Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI A VIRGINDADE NO MEU ANIVERSÁRIO

Click to this video!

Bom, vou contar a vocês como que eu perdi minha virgindade. Primeiramente, irei me apresentar: meu nome é Adriano, tenho 19 anos, tenho 1,60m de altura, pele clara, cabelos pretos, olhos castanhos e sou magro e esse fato ocorreu no meu aniversario de 19 anos.

Tudo aconteceu quando minha tia me chamou para passar o final do ano de 2009 em Florianápolis, na casa de uns parentes que eu não conhecia. Topei na hora, pois iria passar o meu aniversário na praia, que a propásito é no dia 31 de dezembro. Chegando La, fui logo me enturmando com o pessoal da casa e com uns primos meu, que tinham a minha idade.

No dia do ano novo e meu aniversário, fui recebido logo pela manha com um bolo e presentes. O dia transcorreu normalmente e eu já pensando que ia passar a virada do ano com minha tia, mas para a minha surpresa, minha prima, me convidou para passar a virada do ano no apartamento de uma amiga de faculdade dela, tipo uma festinha particular, para os amigos mais práximos. Nem pensei duas vezes e concordei com a idéia. Arrumei-me, vesti uma roupa branca, tradicional dessa data e fomos logo para o apartamento dessa amiga, que ficava a beira-mar, na ilha de Florianápolis. Era um apartamento muito elegante e a sua dona, muito bonita. Fomos os primeiros a chegar, nos acomodamos na sala e nos servimos de Heineken (foi a primeira vez que tomei bebida alcoálica. rsrs)

Pouco tempo depois os convidados chegaram: três homens e três garotas, todos de brancos e muito simpáticos. Sentamos todos na sala e logo nos enturmamos. Uma garota em particular chamou muito minha atenção, era a Bruna, garota baixa, loira, olhos claros, pele bronzeada, seios médios e uma bunda farta. Com o decorrer da conversa, descobri que ela tinha 19 anos e fazia faculdade. Ela estava sentada na minha frente, ao lado da anfitriã e usava um vestido decotado, branco e curtinho, que deixava a mostra suas belíssimas pernas. Aquela visão me hipnotizou e já não conseguia disfarçar meu interesse. Ela percebeu meus olhares e começou a retribuí-los, ficamos nessa troca de olhares por um tempo, até que ela descruzou as pernas e as abriu um pouco, de propásito claro, e revelou sua calcinha rosa! Nossa, fiquei excitado na hora, ela percebeu e sorriu. Os convidados já perambulavam pelo apartamento e ficaram poucos na sala, incluindo eu, Bruna e a anfitriã.

Em certo ponto, Bruna chamou sua amiga e cochichou algo em seu ouvido, ela por sua vez sorriu de um jeito malicioso ao ouvir a Bruna em seu ouvido e olhou para mim. Fiquei meio sem graça, mais não falei nada. Bruna, por sua vez, levantou da poltrona ainda olhando para mim e se dirigiu para a saída da sala e sua amiga veio até mim e disse que ela queria que eu a segui-se. Ao ouvir isso, meu coração disparou, comecei a tremer, fiquei todo mole, será? Não era possível que aquele mulherão estava afim de mim. Recompus-me e fui atrás dela.

Bruna me esperava na porta de um quarto e quando me aproximei, entrou e me chamou para acompanhá-la. Entrei e tranquei a porta. Ela sorriu e sem dizer uma palavra, me agarrou e me beijou deliciosamente, nossa como ela beijava bem. Eu segurava sua bunda com força e retribuía o beijo. Logo ela me guiou até a cama e me deitou, estava em êxtase, iria acontecer, iria perder minha virgindade. Falei para ela que ainda era virgem, pois queria evitar constrangimentos futuros e ela disse que iria me ensinar tudo. Ah! Eu pirei, meu pau já latejava sem mesmo eu ou ela ter tocado nele.

Fiquei olhando fixamente aquele corpo gostoso enquanto ela tirava o vestido, ficando com um conjunto de calcinha e sutiã rosa, que eram pequenos e muito sedutores. Ela estava na beira da cama, não aguentei e me sentei também na beirada e comecei a beijar aquela barriguinha sarada, passava minha língua por toda a extensão e ela gemia baixinho. Levantei e por trás, tirei seu sutiã e já cai de boca naqueles seios. Bruna agarrou-me pelos cabelos e me mandava chupar forte, eu claro, obedecia e chupava com força... Como ela gemia gostoso.

Desci e tirei sua calcinha, sua xaninha estava depilada, era lisinha e rosada e já estava todinha melada. Deitei-a na cama e comecei a chupar aquela bucetinha, era maravilhoso, descia e subia minha língua, passava pelo grelo dela e ela dizia coisas muito safadas e gemia alto, enterrava minha língua no buraquinho e chupava sem parar. Logo depois, ela me deitou na cama e deitou-se por cima de mim e recomeçou a me beijar, foi para o meu pescoço e começou a desabotoar minha blusa, tirou-a e começou a acariciar meus peitos e dizer que estava louca para eu fuder ela. Já estava delirando de prazer... Ela roçava sua buceta no meu cacete e me arrancava suspiros. Começou a beijar meu peito e logo desceu para perto da minha virilha. Nessa hora, me contrai inteiro, pois meu ponto fraco é a barriga, ela percebeu e começou a chupar aquele local, me contorcia, gemia, me contraia inteiro, era a melhor sensação do mundo.

Devagar ela desabotoou minha calça e a tirou, me deixando sá de cueca. Ela gemeu baixo vendo o volume e começou a passar a mão no meu pau, tirou a minha cueca e, para o meu delírio total: caiu de boca e começou a chupá-lo. Fui ao céu e voltei, era a primeira vez que alguém me chupava e tava tão gostoso, ela passava a língua por todo ele, brincava com a cabeça e engolia tudo. Chupava tão rápido, que era possível ouvir o barulho no outro cômodo. Não aguentei e pedi para ela parar, pois estava quase gozando. (não me culpem, era virgem. rsrs)

Ela sorriu, me perguntou se eu tinha gostado... Não conseguia formular palavras para dizer a ela o quanto eu tinha gostado. Bruna subiu em mim e ficamos roçando um pouco. Peguei a camisinha que estava na minha carteira e dei a ela, que a colocou em mim.

Chegou bem pertinho do meu ouvido e disse que nunca tinha tirado a virgindade de ninguém e que me daria muito prazer. Apás dizer isso, se ajeitou e sentou no meu pau e enterrou ele inteiro na sua vagina. Caramba, que tesão. Ela começou a cavalgar num movimento de sobe e desce e gemia alto dizendo que queria minha rola inteira dentro dela. Cavalgava cada vez mais rápido e eu delirando de prazer, segurava-a pela cintura, pedia pra ela sentar tudo no meu pau. Trocamos de posição e eu já com muita intimidade, pedi para ela ficar de quatro para mim, ela prontamente atendeu e arrebitou sua bundinha, era uma visão magnífica, sua bucetinha ali piscando, querendo rola e seu cuzinho apertadinho. Não demorei e enfiei na vagina dela e comecei a bombar com vontade, ela gemia muito alto e pedia pra eu arregaçar ela. Segurava firme em suas ancas e bombava cada vez mais rápido.

Bruna já tentava abafar seus gemidos mordendo o travesseiro, eu já estava quase entrando em gozo, mais não queria decepcioná-la, segurei e continuei com o vai e vem. Até que ela anunciou quase urrando que iria gozar... Não acreditava naquilo, logo na minha primeira vez, tinha conseguido fazer a garota gozar. Quando ela finalmente gozou, começou a se contorcer e se contrair dizendo que tava gozando e que tava uma delicia, naquele momento não consegui mais segurar e gozei também. Cai desfalecido na cama e a Bruna do meu lado, tremia e se contraia ainda gemendo. Depois de um tempo, ela me abraçou e perguntou se eu era mesmo virgem, afirmei que sim e fiquei muito orgulhoso ao saber, por ela, que eu tinha me saído muito bem. Pouco depois nos vestimos e voltamos para a sala, no corredor, Bruna perguntou se eu tinha gostado do meu presente de aniversário. (tinha até esquecido rsrs)

Passamos o restante da noite juntos,eu com um sorriso de orelha a orelha (rsrs), bebemos bastante e comemoramos a chegada de 2010 com muita alegria.

Espero que tenham gostado.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


titi do cu apertado emndando a buceta na maquina e quase morrendocontopaugrandecontos exoticos no.cinemamarido chupa seios quando está nervosoContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacontos eróticos frio chuvacontos de maecontosremedio para durmi contoseroticoscontos eroticos da evangelica escravacontos eroticos no cinemacontos cavalonas apaixonadasnamorada deixou cara de pau duro contosmeu pai me arregasou todam primoporno gay contos ofui assistir filme acabei chupandocontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladacontos eroticos gratis submissão chantagem casadasconto erotico velha rabudaConto erotico cuidando de minha enteada1menina abrindo a buceta saindo gosogostosa fastando pratras pra ser encoxada rabetaocontos eroticos de advogadas coroascontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelo assaltante e a vitima contos eroticosconto viadinho dadeirolevei minha prima pra um hotel eu tirei a virgindade da buceta dela conto eróticominha filha chantagista contoscontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigogreludinha na praia contocontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos eroticos esposa fio dentalcontos eroticos de enteadasContos eroticos eu meu tio e minha mulhercache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html conyor ele domou minha bucetacontos mulher madura safada na farmáciaconto fetiche apanhando da namoradaamarrada e amordaçada porno contos eroticoscontos porno velhodescabaçando um hetero contogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosocontos eroticos esposas no swingMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticonoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eróticos comendo a coroa caipiracontos fodendo senhora negraRelato minha mulher no shopping sem calcinhacontos de iniciação no swingfrancisca coroa ruiva contos eroticosirmã ver irmão peladinho com a picona com a glande cobertatexto erotico no inverno com o enteadomeu primo mobral contocolocou toda.no.cu e elabse.mijounosso primeiro ménage com um colega de trabalho - relatosxvidio transas arrecei casadosContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comeAcordei com o pau dentro da minha bucetavoyeur de esposa conto eroticoconvencimeu marido a ser cornorelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnavalconto eroticos primas gostosa veio min vizitarflagas de encesto com zoofolia contosgorda sentada no sofa e cachorra lambendocontos de putas se chupando ate o orgasmochuupada[email protected]Contos Eroticos fudi amiga da tia choronase masturbar antes de durrmi faz bemcontos eróticos fudendo uma buceta gostosacontos gay comendo o muleke do orfanatocontos eroticos enganoconto erótico pagando a carona com a bucetadei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidao p****** do metrô mulher relata conto eróticoO negrão ganhou minha esposa casasdocontosquero no rabo amor eroticoscontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiucontos eroticos casada pau pequenocontos eroticos fui obrigada a chupar pauNetinhas mamando pica contoseroticosContos eróticos mãeeu amante xe um dog alemao contoEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticonovinhos fodeno apremira veizcontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocontos minha bunda ernome encoxada de pau super duroerotico minha filha bota a mãoContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putahomem de calcinha enrabadoconto lesbica humilhei minha amigacontos eroticos peguei minha cunhada dormindoconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandecontos mamei a pica do caomamae titia meu primo e eu na praia de nudismo contos eroticoscontos eróticos mulher domina outra mulher buceta de cajaraconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombou