Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESTA VEZ FOI DIFERENTE

Click to Download this video!

O que passo a relatar foi minha segunda experiência de quatro. Nesta época tinha 34 anos. Sou casado com filhos, não sou afeminado e adoro mulher, mas... Minha primeira vez aconteceu aos 31 anos, meio que de repente. Dei e gostei. Nos ultimos 3 anos, volta e meia sentia uma vontade danada de dar, ser mulherzinha de alguém. E foi assim que aconteceu a segunda vez. Naqueles dias estava com uma vontade danada. Tentei apagar o fogo com dedadas durante o banho, mas a danada da vontade não passava. Depois de muito tentar, resolvi ir pra cama com alguém, mas quem? Um dia, estava sá, não trabalhava neste dia, filho pro colégio, resolvi entrar na internet. Apás alguns papos sem muito sucesso, um rapaz me chamou pra conversar. Meio sem entusiamo comecei a teclar com ele e acabei sabendo que era cabeleireiro de um salão de um bairro do outro lado da cidade. Conversa vai, conversa vem, ele perguntou se não gostaria de sair com ele. Expliquei a minha situação e disse: "Sá se for agora." Pra minha surpresa, ele topou. Marcamos num motel. Eu entrei sá e escolhi uma suite. Liguei pra ele e passei o motel e o número da suite em que estava. Uns 20 minutos depois ele chega. Conversamos um pouco e ele perguntou se eu realmente não queria comer ele. Eu falei que não. Então ele falou: "Se vc quer dar a bunda, então vou te comer muito." E começou a tirar a calça, ficou de cuecas, veio na minha direção, começou a me despir, beijando um pouco meu pescoço, meus peitos que são meio salientes, tipo de menina moça, sá que um pouco de pelos, batendo uma punhetinha no meu pau que já estava durinho, quando me mandou sentar e chupar. Foi neste momento que ele tirou a cueca e me mostrou um belo pau, uns 18cm, meio torto, mas super duro. Sá pra ter uma idéia, o meu é pintinho, tem apenas 12,5cm, embora grossinho. Ele veio na minha direção, mandou eu abrir a boca e enfiou o pau nela. Comecei a chupar feito um louco. Nossa, como eu estava com vontade...

Aos poucos fomos nos deitando, ele foi me chupar, voltou a me dar o dele, nos viramos, fizemos um 69 bem gostoso, quando em determinado momento, ele fala: "Anda, vem, não quer dar...então fica de quatro que eu vou comer..."

E eu, sem falar nada, sá me virei, fui até a ponta da cama e de quatro fiquei, me arregacei o máximo e perguntei: "Assim está bom?"

Ele: "Maravilhoso! Adoro um viadinho obediente e com a bunda empinada pra mim."

Eu sá conseguia gemer com ele mexendo os dedos em mim. Ele colocou a camisinha, lubrificou e nada. Estava dificil de entrar. Ele então falou: "Porra, cara! Quando vc me falou que era apertado achei que era mentira tua. Tá dificil de entrar. Tu é cabacinho mesmo! Faz força pra fora...senão fica dificil e vai te machucar..."

Foi quando me lembrei da orientações do meu primeiro homem. E assim, foi, fiz força pra fora e senti a cabeça entrando. Devagar foi indo, quando de repente, ele enfia mais e mais e dá uma estocada, entrando tudo. Eu dou um grito e gemo muito. Ele, sem dá, começa a me comer, devagarinho, curtindo minha bundinha. Sinto ela sendo alargada por aquele belo pau. Sá consigo gemer, enquanto ele fala diversas coisa no meu ouvido: "Viadinho gostoso, era isto que vc queria? Dar a bunda? Tô comendo...." E falava, e falava, e aquilo me excitava demais. Meu pintinho estava durinho. Volta e meia ele me segurava pelo quadril e fudia forte, outras vezes, se debruçava sobre mim e comia devagar, sabia comer uma bunda de homem. Depois de um tempo, deitou-se sobre mim e continua a comer, vez por outra mandava eu rebolar no pau dele. Que delícia que é rebolar com o pau todo dentro da minha bundinha, adoro...

Apás um tempo assim, ele levanta, tira o pau de dentro de mim e me manda ficar debruçado no braço do sofá da suite. Eu vou e fico do jeito que ele queria. Ele vem novamente, agora já alargado, o pau entra tranquilo, sá tesão, sá prazer. Ele me chama de putinha, que eu tenho uma bunda super gostosa e começa a fuder forte, explodindo num gozo maravilhoso. Eu termino minha punheta e gozo praticamente junto. Delícia!!!

Sem reação, com o cuzinho arreganhado, fico deitado de bunda pra cima no sofá e vejo ele mijando no banheiro e penso: "Que loucura! Normalmente quem vai mijar depois da transa sou eu."

Pois é, desta vez foi diferente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


uma x aninhar bem lisinha e gostosamua mulhes supano amiga abuseta pigano galaContos de bofinho chupando bucetao pai da minha amiga é um tesão contos eróticosputa do meu funcionário contocontos eroticos: me incentivou a usar calcinhas minusculasContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos eu e minhas amigas muito novinhas pai arrombando o cuzinhocontos eroticos de sobrinho roludoimagens de conto de afilhado macho transando com padrinho machocontos eroticos viagem ônibusa bucetinha linda da sobrinha novinha contostia tranzando com sobrinho cabassaoconto erotico com emcarregadanão aguentei e chorei na dp anal contoscontos eróticos com bucetas grandesFui Comida pelos colegas do colegios contosCasada viajando contosvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandoContos eroticos com mendigocontos eroticos espiando a senhorafamilia naturista conticonto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouconto cine porno gay Recifecontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasconto gay velho do ônibusconto esposa do bucetaocontos eróticos n********* d********* para o cachorrocomtos ewroticos comi minha irma na fazenda de calca de lycracontos sentando no colo novelasexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construçãocontos eroticos mexicanoconto erotico estou gravida do meu irmãocontos eróticos de bebados e drogados gaysmeu amigo travesti me comeu contosrelatoeroticocasadaCantos eroticos de mulheres casadas que traiu aprimeira vezmamae linda e brava/contosmeu pai deu calcinha minúscula para minha esposa de presente contos eróticossua buceta me pertenceconto meus soblinhos me devoraramWww Contos eroticos sobre como foi a primeira vez no sexo com uma mulher mais velha .comcontos eróticos com pivetecontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotoconto erotico foto mae que cu arrombado da senhoracontos gay meu primo ensinouconto erotico. virei mulherzinhha do meu primocontos erótico com viuvasgrelao era enorme lesbica contoscomi minha sogra todo mundo viaja so tinha eu e elacontos eroticos sobrinhocontos eroticos viuvacontos.veridicos erabando uma,.pretinhacontos eroticos travesti sendo estrupadahomem fudendo o tenis enquanto come a mulher delecontos lesb esfregar em mimcontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2chulé da minha irman contos eroticosFoderam gente contos tennscontos exibindo esposa na borrachariacontos eróticos do tio malvadocontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos de incestos mae puta e filho espertomulher grávida dormindo de calcinha toda melada pornô justocontos eroticos amante vs mulherEu fui forçada a fuder contos eróticos com fotosCasada viajando contoscanto erótico com amiguinho do meu filho vir para casa e amiguinha delevideo porno de anos gozando dento e escorredoSou gay e tranzei com um travest contos eroticoconto gay o negao comeu meu cucontos eróticos de submissas lésbicas sendo dominada e falando palavrões cu delicioaoContos eróticos mae do meu amigocontos pai ea mamae chuparao minha xoxotaconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraocontos eróticos iniciado pela primagozou nela e espirrou porra em mimcontos eroticos/comeu novinha peludinhacontos veia magra acho ke rasguei o cu dela contos eroticos tomando conta de uma desconhecida2paus nu mesmu buracuquero história de homens vizinho um comendo o cu do outro pulando muro à noite