Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM ESCONDE-ESCONDE DIFERENTE (PARTE-1)

Click to Download this video!

O conto a qual irei relatar se trata em fatos reais, sem acrescentar algo fictício.

Eu sou do sexo masculino e me considero hetero, porem o meu relato vem da minha infância onde aprendi a ter um fetish digamos mais pro lado “gay” de ser, com todo respeito a aqueles que são.

Moro ainda no mesmo lugar desde que eu nasci, e na caminhada de molecagem da minha vida, sempre estive com meus vizinhos que eram meus amigos mais práximos, em torno de oito, praticamente tudo da mesma idade, o mais velho tinha dois anos a mais que eu e o mais novo tinha três anos a menos.

Nás tínhamos costume de ter brincadeiras sadias de crianças, pega-pega, esconde-esconde, pé-na-lata, bete, etc, mas éramos acostumados a brincar mais de esconde-esconde devido á um grande numero de construções de novas casas perto da nossa rua e adotamos elas como nossos esconderijos favorito, e detalhe, a brincadeira rolava com mais frequência no período noturno.

Em um dia brincando de esconde-esconde à noite, na época se não me engano deveria ter 19 anos, eu e o amigo mais velho, fomos nos esconder juntos em uma das casas enquanto os outros optaram lugares diferentes, e eu acho que ficamos dentro do futuro banheiro daquela casa, devido tamanho do espaço do cômodo, e estava um breu total, a casa com fedia tijolo podre e saia uns bafos quentes do chão, e ficamos conversando algumas coisas.

Conversa vai conversa vem, houve um pequeno momento de silêncio quando ele botou um novo assunto (esta parecido ao que eu lembro):



Ele: - Você já comeu alguma guria?

Eu: - Não (rsrs) e você?

Ele: - Comi minha prima em casa ontem, mas foi pouco ela falou que tava doendo

Eu: - Que louco cara, eu uma vez quase comi minha prima também, mas não deu minha mãe chegou bem na hora

Ele: - ‘VixeÂ’ (rsrs), mas eu vou ver se como minha prima de novo, meu pau ta ficando ate duro sá de lembrar

Eu: - Então o meu também ‘putzÂ’ (rsrs)

Ele: - (rsrs)



Três segundos de silêncio e:



Ele: - ‘OwÂ’, deixa eu ver como que é seu pinto

Eu: - Ver meu pinto?

Ele: - É po, quero ver uma coisa sá, relaxa guri

Eu: - Ta bom, mas como que você vai ver alguma coisa nessa escuridão?

Ele: - Mais pra la ta claro, é aberto a lua ilumina tudo, vamos la que da pra ver tranquilo

Eu: - Vamos rapidão se não o ‘fulanoÂ’ vai encontrar a gente aqui



Fomos pra tal claridade e tirei o meu pinto pra fora, nesta hora já estava ficando quase mole, e logo em seguida ele tirou o dele ainda duro e:



Ele: - Nossa cara, seu pinto é bem diferente do meu

Eu: - É porque eu fui no medico tirar a pelinha

Ele: - 'Vixe', mas sera que tem alguma diferença de um pinto com pele ou sem pele?

Eu: - Acho que não (rsrs)

Ele: - Não sei não, mas acho que é melhor um com a pele, o meu pelo menos ta maior que o seu

Eu: - O que tem haver? Para de viajar, é que o meu ta ficando mole já e seu ta duro, vamos voltar pra la (guardei meu pinto na cueca)

Ele: - Espera ai tive uma idéia massa, eu acho que você vai querer

Eu: - Fala ai

Ele: - Que tal se nás dois fizemos uma brincadeira aqui, tipo uma lutinha de espada pra ver quem tem o melhor pinto? O que você acha? Ou ta com medo de perder?

Eu: - Como assim lutinha de espada?

Ele: - Abaixa seu short com a cueca ate o joelho rapidão



Abaixei ate o joelho e ele também e:



Ele: - Assim á



Ele com seu pinto duro envergado pra baixo, veio de lateral horizontalmente se chocar com meu, raspou pinto com pinto e bola com bola bem rapidamente. Nesse segundo, eu vendo aquela cena, senti algo bom, gostei daquilo, logo meu pinto começou a fica duro e enverga pra cima, e ele aproveitou a oportunidade:



Ele: - Eai se vai querer né? (rsrs com cara de safado)

Eu: - (rsrs) Vamos então, vamos ver quem tem o melhor pinto então

Ele: - Sá que nem fala pra ninguém disso e nem eu vou falar

Eu: - Claro né

Ele: - Beleza então! Antes de começar, tem umas regrinhas pra luta, não fala pra ninguém, mais meu primo (26 anos na época) que me ensinou, á, perde um round se colocar as mãos durante a luta, deixa ela pra trás, aquele que ficar fugindo e aquele que gozar, entendeu?

Eu: - Entendi sim



E la fomos nás, com as mãos pra trás, emparelhamos frente a frente, com os pintos duros e quentes pronto pra um duelo de homem, sá foi ele falar "VALENDO" que a gente começou meio que de forma meio desengonçada mas divertida a lutar. Era um pinto batendo no outro, esfregando com o outro, estava uma sensação inigualável, estava tão bom que esquecemos o esconde-esconde, e ficamos la por quase uma hora.

Detalhes e resultado da luta na Parte 2...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico com meu sogro peladoContos eroticos com a mae da namoradaMulheres que gostam de envertemos os papéis na cama pornoConto erótico tapa na minha filhaconto erotico menina de shortinho marcando a bucetacontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafasexo no arpoador conto eroticocontos e feitiches homem q adora uma mulher mijando na calcinhamarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrocontos eroticos brincando atras do lixoconto erotico com meu sogro peladocorno gemendo cu contocomhendo ass evangelicas contos eroticosajudei meus amigos com a mae contoconto erótico de mulher traindo marido com amigo taradocasadasna zoofiiliaconto gay metemos.o dia todoconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleracontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16Cuzinhosaconto erotico no carro dona do barcontos erodicos comi professoras juntascontos eu meu tio e minha tiaContos eroticos casal certinho e travest roludosou hetero mas comi meu amigo viado, contos heroticosconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindocontos minha irmã minha putacontos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carrocontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadasexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaoMulher quadril fino buçeta arreganhada Comtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu coloHistorias de sexo de padrinho com afilhada casa dos contosProvoquei o policial e ele me pegou contos eroticosa caminho da caichoeira deu o cu pro amigo neticonto madrasta fudida a forçacontos erotico na balada com a irmaultimos contos eroticosContos eróticos minha gata fode com todoscontos eróticos dois garotos em dupla com novinha peguei a vizinha de surpresa de calcinha e sutiã contosEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticosContos eroticos viagem longa incestuosaconto erotico de mulher traindo marido no bara crente e a zoofilia_contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas gatas contos de cú de ladracontos eroticos homem chupando pau pau sujo e bebendo mijoconto pm metedortia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozacontos de putaria em familiavideo di japonesas e travestis dorminoConto erotico mijaram dentronegao e o seu caralhominha tia bucetuda de mine saia contoscontos de uma coroa safadavideos para deixar o namoradoexitadoNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contosobiu no cu delachupando pica abrancando o namorado pela cintura amadorminhamulhere meucachorrocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos erótico me rasgaram mo acampamentocontoseroticos paguei para estruparem minha mulhercontos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta conto erotico vi meu tio velho coroa grisalho peladoassistimos porno comi gostoso contocontos de menininhas sentando no colo de homenscontoseroticosextrasesperma do meu filho contos incestosEsposa quer alargar o cuzinho contosconto gay pirocudo da academiacontos de coroa com novinhocontos eroticos levei piça gg no cu ( madura ) contos eroticosdpEu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticoconto erotico no beco escuroConto erotico minha mulher e uma puta rampeiraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorlingua passeando xoxotacontos eriticos de pai e amigos fodendo a força seu filho gayconto erotico meu marido bebeucontos eroticos de sogra carentedescabacei a namoradinha de 13 aninhosMe comeram ao lado do meu namoradodei pro meu genrocontos gay chorei na pica do meu irmão violentocontos minha esposa eu e mais 2 travestisconto eróticos estupro no orfanatoconto erotico homem pegando nas bolas do outro gaymeu primeiro swingcontos erótico comadre desmaiou