Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM AMANTE MAIS QUE VIRTUAL.

Click to Download this video!

Conheci o And através de uma amiga que me disse maravilhas sobre ele, quando vi seu perfil numa rede de relacionamento tive uma sensação única, meu corpo todo estremeceu, claro não era para menos And é alto, moreno, careca, voz grossa e um sorriso de fazer qualquer mulher perder o juízo, mas com um detalhe, é casado.



Trocamos e-mails através dessa amiga e começamos a conversar, conversamos sobre tudo, passado, presente e futuro, mas o que mais falamos é sobre sexo, e que conversas que sempre eram interrompidas pela esposa EMPATA FODA.



Imediatamente identificamos uma química única, algo enlouquecedor que aos poucos foi me dominando, os meses foram passando e a cada mensagem, torpedos e ligações meu tesão aumentava.



Num certo dia And me ligou, viria para minha cidade à trabalho, claro esse seria o momento ideal para conhecê-lo, rapidamente me preparei para encontrá-lo, me depilei como ele gosta, vesti meu maior decote para mostrar meus seios fartos, uma calça que mostrasse minha bunda grande e coxas grossas.



Chegando ao local que hoje é um centro de cultura da cidade me deparei com meu homem fotografando o evento para o qual foi solicitado, aquela cena me deixou com mais tesão ainda, seu olhar era de um homem detalhista, que busca a perfeição, me aproximei e sussurrei um OI DELÍCIA, senti imediatamente cada poro de seu corpo se excitar, sentei-me e assisti ao evento olhando com desejo aquele monumento.



Assim que And bateu a última foto o segurei pelo braço e levei-o para um dos camarins do teatro, nesse momento tivemos tempo de nos olharmos e rapidamente fui jogada no sofá sentindo aquela delícia me beijar enloquecidamente, suas mãos percorriam todo meu corpo, com uma urgência inexplicável.



Em questão de minutos tirei sua roupa enquanto era despida numa mistura de fúria e desejo, And me virou de costas beijando-a até chegar no meu cuzinho, senti uma de suas mãos abrirem minha bunda para que pudesse me chupar deliciosamente, enquanto com a outra mão alisava minha buceta molhadinha, me levantei para chupar aquele pau enorme e duro com que tanto tinha sonhado, chupei aquele mastro deliciosamente lambendo, sugando, beijando enquanto ouvia os gemidos do meu homem.



Deitamos-nos no chão e começamos um delicioso 69 deixando-o chupar minha buceta sentadinha em seu rosto, continuei chupando aquele pau enorme alternando com uma bela punheta, deitei de frente para ele me chupar gostoso, pois tinha loucura de gozar em sua boca, vendo minha buceta abertinha ele rapidamente caiu de boca, chupando meu grelinho enquanto enfiava dois dedos na minha xana, quanto mais ele chupava mais eu rebolava na sua língua, senti um tesão indescritível e gozei. Nesse momento de êxtase puxei aquele pau para minha boceta, pois adoro ser comida enquanto gozo, sabendo disso And enfiou sua vara bem devagar e olhava enquanto me contorcia de gozo, aos poucos foi socando mais rápido, gozei várias vezes naquele pau divino.



Virei de costas ficando de quatro com essa bunda enorme para cima, pedindo para ser comida, And começou a lubrificar meu cuzinho com o gozo que saía da minha boceta, foi encostando aquele mastro no meu cuzinho que me fez suar, não iria aguentar aquela tora no meu rabo, mas aos poucos colocou a cabecinha e foi ajeitando aquela delícia dentro de mim, confesso que chorei de dor, mas logo o tesão foi maior e estava adorando ser enrabada, afinal esperei muito por isso, And começou a socar gostoso na minha bunda, puxava meus cabelos e gemia baixinho enquanto eu rebolava cada vez mais.



Senti And tirar seu pau do meu cuzinho de uma sá vez e veio em direção ao meu rosto, segurou na minha nuca e gozou na minha boca, sua porra jorrava enquanto gemia e tremia de tesão, fiz questão de lamber aquele cacete cheio de porra, não poderia desperdiçar nada, fiquei mais alguns minutos chupando-o até q bateram na porta, ficamos em silêncio até q se afastassem do camarim, tomamos um banho com direito a mais uma foda e saímos como se nada tivesse acontecido, nos despedimos como dois amigos e fomos embora, ainda posso sentir o gosto daquele pau delicioso em minha boca e sua porra quente escorrendo pelos meus lábios, louca pela práxima foda.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico meu marido tem tesao de imaginaSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas so rou surubacontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaoLiberei minha esposa só pRa negrão contosconto tia gostosa de microcalcinhafui chupada contosPuta desde novinha contoscontos eróticos de insesto meu irmão comeu eu e minha amigaContos safada desde novinhaSubrinha sapeka adora usa ropinha provokante para da para mimcontos eróticoi enfie o dedo na inocente no ônibus anal incestocontos minha esposa teve um filho do pausudooque falar quando um menino fala pra voce "quero lhe fuder"??contos eróticos gay putinha pedreiroscontos gay meu primo pauzao vir iconto muro eroticoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasconto erotico dona de casa dominada velha peituda cheia de celulites contonovinha de calcinha fudendo com velho contoscontos eróticos f****** minha enteada fogosacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anospotranca de mini saia fodendoconto.erotico abusada quando viu a calcinhavideo de jovens travesti praticando incesto com padrastocontos bucetinha cheirando mijoprono irmão comeno a irman branquinho cabelo pretocontos eroticos brincadeira na adolecenciacontos eróticos mulheres da b***** grandecontos de submisso chantageado pela amante torturadocontos eróticos de menina transando com o tio bonzinho eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticocontos eroticos- supositorio no cu da filhaComigo por um cachorro gay contosmulher mostrando partes intimas meladaConto erotico de sobrinho com tia alicepprn contos eroticos casada se prostintuindoEmpregadas que Obedencem suas patroas Chupando sua buceta com vontadeconto erotico feia contos de traição com motoboydescobrindo que o primo gosta de rolaconto minha mulher hemafroditacontos estuprada por pivetescontos eroticos de lolitos com tios de amigoscontos porno esposas estuprados submissosminha irmã no meu colo contiscontos eroticosó policial coroacontos eroticos gays dormindo de conchinhacontos eroticos meu marido me vendeu no bingocontos eroticos vizinha de camizola curtinhaAmarrei minha neta bebada conto eroticodeixei meu sobrinho me ver nua contosirmãozinhos safadinhos fazebdo safadesamarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomconto erótico comendo crente viagemcontos eroticos abri sua boceta e minha porra escorria do seu buracocontos erotico você agora é meu viadinhoCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadaswing tio com sobrinhas flagrante historias buceta de cajaravideos porno sobrinha branquinha fugindo dos tios negoespornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaocomendo e falando sacanageme gozando contosContos eroticos chamo vitoria dei pro meu cumhadosó contos eróticos de negra pingueludaContos de ninfetas que gostam de andarem nuasminha esposa e o porteirocasa dos contos eroticos com piscineiro taradocontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaeu ea madrinha contoenquanto eu dormia ele botava o cao pra me chupar incesto e zoofiluaenrabada pelo chefe contoscontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidacontos eroticos, minha mae deu a buceta no vizinho negro primeira vez difícil contos eróticosmeninas dando so uma brexinhas da bucetasminha sogra me provoca só de baby dollboqueteira gaucha contoContos engoli porra grossa grudentaconto erotico novinho gay deu cavalgando no amiguinhoContos casadas reais com permisao do maridocontos de noiva putinha corninho safado titío caralhudo noiva putinhaRebola no pau do papai contopego teu pau e coloco no meu cuzinhocomi a espetora contoscontos minha aluninhauma aluna virgem, conto eroticocontos eroticos de marido ajuda varios amigos afuder esposaestou sendo chantageada mas não posso contar meu marido quantos eróticosbeixei meu sobrinho contoscontos saco inchado incestoconto erotico fodendo a sobrinha de seis anosdeixei meu pai me comer contos eroticosdando a buceta na maquina e quase morrendocontos velho tarado por bucetascomtos.dei. pto pastlor.aletranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturba