Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SONHOS DE ELAINE 4

Click to this video!

Elaine num sono profundo, quente e molhado está sonhando novamente...

“Noite de lua crescente, domingo...

Por volta das 21:00 eles saem pra jantar fora. Um jantar simples num restaurante aconchegante. Beijos e trocas de carinhos fazem parte do cardápio. Eles jantaram arroz branco, bife à parmegiana, batatas fritas, salada de maionese acompanhada de salada de frios. Para acompanhar vinho tinto escolhido por Elaine. Na entrada teve pão, molho sardenha e manteiga. Ah, a sobremesa foi um petit gateau.

Logo no caminho para casa, Guto põe sua mão nas pernas de Elaine. Faz carinhos entre uma e outra troca de marcha. De vez em quando sua mão sobe na direção do sexo de Elaine e faz alguns movimentos insinuantes. Elaine sorri, faz carinhos na nuca de Guto e pede pra que ele preste atenção no trânsito. Elaine está de vestido vermelho,um belo tamanco também vermelho e um casaquinho para lhe proteger as costas. Guto está de calça social preta, sapatos pretos e camisa branca.

Chegando em casa eles tomam água, se olham e começam a se beijar... Ainda na sala, Elaine sussura na orelha de Guto um desejo, ela diz:

- Amor, vamos fazer diferente hoje? O que você acha? Tenho uma idéia...

Guto vê sua expressão sedutora, vê aquele mulherão na sua frente, vê toda aquela sensualidade de Elaine e diz:

- É... ? Hum... o que você quer fazer, meu amor?

Elaine diz:

- Eu tive aqui pensando outro dia e quero que nás nos acariciemos... quero que cada um de nás se masturbe para o outro... frente a frente. Pode ser, amor da minha vida?

Guto vê aquela carinha de tesão em Elaine e topa... ok... vamos fazer, ele diz.

Elaine coloca uma música sensual de seu gosto, deixa o ambiente a meia luz, chama Guto para seus braços... se beijam... se tocam... se acariciam...

Quando estão começando numa excitação maior, Elaine diz:

- Amor, fique naquele sofá... eu vou ficar aqui... quero te ver enquanto você também me vê!

Guto prontamente vai até o outro sofá, senta-se e relaxa...

Acompanhando a música, Elaine começa a dançar e rebolar para Guto simulando um strip tease... Escrito por José Augusto Rissoni em junho2010. Ela dança, rebola, faz caras provocantes, passa as mãos em seu corpo, chama ele com seus dedos, abaixa mostrando ainda mais seus seios na frente de Guto, vira de costas para ele e rebola, abaixa seu corpo rebolando aquela bunda gostosa.. Elaine sensualmente sobe seu vestido enquanto está se curvando para Guto... vai lentamente mostrando sua calcinha. Põe seus dedos na boca e passa em seu corpo. Passa as mãos nos cabelos e continua a dançar e rebolar para Guto. Sobe no sofá, rebola, sobe seu vestido e faz caras e bocas sensuais. Elaine vê que Guto está louco para agarrá-la, para arrancar aquele vestido, aquela calcinha, para dominá-la... Elaine diz:

- Amor, fica aí... você não pode encostar a mão em mim. Aaaah, fique aí! Dance também de uma maneira sensual pra mim. Vamos nos curtir. Vem...

Guto cede aos encantos de Elaine e começa também a dançar, sente a música e deixa ela levar seu corpo. Dança e começa também a provocar Elaine. Ameaça tirar a camisa, ameaça abaixar seu zíper, dá uma reboladinha discreta pra ela, abre sua calça e mostra sua cueca... Elaine e Guto estão loucos de desejos...

Entre uma rebolada e outra, Elaine tira sua calcinha por baixo do vestido, passa em seu corpo e vai na direção de Guto e oferece à ele. Guto sente aquela calcinha vermelha, pequena, cheirosa e sedutora. Ele pega a calcinha de Elaine, cheira, passa em seu corpo, passa por dentro da cueca em seu pênis...

Elaine está muito excitada... senta-se no sofá e Guto também. Estão frente a frente. Elaine aperta seu vestido contra seu corpo de forma que ele marque na região de seu sexo. Elaine mexe suas pernas pra lá e pra cá... entre uma cruzada e outra, Guto vê o sexo dela. Fica ainda mais louco. Guto tira sua calça e fica de cueca e camisa naquele sofá. Seu pênis está ereto. Elaine vê o volume que aquele membro forma na cueca... fica doida de vontade de pôr na boca...

Elaine pega em seus seios, tira eles pra fora do vestido, pega nos dois, aperta, faz carinhos... dá leve mordiscadas e chupadas... deixa ele bem molhado... bem apetitoso. Guto pega em seu pênis pela cueca mesmo e aperta, mexe nele... Elaine percebe que a cueca começa a ficar úmida com a excitação dele...

Escrito por José Augusto Rissoni em junho2010.

Elaine começa a subir seu vestido vagarosamente... passa as mãos em suas pernas... ergue as pernas... depois desce... mostra seu sexo para Guto. Nossa... que delícia, diz ele. Ela começa a se tocar, do jeito que ela gosta, põe os dedos em sua boca... chupa seus dedos, passa em seus seios... chupa de novo e vai em direção ao seu clitáris. Guto já está com seu membro ereto e fora da cueca. Elaine vê aquele membro duro, grande e gostoso na sua frente à desejando.

Elaine brinca com sua vagina, abre um pouco com seus dedos, passa saliva, passa seus dedos em seu clitáris, ameaça enfiar dentro dela. Bate com a palma de sua mão nela, faz barulhos que excitam ainda mais a cabeça de Guto. Ela abre mais suas pernas de maneira que Guto possa ver melhor ela mexendo... Elaine molha ainda mais seus dedos, passa a mão em seus seios, desce para a vagina e enfia dois dedos dentro... com a outra mão ela mexe em seu clitáris. Enfia e tira seus dedos de dentro daquela buceta saborosa. Coloca a mão, os dedos em sua boca... sente seu cheiro... seu gosto... molha ainda mais os dedos e enfia de novo. Faz movimentos de entra e sai na buceta, mexe lá dentro, vê aquele pau na sua frente, imagina ele dentro, mexe ainda mais na sua buceta... geme muito... dá gritinhos de prazer e excitação. Sente o calor, a excitação, o desejo em cada pedaço de seu corpo. Seios estão duros, sua vagina está inchada, quente, molhada, tesuda... Elaine mexe cada vez mais em sua buceta... Vê Guto também molhando seu pau e masturbando, pra cima e pra baixo, ora forte e rápido ora devagar e calmamente. O pau dele está muito molhado, muito duro, muito gostoso, constata Elaine.

Elaine na verdade queria sentar e rebolar com aquele pau dentro da buceta, mas não pode... eles estão masturbando um para o outro...

Elaine está gemendo cada vez mais forte, respiração acelerada, olhar sedutor, desejante, dedos entrando e saindo da buceta, seios duros. Ela abre ainda mais suas pernas... chama por Guto... vem amor... vem amor... enfia nela... enfia tudo! Guto não vem... eles estão se masturbando!

Num entra e sai de dedos mais gostoso Elaine começa a gozar... tem um orgasmo forte... sente seu corpo se contrair em gozo... geme forte... se contorce naquele sofá... fecha suas pernas... toca muito em seu grelo... põe a mão na boca, enfia seu dedo de gozo na boca... chupa seus dedos... sente seu gozo... sente sua excitação... Guto continua a se excitar ainda mais... seu pau está muito duro, tesudo, gostoso... ele mexe cada vez mais rápido em seu pau... Elaine percebe que Guto vai gozar... ele está gemendo mais... Elaine se levanta e diz:

- Vem amor... vem aqui... goza em mim... goza em mim... vem amor...

Elaine se senta novamente no sofá, abre suas pernas, abre sua vagina e fala:

- Goza aqui amor meu, goza na porta da minha buceta... me dá seu leitinho... me dá sua porra... quero sentir esta porra quente e saborosa em mim... vem amor... pode gozar!

Guto vê aquela cena, aquela mulher gostosa, de pernas abertas e pedindo pra ele encher sua buceta de porra... Ele não resiste, se levanta do jeito que dá... continua a masturbar seu pau... se abaixa na direção da buceta de Elaine... beija ela... chupa um de seus seios... faz carinhos com a boca nos seios dela... olha pra ela e diz:

- Aiiiiiiiiiiiiiiiii, amor... vou gozar... aiiiiiiiiiiiiiiiii... que delícia de buceta! Aiiiiiiiiiiiii...

Guto começa a gozar na entrada da buceta de Elaine... mexe seu pau cada vez mais forte pra que toda sua porra seja despejada nela... Guto goza bastante... tava muito excitado por ela... Elaine sente a porra de Guto toda na sua vagina... sente aquela porra quente, gostosa, saborosa na entrada da sua vagina... vê aquele pau colocar tudo pra fora... Com seus dedos ela começa a enfiar o sêmen de Guto pra dentro da vagina... Ela segura a porra com sua mão e empurra pra dentro da buceta com seus dedos... não deixa cair nada no chão... enfiou tudo na buceta... lambeu seus dedos... sentiu a porra de Guto na língua... na boca... mão na buceta... mão na boca... Ahhhhh... que delícia, diz Elaine... Ela continua a mexer na sua vagina... brinca com a porra de Guto nela... entre uma enfiada e outra de dedos na vagina, ela tem um novo orgasmo... goza sentindo Guto... sente começar a escorrer a porra pra fora da vagina... ela lambuza toda a vagina com a porra saindo... ela lambe sua mão, seus dedos... passa na buceta e na boca... na buceta e na boca até saciar sua fome... seu desejo... seu tesão!

Guto e Elaine, se beijam... se amam... se deitam naquele sofá...”

Elaine continua a sonhar... continua a viajar com Guto... Ela dorme tranquilamente na sua caminha... sá ainda não percebeu que sua calcinha mais uma vez está encharcada...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou puta do meu cachorrotitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciasconto erotico comi.a .mulher.do meu amigo.corinthianocontos erotico maridos camaradacontos/o cu da sogra era virgemcontos comendo a bucetinha da titiacontos eroticos gays excitantesPerereca ou buceta de cunhadaSO CONTOSEROTICOS BIA DEU ATE O CU NO SOFA DO PADRINHOporno,papai da banhona filhinha que chegou bebada da festacontos de cú por dinheirocontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tioquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na naxvidio gay coroa 82chupando coroa empinadinha boa de f***cache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html conto erótico com professora de filosofiapediu para o marido lamber porra contosmulher dando a buceta no salao da foliacontos eroticos marido mandando mulher saracontos eroticos. buceta virgem, só liberava cuzinhocontos Rabuda com cheiro de bundadormindo ao lado conto eróticominha mulher puts molecada contosMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhocontos eroticos caminhoneiro obriga meninaPorno de corno com mae e filha gemeno e gritanoDesvirginando a sobrinha de 18 anosexperimentando a bundinha da garotinha conto gratisdany gosta de chupar rola peruibecontos eróticos putona do touroconto erótico de padrasto tiracontos eroticos com escravas sendo humilhadaesposinha submissa apanhando na bundagotosa pede procara goza dentodelacontos vizinha feiaContos rebolo na cacetevidro porno primo sente atração pelo outro primo homensfilmando a minha sogra de saia limpando a casaprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foracontos eroticos paguei as dividas da minha funcionária noiva rabudacontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggcontos eu comi a minha sobrinhacontoa eroticos estuprocastigando a patroa na ruaporno oooooo vai vai aiii caralhocontos eroticos tia feiacontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhohttp://transei com meu tio na fazenda contos eroticos gayfui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosocontos eroticos menina com pedreirocontos erotico com mim colega sem calcinhacontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado Dei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininocontos no cu da esposapai que fica rosado.o pau na buseta da filha bebadacontos eróticos virei cdzinha do vizinhovideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiaconto erotico aline bucetinha apertadinhacontos eróticos de bebados e drogados gaysConto erotico advogada enrabadacontos tia me deveconto lesbica desde novinhacontos eroticos gay abuso vizinhona davela os homens nao tem frescura conto eroticoconto eróticos puta de salinascontos eroticos exibicionismocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html conto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhacontos eroticos ninfeta aventureirana lua de mel contosPapai derramo leitinho na minha cara contos eróticoscontosincestofilhao home infinando a rola na bumda da moleContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontos gay meu amigo me ensinou a darconto viadinho dadeiroContos eroticos/dp com a ninfetinhacontos o pau do meu genromamae beija filhinha contosContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorContos Mulatinha do titiocontos eroticos gordinha feranteloira cris casada fode com negao contos eroticoscontos eroticos monha noiva sil nua na frente de todoscontos traindo meu maridocomendo agostoza da irpregada iu marido ligandoconto erotico namnossa minha mae bu comer xvcache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html todos gozarao na minha bucetacontos eroticos querendo uma rapidinhaaec porno videos bhcontos eroticos safadinhaContos gay com cunhadoConto de puta estuprada pelos mendigosContos eroticos de calcinha fio dental saia rodada no coletivoContos inserto com as subriasconto erotico com o velho padrinho