Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEPOIS DO ARMANDO, ELETRICISTA...FINAL

Click to Download this video!

DEPOIS DO ARMANDO, ELETRICISTA...Final



Bom, continuando...eu estava chupando aquele cacetão enquanto a Juju descansava da enrrabada que ela havia levado dele. Eu estava deixando ele doido de tesão e...nossa! tava muito duro. E como é grande aquela tora dele. Derepente ouvi a voz da Juju atrás de mim falando: - Também vou chupar essa maravilha linda! E caiu de boca na tora dele junto comigo!

Enquanto ela chupava a cabeçona eu passava a boca por toda a extensão do cacete dele. Depois, nos duas chupamos as bolas. Tinha hora que os nossos lábios se tocavam colados naquele mastro. Não demorou muito e ele já estava pronto pra gozar. Quando sentimos que ele começou a pulsar, nos seguramos o cacete dele bem perto dos nossos rostos e abrimos a boca

O primeiro jato de porra foi fortíssimo e veio direto na minha boca. Quente, grosso e intenso encheu a minha garganta, depois ele virou e esporrou bem no rosto da Juju que segurou o cacete dele e enfiou na boca como se estivesse mamando todo o leitinho dele.

De boca aberta eu vi a Juju ficar esperando até a ultima gota parar de pingar na sua boquinha e depois lambeu e engoliu as ultimas gotas que ainda saiam da cabeça daquela tora. Sá sei que ficamos lambuzadas com o cacete dele

Mais espantada ainda, percebi que aquele cacetão parecia de ferro e ainda estava duraço. Ele me pegou rapido me levantou pela cintura me deu um beijo e enfiou de uma vez um dedo no meu cuzinho, nossa... arrepiei na hora, mas disse para ele que não ia dar pra ele de jeito nenhum, apesar de sentir a xaninha toda molhada e eu como uma louca sentindo aquele cacetão quente e gostoso encostando em mim. Então ele enfiou aquela coisa dura no meio das minhas coxas e falou: - Tudo bem! Mas, tô sentindo essa sua bucetinha toda encharcada molhando a cabeça do meu caralho! Já fudi o cú da sua amiga e agora vou querer fuder a sua buceta! Sá me lembro que quando tentei sair dos braços dele a Juju encostou sua boca no meu ouvido e disse: - Dá a bucetinha pra ele amiga! Por favor! Sá um pouquinho...ele prometeu me comer mais se você der! Faz isso por mim?

Eu não acreditei no que ele estava me pedindo mas nesta hora ela já não via mais nada, porque com um cacete no rabo ela perde o juízo e eu sabia que ela queria dar mais pra ele.

Então eu deixei ele me agarrar mais ainda fazendo com que os biquinhos dos meus seios encostassem no peito dele e ele ficou louco e colou os lábios nos meus me dando um puta beijo. Também sentia o cacetão dele quente e super duro no meio das minhas coxas, dava pra sentir as veias grossas daquela coisa dura pulsando na minha pele. A Juju já tinha abaixado a minha calcinha e eu estava praticamente nua naquela hora.

Ele foi andando grudado no meu corpo até me deitar na cama da Juju. Abriu as minhas pernas e caiu de boca na minha xaninha...ele me chupou tanto que gozei várias vezes.

Enquanto isso a Juju chupava o cacete dele e vinha e me beijava dizendo: - Sente o gosto do caralho dele na sua boca, sente! Logo ela vai entrar na sua bucetinha! Eu fiquei doida com aquilo e parecendo uma cadela no cio, falei pra ele: - Me dá essa coisa dura, vai!

Ele me ajeitou de quatro na cama me abriu toda com as duas mãos e encostou aquela puta cabeça na entrada da minha xaninha. Depois me fazendo levar o maio susto ele tirou e ficou passando a cabeça no meu reguinho, todo suado. Eu cheguei pra frente e falei: - Ai, não! Por favor!

Acho que deixei ele com raiva porque meteu de qualquer jeito o cacete na minha xaninha me fazendo gritar e logo ele bombava aquele cacete imenso e maravilhoso na minha xaninha e dizia: - Muito gostoso meter em você, quero meter sempre agora...você me deixou mal acostumado...fazia tempo que não comia uma buceta tão deliciosa!

Ele ficou uns 19 minutos me fudendo direto... e depois falou: - Agora vou gozar! Ele começou a me chamar de putinha, de cachorra, falou muitos palavrões, dizia enquanto a Juju estava do nosso lado: - Vvou enfiar tudo isso na sua buceta e esporrar bastante nela!, depois vou fuder o cú da tua amiga que ainda tá louca pra dar pra mim! Enquanto a gente gozava eu adorei sentir aquele porra quente e grosso dentro de mim. Depois ele tirou o cacete da minha xaninha, limpou ele nas minhas coxas e na minha bunda e falou pra Juju: - Agora vem cá sua putinha! Limpa o meu cacete com a sua boca e aproveita pra deixar ele bem molhado porque se você fizer escândalo de novo eu vou te dar porrada!

Eu deitada de bruços fiquei indignada com aquilo e quando olhei pra Juju com cara de assustada ela já foi logo me dizendo: - Não liga, pra ele não! E já foi caindo de boca naquela tora toda suja de porra! Ainda por cima, me falou: - Vem me ajudar! Acho que não vou dar conta disso tudo sozinha!

Eu fui pegando a minha calcinha e o resto da minha roupa, olhei bem pra ela chupando e lambendo o cacete dele e respondi: - Eu? Você tá louca? Já te ajudei minha filha, agora ele é todinho seu!

Antes de ir embora, terminei de me arrumar e ainda vi quando de quatro, ela segurou as pernas dele e empurrou sua bunda para trás, fazendo com que o cacete dele entrasse inteirinho no seu cuzinho, arregaçando todas as suas pregas. Ela ainda gritava muito, gemia e dizia: - Fode o cú dessa sua cadelinha.

Mandei beijinhos e fui embora pra casa, tomar banho e dormir!

Beijos

Cinthia

[email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Acordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos amiga faculdade nudismoContos de loiras com negrosa puta virgem chora através do pau grosso vídeo 3 minutospornô doido p*** fazendo fio terracomo me tornei viado parte 3 contpsfui olhar a rola enorme do professor e virei viado no vestiario contosContos sexo velhas professora com novosacordei sendo com o pau do meu filho dentro da minha buceta contosconto erotico o filho da vizinhagozando na mão da menina - contos eroticoscanto erotico comi namoradaswing confessin porno contos dia de praia 1voyeur de esposa conto eroticopordinheirocontoscontos pelado d4 pr macho no matoConto erotico sogra peituda 70 anoscontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta contos eroticos castiguei minha mulher botando caralho no cu do bebadocontos com fotos no carnaval levei chifreorgia com os nerdes casa dos contoscontos eroticos homem chupando pau pau sujo e bebendo mijocontos eróticos João o velho comedortetas da sogra contoscontos eroticos espiritoConto comendo a gorda casadavoyeur de esposa conto eroticoPapai derramo leitinho na minha cara contos eróticoscontos erótico deu o cu quando era moleque e me rasgaramIniciada pelo minha mae Conto eroticocontos eroticos casada e comida por traficantesmeteu o dedo na minha bundinha contomeu cuzinho ta sangrandorola mole rola dura bate até que furaPega minha xerequinha tio contos eroticoscontos erotico a mulher feiaminha filhacontos tava dormindo e eu comi elacontos eroticos menininho sapeca no meu colocontos virei a cachorrinha do meu amigoconto erotico o filho da vizinhacontos de siririca de mulher acima dos 60 anospegando a cunhadinha casada muito linda e gostosacontos eroticosrapazes peladoes se exercitando na academiaSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos eróticos de novinha dando para garanhãomasturbei minha amiga dormindo conto eroticocontos minha esposa teve um filho do pausudocontos de casadas que gostam de fazer broches e engolir esporraonto de encesto fui pega minha filinha no preUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carrocontos enfiando 30cm na casada ate ela gozarconto erotico com meu sogro peladocontos eroticos comendo a patroa no onibusscontos eclxado a tia de sainhacontos marido bêbadofui currada na frente do meu maridocontos eróticos de viados que foram fudidos ouvindo palavrõesfilho da vizinha contos gay heterocontos o amigo do meu marido me arromboucontos eroticos de penis de 10cmcontos eróticos de carona a mae e filhinhacontos meu tio dedava minha xaninhawww.contos de a primeira gozada no incestosem querer fraguei minha cunhada no banheiroconto seduziu heterocontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhoconto erotico relacionamento virtualcontos eróticos caminhoneiro safadoconto erotico mae zangadaconto erotico minha prima malvadacontos eroticos peluda fedidacontos eroticos no acampamentocontos eeroticos peguei minha sogra no flagracontos eroticos no acampamentohumilharam meu namorado contosconto erótico viadinho de calcinha é enrabado na construção