Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

IRMÃ VIRGEM SAFADINHA SÁ DÁ O CUZINHO!

Click to this video!

Era maio de 2003 e meu pai é transferido para outra cidade e eu resolvo ficar e então alugamos a casa e eu vou morar num apartamento pequeno de apenas um quarto. Eu estava com 23 anos na época e três meses depois da mudança minha irmã, que tinha 21, me liga dizendo que havia conseguido emprego e que voltaria. Tento alugar um apartamento de dois quartos, mas devido a contrato e outros empencilhos não consigo e quando ela chega temos que dividir o mesmo quarto. Eu cedo minha cama e de noite me viro dormindo num colchão. As vezes a noite via seus belos par de peitos saindo da camisola e muitas vezes bato punheta para aliviar a pressão. Numa noite de sexta, apás uma bebedeira com os amigos, chego de madrugada e meio desorientado tomo um banho rápido e coloco apenas um calção folgado e vou me deitar. De manhã sinto um toque em meu pau e com os olhos entreabertos vejo minha irmã admirando meu pau duríssimo por dentro do calção. Deixo ela tocar nele mais um pouco e prestes a gozar resolvo me mexer e ela então sai de perto rápido e vai para a sala. Gozo dentro do calção e mesmo apás ejacular meu pau não quer endurecer e depois de alguma tempo é que consigo disfarçar e faço que estou acabando de acordar. No restante do dia percebo que ela fica me olhando muito e quando vamos lavar a louça do almoço dou uma roçada nela de leve e não demora muito ela se tranca no banheiro para bater uma siririca. De noite percebendo que eu não iria sair com meus amigos, ela resolve me chamar para ir com ela e com suas amigas e eu aceito. No bar bebemos um pouco e umas duas horas depois ela pede para voltarmos para casa, dizendo que não esta bem. Voltamos e no apartamento ela diz que vai tomar um banho para ver se melhora e eu então aproveito para colocar o mesmo calção e me sento na sala sem me preocupar muito em fechar minhas pernas, deixando uma parte de meu pau querendo sair pelo lado. Ela sai do banheiro apenas com uma toalha e vai para o quarto e volta usando apenas um roupão e senta-se ao meu lado de um modo que posso ver de relance seus peitos. Pergunto se ela esta bem e aproveito para alisar suas pernas e vou subindo até sua virilha e nessa hora meu pau já esta duro e aproveito para chegar e dizer em seu ouvido que vi tudo o que ela vez de manhã comigo. Ela fica um pouco assustada e me diz que era a segunda vez que via um pau duro, mas que ainda era virgem e que na primeira vez apenas chupou o pau de um amigo da faculdade. Fico louco com essa notícia e abaixo meu calção deixando meu pau todo a mostra para ela. Ela sem timidez dessa vez pega ele com a mão e começa a me punhetar e eu vou abrindo seu roupão e beijando seus peitos. Dou alguns beijinhos e resolvo descer até sua xoxotinha virgem e ali na minha frente vejo aquela maravilha com pelinhos ralos e carnudinha. Começo a beija-la e a chupa-la com vontade e minha irmã vai segurando minha cabeça com a mãos e gemendo muito de prazer até gozar. Eu me levanto e coloco meu pau em sua cara e sem pedir nada ela já vai abocanhando ele e chupando como se fosse um picolé. Sua boquinha engolia todo ele e mesmo dizendo que estava para gozar ela não parou e gozei em sua boca e ela engoliu toda minha porra. Vamos para o quarto e depois de algumas carícias meu pau esta novamente duro e pronto para outra e então volto a chupar sua xoxotinha e quando estou prestes e penetração, ela interrompe dizendo que quer ser casar virgem e que sá me daria o cuzinho. Não questiono sua decisão e peço então para que ela fique de quatro e dou algumas lambidinhas em seu rabinho, lubrificando bem a entradinha e depois de colocar a camisinha, começo a colocar a cabeça de meu pau em seu rabinho e percebo que aquele seu amigo também já tinha passado por ali. Meu pau entra fácil em seu cuzinho e depois de algumas bombadas dentro dela, ela me pede para parar e deitar na cama e então ela senta no meu pau e começa a comandar o ritmo da transa. Vez ou outra dou alguns beijinhos em seus peitos, mas tinha que me concentrar em manter meu pau duro dentro daquele rabo maravilhoso e mesmo de gozar e tentar tira-lo, ela continua e aumenta mais o ritmo das subidas e descidas até gozar alguns minutos depois e cair em cima de meu peito. Exaustos dormimos como dois amantes.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos Eróticos um Negão me comeucontos Rabuda com cheiro de bundacontos eroticos no escuromulhe raspado buceta deichado no meiovalesca chupando e o namorado olhandoCasada narra conto dando o cucontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anoscontos eroticos filha da minha namoradacontos de rasgando o cu da babanaturismo contosminhasobrinhae sua amigacontoscontos de sexo com animais rasgando com forçacontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindoFernanda jeitim nuaconto erotico d menino dando a bj da por uma apostacontos vizinha dona de casa tetuda caidacontos eróticos gays irmãostravestis comedo o cuzinho de homem amarrado e amordassandoComtoerotico profesorinhacontos sexo meu marido rebolou na pistolaconto cine porno gay Recifecontos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindaderelato erotico meu filho me secava doisconto erotico na orgia com sogromulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo porno mamei micremulher nua e corpo melado de margarinaconto eroticos travesti hormonioconto amante do manonegao lingerie conto eroticoContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro forteficou vixiada bo inxestobeijo no umbigo contosgostosas de caixote apertadinhaconto de delegado que comeu cu de homem casadobunbum malhados pornotrai no cafe da manha contocontos erotico transai com uma negona vizinhatravesti gozando no próprio sutiãcontos o pau do enteadocontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casacontos eroticos: sobrinha no colovideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendotravesti bombom contos eróticossandra porno animais homem comendo o cu do cavalo ele gostaele implorou e eu engoli sua porraconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anoscontos eroticos zt i: blackmailcontos eróticos de bebados e drogados gayscuriosidade da minha filha no meu pau contosfortisinhocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de coroa com novinhomeu professor meu namorado contos gayvídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chamecontos eroticos verdadeiro primo bem dotado da minha mulher pasa ferias em casacontos eroticos incesto vovô e titio me fuderamsambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandover contos veridicos de sogro dotado q pegou nora novinha e emgravidouconto gay muleke do cuzinho raspadinhocontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elaconto sentei no colo do lekef****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertaMulher negra fodendo com o sogro contoscontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossocontos eróticos babá garotinhoPorno ai falei que era pra gozar maninha.comContos eroticosm comendo a prima de calcinha amarelaconto minha mae chupando meu pau com meu pai ao ladorola mole rola dura bate até que furaconto erotico puxou o cobertor e viu minha pica grossa