Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AULAS PARTICULARES COM A PROFESSORA GOSTOSA.

Click to this video!

olá,

Estudo na mesma escola faz 7 anos, sempre fui um aluno dedicado e tirei boas notas, e portugues sempre foi a materia que tive mais dificuldade. Quando fui para oitava serie minha antiga professora de portugues havia saido da escola e uma nova professora de 22 anos entrou no lugar dela, era uma mulher linda, magrinha, seios medios, e bunda nao muito grande mas bem desenhada. Na primeira vez que a vi não reparei na sua beleza, por causa do entusiasmo de volta as aulas. No segundo dia de aula não tive aula com ela, mas ouvi alguns comentarios de amigos meus.

- Você viu como a professora nova de portugues é gostosa?

Eu respondia que não que nem havia reparado nela e que até tinha achado ela meio chata.Já na quarta-feira tivemos aula com ela novamente, mas eu nem consegui me concentrar na materia fiquei sá olhando pra bunda redondinha da professora escrevendo no quadro negro. No final da aula fui falar com ela:

- Professora...

- Pode me chamar de camila.

- Desculpa, Camila você da aulas particulares de portugues?

- Não, eu não posso, são normas da escola.

Esta tinha sido a forma mais facil que eu tinha pensado de me aproximar dela, então fiquei matutando qual a forma mais sutil de eu me aproximar dela.

No outro dia de aula a professora deu uma átima notícia:

- Como vários alunos perguntaram se eu poderia dar aulas particulares eu conversei com a diretora e ela me adiantou que teremos aulas de reforço todas as terças e quintas de tarde.

Logo me animei, ainda mais quando meus colegas me disseram que não viriam, pois não iriam querer vir à escola de tarde. Na outra semana, quando começaram as aulas de reforço, sá eu e mais algumas meninas fomos ao reforço, e a cada aula menos pessoas estavam indo, até o dia em que sá fui eu para aula.

- Que pena que sá você veio hoje, acho que vai ter a tal aula particular que queria.

Então ela sentou do meu lado, ela estava com uma blusa decotada, e perguntou quais eram as minhas duvidas. Logo tratei de mudar de assunto.

- Você namora professora?

- Não, mas acho que isso não vem ao caso.

- Desculpa, mas é que você é tão bonita, tem belos olhos.

E realmente ela tinha belos olhos, eram verdes meio azulados. Então ela me respondeu meio encabulada.

- Obrigada, você também é bonito, as meninas devem correr atras de você.

- Na verdade não... Elas sabem que sá tenho olhos para uma.

A professora estranhou minha resposta e perguntou se eu namorava, mas eu nem consegui prestar atenção no que ela falava, sá reparava na sua boca carnuda. Respondi à ela que não pois ela era mais velha, e surpreendentemente ela disse:

- Deixa disso, idade não importa quando você gosta de verdade de uma pessoa. Mas por hoje é sá.

Cheguei bem perto dela e disse, parecendo uma indireta.

- Nos vemos na quinta?

Ela percebeu, e respondeu com um jeito meio safadinho.

- Claro, tomara que não venha muita gente pra nás podermos ter uma melhor.

Fiquei pensando sem parar na professora não via a hora de pegar ela de jeito, beijar aquela boca e comer sua bucetinha. Na quinta-fera na aula novamente sá eu havia ido, e mais uma vez tivemos uma aulinha particular. Mas dessa vez quando ela sentou do meu lado eu ciloquei a minha mão na sua coxa e ela correspondeu da mesma forma.

- Que tal a gente continuar a aula em outro lugar?

- Melhor não, e se alguém ficar sabendo eu posso perder o emprego.

- Não, ninguém vai ficar sabendo, esse pode ser nosso segredo.

Então nos combinamos que no dia seguinte nos encontrariamos na frente de um shopping proximo à escola. Na hora marcada nás dois estavamos lá e quando ela se aproximou beijei-a como nunca tinha beijado alguém antes, sua boca era deliciosa. Apás isso ela me levou até o seu carro, quando entramos logo comecei a passar a mão nas suas pernas e a alisar o seu corpo.

- Não, aqui alguém pode ver a gente, é perigoso.

- Para onde nás vamos?

- Vamos para o meu predio.

Chegando lá não haviamos nem entrado direito no elevador e eu já agarrei-a e comecei a passar a mão por todo o corpo dela e coloquei ela contra a parede e beijei-a ardentemente. Saimos do elevador nos beijando e entramos no apartemento dela, nem deu tempo de ir até o quarto, na sala mesmo coloquei ela no sofá e comecei a beijar o seu corpo, tirei sua blusa, ela estava sem sutiã, então dei mordidinhas nos seus biquinhos que já estavam durinhos, chupei seus peitos e comecei a descer devagar até chegar na sua calça, que eu abri bem devagar e enquanto eu tirava beijava suas pernas e comecei a subir novamente, subi até a sua buceta, tirei sua calcinha e comecei a chupar sua xotinha, lambi seu grelinho e coloquei dois dedos e comecei enfiando devagarzinho. Ela tirou minha boca da sua buceta e pediu para mim ficar de pé na frente dela enquanto ela tirava minha calça. Eu já estava de pau duro, quase estourando, então ela pegou nele mordeu a cabecinha e começou a chupar, ela chupava que nem uma puta, quando eu falei que ia gozar ela tirou meu pinto da boca e ficou batendo uma punhta até eu gozar nos peitos dela. Ficamos nos acariciando até eu ficar com o pinto duro novamente, quando eu já estava a ponto de bala eu deitei no sofá ela sentou encima de mim e começou a cavalgar, rebolava como uma puta encima do meu pinto enquanto eu pegava nos seus peitos. Pedi para ela virar e empinar a bunda para mim, dai comecei a bombar nela de quatro enquanto ela passava a mão no clitoris e se masturbava, na hora que fomos gozar viramos e ela sentou no meu colo e nos abraçamos ela gemeu alto e nos beijamos.

Apás a nossa transa tomamos banho e ela me levou até em casa, onde mais tarde teriamos várias outras aulas particulares.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseroticosgordinhacontos eroticos advogadacontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiasexo no arpoador conto eroticocontos eroticos dopando a cunhadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra elecontos airoticos gay desmaiando no pau do padrastocontos eróticos empregada em jardineirasgozando pela primeira vez conto gaypeguei a x*** virgemnoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos de boquete bom de primos e primas novinhoscontos eroticos incesto vovô e titio me fuderamContoseroticosgreludacontos eroticos de sogromostrei a buceta toda babada pro papai brincarporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoconto erótico sonífero na sobrinhacontoseroticos.esposa abudada no onibuscontos erótico comadre desmaiou Conto erotico peguei.minha filha novinha arombei elamenina de calcinha pornoe chiorts curtosFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viueu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos gay tetinhas gordinhaContos eroticos gays. comendo o moleque na van escolarcontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolahetero chavecando o cunhado xvideemprestei minha esposa putariacontos de sexo pau e pau mais eu prefiro grande e grosso no cuzinhoporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesContos eróticos minha tia me chupoucontos erotis orgia bifiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos eroticos homem casado dando para o primocontos eroticos de negros na praia de nudismoconyo erotico pai e filha ahh uhh mais metetransei com minha tia nas dunas da praiabucetudas com caralhudos/fotos e contosContos eroticos tarado por seiosjaponesas babys fazendo zoofilacontos ganhei uma massagem e fiz um boquetewww.flogdesexo.compauloelizabethvideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmconto erotico gay no trabalho com homemvelho coroa grisalho peludoafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contosconto erotico esposa sofre com o negaoContos ela deixou comer o cu delacontos eróticos maecontos eroticos tava numa vontade danada de comer um cu e acabei dando o meuconto eróticos com velhinhaO pau preto do papai contos eróticoscontos eroticos incesto tomei porra do meu cunhadoúltimo contos anal de sobrinhavideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliacontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocontos com filha da esposaContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitominhas tias chupavao meu penis de 10cmconto menininha sentou no meu pauminha esposa nem desconfia que eu gosto é de rola contos gaycontos meu filho dotado me acoxoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroaMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestopunheten o rabo da minha esposavou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetanovinha com peso na barriga usando churrasco de vídeo pornôconto erotico hetero fudando com mecânicos no trabalhomarido menage experiencias swxuais veridicasconto coni cu prima fotomeu irmão me convenceu contostransei com minha tia nas dunas da praiaconto erotico virei menina por ter cabelo compridoVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocaenfiando o dedo no cu da coroa cotoseroticospequei milha maes fudedo com um negao lopradoputinha submissa do tioDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto erotico chupei uma sobrinha de nove anos q fez xixi na camacontos de zoo trinamento de cao para casadasno acampamento enquanto eu dormia contos eróticosvoyeur de esposa conto erotico