Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A COLEGUINHA VIRGEM DA MINHA IRMÃ

Click to Download this video!

A COLEGUINHA VIRGEM DA MINHA IRMÃ

Cheguei da escola e fui correndo pro banheiro, porque estava apertadão. Tomei um banho tranquilão, mas quando acabei vi que não tinha toalha no banheiro, então eu sai do banheiro peladão e fui pro meu quarto pegar uma toalha na gaveta. Pra minha surpresa a minha irmã estava lá com uma colega. As duas gritaram sem entender nada. Aí eu falei – Calma gente, sá vim pegar uma toalha aqui. Foi mal. Então peguei a toalha, um short e sai do quarto. Fiquei o resto da tarde na rua de caô, e quando estava escurecendo voltei pra casa. Minha mãe tinha preparado um lanche maneiro porque a colega da minha irmã resolveu dormir lá em casa. Então ficamos ali tomando café e conversando até dar a hora da novela da minha mãe. Lá em casa sá tem uma televisão pra assistir, então todo mundo ficou na sala assistindo aquela droga de novela. Eu notei que a coleguinha da minha irmã ficava dando risadinhas pra mim toda hora, sem ninguém perceber. Levantei pra beber água e ela veio atrás de mim, falou que tava com sede também. Na cozinha perguntei pra ela baixinho – Vem cá, porque você fica jogando charminho pra mim? O que você quer? Então ela respondeu – Sá pedi pra dormir aqui hoje pra te conhecer melhor, sua irmã já me contou que vocês fazem às vezes sem ninguém ficar sabendo e me deu vontade também sá que eu não tenho irmão, então perguntei se ela me emprestava você hoje e ela disse que sim. Eu fiquei sem entender nada, porque nunca fiz nada de mais com a minha irmã, sá cosquinha. Então pedi pra ela chamar a minha irmã lá na sala e ela foi. Quando minha irmã chegou eu perguntei o que ela disse pra aquela menina que eu tinha feito com ela. E ela falou – Eu menti pra ela ficar com vontade de dar a bucetinha e perder o cabacinho com você irmãozinho. Porque eu te amo. E voltou pra sala. Eu sinceramente me senti completamente usado naquele momento de reflexão, mas a reflexão deu lugar rapidinho pro tesão e também voltei pra sala. Depois daquela novela chata minha irmã disse que ia pro quarto dormir e minha mãe falou que eu ia dormir na sala aquela noite e foi pro quarto dela também. Eu não conseguia pensar em outra coisa a não ser entrar naquele quarto e beijar aquela novinha que minha irmã tinha trazido. Mas nem precisei sair do chão pois logo que todos deitaram aquela menina veio na sala e deitou do meu lado, ela tava sá de calcinha e me falou – Namora comigo que nem você faz com a sua irmã. Por favor. Aquilo foi a coisa mas inocente e safada ao mesmo tempo que eu já vi. Ela conseguiu me deixar com muito tesão naquela hora, peguei a mãozinha dela e coloquei no meu pau que endureceu de uma vez sá, aí ela disse – Ai é quente. Então eu beijei ela na boca, e gozei na mesma hora com ela tocando umazinha pra mim. Foi rápido a primeira. Era muito tesão. Então comecei a beijar ela na bucetinha, tinha um cheirinho de chichi na calcinha dela, mas isso sá me deixou mais excitado ainda. Chupei aquela bucetinha um tempão até que resolvi enfiar o piru nela. Aí eu falei – Agora eu vou colocar ta bom. – Ela respondeu – Ta, mas coloca devagarinho ta? Comecei a enfiar e ela não segurou, acabou dando uma gemida meio alta, porra quase fudeu a porra toda. Então tampei a boca dela com a mão e coloquei bem devagarinho, pronto! Tirei o cabacinho da novinha. Que fodinha gostosa, gozei dentro dela, ficou escorrendo gozo da bucetinha dela enquanto eu esfregava ela depois falei pra ela voltar pro quarto e chamar a minha irmã. Mas isso é uma outra histária. Valeu.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Muller casada quer jumento para me ter nelacontos erpticos de filho bem dotadopunhetei marido contocantos eróticos estrupada na frente da família eporno mulhres usano chortes Cavadãocontos eróticos casadaloira gostosa aec porno videos bhSexo anal com o massagista conto eroticocontos eroticos comi a buceta da minha amiga na capoeiraconto erotico bucetas folozadapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestovideo porno de garotinhas com olhinho vidradocontos eróticos lanchacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontoseroticos de corno.aula de dança.contos eroticos infanciaconto gay coceiracontos eroticos - comeu a sograConto erotico as duas taradinhacomendo cu da geizielicontos eróticos de carona a mae e filhinhamulher melancia de cinta liga e espartilhoConto porno eu queria entrar em casa, minha mae abriu a porta toda suada, chefe do meu paiConto erótico Brincando de esconde esconde com o garoto mais velhocontosincestofilhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacomi a espetora contosconto comi tia do meu amigodormi com meu irmao contoshistória canto erocito meu marido trouxe um cachorro e ele comeu minha bucetinhaconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhaconto erotico gosto de vestir shortinho de lycra que deixa minha buceta grandecontos eroticos excitantes- a filhinha choronaconto erótico "arrombaram meu"flagrei conto gayconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarconto ladroes enrabaram meu marido eu gosteicontos eroticos flagrei minha namoradacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto dprelato do marido cornoela pediu pra parar mas continuei fudendoPatroa puta conto eróticoFinquei o pau no cu da manacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos de coroa com novinhoConto porno estuprador comeu meu cu na frente de todo nundoeu sou solteiro eu sou empresário eu moro sozinho no meu apartamento minha linda e gostosa secretária casada da minha empresa eu sempre eu quis fuder sua buceta eu conversando com ela dentro da minha sala eu disse pra ela eu queria ter uma esposa como você pra morar comigo no meu apartamento ela disse pra mim patrão eu me separei do meu ex marido porque eu descobrir que ele tinha uma amante eu perguntei pra ela você que ir morar comigo no meu apartamento pra você ser minha esposa ela disse pra mim eu quero patrão ir morar com você pra eu ser sua esposa eu dei um beijo na boca dela eu levei ela comigo pro meu apartamento eu levei ela pro meu quarto ela me deu um abraço ela me deu um beijo na minha boca ela tirou sua roupa ela deitou na minha cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela pegou no meu pau ela disse pra mim seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu ex marido ela começou a chupar meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder eu disse pra ela agora que você e minha esposa eu vou fuder sua buceta todos os dias ela disse fode minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim eu quero dar meu cu pra você conto eróticofesta do pijama 8 série conto eroticoconto erótico com minha irmã depois da bebedeirameu corno bebe porra de outro macho na minha buceta / contos eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos minha esposa eu e mais 2 travestiscilindro meloso gostosoconto noiva liberadaconto erotico minha mim deixado de castigoconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaconto erótico meu marido bobãoFoderam gente contos tennscontos eróticos coroas na casa de repousoCasAda pulando cerca contoscontos esporrei-me no sonhocontos Eroticos com Robertacontos eroticos fui castigadaele me enraboconto erotico como cu da minha avocontos sem calcinhaSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contootitiu comendo a sobrinhaContos gays arrombado na borracharia por varios usando fio dental