Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM AMANTE MAIS QUE VIRTUAL.

Click to this video!

Conheci o And através de uma amiga que me disse maravilhas sobre ele, quando vi seu perfil numa rede de relacionamento tive uma sensação única, meu corpo todo estremeceu, claro não era para menos And é alto, moreno, careca, voz grossa e um sorriso de fazer qualquer mulher perder o juízo, mas com um detalhe, é casado.



Trocamos e-mails através dessa amiga e começamos a conversar, conversamos sobre tudo, passado, presente e futuro, mas o que mais falamos é sobre sexo, e que conversas que sempre eram interrompidas pela esposa EMPATA FODA.



Imediatamente identificamos uma química única, algo enlouquecedor que aos poucos foi me dominando, os meses foram passando e a cada mensagem, torpedos e ligações meu tesão aumentava.



Num certo dia And me ligou, viria para minha cidade à trabalho, claro esse seria o momento ideal para conhecê-lo, rapidamente me preparei para encontrá-lo, me depilei como ele gosta, vesti meu maior decote para mostrar meus seios fartos, uma calça que mostrasse minha bunda grande e coxas grossas.



Chegando ao local que hoje é um centro de cultura da cidade me deparei com meu homem fotografando o evento para o qual foi solicitado, aquela cena me deixou com mais tesão ainda, seu olhar era de um homem detalhista, que busca a perfeição, me aproximei e sussurrei um OI DELÍCIA, senti imediatamente cada poro de seu corpo se excitar, sentei-me e assisti ao evento olhando com desejo aquele monumento.



Assim que And bateu a última foto o segurei pelo braço e levei-o para um dos camarins do teatro, nesse momento tivemos tempo de nos olharmos e rapidamente fui jogada no sofá sentindo aquela delícia me beijar enloquecidamente, suas mãos percorriam todo meu corpo, com uma urgência inexplicável.



Em questão de minutos tirei sua roupa enquanto era despida numa mistura de fúria e desejo, And me virou de costas beijando-a até chegar no meu cuzinho, senti uma de suas mãos abrirem minha bunda para que pudesse me chupar deliciosamente, enquanto com a outra mão alisava minha buceta molhadinha, me levantei para chupar aquele pau enorme e duro com que tanto tinha sonhado, chupei aquele mastro deliciosamente lambendo, sugando, beijando enquanto ouvia os gemidos do meu homem.



Deitamos-nos no chão e começamos um delicioso 69 deixando-o chupar minha buceta sentadinha em seu rosto, continuei chupando aquele pau enorme alternando com uma bela punheta, deitei de frente para ele me chupar gostoso, pois tinha loucura de gozar em sua boca, vendo minha buceta abertinha ele rapidamente caiu de boca, chupando meu grelinho enquanto enfiava dois dedos na minha xana, quanto mais ele chupava mais eu rebolava na sua língua, senti um tesão indescritível e gozei. Nesse momento de êxtase puxei aquele pau para minha boceta, pois adoro ser comida enquanto gozo, sabendo disso And enfiou sua vara bem devagar e olhava enquanto me contorcia de gozo, aos poucos foi socando mais rápido, gozei várias vezes naquele pau divino.



Virei de costas ficando de quatro com essa bunda enorme para cima, pedindo para ser comida, And começou a lubrificar meu cuzinho com o gozo que saía da minha boceta, foi encostando aquele mastro no meu cuzinho que me fez suar, não iria aguentar aquela tora no meu rabo, mas aos poucos colocou a cabecinha e foi ajeitando aquela delícia dentro de mim, confesso que chorei de dor, mas logo o tesão foi maior e estava adorando ser enrabada, afinal esperei muito por isso, And começou a socar gostoso na minha bunda, puxava meus cabelos e gemia baixinho enquanto eu rebolava cada vez mais.



Senti And tirar seu pau do meu cuzinho de uma sá vez e veio em direção ao meu rosto, segurou na minha nuca e gozou na minha boca, sua porra jorrava enquanto gemia e tremia de tesão, fiz questão de lamber aquele cacete cheio de porra, não poderia desperdiçar nada, fiquei mais alguns minutos chupando-o até q bateram na porta, ficamos em silêncio até q se afastassem do camarim, tomamos um banho com direito a mais uma foda e saímos como se nada tivesse acontecido, nos despedimos como dois amigos e fomos embora, ainda posso sentir o gosto daquele pau delicioso em minha boca e sua porra quente escorrendo pelos meus lábios, louca pela práxima foda.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno produto gruda pinto na bucetaconto pm metedorpegado carona um casal com camionero contos eroticovamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***noite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos notei que minha namoradacontos flagrei meu marido me traindocontos de incestos e orgias com minha mulher minha irma emcass nudistasContos inserto com as subriasContos meu compadre tomando banho em casa enquanto meu marido trabalhavacontos de traição com motoboycontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosdando desde pequeno contos eroticos gayscontos erótico de casada bi certinhaComtos erotico 6 com a casada.conto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoesposa safada e bebada liberando na festa de confraternizacao contocomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhoscontos chera calcinha de transestava carente contos eróticosMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galaContos amigos fodem maes de amigos por traicaoArrombei a tia relatoporno travesti rosadinha menininhaporno coroa pauzerapeguei a x*** virgemcontos eroticos dormindo e acordando com cutucadascontos fodendo senhora negraconto - ela fez massagem nos testiculos dele no onibus de excursao sem calcinhacontos sodomizada por dinheirocontos eróticos dotadovisinhalesbicaela pediu pra parar mas continuei empurrando na putacusudalesbicacontos eroticos cumendo o cuzao cabeludo da minha maecontos eroticos de enteadascontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaAbrindo as pernas para o sobrinho contoContos eróticos coroa casada na praiaCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadaconto erótico casada arrependida na noite de carnavalconto irma com tesaocontos eroticos coroa carentecontos amigas virgensamiga da minha filha tezudinhacontos eroticos punhetasContos o caminhoneiro me chupou inteiraMinha namorada mim traiu na vaquejada contos tenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosContos erocticos dei comprimido ao velhoconto erotico as pregas da empregadacontos erotico-você me deixa safadasentando na rola do meu pai contos. eróticospapai tirou meu cabaçi videos mobilebrincadeiras com irmã-contoscontos exoticos comi minh minha irma detalhcomo fazer pra minha namorada veste shortinho curtocontos eroticos minha vizinha dos sonhoscoloquei minha sobrinha de quatro virgemminha irmam vendo meu penis enduresendo pornodando no ônibus contosconto erotico gay viado tem que tomar no cu sem reclamarfoto de mulheres que traem os maridos de Hortolândiaputão na vara contoscontos eróticos lanchacontos eroticos de casada levando jatos de porra do comedorComtos erotico meu entiadocontos eroticos praia de nudismoa menina contos eroticomulheres gemendo metendo em baixo do cobertorhomem sendo estrupado en oficinaRelatos eroticos reais ; flagrei minha mae dando o cu para um pedreiro coroa .contos erotico prima matutaconto erotico arrombei o travesti do baile funkMeu irmão chupa minha maecontos eróticos putona do tourocontos gays casado dando o cu ma lua de melFui a depilação ela me lambeu contominha mulher explorando meu cu contoporn dpois de ir a padaria com o visinhoconto erótico penha SC praiacontos eróticos comi mi.ha irmanzinhaprimas contos eróticocontos eroticos mamem fudendo com filho na fazendacontos de pervertidoscontos eroticos tia tucaO que e penis semiturgidocontos eróticos com senhor de idade com rapazvoyeur de esposa conto eroticoenrrabada por um velho no onibus lotado, contos eroticosdei o cu po meu pone contos eroticos pornocontos gay luta livremulher acima d 90kg crente contos