela disse q não teria problema pq o irmão nem perceberia, pq ele com 19 anos tava numa fase de banda e nem notaria e ela disse q voltaria antes de seus pais chegarem. Logo de tarde ela saiu, fiquei d boca aberta quando vi, ela tava maquiada com o cabelo puxado pra cima meio preso meio solto, uma blusa de alcinha que deixava parecer a barriguinha, uma mini saia curtíssima e uma sandalinha com um pequeno salto, ela tava lindíssima, confesso q fiquei com certa inveja daquela pele alva sem marcas, aquele garoto tinha muita sorte. Ela me piscou de olho e saiu, como ela previa o irmão tava no quarto com o violão e la ficou um bom tempo fui pra sala e liguei a TV não tinha nada q prestava, mas achei um filme meio idiota e fui ficando preguiçosa me recostando no sofá meio sentada meio deitada tava com uma sainha rodada e uma blusa de alcinha velha sem sutiã a saia já tava meio curta mas eu adorava ela,.tava tão absorta q não percebi q o violão parara e nisso levanto os olhos e vejo ele me olhando fixamente, fiquei vermelha na hora e sentei no sofá de supetão eu tava tão relaxada q não percebi q uma alça da minha blusa havia caído e q a saia estava meio levantada mostrando minha calcinha q não era muito sexy mas era bem bonitinha. Ele abriu um sorriso enorme, eu nunca tinha reparado q ele tava tão lindo, um corpo atlético mas não musculoso olhos claros como os da irmã e o cabelo negro, meu deus, um fogo ascendeu dentro de mim e eu parecia q ia sufocar._ desculpe se te assustei disse ele eu sorri meio sem graça. Vim descansar um pouco hoje ta muito quente, né? Fiz q sim com a cabeça e fingi estar prestando atenção no filme,,, ele percebeu q eu ficara encabulada e foi pra cozinha ouvi uns barulhos por la de copos e pratos comecei a prestar novamente atenção ao filme mas fiquei sentada. Ele apareceu com um copo de refrigerante e um pote de pipocas pediu se eu queria e se o filme era bom _mais ou menos respondi e sim pras pipocas e refri precisava me distrair apesar de nunca ter tido contato com guri algum tinha noção do corpo masculino q tava no meu lado so de bermuda, devoramos tudo, e ele disse q os pais haviam feito assinatura mas haviam bloqueado alguns canais, mas q ele sabia a senha, disse q era mais emocionante. Como suspeitei na minha curta imaginação era pornô, ouvia os garotos da escola comentarem, mas nada havia me preparado para aquilo...ele sentou do meu lado e pediu pra alcançar uma almofada olhou pra mim e pediu _posso? Eu nem sabia pra q mas disse sim, ele pos almofada nas minhas pernas e deitou com a cabeça de lado pra frente da TV o braço debaixo encostava em minhas coxas e eu sentia q iria pegar fogo literalmente. O filme começou e eu nem piscava era muita informação ao mesmo tempo... nem percebi q ele me olhava com um sorriso misterioso nos lábios tbem não percebi o volume extra de seu calção. Entao ele me perguntou de supetão_ vc já transou? Olhei de boca aberta meio abobada e disse _nao e virei pro lado, então ele se ergueu com a mao em minha perna, almofada caída, agora alem do fogo, eu sentia estar em curto circuito ele se divertia e gosava do prazer em me ver daquele jeito. Ficou com o rosto bem de frente ao meu e perguntou, _ mas vc já ficou com algum garoto? Queria mentir, mas acabei somente acenando negativamente, os olhos dele brilharam, sua boca ficou úmida e ele veio bem perto de mim, olhos a centímetro dos meus e disse _gostaria de experimentar comigo? _O que? _o que vc quiser?, VC quer? So fiz q sim com a cabeça e ele encostou seus lábios nos meus, eu não sabia o q faze,r ele ficou beijando sugando meus lábios lentamente passando a língua por eles e começou a forçar vagarosamente sua língua em minha boca, eu quase desfaleci, fechei os olhos e meu corpo entrou em pani elétrico, suas mãos pegaram nas minhas fazendo cácegas nas palmas colocando seus dedos entre os meus e sua língua entrando me sufocando... ele baixou a pressão da boca e foi vindo pra mais perto, me recostando no sofá e colocando suas mãos em meus ombros começou a brincar com a alça de minha blusa fazendo o contorno com os dedos, minha pele ardia com seu contato, eu estava largada totalmente nas mãos dele experimentando tudo com intensidade, sua boca deixou a minha e começou a percorrer minha face meu queixo meu pescoço mordiscou minhas orelhas e eu quase pulei, suas mãos estavam em minha cintura roçando de leve em meus seios q estavam doloridos duros e empinados, ele percebeu e demorava cada vez mais neste roçar e sua boca começou a descer pelas alças da blusa ate chegarem perto de meu seio esquerdo sua Mao pegou firme na minha cintura e com os olhos mirados de tesao me perguntou se eu estava gostando, não conseguia responder e fiz q sim _ quero ouvir isso da tua boca _sim, minha voz estava rouca e sensual uma voz q não me pertencia ate então _ quer q eu continue? Eu não sabia bem o q viria mas, o filme tinha me dado uma vaga idéia, um arrepio passou por meu corpo uma mescla de medo e angustia, sabia q se fosse ate o fim não teria mais volta mas tinha medo de perder aquele momento maravilhoso e aquele homem, eu so passei minhas mãos ao redor de seu pescoço e o puxei para um beijo repetindo nele o q ele tinha feito em mim, isso o enlouqueceu, pegou minha Mao e começou a passar em seu peito com ela, logo não precisei ser guiada e comecei a desvendar o primeiro corpo masculino q tive em minhas mãos, passava levemente em seu peito, seus mamilos, sua barriga tanquinho seu umbigo e enquanto via seu corpo se arrepiar sob meu toque tive a consciência do volume debaixo do calção, ele percebeu pq eu parei de mexe-lo, ele abriu os olhos e disse _ pode tocar, eu passei minha Mao bem de leve e pude percorrer seu comprimento e perceber a dureza dele, ele pegou minha Mao e encostou com força naquele pau latejante, ele revirava os olhos e gemia, afinal, ele era jovem e so hoje eu percebo o quão forte ele foi em respeitar meu tempo. Como q acordando de supetão ele me agarrou e começou a me beijar com fome, passando suas Mao freneticamente por meu corpo, pegou meus seio em suas Mao e começou a chupa-los por sobre a blusa, mas logo uma alça caiu e eu experimentei o paraíso, não sabia o quanto queria aquilo e ele abocanhou meu seio com carinho passando a língua na aréola me fazendo estremecer, logo ele tirou minha blusa e passou com a boca para o outro enquanto q, o primeiro era acariciado passando o polegar no biquinho deixando ele duro ele, então me puxou pro seu colo de frente pra ele e então senti toda aquela dureza em minha xaninha, doía uma dor gostosa, e começou a me beijar toda, seu pau pulsando sob mim, então, fiz algo q vira no filme, comecei a me esfregar devagarinho sobre ele, ambos vestidos e quase imperceptivelmente, mas, ele percebeu e isso o enlouqueceu me ergueu pela cintura e pediu _ baixa minha bermuda, e foi o q eu fiz, ele tinha um corpo lindo _a cueca também gata, quando fiz isso, o pau pulou fora como um bixo enjaulado pulsando todo lambuzado, nessa hora eu tive medo, era grande, não caberia em mim, ia me machucar ele percebeu minha hesitação e me abraçou de PE, encostando seu pau na minha barriga _ não vou te machuca,r vou te dar muito prazer, vc vai adorar e se vc não aguentar a gte pode parar, ta? Isso me tranquilizou, mas ainda me deixava em duvida, onde ficaria tudo aquilo? ele me abraçou e me ergueu passou as mãos por baixo da minha bunda com seu pau batendo na minha xana e me levou para seu quarto. Ele dormia numa cama grande, mas o quarto tava uma bagunça, com uma Mao ele puxou a colcha e jogou tudo o q tava sobre ela no chão e me deitou vindo por cima, me beijando tirou minha saia me deixando so de calcinha e começou a percorer meu corpo com a língua com as mãos numa dança frenética, eu gemia me arqueava pra sua boca então, ele fez o q Ana tinha feito, passou a Mao sobre minha xoxotinha tive um espasmo tive contrações como se meu corpo tivesse possuído por um mau espírito _ vc ta toda molhadinha! _que delicia! E sua boca foi baixando contornando minha calcinha com a língua e foi puxando de lado chupando os lábios e sua boca foi para o meu clitáris, eu gemia forte hora ia de encontro, hora fugia daquela boca gulosa e logo sua língua tava me penetrando, então começou a chupar e lamber meu clitáris e um dedo foi me penetrando bem devagar, ele foi contornando as paredes de minha buceta bem de leve com maestria alargando e logo outro dedo se juntava ao primeiro e comecei a sentir algo novo, um abrir de comportas, e fui inundada por um prazer animal, nem percebi e ele tava sobre mim com a boca na minha _ se gritar assim a vizinhança toda vai pensar que eu to te estuprando! Ele falou isso com aquele sorriso maravilhoso me fazendo voltar a terra abracei ele e ele se desvencilhou _ não Acabou ainda esta so começando ....olha pra ele, meu pau nunca ficou tão louco como hoje, vc é uma delicia gata, e sua boca baixou novamente ele foi virando vindo com o pau perto de minha cara e sentou _quer provar o gosto dele? Quer? Ele fez uma carinha tão linda ....._quero, claro q quero, como eu faço? _ so não morde! E caímos na gargalhada, mas fiquei séria, pensei em como ele tinha feito em mim e comecei a Lambê-lo como um picolé, começava embaixo e quando chegava na cabeça dava um pequeno chupao, o gosto era salgado mas era bom, continuei assim e passei a por a cabecinha dele na minha boca arrodiando ele com a língua, chupava devagar com carinho e com cuidado, eu podia machucalo com meus dentes pensava, mas ele foi vindo de encontro a minha boca e logo foi prenchendo ela, e não tinha vindo nem a metade ele começou um vai vem bem devagarinho e pediu pra mim fechar os lábios em torno dele de repente ele parou e disse _ vc vai me fazer gozar e eu tenho mais planos pra nos dois, ergueu minha face e me deu um beijo apaixonado e começou a me arretar novamente começou a passar os dedos na minha xaninha beijando minha boca meus seios eu me agarrava a ele e seus dedos foram entrando um a um e com o dedão massageava meu clitáris, eu comecei a,rebolar sobre sua Mao, tava toda ensopada, e aquilo fazia um ruído q foi deixando ele louco começou a bombear com os dedos ate q viu q eu estava me retesando então parou e disse_vamos fazer isso juntos? O que eu não tinha certeza mas, disse sim, ele me deitou e começou a esfregar seu pau na minha buceta lambuzada subia e descia esfregando no meu grelinho então ele pos seu pau no buraquinho apertadinho q sugava a cabecinha dele pra dentro, e ficou ai indo e vindo, so com a cabecinha, mas quando via q eu ia gozar parava e começava denovo e cada vez vinha mais, ate q começou a doer e ele viu q me retesei então ele saia ate quase fora e voltava ate onde começava a doer, no inicio bem devagar e depois com mais força e cada vez vinha um pouco mais ate q eu estava pronta pra gozar novamente e ele percebeu _vai gozar? Me pediu com uma voz profunda e rouca _ sim, continue, não para, por favo,r vem, foi o estopin, ele veio com força e tive um orgasmo alucinante uma mistura d dor e prazer ele deu mais uma ou duas estocadas _ eu vou gozar, meu deus, eu não consigo parar e veio fundo e me apertou forte a cintura com as mãos e despejou sua porra dentro de mim encharcando meu útero com seu esperma, (eu podia ter ficado grávida tivemos mais sorte que juízo). Ele tombou sobre mim cansado exaurido pela força e controle q havia se submetido pra me satisfazer e tirar meu cabaço da forma mais maravilhosa possível. Eu tava exausta com todos os orgasmos e sensações q havia experimentado mas então, nos demos conta que havia passado um bom tempo e era melhor levantarmos e nos lavarmos, ele saiu de dentro de mim e vi porra e sangue escorrendo por entre minhas pernas ele viu meu pavor e me beijou _ é sempre assim da primeira vez vai te arder um pouquinho hoje e amanha mas logo vai passar isso se eu conseguir passar por ti sem te agarrar, vamos o pessoal ta chegando _ e o lençol? Pode deixar eu me viro e me deu um tapinha na bunda.

E foi assim que aconteceu minha primeira vez .

Espero que tenham gostado, me mandem suas opiniões, meu e-mail é [email protected]

Outra hora continuo



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay comi o malhadinhoficou de short e foi chantageada contos eroticoconto erotico as pregas da empregadaraspada para surpresa do marido contosgozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscontos de corno surpresano motel dando cu de calcinha velhos xasadosasalto que.virou.suruba videosQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormiflogdosexo.compauloelizabethcontos eroticos cegacontos eroticos de feiacontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendaarrumei um carA pra me comer contosconto flagrei minha mãe dando para um bem dotadofudendo discretamente de ladinho na Praia cheiacontos de mulheres que metem com solteiros e sao casadaso pai da minha namorada me comeu gay contosconto gay paguei enfiei pregasconto fodi a filha adolescete da vizinhaele.a pego de jeito contos eroticoso cu da minha esposa e meu contocontos eroticos eu e meu padrastocomtos.eroticos estuprocontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiaa esposa baiana do meu amigo contos eroticosminha namorada na suruba contocasa dos contos putinha desde novinhahistoria erotica conto uma estoria verdadeira como meu sogro me comeu gritei ele era cavalo me comeuconto erotico baba bate sirica espiano patroes fudendoadoro os fio dental da minha irma e os shortinhos adoro o vibrador dela no meu cuzinho afeminadoconto xota cu irmãzinhacontos eroticoscasada na massagemminha mulher foi viajar e eu fiquei com minha entiada que queria sai eu falei para ela ela so sai se mede o cuzinho e goza na boca delaRex dando o cuporno caseiro arredias para darporno babalu pede pra não gozar antes do tempochantagiei a negra contocomedoocuzinho dela bebada dormidoEspiando homem bulto tomar banho sem ele perceberContos eu d travesti meu fazia eu pagar suas dividasestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemcontos eroticos com mendigoarrombado; contos gayas.gostosas.cimasturbando.duas.vesescontos de coroa com novinhoconto erótico novinho escondidi escuron aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contoscontos/comi a mae e tirei o cabaco da filhaCont erot mulher da roçacontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacon erotico comi lora greluda por 10 pilaGozando nas tetinhas contos eróticosConto erótico gay caçamba de carro de madrugadacontos eroticos de incesto: preocupada com meu filhoContos minha nora enfiou o vibrador no meu cucontos erotoco sograolha o pezinho dela todo gozadinhocontos eroticos cunhadas safadasconto agarrada no onibuscontos virgindade com o padrinhocomi minha cunhada ja idosa contoscontos eroticos de enteadasenfiando a.pica..comdificuldadeconto erotico velha so trepa com novinhoContose eroticos fui vastigadacontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheirocontos eroticos gay dei meu cu desde oito anos de idade e sou gayfui encoxadacontos erotico mangueira na bucetaContos gays o colega pauzudoconvencir minha mulher zoofiliaconto sou loira e adoro um negãoContos de voroa estrupada por tres negoes e gostandoContos eróticos rabudinha chorou na picacontosde filhas levando gozadas na bocacomtos arrobadaconto eróticos O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA parte 5metendo com a tininhaconto.erotico minha tia baiana velhadei a buceta pro catador de lixocontos eroticos de como meu amigo me comendocontos erotecos de esposa de espartilho no metroporno mamei tanto o peitinho q inchouos videos de sexos os lolitos das piconasconto trepei filinha amiguinha 11aninhos[email protected]