Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A CASADA NO PONTO DE ÔNIBUS.

Click to this video!

Bom, as vantagem de se pegar mulher casada, é que você pode dar uma metida gostosa e nunca mais estar com ela, bom essa historia começou quando eu estava saindo de um evento e tinha que pegar o ônibus, mas ele estava lotado, era por volta das duas horas da manhã, então entrei e fui andando quando vejo uma mulher branquinha com um desses corpos cheinhos, mais com curvas, digamos que seja um falça gorda, então na hora que fui passar por trás dela eu dei uma sarradinha, so que ela tinha uma bunda avantajada e bem macia e usava um desses vestido que fica Souto no corpo, como ela num falou nada, resolvi estacionar ali naquela delicia de bunda, e quando íamos andando eu ia dando minhas sarradinha, mais como ninguém é de ferro meu caralho foi logo ficando duro, imaginei a merda que ia dá, mas de repente eu senti que ela estava se ajeitando no meu pau, tentado se localizar nele, ela com aquela bunda macia na minha frente, o mexe-mexe do ônibus eu aproveitei pra levar a mão e alojar meu caralho entre suas nadegas, quando ela senti minha mão na bunda dela, ficou doida e chegou a estremecer, aproveitei pra passar a mão e dar um aperto bem gostoso naquela bunda.. ai que ficou bom, ele começou a se apertar na no meu pau e ele ficando mais duro e ela mais exitada, e a bundona dela parecia que ia engolir meu pau com vestido e tudo, as pessoas estavam percebendo o tesão que ela esta e começaram a rir e comentar, bom isso foi acontecendo pelo percurso da viagem, chegou meu ponto eu desci, quando escuto aquela voz atrás de mim. Hei você esta com muita preça, bom eu disse que não, então ela falou, agora vem apagar o fogo que você acendeu, bom, como era tarde e não tinha ninguém por ali eu fui na direção dela e coloquei meu pau pra fora, ela começou a me punhetar e me beijar freneticamente e logo desceu e começou a chupar meu pau bem gostoso, com uma chupada gostosa e nervosa parecia que ela num via um pau a anos, porque estava feito doida me chupando, gemendo e se masturbando, feito louco, depois ela se levantou e tirou a calcinha e me deu, mandando eu colocar no meu bolso, depois ela se virou de costas para mim e colocou as mãos na parede deixando aquele bundão empinado pra minha direção, e falou, vem me comer caralho, eu to doida pra dar meu cuzinho, eu fui e levantei o vestido dela, aquele rabo dela parecia uma lua cheia, branco e grande, eu abri as nadegas dela e vi aquele buraco do cuzinho dela, dava pra que ela estava acostuma a dar o cú, então dei uma cuspida no meu pau e foi colocando ele, pra dentro daquele rabão, com forme eu ia enfiando, vendo meu caralho na penumbra entrando nela, ela já ficou doida e começou a mandar eu meter bem gostoso: mete porra, mete esse pau no meu rabo, me come bem gostoso, fia bem fundo em mim, vai caralho, mete fundo, eu fui ficando doido e metendo forte nela, mais quanto mais eu metia... mais ela pedia pau, dava pra sentir que aquele posso num tinha fundo, ela começou a pedir coisa, então eu obedecia fielmente, mordia as costas dela, puxava o cabelo bem forte, ao ponto dela se contorcer pra trás, dava tapa na bunda dela, sempre metendo meu pau forte naquele rado, então tirei e quis comer sua buceta, ela não deixou e disse que a buceta o marido comia, ela queria dar o cuzinho, porque ele tinha nojo de comer, de novo ela colocou meu pau na portinha do cu e falou: mete forte essa porra no meu cu, eu enfiei tudo de uma vez, ela gritou e pedia: me come porra, rasga meu cú seu safado, me arronba toda, que sentir seu pau bem fundo, eu comecei a fuder ela bem forte e selvagemente, com um animal e ela pedia mais e mais, bate na minha bunda... apera meus peitos... puxa meu cabelo..... me faz de vagabunda,,, de piranha... me chama de cachorra... mete porra... me come bem gostoso, que aquele corno que eu tenho em casa num faz isso, aquele viado.... mais forte... mais forte... fiquei metendo forte naquele rabo até que num aguentei mais e disse que ia gozar, ela tirou do cú e me mandou gozar na mão dela, então começou a punhetar meu pau ate que eu gozei na mão dela, que escorreu entre seus dedos, e ficou olhando minha porra na mão, depois falou... pronto, agora você pode ir embora, já estou satisfeita.... eu sai andando sem entender muita coisa e ela ficou La no ponto de ônibus, me olhando, sem sei de onde ela era, mais sei que foi uma foda deliciosa, como eu disse, adoro pegar mulher casada. Em breve tem mais... aguarde. [email protected], entre em contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


longos contos eroticos estupros dpcontos eroticos provocando no barconto eróticos c afilhadacontos massagem colegameu amigo travesti me comeu contoscontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos eroticos flaguei minha mae dando também quis cumer sua bundaxoxota toda ardida com a madeira dentrocalcinha incesto contosLambie o cu da minha esposarelatos sexo eu e minha filha novinhaso puta e dei gostoso a xana contos eroticoscontos eroticos de sobrinho roludocomida pelo sobrinho Xvideo aguentando paenormecontos o amigo do filho me errabou no tanque lavando roupacontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsQuando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavaconto comi minha mae quando tinha dez anoscontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesconto cacete grossoMeu namorado me comeu com um pepino contoscontos filha pequenacontos de quen comeu coroas dos seios bicudoscontos eroticos primo da esposacontos eróticos do amigo do meu pai me agarrou na cozinhacintos eróticos ! pra todos... meu nome é Carlos. vou contar como foi a minha priimeiracontos eroticos gay ficticiosvirei puto do bar conto gayContos Mamadas no paizimcontos eróticos mulheres mais vadiasgorda gozando contoscontos eroticos a filhinha da empregadaminha patroa gortosa e tarada por pauGGvidio porno de marido trasando com a esposa em quanto ela faz ais coisas na continhasarrou a bucetinha no meu ombro no onibuscontos eroticos cunhadinha dormindocontos siririca com doce contos de incesto amiga da minha tiatocu de proposito pornodoudocontos eróticos com vizinhadou para o meu irmao contosconto branquinha casada trae com negoesa coroa bunduda negra é feriado pelo pelo banco dentro do ônibusinsesto novinha tava bricano e fico engatada com cachorrocontos de coroa com novinhoContos olhando a mãe dacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos peguei maninha virgem dormindocontos de menina crentebati uma siririca pra meu cunhado contoscontos eroticos exibindo pra piralhoscontos eróticos sendo tratado como mulherconto erodico 5 amigos me fuderaoporno quando o home empura o cacete no egua ela gozaO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeimeu aluno bate punheta olhando minha bundacontos eróticos me estruparao por ser orientalcontos eróticos com vizinhaContos eroticos gay iniciado pela maecontos eroticos garotas na escolacontos eroticos fudendo a mae travesticontos siririca com docemuie pega a manguera do amigo do cornaoconto erotico neide safadinhapadrinho comer afilhada cem pentelhocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html contos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetacontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludoscomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrão