Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A CUNHADA E ENTRANDO NUMA FRIA.

Click to Download this video!

Apás retornarmos de nossa pequena, mas prazerosas férias em Fortaleza (Que foi que eu fiz l e 2) tocamos nossa vida normalmente, sabia que tinha aberto um precedente ate certo ponto perigoso, como ela iria reagir, aparti daí? Fizemos nosso menage, onde Morgana ficou com um cara, claro que na minha presença, e isso para mim não é traição, não sou corno, pelo simples fato de estar presente no ato. Mas será que ela poderia procurar outro cara? É a terrível duvida que fica na sua cabeça, martelando depois da aventura.

Mas minha preocupações eram infundadas, ela continuava a mesma mulher amorosa de sempre, sem nenhuma mudança, e eu sempre na espreita. O tempo passou é resolvi cobrar minha fatura...Queria comer minha deliciosa cunhada Erica, irmã dela, a do meio, delicia de mulher, na época com 28 anos, um pouco mais magra que Mo, mais lindíssima, pernas longas, coxas poderosas, quadris também largos, bunda empinada. Cinturinha provocante, e lindos peitões, tem uma boca carnuda, onde uma vez de pileque, saboreei um beijo, na sua festa de formatura, e com o então noivo, hoje marido por perto, ela ficou surpresa, mas correspondeu, depois nunca mais falamos disso, pois minha preocupação sempre foi preservar meu casamento. Antes disso, quando conheci Mo, sempre simpatizamos um com um o outro, a chamava de gostosa, ela dizia que eu tinha uma linda bunda, tudo aparentemente inocente, mais eu alimentava a esperança de um dia transar longamente com ela e encher aquela bucetinha de leite. A chance estava ali, Morgana, tinha que cumprir sua parte no trato, e agora era questão de tempo. Uma bela e inesquecível noite...acabara de chegar do escritário, tinha tomado um banho e bebericava um wishkinho, quando Mo, me liga dizendo pra eu me arrumar..-Kinha tá no carro, vamos te pegar...em 5 minutos. Meu coração disparou...como amava minha mulher....daqui a pouco eu estaria em cima da Kinha...pensava e me arrumava...o carro chegou, enguli um viagra, pra assar minha cunhada... ELA dirigia, Kinha estava atras, fui entrando pelo carona, mas ELA disse –Não voce vai lá atras com ela. Obedeci de imediato...ELA foi explicando. -Contei a ela a situação e ela concordou. Nisso Kinha me agarrou e me deu um delicioso beijo bem molhado, um néctar, uma delicia, dizendo depois –Ta querendo me comer, hein seu safado.! ficamos naquele amasso gostoso, e pude sentir que sua perereca já tava encharcada, a piranhinha tava doida pra dar..

Ao chegarmos no motel, meu Mo me disse que sentiria muita vergonha, não de mim, mas de ver a irmã fudendo, eu ponderei que nossa fantasia tinha que ter a participação dela, mas ela me convenceu que ficaria no carro e de vez enquando abriria a porta pra ver, mas que não participaria efetivamente, naquela situação, o pau duro pra caralho, uma gata linda pelada na cama, não quis nem saber...tudo bem! Mas quero te ver, ok?...entrei no quarto a mil, me agarrei com a Kinha, e rolamos pela cama, parecia que queria devora-la, tal o tesão acumulado anos a fio, sem tirar a cueca, já a botei pra chupar meu caralho, ela chupava e sorria, enfiava até na garganta, chupei muito aquela florzinha que fedia gostoso, até que chegou a hora de meter nela, a buceta táo desejada, arreganhada a minha disposição, meu pau duro como uma pedra, a cabeça grande como um laranja, apenas a camisinha pra atrapalhar,(foi imposição das duas)encostei na xereca, e fui empurrando devagar, ela gemendo e se contorcendo, buceta apertadinha de um homem sá...muito quente, e como babava, já foi logo gozando,como fudia bem, a Erica, gozava igual a irmã, a todo momento, gritava desesperada, enquanto metia a piroca naquele bucetão cabeludo, metia fundo e com força, alternando sá a cabecinha na entradinha, ela virava os olhinhos, como era linda, depois chupei o cu, a buceta, meti na bunda dela, de vez enquando Morgana aparecia na porta sá de calcinha com a mão enfiada na xereca, mas não a consegui trazer pro quarto. Fudi minha cunhada por mais de quatro horas, quando ela brincando disse que tava toda assada, lembrei que foi boa ideia tomar aquele viagra,e por sorte o marido estava com pneumonia, e não ia podia meter hoje...ri-mos muito, Mo entrou depois da fudelança e ficamos comendo e bebendo, brincando ate ir-mos embora. Ainda saímos mais uma vez, completando nosso acordo, tudo parecia ir bem, ate que um capricho do destino fez meu casamento desmoronar, depois conto.

Caso Verídico.

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


bem novinha travesti cumendo o gay novimcontos eroticos de homens com taras chupar bucetas caninas zoofiliaContos eroticos vi minha mulher sendo arrombadacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos - sobrinha tomando leitecontos eroticos menina brincando na ruaconto erótico estrupada no cinema porno sadomasoquismo contos eroticos de menininhasContos eroticos duas rolas lindas mas perversas lascaram cucontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundaconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorconto erotico velha rabudacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos de coroa com novinhomeu irmão adora meus pezinhos contos eroticos podolatrialoirinha gostosa fodendo direcionamento com buceta bem carnuda aos gritoscontos eroticos "minha namorada" "ela tentou sair"conto eridico puta velhaPeguei minha tia naciririca e aproveiteicontos eroticos mae obrigou eu da u cu para ganhar dinheirocontos erótico vovo me arrombandonoboquete no casado contocontos gay menino bundudoconto estou apaixonado pelo meu sogroContos eroticos comadrecontos sexo minha.filha.minha sobrinha queriam leiteTennis zelenograd contobelas picas brancas rosinha gozando gaysdedada esposa corninho rindo otário contoconto viado muito taradoa filha da minha empregada vive me provocando contosconto minha mulher aronbadacontos pornos irmas naturistasvideo corno olhando sua esposa morder o traveseiro de tesao dando cu pro negso dotadocontos eroticos estupro no metriFoderam gente contos tennscontos eroticos fui surpreendidomulher da sonifero pro marido pra ela ir fuder com o genroPorno contos avos iniciando ninfetinhas no incesto maes paiscontos eróticos minha esposa recatada chorounovinha torda linda e toniada pirnocontos er senta devagarcontos erotecos de esposa de espartilho no metroContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosconto erotico tira a roupa revólvercontos porno chantagiando a cunhadaminha tia e minha mae minhas mulheres contos eroticosmagrelas grelludas liga das novinhasmenina abrindo a buceta saindo gosoconto erotico as pregas da empregadacontos eroticos bundaocontos eroticos reais padrecontos eróticos de novinhas dando para garanhõesera menina meu primo batia punheta pra mim olhardando.para irmaos contosvideornposscontos eroticos sobre voyeur de esposacontos eroticos de padrastos que fuderam enteados homensconto erotico filha novinha puta gosta de apanharFoderam gente contos tennsempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemcontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingcontos de casada no motel e ligando para o maridoConto erotico aos 60 anoa dei a buceta para o garotocontos eroticos incesto novinho o cara da tv a caboCasada viajando contoscontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcomendo amae domeuamigo porno leisbicoconto de casada tarada ppr machoengolindo ate o talo contosconto erotico me mentiu e me comeuos fritones dando o cuA rainha que dava a bunda para os strapon comi a adilhada novinha loira olho azul contofiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos eroticos dainfanciaContos eroticos incesto meu maridoDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacontosfudi a mae da minha mulher