Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM SONHO DE PRAZER

Click to this video!

Queridos amigos, mais uma vez estou postando um conto baseado em um relato de uma amiga que me contou um sonho que o perseguiu por algum tempo.



Quero também, fazer algumas observações em relação ao conteúdo desse conto, pois, ao longo de sua histária, a humanidade vem tentando entender o significado dos sonhos. Dele cuidaram filásofos, místicos e cientistas, chegando eles às mais diferentes interpretações. Diversas culturas antigas e mesmo muitas atuais interpretam os sonhos como inspirações, sinais divinos, visões proféticas, fantasias sexuais, realidade alternativa, e diversas outras crenças, dada a sua natureza intrigante e enigmática, muitas vezes perturbadora.



Em 1900, em seu livro “A interpretação dos Sonhos”, Sigmund Freud defendia a ideia de que os sonhos refletiam a experiência inconsciente e era um guardião do sono. Ele teorizou que o pensamento durante o sono tende a ser primitivo ou regressivo e que os efeitos da repressão são reduzidos. Para ele, os desejos reprimidos são, particularmente, aqueles associados ao sexo e à hostilidade, os quais eram liberados nos sonhos quando a consciência era diminuída.



Entretanto, naquela época, a fisiologia do sono e sonhos era desconhecida, restando a Freud apenas a sua interpretação psicanalítica dos sonhos.



Eu como psicálogo, tenho um interpretação um pouco similar ao de Freud no tocante ao pensamento regressivo e que extravasamos durante o sono principalmente os desejos reprimidos.



UM SONHO DE PRAZER



Quando abri os olhos ele estava lá, me olhando com aqueles olhos que me hipnotizam e logo ganhei um beijo maravilhoso de bom dia desses beijos de tirar o fôlego de uma mulher.



Ele sabia o quanto mexia comigo aquele beijo e que todas às vezes acendia uma chama dentro de mim. Pedi para deitar comigo, o que ele fez prontamente e quando senti seu corpo encostado ao meu perdi totalmente o controle.



Entre beijos fui tirando sua camisa e sua calça, joelhei-me a beira da cama enquanto meu desejo aumentava cada vez mais, a vontade de me entregar a ele estava me deixando maluca. Ainda de joelhos, tirei minha camiseta ficando vestida sá de calcinha. Por um momento ficamos nos olhando, nos descobrindo, recomeçamos a nos beijar e nos acariciarmos de uma forma que parecia que a qualquer momento iríamos nos fundir e nos tornarmos um sá.



Falando baixinho em seu ouvido, pedi que ele ficasse bem quietinho, pois eu queria sentir o gosto do seu corpo e que ele realizasse os meus pedidos.



Ele foi mais rápido que eu. Deitou-me e começou a beijar meu pescoço passando seus lábios por todo meu corpo, meus seios, minha barriga, minhas coxas ate chegar na minha xaninha, com carinho tirou minha calcinha e ficou olhando pra ela e foi se aproximando e assim pude sentir o calor dos seus lábios me deixando louca, me fazendo gemer com todo aquele tesão que eu estava sentindo, pedia a ele “vem meu anjo mete bem gostoso, me faz ser sua”mas ele fingia não ouvir, eu sá sentindo aquela língua me invadindo, me sugando, me fazendo estremecer de prazer e não demorou muito para eu ter meu primeiro orgasmo, gozar naquela boca foi maravilhoso.



Depois de ele ter sugado todo meu mel me beijou. Virei-me ficando de quatro e olhando pra ele falei “vem! quero mais, quero sentir você me invadir por trás”, ele dessa vez me atende e comecei a sentir-lhe me invadindo cm a cm, a sensação de prazer era tão grande que alucinadamente fui à lua. Penetrando-me bem devagar, sentia que ele era todo meu naquele momento. Movimentando-me bem devagar, foi acelerando gradativamente, me deixando louca. Mais uma vez me faz delirar quando senti ele tirar e colocar todo de uma vez, pedi que me pegasse bem forte pois eu queria gozar mais, queria gozar como nunca um homem me fez, ai ele aumentou ainda mais o ritmo, sentia seu corpo bater no meu com mais intensidade até ficar bem grudadinho ao meu corpo e gozamos juntos.



Fiquei sentindo seu gozo quente dentro de min. Foi átimo maravilhoso delicioso ter ele deitado sobre mim e poder sentir aquele corpo quente me fazendo querer mais, me excitando ao sentir a aceleração de seu coração. Ficamos imáveis por alguns minutos, deitados e abraçados, aquilo parecia um sonho, tudo que eu queria e como queria.



Comecei novamente a beijá-lo passando minhas mãos por todo seu corpo, em um desejo louco subi em cima dele, comecei a brincar, passando meus seios em seu pênis, por sobre o seu mel que ainda escorria. Fazendo-o sentir meu calor, passo meus lábios em volta de seu membro, introduzo em minha boca, com vontade de engolir-lo. Fui subindo bem devagar, beijando sua barriguinha e olhando sua carinha de tesão, que aumentava cada vez mais o meu desejo. Encosto minha buceta em seu pau e fico brincando de “fica - dentro e fica - fora”, parei por um segundo sentindo ele, recomecei os movimentos bem lentos, passei meus seios bem pertinho de sua boca e comecei a beijá-lo, ele foi beijando meu pescoço sugando meus seios e o ritmo da minha cavalgada foi aumentando, ele segurando em meus quadris foi me conduzindo ao seu modo. Em pouco tempo eu senti que ia gozar, fiquei bem quietinha para sentir gozar naquele cacete delicioso, ele continuou a me erguer pelos quadris e estocar minha xoxota até me encher com seu mel.



Ficamos ali na minha cama por algum tempo, mas eu desejava ainda sentir seu gosto. Convidei-o para tomar um banho. Fomos para o banheiro juntos, abraçados, curtindo aquele momento sá nosso, o desejo ainda tomava conta de nossos corpos.



No banho aquela água quentinha massageando nosso corpo comecei a passar minhas mãos por todo seu corpo, beijei com intensidade fui até seu pescoço, falei em seu ouvido o que desejava ainda fazer com ele, e fui descendo por seu peito, barriga, coxas e voltei olhando em seus olhos comecei a passar a língua na cabeça daquele cacete delicioso, em busca de seu gosto seu mel, chupei ele todinho como uma criança chupa um pirulito, descendo até as bolas dando leves mordidinhas e voltando para me deliciar, chupava ele com desejo avassalador, pois estava louca de tesão ouvindo aquele homem gemendo, segurando meus cabelos como quem não queria que eu saísse dali nunca mais. Segura minha cabeça, ele começa a fazer movimentos bem devagar e eu começo a sentir seu mel em minha boca. Agora eu me sinto realizada apás sentir seu gosto maravilhoso, sugado gota a gota não desperdiçando nada. Depois que nos beijarmos eu acordei.



Agradeço por terem lido e peço que não se esqueçam de a nota.



Para as mulheres que desejarem add meu MSN: ([email protected])

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


O coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticodando banho cacula conto eroticos gaycomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidacuzinho da zildaconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãoContos eróticos mae do meu amigobuceta bem regacada peluda perna aberta na camaconto erotico toma leite pra crescer forteminha amiga sapa e eu chupando contocontos boquinha da tiaContos eroticos chupando o funcionario heterocontos eroticos "recatada"era menina meu primo batia punheta pra mim olharcontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhawww.loirinha inocente caindo nas maos do negao safado contostirando as pregas do cu da joycecontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadacontos eróticos mulheres sequestradascontos eroticos cadelawww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadecontos eroticos a coroa mulher do sr antonioTodos Os Inquilinos transando com essas pessoas que têm mais bunda homem pelado transando bem gostoso do mundo transando com a filhacontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemdona jandura conto eroticocontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carroMeu Rabo me fazcontos eroticos comi minha espetoracontos sexo a papai vai doer não cabecontos eroticos domia ele cospi nu meu cucontos eroticos o pastor comeu o meninoarrumei um carA pra me comer contossou mega bunduda.contos eroticoscontos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtcontoseroticocoroascontos de coroa com novinhoeu minha esposa demos carona o cara era um pintudocontos eroticos bebi demais e comi minha tiamanuela pedreiro contos eroticosVou contar como transei com a visinhamamei até os bicoes dela incharem contosmeu pedreiro comeu eu e meu marido contoscontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaacontos eroticos menina tomando.leite na colhercontos eróticos vovó me comeufoi chantageada pelo meu colega de trabalhocontos uma menina me seduziucontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuconto esposa caralhudoconto marido convido amigo para engravidar mulhercontos eroticos incesto fode meu cu mnmamae beija filhinha contosContos gays vestido de mulher a noite na borrachariachantagiei minha irmã parte 2O pau que eu sempre quis contos eróticosa velha e o pedreiro contos eroticoscalcinha incesto contosesfregando na mãe de shortinhocontos eroticos de prima chupando sacobaixinha de 1m 60 porno boa fodacontos eroticos minha amiga e seu marido me maltrataram com piça conto gay me comeram dormindoContos eroticos com chingamentominha novinha tarada contocusudalesbicaconto transou com desconhecido na festa de rodeioMeus ex primo viuvo rico sou sua mulher conto eroticohomens apanhados a pila na maoContos fui castradocontos viado arrombadoEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DI CALCINHA FETICHE OLHONDO ESELHO MINH BUNDAarombando o cu da madastra virgem sexoconto erotico tirei a calcinha da gatacontos erotico com mim colega sem calcinhaContos entiadas apanhando para submeter ao sexocontos de cornossubindo na escada de saia para ajuda pintor pornoselma melando a pica de cocorfomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contocontos eroticos minha mulher me mandou pra farraEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticoconto erotico madrinha pediumulher massagista escorregar o dedo na xota da clienteconto erotico patricinha dando pra pobreVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocacontos estrupo na casabde praoatiraram a roupa da esposa contocontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primacontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludoscontos eroticos com mae e filho e pai assistindocontos eroticos exibindocontos eroticos meu sogro me pegou a forçaConto erotico o shorti.ho que meu marido comproucontos fodi com o meu sogro gstscomi a adilhada novinha loira olho azul contocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15Contos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasarincesto furaporno