Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENRABANDO UM GATO MALHADO

Click to this video!

Teminava o treinamento na academia, quando Leonardo perguntou-me se poderia dar-lhe um reforço para a prova de segunda-feira. Disse-lhe que teria de dar uma assistência em casa sábado e domingo porque meu filho também estaria em prova segunda. Era uma sexta e ele sugeriu que fôssemos ao apartamento dele para estudar e fomos. Eu sou já um cara madurão, mas parto para a briga se um gato gostoso ficar de nhemnhennenhem comigo. Foi justamente o que aconteceu. De cara ele encanou de me chamar de tio. Virei pra ele e disse que tenho cara de avô mas ele me chame do que quiser. sacana como sempre foi, ele me pediu para ter mais cuidado porque ele poderia me chamar de algo que eu não gostaria que chamasse. Passei a mão no saco e disse a ele: aqui pra você, seu sacana! Te passo o saco se ficar com sacanagem. Ele respondeu: passa nada, tio, isso aí tá bichado, embora você seja um pedaço de mau caminho. Na academia eu nunca tirei os olhos daí e você jamais reagiu aos meus encantos.

Pegando-o por trás, e imobilizando-o, sussurrei no ouvido dele: filha da puta, eu sempre fui tarado em ti. É agora que vou te traçar gostoso, tá me ouivindo? Ele foi arriando o corpo para trás, para ficar coladinho a mim e respondeu: então faça isso já, pois é tudo o que eu sempre desejei. Folguei-lhe o cinto, arriando as calças e ele arrebitou aquela bunda linda, redonda, gostosona. Mandei que ele se deitasse de bruço sobre a cama e fui explorar o rabo dele com a cabeça da pica, enquanto lambia suas costas, expremia o biquinho saliente de suas tetas macias. Ele tem 1,65m, altura adequada a 1,70m que tenho eu. Então fui riscando a pistola nele, ele erguendo o bunda, até que começoua penetração. Nás dois, tagarelando até, fomos declarando amor, elogiando o corpo, o tesão um do outro, até que entrou tudo. Aí ele ficou doidão:tio, me come legal, me arregaça, me enlouqueça espetado na tua rola quente! Eu quero você para mim, eu quero ser tua fêmea, goza dentro de mim, titio, goza!

Mudamos de posição e começamos meter gostoso num frango assado delícia pura. Ele gemia, eu castigava o mais que podia. Nossas bocas colaram uma na outra, num beijo longo e ofegate. Ele percebeu que eu estava cada vez mais poderoso e que a ferramenta dava sinais de explosão.

Então o rabo dele esquentou-se violentamente e os aneis do cu contrairam de modo especial. Como dois animais, fundimos nossos corpos ardentes, esporrei quente dentro dele e ele chorava, gemia, fazia escarceus enquanto levava pua.

Fomos arrefecendo lentamente, até que um beijo suave era tudo de mais delicado que denunciava nosso amor começando a nascer e unir nossos destinos. Daí para cá a gente se encontra quando pode, porque tenho família e ele é noivo. Perco noção de tempo quando ele abocanha minha rola e mama como bezerro no pojo. É uma delícia quando ele suga desesperadamente minha ferramenta, baba meu saco, abocanha meus ovos. E, para completar, ele sabe que enlouqueço quando ele senta de frente no meu colo e agasalha tudo até o talo. No começo ficava grilado porque ele é muito novinho para um homem madurão como eu, mas ele mesmo já disse que o que dá tesão no rabo dele é saber que dá para um homem idoso, mas que se cuida, que tem músculos à vista, pratica academia, faz ciclismo e tem uma vida ativa como eu. Então, vamos levando a vida como podemos e morrendo de desejos um pelo outro.

Moro no Leste mineiro e gostaria de fazer amizade com homens casados que, na leitura dese relato, se tenham identificado com o Leonardo. Sou muito atencioso e responsável. Não desejo pessoas liberadas, mas aquelas que precisem de sigilo e certo anonimato. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos comi a força a minha tiameu subrinho enfiou o dedo no meu cu contoConto erotico meu cachorro taradozoofilia gay extraordinárias bizarrosGozaram na calcinha na cerca contoconto gay dei para meu filhocontos eróticos putona do touroContos eróticos, o amigo do meu marido encheu minha boca de galaconto erotico patricinha dando pra pobreconto erotico de sera que meu marido não desconfia que chego com a buceta cheia de porra e ele lambe?contos erotico traiçoes alizando por baixo da mesaVem vem safado conto24 cm contos pauhomem gosta de perna aberta ou mais fecjadinha na hora do prazertomates conto heterosozinhacom primo contos coroascoroas defloração relatotirei a virgindade das priminhas inocenti contos eroticoscontos eroticos gay mentalcontos se caga na pica e gostasobrinho punheta contocontos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosbuceta toda vabiada pornocontos eroticos trave x hParaíba putinhoconto erótico meu dono colocou um alargador em.mimminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoszofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos eroticos de pivetescontos-meu cuzinho quer teu paufui na casa de massagem e fui enrabada contos eróticoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos gay patrao velho doido por rolacomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscontos eroticos comi a irmazinhacontos calcinhavideo porno comendo a amiga ia namorada no meio da piscta a forçaFiquei com minha sobrinha no colo a viagem toda contosconto eróticos lábios românticoscontos chantagiei minha mae e mi dei bemlevantou umas da minhas pernas,se encaixou na minha entradinha e foi metendo devagarzinhoContos eróticos tremcontos eroticos troquei marido pela vizinhacontos eroticos dei pro meu inquilinoxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundofudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticoscontos de cú de primavídeo de professora dando a pombinhacontos eroticos ninfeta aventureiracontos eróticos incesto o homem da minha vidacontos eroticos coroa forróconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandoConto erotico de sexo incesto cheiro da buceta suada da irmana hora do horgazmo gozandocontos eroticos com escravas sendo humilhadacontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninapegando a amiga camila com rabao empinadosogras e madrasta fazendo boquetes rapidoscontos picantes se masturbando com pepinocu de bebado não tem dono contos eróticos gaychorei mas aguentei tudo contos eróticosver contos porno anal no onibos de escurcaolambendo a calcinha da esposa safada contosdeserto conto heteroGoiânia conto vigia da obra gay curecebe conto erotico de casais de mais de quarenta anos por emailcontos eroticos de mulher casada cagonacontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travesticontos eróticos insertos tiaxupando u pau dos piao tudo no sexo gostosoContos dois na minha mulhercontos eróticos punheta da primaconto erotico incesto sonifero filhaenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoscontos filha peituda provoca seu pai de baby doll ele fudeu elacontos eróticos casal Passei a noite no autorama no Ibirapuera