Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEPOIS DO ARMANDO, ELETRICISTA...FINAL

Click to this video!

DEPOIS DO ARMANDO, ELETRICISTA...Final



Bom, continuando...eu estava chupando aquele cacetão enquanto a Juju descansava da enrrabada que ela havia levado dele. Eu estava deixando ele doido de tesão e...nossa! tava muito duro. E como é grande aquela tora dele. Derepente ouvi a voz da Juju atrás de mim falando: - Também vou chupar essa maravilha linda! E caiu de boca na tora dele junto comigo!

Enquanto ela chupava a cabeçona eu passava a boca por toda a extensão do cacete dele. Depois, nos duas chupamos as bolas. Tinha hora que os nossos lábios se tocavam colados naquele mastro. Não demorou muito e ele já estava pronto pra gozar. Quando sentimos que ele começou a pulsar, nos seguramos o cacete dele bem perto dos nossos rostos e abrimos a boca

O primeiro jato de porra foi fortíssimo e veio direto na minha boca. Quente, grosso e intenso encheu a minha garganta, depois ele virou e esporrou bem no rosto da Juju que segurou o cacete dele e enfiou na boca como se estivesse mamando todo o leitinho dele.

De boca aberta eu vi a Juju ficar esperando até a ultima gota parar de pingar na sua boquinha e depois lambeu e engoliu as ultimas gotas que ainda saiam da cabeça daquela tora. Sá sei que ficamos lambuzadas com o cacete dele

Mais espantada ainda, percebi que aquele cacetão parecia de ferro e ainda estava duraço. Ele me pegou rapido me levantou pela cintura me deu um beijo e enfiou de uma vez um dedo no meu cuzinho, nossa... arrepiei na hora, mas disse para ele que não ia dar pra ele de jeito nenhum, apesar de sentir a xaninha toda molhada e eu como uma louca sentindo aquele cacetão quente e gostoso encostando em mim. Então ele enfiou aquela coisa dura no meio das minhas coxas e falou: - Tudo bem! Mas, tô sentindo essa sua bucetinha toda encharcada molhando a cabeça do meu caralho! Já fudi o cú da sua amiga e agora vou querer fuder a sua buceta! Sá me lembro que quando tentei sair dos braços dele a Juju encostou sua boca no meu ouvido e disse: - Dá a bucetinha pra ele amiga! Por favor! Sá um pouquinho...ele prometeu me comer mais se você der! Faz isso por mim?

Eu não acreditei no que ele estava me pedindo mas nesta hora ela já não via mais nada, porque com um cacete no rabo ela perde o juízo e eu sabia que ela queria dar mais pra ele.

Então eu deixei ele me agarrar mais ainda fazendo com que os biquinhos dos meus seios encostassem no peito dele e ele ficou louco e colou os lábios nos meus me dando um puta beijo. Também sentia o cacetão dele quente e super duro no meio das minhas coxas, dava pra sentir as veias grossas daquela coisa dura pulsando na minha pele. A Juju já tinha abaixado a minha calcinha e eu estava praticamente nua naquela hora.

Ele foi andando grudado no meu corpo até me deitar na cama da Juju. Abriu as minhas pernas e caiu de boca na minha xaninha...ele me chupou tanto que gozei várias vezes.

Enquanto isso a Juju chupava o cacete dele e vinha e me beijava dizendo: - Sente o gosto do caralho dele na sua boca, sente! Logo ela vai entrar na sua bucetinha! Eu fiquei doida com aquilo e parecendo uma cadela no cio, falei pra ele: - Me dá essa coisa dura, vai!

Ele me ajeitou de quatro na cama me abriu toda com as duas mãos e encostou aquela puta cabeça na entrada da minha xaninha. Depois me fazendo levar o maio susto ele tirou e ficou passando a cabeça no meu reguinho, todo suado. Eu cheguei pra frente e falei: - Ai, não! Por favor!

Acho que deixei ele com raiva porque meteu de qualquer jeito o cacete na minha xaninha me fazendo gritar e logo ele bombava aquele cacete imenso e maravilhoso na minha xaninha e dizia: - Muito gostoso meter em você, quero meter sempre agora...você me deixou mal acostumado...fazia tempo que não comia uma buceta tão deliciosa!

Ele ficou uns 19 minutos me fudendo direto... e depois falou: - Agora vou gozar! Ele começou a me chamar de putinha, de cachorra, falou muitos palavrões, dizia enquanto a Juju estava do nosso lado: - Vvou enfiar tudo isso na sua buceta e esporrar bastante nela!, depois vou fuder o cú da tua amiga que ainda tá louca pra dar pra mim! Enquanto a gente gozava eu adorei sentir aquele porra quente e grosso dentro de mim. Depois ele tirou o cacete da minha xaninha, limpou ele nas minhas coxas e na minha bunda e falou pra Juju: - Agora vem cá sua putinha! Limpa o meu cacete com a sua boca e aproveita pra deixar ele bem molhado porque se você fizer escândalo de novo eu vou te dar porrada!

Eu deitada de bruços fiquei indignada com aquilo e quando olhei pra Juju com cara de assustada ela já foi logo me dizendo: - Não liga, pra ele não! E já foi caindo de boca naquela tora toda suja de porra! Ainda por cima, me falou: - Vem me ajudar! Acho que não vou dar conta disso tudo sozinha!

Eu fui pegando a minha calcinha e o resto da minha roupa, olhei bem pra ela chupando e lambendo o cacete dele e respondi: - Eu? Você tá louca? Já te ajudei minha filha, agora ele é todinho seu!

Antes de ir embora, terminei de me arrumar e ainda vi quando de quatro, ela segurou as pernas dele e empurrou sua bunda para trás, fazendo com que o cacete dele entrasse inteirinho no seu cuzinho, arregaçando todas as suas pregas. Ela ainda gritava muito, gemia e dizia: - Fode o cú dessa sua cadelinha.

Mandei beijinhos e fui embora pra casa, tomar banho e dormir!

Beijos

Cinthia

[email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogosentou no meu colo conto eroticolinha na Rachinha contos eróticosconto cheguei casa cu todo arebentadoa loira e o cavalo contocontos eroticos de viadinhos de calsinhaMinha esposa arregaçadasrelato casada dandocu em fescontos erotico viciadinha em chupa picacontos eróticos mulher bundudacontos erotivos mamar no pau infanviaconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocacontos eroticos no acampamentocantos eroticos muitapica no meu cucontos eroticos entre camioneirosconto de exibicionismo no barzinhoquero tua jeba rasgando meu cuContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto minha tia so anda de calcinhacorno gemendo cu contoContos eroticos vi minha mulher sendo arrombadaconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauContos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3Contos eroticos no acampamento com minha maeconto erótico mulheres teve coragem sexo cavaloscontos incesto mãe fofinhacontos janaina safadinhacontos eroticosensinando o virgem de como meteranão transando com jamaischupando a esposa gozada de biquininhoconto erotico tia de fio dentalvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentocontos eróticos,ai ai fode meterelatos comi a crente na marracontos erotoco sograContos eroticoss adoro trepar sem camisinhanegrinha virgem sendo violentada pelos tios contosconto erotico a filha curiosacontos eroticos em familiacontos do seu jorge pegando uma casadinhaconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto gaguei mas gostei de dar o cutravesti.coza.com os.dedos no seu cuconto erótico veridico de filho de patrao que comeu a empregada coroacontos eroticos de lolitos com tios de amigoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos eroticos chantagiei minha enteadaComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delaContos o comedor da madrugada do soniferoconto tia velha gostosacontos eroticos de primos com primas que engravidamconto erotico incesto casal estupra cunhadinhahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_25933_fodendo-o-recepcionista-do-hotel.html&ei=h1fTW1EH&lc=pt-BR&s=1&m=739&host=www.google.com.br&ts=1489513220&sig=AJsQQ1A6LGGFLRL7NY2__JYTuAweTMayWwnem peitinho teen grita na pau do vocontos ela e feia e gostosacontos de incestos e orgias com minha esposa gravida minha irma nudistasamamentar o pedreiro contoscontos eróticos gay putinha pedreirosconto de irma que viciou em dar o cuzinhocontos eróticos de experiência bi de ninfetascontos erotico gay negro dando pra brancoenfiei o maior dildo no meu cu contostranse com meu pai no onibuscontos traindocontos eroticos incesto vovôFui vendida como escrava sexual para um negaocontos de atiivo x passivo fodendoburrinha zoofiliacontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu raboCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contoquero ser arronbada por outro cassete contoMeu marido deu carona para um estranho e me insunuei pra ele