Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO COMI A GORDINHA E COROA DO MEU SERVIÇO (REAL)

Click to this video!

Ola a todos me chamo Leandro tenho 25 anos, 1m72, 85 kls, olhos e cabelos castanhos.

O que vou relatar foi algo que me aconteceu a alguns dias pra ser mais exato dia 05112010, trabalho em uma loja, e na mesma temos gerentes para diferentes setores, em um desses setores da loja tem uma gerente de nome Marlene, uma coroa de 47 anos entorno de 1m65, 85 kl, meio gordinha, cabelos castanhos, quase ruivos, com algumas sardas no rosto e nos peitos, sempre tive tesão nessa coroa, mas como ela e casada e nunca me deu brecha e também nunca imaginei tentar nada com ela.

Sempre ficávamos ate mais tarde na loja eu ela e outros gerentes e funcionários, as vezes saiamos pra tomar umas cervejas em um restaurante na frente da loja, e percebi que apás algumas cervejas, Marlene trocava alguns olhares comigo, mas nunca levei nada tão a serio assim.

Na nossa loja sempre que batem as metas de vendas eles dão uma festa para todos os funcionários, que normalmente e feita na primeira sexta-feira do mês,no dia 05, trabalhei ate um pouco mais cedo pra ter tempo de ir ate a minha casa, que fica práximo a loja, fui para casa tomei um banho, troquei de roupa, descansei um pouco,e volte para a loja que estava acontecendo a festa, cheguei por volta das 21:00, cumprimentei a todos e fui buscar uma cerveja para mim, no caminho encontrei com Marlene, vi que ela já estava meio alta trocamos alguns olhares, e como não se vimos durante o dia, fui cumprimentá-la com um beijo no rosto, quando pra minha surpresa ela vira um pouco mais o rosto me dando meio beijo na boca, me deu um sorriso e voltou onde estava com algumas outras pessoas, fui pegar minha cerveja mas não consegui parar de pensar no ocorrido, e fui conversar com alguns amigos, e no local que eu fiquei, deva pra ver Marlene me olhando quase que a noite toda, retribuiu praticamente todos meus olharares, a noite foi passando e algumas pessoas já tinha se retirado da festa, e nossos olhares sempre se cruzando, ela sorrindo pra mim, eu lágico retribui todos, ficou tão evidente nossa intenção que ate meu amigo falou pra mim,que a coroa não parava de me olhar,quando quase todos já tinha ido embora, em um determinado momento esse meu amigo saiu pra ir ao banheiro me deixando sozinho, nessa hora Marlene olhou para mim, e apontando com a cabeça o corredor onde fica a sala da gerencia, e sorrindo se encaminhou para lá, eu disfarcei um pouco e por outro caminho que dava para a mesma sala, quando eu cheguei na porta da sala que normalmente esta trancada vi que ela estava apenas encostada. Entrei e me deparei com Marlene levemente embriagada....rsrsrs

Ela com sorriso no rosto me questiona o motivo de eu tanto olhar para ela.

Eu respondo que estava apenas apreciando tanta beleza....que realmente tinha ela um rosto lindo.

Ela questiona onde já se viu um jovem querer uma mulher que tem idade pra ser sua mãe.

Falei que também tem idade pra ser minha mulher.

Ela apenas sorrio pra mim.

Nessa hora eu puxei ela junto ao meu corpo, e comecei a beijar aquela delicia de mulher, ficamos nos beijando ate quase ficarmos sem ar,eu com meu pau já latejando, ela sentiu o volume e falou, tudo isso e por minha causa???

Falei tudo isso e muito mais...

Ela novamente sorrio e voltou a me beijar, agora já com sua mão na minha rola por cima da calça, me deixando ainda mais louco de tesão, abri meu zíper, agora ela me punhetando por cima da cueca, eu com beijando ela loucamente,chupando seu pescoço, senti que ela abaixou minha cueca,fazendo minha rola que estava dura como rocha, pular na mão dela, ela me punhetando começou a beijar meu pescoço e foi descendo e me beijando por cima da roupa, foi descendo ate sentir meu pau bater no seu queixo, alisou meu pau mais um pouco olhou pra cima, fazendo uma cara de cachorra.

Pedi pra ela me chupar.

Ela começou passando a língua na parte de baixo da cabeça do meu pau, lambeu toda a volta da cabeça do meu pau que estava já vermelha e todo melado, e abocanhou meu pau, nossa que boca quente, que delicia de coroa, nossa chupava com muita vontade, engolia todo meu pau e com a língua encostava nas minhas bolas, e voltava deixando meu pau todo babado, eu segurando sua cabeça, fazendo movimentos de vai e vem com meu pau fazendo ele entrar todinho dentro da boca dela, fazendo ela se engasgar em alguns momentos, e como a musica estava muito alta e a sala ficava bem longe da festa não estava ligando muito pra barulho, mas voltando a chupada deliciosa que estava recebendo, depois de muito me chupar, ela se levantou, me beijando loucamente. Joguei ela em cima da mesa, me sentei em uma cadeira que estava do lado, levantei sua saia, comecei beijando seus joelhos e abri suas pernas e fui descendo beijando sua coxa, ate chegar perto o suficiente pra sentir o cheiro da buceta da minha gordinha maravilhosa, nossa e como cheira gostoso aquela buceta, lambi sua buceta ainda por cima da calcinha que não era tão grande como eu imaginava, ela gemendo de prazer, coloquei sua calcinha pro lado e pude ver que ela tinha uma buceta maravilhosa com os pelos bem baixinhos, pude ver sua buceta brilhando com o mel que escorria de dentro dela, com os dedos abri sua buceta, deixando seu grelinho todo de fora, e foi por ele que comecei a lamber, na hora que eu passei a língua no seu grelinho ela gemeu e se retorceu em cima da mesa, nossa que delicia de mel que ele tinha, nossa a buceta dela tinha um gosto maravilhoso, chupava seu grelo, e enfiava meus dedos dentro da sua buceta, e depois invertia eu enfiava minha língua dentro da buceta dela e masturbava seu grelinho, fiquei assim ate que ela com os tornozelos puxou minha cabeça fazendo eu empurrar meus dois dedos no fundo da sua buceta, ela deu um gemido bem alto e pude senti sua buceta apertando meus dedos dentro dela, ela ficou me segurando por um tempo e me soltou, me levantei e com meu pau duro feito pedra, abri suas pernas em forma de V, fiquei de frente pra ela, pincelei sua entradinha da buceta, fazendo ela gemer, fiquei brincando na entradinha da buceta dela ate ela me pedir.

Fode essa buceta fode!!!!

Não aguentei e soquei meu pau de uma sá vez dentro dela, ela deu um grito de prazer.

Comecei a foder aquela mulher maravilhosa.

Nossa eu via sua buceta engolindo meu pau todo, eu socava com toda força na coroa, ela gemia de prazer, abri os botões de sua blusa, abri também seu sutiã deixando amostra um par de peitos lindo, não muito grandes mas perfeitos cabia na minha boca, enquanto socava na Marlene eu chupava seu peitos, lambia seu pescoço, com os meus braços por trás dela travando minha mão nos seu ombros, comecei a socar com toda a força ela passando suas pernas por traz de mim fazendo minha rola entrar inteira dentro de sua buceta, depois de muitas estocadas senti sua unhas aranharem minhas costas, e agora sentia com meu pau a força da sua buceta me apertando quase gozei junto com ela.

Ela descansou um pouco se levantou e se virou de costas pra mim, virando aquela bunda maravilhosa pra mim, nossa que delicia de bunda gordinha que ela tem, como eu gosto grande com algumas celulites e estrias, ela deitada em cima da mesa com aquela bunda maravilhosa empinada pra cima, com as mãos ela abre bem a buceta pra mim, e fala vem meu garotão safado vem foder sua coroa putinha vem!!!!

Nossa quase morri quando ela falou isso, não pensei duas vezes e cravei minha rola dentro da sua buceta de uma sá vez senti minhas bolas quase entrando também, ela gemendo e falando isso me fode, faz comigo o que o corno do meu marido não faz, isso quero gozar no seu pau de novo, isso fode essa puta que sempre quis dar pra esse muleke.

Quanto mais ela falava mais rápido e mais forte eu socava na buceta dela.

Segurei no seu cabelo e puxava e socava, ela gemia e gritava.....

Ate que ela anunciou que ia gozar, nessa hora eu olho pra baixo e vi seu cuzinho piscando, e gozei junto com ela, ela gemendo, e rebolando no meu pau, ficou com meu pau atolado dentro dela por alguns minutos.

Na hora que eu fui tirar meu pau, olhei novamente pro cuzinho dele e vi que ela continuava piscando.

Não resisti me abaixei, e deu uma deliciosa lambida naquele cuzinho delicioso, ela não esperava por isso e deu um pulo.

Falando que nunca tinha feito isso, que e tinha medo de doer.

Depois nos arrumamos, e antes de ir embora dei mais um beijo na minha gordinha, ela no meu ouvido falou que tinha sido a melhor foda da vida dela, e que apartir de agora eu ia ser o seu amante, e falou que medo se perde, que não era pra eu desistir. Falei que tinha entendido o recado e que não desistiria de nada, ela me deu mais um beijo e saio da sala, eu fiquei lá por mais uns minutos e tive que ir embora da festa pra ninguém desconfiar de nada.

Na segunda-feira de manha ela passou por mim como se nada tivesse acontecido, mas na hora do almoço ficamos a sos no refeitário ela me jogou na parede e meu deu um beijo delicioso, falando que não tinha conseguido dormir o fim de semana inteiro, inteiro pensando na minha rola, e que não via a hora de sentir ela de novo dentro dela.



Mulheres gordinhas de todas a idades, afim de conhecer um homem discreto, interessante, divertido...

Meu e-mail e MSN é

[email protected]





um grande beijo a todos espero que tenham gostado

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de traicao anal,postados no facebookmulher chupa o peito da outra ate ela gemerSentando no colo contosconto minha mostrou.meu filho viu meubucetao peludo e meteu a rola.. contos.Incesto com meu irmao casado eu confessobeijo de lingua quente pegada forte gemidãocontos eróticos da sobrinha toma leitinho na cama do tio zoofilia com gozadas e enguatesA rainha que dava a bunda para os strapon esporra encorpada na bocacontos eroticos gay virei mulher hormôniosquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madamecalcinhas usadas da minha tia contosacidentado comi minha sogra contoscontos eroticos a talaricacontos de mulher transando com negão p******Conto enteada nao aguentou tudonegoes picudos/contossexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaoeu gordinha arregacada por um roludo contoscontos eróticos viúva safadamenininha contos eroticosmeu cachorro taradocontos-fiz amor com minha irmacontos e vidios padrinho gay e afilhado so enrrabadaconto de encesto filho vetido de noivinhacontos eróticos de incesto minha mae no meu coloviu de chotinho e ficou com tesao xvidioComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigoestou ficando louco pela filha de minha mulher incestocontos eroticos mamando na novinha cheia de leite no riacho de biquinixvideo mobile meu pai me castigoucontos porno travestis estupros sadomazoquismocontos olhando a encoxadaenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparcontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeucontos eróticos porno primeira vez com a namoradametendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escuromalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadaver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.Contos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandeconto erotic pirocudo na praia de nudismoconto irma casadaenpurou no cu so para ve o gritocontos eróticos para ler a sograconto erotico feinhacontos incesto comendo minha mae no parquehomem conto heterocarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosacontos eroticos amigo gay iniciouminha filha e bela contos eróticoshistorias eroticas de onibus lotadospeguei cunhada certinhavendi a buceta/contoconto de chorei com a pica grande de um negao no meu cu virgemcontos de esposa dando pro cunhadoconto erotico com coroa empregadaDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarvideo safadecamamae japonesa me bolinandohttp://transei com motorista do onibos escolar gay contos eroticosconto porno puta suja de estradanovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaguais sao as deusas da punhetacontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leiteporno marido da vizinha foi viajar e fui pozar na casa delaconto sozinho com minha sograconto erotico quando era pequenacontos comi uma cabritinhaPorno conto casa abondonada eu e o viadinhomeu cu no formato da contoscontos eroticos dopando a cunhadacontoseroticoscommaridomeu pai gozou no meu cu contos gayaxvidio travesti ta duendocontos eróticos sexo com a netinha de vestidinho curtinhoesposa safada liberando geral para o sogroContos gay pinto pequenocontos de cú de primavideo de porno com machos a força brutameneteProvoquei o policial e ele me pegou contos eroticos