Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PINHA PRIMEIRA VEZ NA ÉGUA E NO MEU AMIGO

Click to Download this video!

Esta histária aconteceu comigo em uma época que morava em uma fazenda como todo garoto de fazenda tinha minhas peripécias com animais, mas não comecei sozinho vou contar como foi. Na fazenda onde morávamos tínhamos vários cavalos e eu cuidava deles na verdade usava um pretexto para ficar andando a cavalo o dia todo e não ir para escola. Havia uma égua que eu gostava muito de andar com ela por ser um animal muito dácil. Certo dia veio em nossa fazenda um garoto que me chamou para passearmos pelos pastos a cavalo eu peguei esta égua e ele foi com outro cavalo, um pampa que tínhamos, ficamos andando por varias horas passando por matas fechadas e nos divertindo como qualquer garoto havia em um local da fazenda uma casa abandonada que ficava perto de uma rede de transmissão de TV, ele então disse para pararmos ali ficamos jogando conversa fora, de repente ele se levantou e foi mijar, não pode deixar de reparar no pinto dele, era enorme grosso escuro, bem diferente do meu, pois era na época muito novo, ele deveria ser uns três ou quatro anos mais velhos que eu. Despretensioso ele me falou se eu já tinha transado com alguém, falei que não, sá troca-troca na escola mesmo, ele então me disse que tinha um jeito para eu transar sempre que quisesse, apontando para a égua que estava amarrada perto de nás, eu fiquei meio surpreso com a ousadia dele, e fingi que não entendi o que ele falou, mesmo eu já tendo tentado outras vezes pegar a égua, mas acho que por falta de pratica nunca havia conseguido. Ele me mandou segurar a égua perto de uma parede, tirando o pau para fora deu uma cuspida na cabeça, ergueu o rabo da égua e foi colocando até entrar tudo, embora a diferença de tamanhos do pênis dele para o de um cavalo fosse imenso a égua deu uma mexida como se estava gostando e se ajeitando para entrar tudo. Fiquei ali olhando ele comer a buceta da égua como se fosse a ultima mulher do mundo, não aguentei e fiquei de pau tão duro que latejava dentro de minha calça, depois de gozar na buceta da égua ele tirou o pau e ficou acariciando a cabeça, enquanto me olhava, ele me perguntou se eu alguma vez havia visto um pinto tão grande como o dele, balancei a cabeça negativamente, então ele me disse se eu queria trepar na égua também, falei que estava louco de vontade, procuramos uma janela que estava um pouco mais alta onde eu pude subir ele chegou a égua bem perto da parede e puxou o rabo dela para traz, a bucetinha dela piscava ainda por causa da trepada com ele, coloquei meu pau pra fora e enfiei tudo nela, o tesão era tão forte que gozei quase que imediatamente, ele deu uma grande gargalhada me falando que eu era muito “fraco”, então ele ainda com o pau duro me falou para chupá-lo, achei aquilo estranho e a principio fiquei receoso, mas como estava doido para saber como era fiquei de joelhos na frente dele e coloquei aquele pau grosso e com um gosto estranho em minha boca, ele me falou para chupá-lo como se fosse um pirulito, depois de alguns minutos chupando sem parar ele disse que ia gozar então tirei ele da boca pois não queria ter porra em minha boca, ele virou para o lado e gozou um jarro enorme que espirrrou a metros de nás, ai ele me falou que já que eu era “fraco” na trepa se não queria treinar mais comendo o cu dele. Aquilo me deixou confuso, mas como estava com o pau duro outra vez e com muito tesão e a sensação de comer a égua foi maravilhoso resolvi entrar no embalo, ele ficou de quatro em minha frente arrebitou a bundinha e me mandou enfiar meu pau tudo nele, cheguei bem perto do cuzinho dele e coloquei a cabeça na entrada e fui empurrando, não entrou pois estava seco de mais, ele então com uma rapidez incrível se virou e deu uma enorme chupada em mim que por pouco não gozei, se virando outra vez ele disse: agora vem que entra, coloquei então de novo na portinha dele e empurrei com uma força incrível ele deu um grito de dor e em seguida começou a rebolar em meu pau, me mandou passar a mão na frente dele pegar em seu pau e bater uma punheta enquanto ia estocando aquele cu apertado, ele gemia e me mandava empurrar mais forte fui aumentando o embalo numa batida frenética até não segurar mais e gozar outra vez enchendo o cu dele de porra. Ele virou deu uma chupada no resto de porra que eu tinha no pau, se levantou e me disse que não contasse para ninguém, claro que não ia. Foi uma experiência átima e como ele disse daquele dia em diante sempre que queria dar uma trepada era sá ir passear com a égua.

Um abraço a todos e até um práximo conto, espero que tenham gostado. Me enviem um e-mail contando o que acharam, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tanguinhas usadas da minha mulher contos eroticoscontos eroticos dainfanciaminha cunhadinha e virgens peguei a forcaContos erótico eu casada dando na pescariacontos de corno enrabadoconto minha titia popozuda tomou banho comigo contos erotico meu primeiro emprego fodida e humilhadaContos eróticos minha gata fode com todosenteadadormiu bebada sem calcinhacontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetacontos erótico minha irmã e eu no motel minha irmã fica possuída nua XVídeoso computador da minha filha contoContos eroticos seduzindo meu sobrinho com roupas provocantesconto erotico gostosa exibidacontos mulher x travesticonto elotico pai xfilhaComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos porno travestis estupros sadomazoquismonoite maravilhosa com a cunhada casada contosContos eroticos com tapas na bunda e castigosCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocomendo ela de saia com vizita discretamente quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadame fode jb. contoscontos eroticos viuvacontos eroticos com fetiches absurdosContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuum homem lambendo uma menina virgem Estrada crente s*****gostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentecontos erótico amiga da escolacontos eroticos comi a dona da empresadominada pela amiga contos eroticosconto ela deu e se fudeucontos de coroa com novinhocontos eróticos primo de naneVilma metendo dos friston sem ser em desenho o vídeo erótico metendo sem ser em desenhocontos escondido no churrascocontos eroticos com escravas sendo humilhadaconto erotico de esposa de bunda grande com o gordomorena de micro vestidinho na estrada de carro da carona pró homem conto de sexo ele e ela me comendo muita tapacontos eroticos quero fuderCasada viajando contossou puta e pratico zoofiliaconto pm metedorContos sogra medindo o tamanho do pauconto erotico com foto minha enteda muito vadia liberou o cuzinho pra familiavidio negao fes travesti loirinha urra com baita pau ate o talo no cuzimcontos eróticos no azilo convelinhosfui enrabado pe lo o yravesti na baladaContos eroticos minha esposa do rabaocontos comendo o cu da casada carenteMeu padrastro negro fodeu minha cona. Conto erótico heterossexual.praia guaratuba contos sexomarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comContos eroticoseus.filhosmeu filho me encoxaram a noite bunduda,eu quero ver anaconda chupando leite da mãecontos sexo dividindo o casamento e a camaContos mulher coloca silicone e vira putaCasadoscontos-flagrei.Esposa sendo fudida na chacara contocontos eróticos di mulher tou com fome.di picaconto erotico gay com vovoIniciada pelo padrasto contocontos minha cunhada viu eu mijanocontos eroticos gay babydollconto minha enteada dormiu com a bunha pra cimaSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto de filho dano o cu ao padastroconto gay fodeno o caminhoneiro bebado do nordeste