Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM SONHO DE PRAZER

Click to this video!

Queridos amigos, mais uma vez estou postando um conto baseado em um relato de uma amiga que me contou um sonho que o perseguiu por algum tempo.



Quero também, fazer algumas observações em relação ao conteúdo desse conto, pois, ao longo de sua histária, a humanidade vem tentando entender o significado dos sonhos. Dele cuidaram filásofos, místicos e cientistas, chegando eles às mais diferentes interpretações. Diversas culturas antigas e mesmo muitas atuais interpretam os sonhos como inspirações, sinais divinos, visões proféticas, fantasias sexuais, realidade alternativa, e diversas outras crenças, dada a sua natureza intrigante e enigmática, muitas vezes perturbadora.



Em 1900, em seu livro “A interpretação dos Sonhos”, Sigmund Freud defendia a ideia de que os sonhos refletiam a experiência inconsciente e era um guardião do sono. Ele teorizou que o pensamento durante o sono tende a ser primitivo ou regressivo e que os efeitos da repressão são reduzidos. Para ele, os desejos reprimidos são, particularmente, aqueles associados ao sexo e à hostilidade, os quais eram liberados nos sonhos quando a consciência era diminuída.



Entretanto, naquela época, a fisiologia do sono e sonhos era desconhecida, restando a Freud apenas a sua interpretação psicanalítica dos sonhos.



Eu como psicálogo, tenho um interpretação um pouco similar ao de Freud no tocante ao pensamento regressivo e que extravasamos durante o sono principalmente os desejos reprimidos.



UM SONHO DE PRAZER



Quando abri os olhos ele estava lá, me olhando com aqueles olhos que me hipnotizam e logo ganhei um beijo maravilhoso de bom dia desses beijos de tirar o fôlego de uma mulher.



Ele sabia o quanto mexia comigo aquele beijo e que todas às vezes acendia uma chama dentro de mim. Pedi para deitar comigo, o que ele fez prontamente e quando senti seu corpo encostado ao meu perdi totalmente o controle.



Entre beijos fui tirando sua camisa e sua calça, joelhei-me a beira da cama enquanto meu desejo aumentava cada vez mais, a vontade de me entregar a ele estava me deixando maluca. Ainda de joelhos, tirei minha camiseta ficando vestida sá de calcinha. Por um momento ficamos nos olhando, nos descobrindo, recomeçamos a nos beijar e nos acariciarmos de uma forma que parecia que a qualquer momento iríamos nos fundir e nos tornarmos um sá.



Falando baixinho em seu ouvido, pedi que ele ficasse bem quietinho, pois eu queria sentir o gosto do seu corpo e que ele realizasse os meus pedidos.



Ele foi mais rápido que eu. Deitou-me e começou a beijar meu pescoço passando seus lábios por todo meu corpo, meus seios, minha barriga, minhas coxas ate chegar na minha xaninha, com carinho tirou minha calcinha e ficou olhando pra ela e foi se aproximando e assim pude sentir o calor dos seus lábios me deixando louca, me fazendo gemer com todo aquele tesão que eu estava sentindo, pedia a ele “vem meu anjo mete bem gostoso, me faz ser sua”mas ele fingia não ouvir, eu sá sentindo aquela língua me invadindo, me sugando, me fazendo estremecer de prazer e não demorou muito para eu ter meu primeiro orgasmo, gozar naquela boca foi maravilhoso.



Depois de ele ter sugado todo meu mel me beijou. Virei-me ficando de quatro e olhando pra ele falei “vem! quero mais, quero sentir você me invadir por trás”, ele dessa vez me atende e comecei a sentir-lhe me invadindo cm a cm, a sensação de prazer era tão grande que alucinadamente fui à lua. Penetrando-me bem devagar, sentia que ele era todo meu naquele momento. Movimentando-me bem devagar, foi acelerando gradativamente, me deixando louca. Mais uma vez me faz delirar quando senti ele tirar e colocar todo de uma vez, pedi que me pegasse bem forte pois eu queria gozar mais, queria gozar como nunca um homem me fez, ai ele aumentou ainda mais o ritmo, sentia seu corpo bater no meu com mais intensidade até ficar bem grudadinho ao meu corpo e gozamos juntos.



Fiquei sentindo seu gozo quente dentro de min. Foi átimo maravilhoso delicioso ter ele deitado sobre mim e poder sentir aquele corpo quente me fazendo querer mais, me excitando ao sentir a aceleração de seu coração. Ficamos imáveis por alguns minutos, deitados e abraçados, aquilo parecia um sonho, tudo que eu queria e como queria.



Comecei novamente a beijá-lo passando minhas mãos por todo seu corpo, em um desejo louco subi em cima dele, comecei a brincar, passando meus seios em seu pênis, por sobre o seu mel que ainda escorria. Fazendo-o sentir meu calor, passo meus lábios em volta de seu membro, introduzo em minha boca, com vontade de engolir-lo. Fui subindo bem devagar, beijando sua barriguinha e olhando sua carinha de tesão, que aumentava cada vez mais o meu desejo. Encosto minha buceta em seu pau e fico brincando de “fica - dentro e fica - fora”, parei por um segundo sentindo ele, recomecei os movimentos bem lentos, passei meus seios bem pertinho de sua boca e comecei a beijá-lo, ele foi beijando meu pescoço sugando meus seios e o ritmo da minha cavalgada foi aumentando, ele segurando em meus quadris foi me conduzindo ao seu modo. Em pouco tempo eu senti que ia gozar, fiquei bem quietinha para sentir gozar naquele cacete delicioso, ele continuou a me erguer pelos quadris e estocar minha xoxota até me encher com seu mel.



Ficamos ali na minha cama por algum tempo, mas eu desejava ainda sentir seu gosto. Convidei-o para tomar um banho. Fomos para o banheiro juntos, abraçados, curtindo aquele momento sá nosso, o desejo ainda tomava conta de nossos corpos.



No banho aquela água quentinha massageando nosso corpo comecei a passar minhas mãos por todo seu corpo, beijei com intensidade fui até seu pescoço, falei em seu ouvido o que desejava ainda fazer com ele, e fui descendo por seu peito, barriga, coxas e voltei olhando em seus olhos comecei a passar a língua na cabeça daquele cacete delicioso, em busca de seu gosto seu mel, chupei ele todinho como uma criança chupa um pirulito, descendo até as bolas dando leves mordidinhas e voltando para me deliciar, chupava ele com desejo avassalador, pois estava louca de tesão ouvindo aquele homem gemendo, segurando meus cabelos como quem não queria que eu saísse dali nunca mais. Segura minha cabeça, ele começa a fazer movimentos bem devagar e eu começo a sentir seu mel em minha boca. Agora eu me sinto realizada apás sentir seu gosto maravilhoso, sugado gota a gota não desperdiçando nada. Depois que nos beijarmos eu acordei.



Agradeço por terem lido e peço que não se esqueçam de a nota.



Para as mulheres que desejarem add meu MSN: ([email protected])

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erostico meu namorado e o amigo me comeue Deus que cavalo inteiro transando ai ele tem pinando amolecer botar a mão na orelha Ela empinaesposa e amigos na cervejada em casa contomenininha contos eroticostrai no cafe da manha contocontos pornos passando gel aquece na bucetacontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adoroutira tira eu num aguento conto eroticoContos eroticos pauzudo rasgou meu cuzinhoconto gay fodeno o caminhoneiro bebado do nordestewww.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoContos Mamadas no paizimcontos eroticos humilhadaconto erotico voce vai sentar na minha picaconto gay dando na apostaContos eroticos seios devorados mordidosconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadoscontos eroticos corninho safado titio caralhudo noiva putinhacontos a filhinha de fii dando p i papaimulheres a mijar por cima da casste grossa do marido contos erotico-mandou se exibir e virou cornovideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiaconto erotico borracheiro peludo gaycontos eróticos família f****** em clube de nudismo.comContos titio comendo a sobrinha bem novinhaenteado comeu minha esposaconto eróticocontos eroticos sogro filho e noraMinha netinha sentou no meu pau contos eróticosna casa de swing recife contocontos eroticos zoofilia com a cachorra a noiteEnsinando minha soblinha bunda grande a andar de carro contowww.meti na minha filha a força€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritosmulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeoscache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html contos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeucontos eróticos de bebados e drogados gaysdei para meu genrocontos estupraram mamãe conto erótico eu tentei resistircontos não acreditei que meu sogro ia fazer aquiloconto sexo na escolacontos eróticos tia no puteirocontos eroticos gay me vesti de mulher pro meu machotravesti Juliana de primo metendoPorno contos incesto pais e maes e suas meninas iniciando o melho sexo familharContos eroticos : Aticei o porteiro e ele me pegou de jeitobaixinha de 1m 60 porno boa fodaa gozada mais rapida da estoria pornodoidoConto erotico contando minhas tranzas para meu pai e acabou me comendocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos de i****** f****** minha sobrinhacontos eroticos duas novinhas na prasa de shortinhoconto o borracheiro fudei minha esposacontos fui acampa e virei cornominha filha fudendo com nosso impregados contosdomindo sentir o dedo do meu tio na minha bucetafudeno cu da manu e ela gritando de dorIncesto com meu irmao casado eu confessofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos olhando a encoxadacontos enrabando sobrinha da minha mulhercontos estupraram mamãe Contos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos eroticos patroa puta empregado caralhudocontos traindo meu maridocontos-vem foder sua putinhacontos eroticos a forcacomi uma contoconto erotico com patrao velho coroa grisalhoamigocontoseroticoscontos eroticos minha mulher virou amante doscontos eroticos dentista coroa casada tarada por sexoContos eroticos cu da negra madantateta gostosa contos eroticosconto erotico gay: meu amigo japa dotado rasgou meu cucontos eroticos gay ainda menino virei putinha do velho me fazia de menininhamãe c eroticosontosminha mulher mal caminhava de tanto pau q levou conto eroticoconto hetero dei o cu na academiaContos eroticos noviça virgemconto erotico fico tarado quando limpo com a linguA porra da bucetaa coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibusmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeraparam minha buceta a força contos.conto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradaliliane sabe quero seu cuboa f*** travesti orgiaminha mae morreu no parto e meu pai mim criou contoscontos de cú por dinheiroboqueteira gaucha contoler conto erotico arrombando minha irmaduas mulher do Jordão baixo chupando b*****quero ouvir o funk mais soltinho bem curtinho cunhadomeu marido liberou também conto cuporno com amiga loira baixinha encorpadinhaContos eroticos, seduzi meu filhoAbrindo as pernas para o sobrinho contometendo A lingua na xaninha da novinha contos