Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PAPAI E MAMÃE

Click to Download this video!

Meu nome é Suellen, tenho 21 anos, sou branca cabelos loiros, e olhos castanhos claros.

Tenho seios fartos, e não tenho muita bunda, tenho cinturinha, eu me acho bonita.

Minha histária, foi assim, apenas aconteceu, sem planejar, sem muita malicia, apenas levado pelo tesão, não medimos as consequências, e nem nos julgamos.

Certo dia cheguei em casa apás o serviço, minha mãe estava na cozinha, e antes de tudo perguntei a ela, se ela tinha uma lingerie para me emprestar, ela perguntou para que, e, eu respondi, que talvez meu namorado me levaria para o motel a noite, ela logo sorriu e disse, esta tomando certinho o anticoncepcional, e disse, claro, não quero filho nenhum por enquanto, ela me disse que éra pra mim tomar o café primeiro, que depois ela me ajudaria.

Tomei um café, ascendi um cigarro, e falei pra ela, vamos ver se vc tem alguma coisa q sirva em mim?

Fomos até o quarto, e começamos a procurar, teve um que parecia que ia dar certo, dei o cigarro para minha mãe, e tirei a roupa, antes de vestir a lingerie, estava dando uns tragos no cigarro e nesse momento, entra meu pai no quarto.

Ele se assusta, com a cena, mais não se constrange, pergunta sobre o que estávamos fazendo, minha mãe logo respondeu, que eu estava experimentando algumas peças de lingerie dela, devolvi o cigarro para minha mãe, e comecei a vestir, meu pai estava ali me vendo e notei que ele estava me vendo com outros olhos, aqui em casa sempre andamos a vontade, sá de camiseta, mas nunca tivemos o hábito de nos ver pelado, e naquele momento, eu tbm não estava constrangida, assim que coloquei o sutiã meus seios ficaram saltados, e meu pai disse "Que peitão filha", todos sorrimos, em seguida ele beija a minha mãe, e diz que vai tomar banho, sem trancar a porta do banheiro do quarto ele começa a se despir, não dava para ver nada, mais bateu uma curiosidade, quando ele entrou no chuveiro minha mãe começou perguntar algumas coisas pra ele, ela ficou na porta do banheiro me olhando e as vezes olhava pra ele, até que uma das peças de lingerie serviu e estava linda em mim, minha mãe disse que estava perfeita, meu pai gritou lá do chuveiro, ela achou uma que servisse, e fui matar minha curiosidade e fui até lá para ele ver, meu pai estava de frente pra mim, atrás do vidro fume do box, e na hora eu olhai para o pênis dele, e ele disse, ta linda filha, sem tirar o olho eu me virei dos dois lados, ele disse novamente "ta linda filha", minha mãe bate na minha bunda e diz vai vc tbm se trocar, saí dali com outros olhos para o meu pai, meu pai tem 41 anos, tem 1,85 de altura, não tem barriga, e é lindo, minha mãe tem 40 anos, tem a minha altura 1,65 corpo perfeito, cinturinha, olhos claros, coxão, bunda redondinha, e seios médios.

Depois de sair dali, continuei sá de calcinha e sutiã, e fui tomar café, fui ao quarto e vi que meus cigarros tinha acabado, e fui até o quarto da minha mãe perguntar pra ela onde estava os dela, cheguei lá, vi meu pai se enxugando, minha mãe conversando com ele, e alisando o pênis dele, aí sim eu fiquei meio sem reação, na hora ela olhou pra mim, e disse "oi filha" eu disse" seu cigarro onde está" ela soltou o pênis do meu pai e retirou da bolsa dela e me deu.

Eu sai dali, quando cheguei a cosinha, vi que a porta do quarto deles foi fechado.

Terminei meu cigarro, e entrei no banho, saindo do banho, indo em direção do quarto minha mãe abre a porta, ela estava de roupão, antes de ela fechar a porta, vi que meu pai estava deitado na cama de barriga para cima, e o seu pênis semi-ereto, ela percebe que eu vi, da um leve sorriso, e me pergunta dos cigarros dela, entrei no meu quarto peguei em cima da minha cama e dei pra ela, ela pega meu isqueiro ascendi ali mesmo, da um longa tragada, e diz, seu pai me deixa exausta com um ar de saciada, e saiu do meu quarto.

Algumas horas depois meu namorado me pega em casa, fomos jantar num restaurante e depois fomos realmente para o motel, e eu não conseguia esquecer das cenas lá de casa, e comecei a fantasiar meu pai minha mãe e eu., e logo cheguei ao orgasmo.

Tomamos um banho, ele me deixou em casa, éra mais ou menos 4 da manhã, eu entrei sem fazer barulho, entrei no meu quarto e fechei a porta, comecei tirar a roupa, e minha mãe entra sem bater, e diz que o cigarros dela acabou, éla estava nua, eu sorri e peguei pra ela, éla abriu a minha janela, e ascendeu ali mesmo, pegou cinzeiro e logo me perguntou, como tinha sido, eu disse a éla que foi maravilhoso, pois ele tinha me levado no quarto temático, estilo japones, que fizemos amor, na banheira, na cama, no chuveiro, na salna.

Éla diz qua também ja tinha ido com meu pai, neste mesmo quarto, a alguns dias, eu dei uns tragos no cigarro déla, e ainda completo que tinha feito amor com ele, no carro esperando eles limparem o quarto, éla sorriu e disse, que folego que vcs tem, deve ser de família, éla diz que meu pai adára que éla faça um boquete quando ele está dirigindo, que é por isso que eles sá viajam a noite, com um leve sorriso eu disse, eu adoro fazer um boquete.

Éla diz eu tbm, éla termina o cigarro, e volta para o quarto déla, o clima da minha casa mudou depois de tudo isso.

Ficou um clima de erotismo, eu olhava meu pai com outros olhos, meu pai me olhava diferente, e minha mãe sempre cheirando a sexo.

Lágo chegou outro fim de semana, estava louca para dormir com meu namorado, marcamos de sair, mas logo começou a chover, e como ele estava de moto, e o carro dele estava emprestado pra mãe dele.

Acabei ficando em casa, sem ter o que fazer fui encher o saco de meu pai e minha mãe, eles estavam deitados na cama deles assistindo filme, comecei a assistir tbm, e logo cai no sono.

Acredito que éra por volta das 2 da manhã, eu acordo, com meu pai segurando a minha mão em cima do pênis dele, estava totalmente duro, pulsava de tão eréto, demora pra mim acordar totalmente, segundos depois eu entro no jogo, e começo a masturbá-lo, o pênis dele éra grande, dava duas mãos fechadas, ergui a cabeça, ele estava com os olhos fechados, e minha mãe estava dormindo, em seguida ele vira para o meu lado, eu desço um pouco e começo e chupá-lo, eu estava com muito tesão, comecei a eu mesmo mecher na minha vágina, éla estava totalmente molhada, meu clitáris estava inchado, começo a gemer em silêncio, estava tentando colocar tudo na minha boca, e vejo a minha mãe, tirando os meus cabelos de cima da coxa de meu pai, eu olho para éla e éla devolve o olhar com um lindo sorriso, e vejo que meu pai tbm esta me olhando, eu continuo com mais empolgação, mais naum abafo mais meus gemidos, ela me descobre totalmente, tira a minha calça, e em seguida a minha calcinha, éla chupa os seu dedo do meio, e enfia calmamente, em minha vágina, ja não aguento mais, e viro o meu pai, e me posiciono para sentar em cima do pênis dele,

Minha mãe tira a minha camisa, e meu sutiã, e da um beijo em meu seio, meu pai me puxa, e começa a chupar os meus seios loucamente, minha mãe deita a lado e sá observa a cena, com uma das mão éla apáia a sua cabeça, e a outra se masturba com seus dedos dentro da sua calcinha.

Meu pai me vira na posição papai e mamãe, e começa a enfiar seu pênis com vontade, minha mãe começa a chupar meus seios, e u começo a gozar com uma força que eu nunca tinha experimentado até aquele momento, e logo fico mole, meu pai continua, minha mãe começa a mexer levemente em seus testículos, não demora muito, ele tira ele de dentro de mim, de começa a se masturbar, minha mãe começa a chupá-lo, e logo ele começa a gemer, pois esta saindo o gozo dele, minha mãe chupa tudo, e começa a lamber os lábios, olha pra mim, de me da um selinho, meu pai deita ao meu lado exausto, e minha mãe me pergunta, vamos fumar um cigarro?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico sodomizando a bucetapornu de video de traveti ezibidu pica gigateenrabado na cadeia contosNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaconto esposa sem quererContos eroticos dopou a sogra e estuprou elacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos fui forcado a virar meninina desde pequenopai quero atencao contos eroticoscontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadobunda da irma contosquadrinhos e contos eroticos a inquilinacontos enteadas e padastroscontos eróticos brincando de casinhacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos como presenciei um cachorro fudendo uma cadela até engatarpolicial peludo conto etoticobofe escandalo na punhetaConto erotico apoata insanacontos eróticos de mulheres novas casadas e p****vidio porno gay em hotéis ospede e garconcontos eroticos baba do filhocontos transei com travesti bem dotado tirando o c*****conto zoofilia fazenda a forca sexoterceira idade de calcinha no cuMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomcontos eroticos trave x hno acampamento enquanto eu dormia contos eróticosfodida na escola contosminha esposa e sogra garente contos eroticosConto porno filhà apanha de cintocontos de casadas sendo assaltadas e estrupadas gozando gostosocontos eroticos Itapetiningaminha filha chantagista contosContos eroticos dinheiroexcitada pelo meu tiocontos er com negtezões hentaisou coroa loira e resolvi dar o cu com 53 anosnão aguentei e chorei na dp anal contosminha mulher quer dar o cu p outro na minha frenteminha soga petiu para filha que deijase ela ser minha amante contos eroticoscontos eroticos negao so comeu o cu da minha mulhera tão sonhada dupla penetração contoconto me comeram no trabalhocontos eróticos de bebados e drogados gaysConto erotico de secretaria espiando o faxineito tocando punhetacontos de uma putavoyeur de esposa conto eroticoPiroca de 25cm - conto eroticobanhocontoeroticocontos mulher da na frente dos filhoscontos eróticos gay e coroaConto mana onibuscontos pornos irmas naturistaspelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiromeu tio me dava a mamadeiracontos eroticos meu patrao me da leitinho dois dias na semana no motel e o meu marido nem desconfiacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelconto erotico masculino mamando um desxonhecidoscontos eroticos cuidando do meu genro asidentadosou puta e pratico zoofiliaconto erotico minha mulher de calcinha e shortinho provocou o coroa taradominha iniciação gay contoscontos eróticos cadela e putona famíliascontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porraele me enrabocomtoerotico banho na filhinhaconto eróticos espiando o meu paiboys novinhos transam lanchaconto viciei esposa na bundinha